Vamos juntos transformar a cidade?

ter

Ter sua casa e seu cantinho para descansar e viver momentos bons com a família é direito de todos, mas infelizmente não é assim que tem sido para grande parte da população brasileira.

Pensando nessa situação vivida por mais de 11 milhões nas favelas do Brasil, a organização social TETO Brasil, em atividade no país há 10 anos, realiza esta semana uma grande ação de Coleta de fundos para manter seus projetos sociais em andamento.

amigos-teto

Nos próximos dias  5, 6 e 7 de maio, mais de 10 mil voluntários vão às ruas para arrecadar recursos em cidades como São Paulo, Santos e Campinas (SP), Rio de Janeiro, Duque de Caxias e Niterói (RJ) e também Curitiba (PR) e (Salvador). Este ano, a campanha é inspirada pela tendência de fotos #FollowMeTo, tem cliques de Paulo Barros e mostra de forma sensível e impactante moradores(as) puxando para dentro de suas comunidades outras pessoas dispostas a ajudar na construção da nossa cidade.

Impossível não ser tocado por esta ação, especialmente em tempos tão complicados. Se puder doar, doe. Se puder ser voluntário, participe. Acesse o site da campanha e saiba como participar!

Mais imagens da campanha depois do pulo!

TETO_FB_lourivaldo

Continue lendo →

Girlboss: série do Netflix sobre Sophia Amoruso e sua grife ganha o primeiro teaser

qua

Bem-sucedida, dona da própria empresa de moda e do próprio nariz, Sophia Amoruso inspirou mulheres mundo a fora com seu livro “#Girlboss”, que entrou para a galeria de best-sellers do New York Times. Mais que um “guiazinho” (ou menos que um guiazinho, dependendo do ponto de vista) para se tornar CEO, o livro traz histórias, conselhos e até mesmo dicas de moda da mulher que levantou a grife Nasty Gal a partir de um mero brechó do Ebay. Sonho impossível? Talvez! O fato é que desde o livro, Sophia mostrou que é uma criativa de mão cheia e transformou seu título-hashtag em marca e acabou animando jovens mulheres a encontrarem o empreendedorismo dentro de si.

Criadora e criação: Sophia Amoruso e o livro “#Girlboss”

Em paralelo, negociou com a Netflix uma série homônima com produção da atriz Charlize Theron e de Kay Cannon (do filme-hit “A Escolha Perfeita”) para mostrar de forma ficcional como todo esse sucesso (e dinheiro!) entrou em sua vida antes mesmo dos 30 anos.

No papel de Sophia, a atriz Brit Robertson dá as caras e o teaser-trailer acaba de sair do forno. Dia 21 de abril os 13 episódios da primeira temporada estreiam no mundo todo e estaremos com pipoca em mãos para assistir.

tmg-article_default_mobile

A atriz Brit Robertson na primeira foto oficial da série

Só eu já estou ansiosa para essa aula de como comprar num brechó e como administrar uma empresa mesmo sendo uma pessoa de humanas? Já prevejo vários figurinos bafônicos que vão ganhar nosso coração.

Para quem perdeu, já falei sobre esta nova série e muitas outras séries lá no meu canal no Youtube! Quem perdeu, aproveito para deixar as dicas abaixo! Tem muita coisa boa ainda para estrear! ;)

VEJA TAMBÉM: 

5 Séries novas de 2017 para deixar no seu radar:

Clássico dos anos 90, filme As Patricinhas de Beverly Hills vai virar quadrinho

seg

Mais de 20 anos após a estreia de “As Patricinhas de Beverly Hills”, o filme cult-clássico-pop que lançou Alicia Silverstone e Paul Rudd para o mundo não cansa de receber homenagens: desde sessões especiais comemorativas até promessa de adaptação para musical da Broadway. E agora outra novidade: a história do filme também vai virar quadrinho!

clueless2

Vai sim! A adaptação ainda não tem data de lançamento, mas será publicada pela Boom! Studios, de Los Angeles, e tem autoria de Amber Benson (“Buffy, A Caça-Vampiros”) e Sarah Kuhn (Heroine Complex), ilustrações por Siobhan Keenan e arte de capa por Natacha Bustos.

O quadrinho vai seguir exatamente a trama do filme, inspirada no livro “Emma” de Jane Austen, mas o texto deve ganhar uma camada extra: as roteiristas estão estudando a fundo a cultura e gírias dos anos 90 para que tudo pareça bem orgânico no papel – segundo elas, este é o maior desafio do trabalho: não parecer uma mera mímica de palavras antigas.

Alicia Silvertstone, Brittany Murphy e Stacey Dash em 1995, no filme de Amy Heckerling, e a versão prévia da arte da Boom! Studios: 

Clueless-3

clueless_novel


Além de ter equipe feminina nos bastidores, é curioso notar que a roteirista Amber Benson inclusive chegou a fazer o teste para o papel de Tai (Brittany Murphy) no filme (!). Como a história mostra, ela obviamente não passou no teste, mas desde que leu o roteiro sabia que o filme poderia ser um sucesso e agora finalmente vai ter sua chance de contribuir para esse ~legado de cultura pop jovem anos depois. Curioso, né?

O anúncio do quadrinho pega carona nos quase 22 anos de Cher e suas amigas, mas é impressionante como diversos momentos do filme continuam atuais – inclusive o discurso político da protagonista que, no fim, de simplório não tinha nada. Os gifs e imagens da cena viralizaram depois da eleição norte-americana e até outros atores foram convidados pela revista W para reproduzir o monólogo.

O trecho sobre RSVP na Estátua da Liberdade é o destaque:

clueless1

Impossível um fã não ficar feliz com essa novidade que, claro!, tem acesso bem mais fácil que um musical. Já vamos ficar de olho! ;)

Imagens da prévia do quadrinho seguem em boa qualidade depois do pulo! 

Continue lendo →

A música pop engajadona da Katy Perry e outros hits com política

qua

Vamos furar a bolha e pular a cerca? Ou melhor: vamos olhar para fora do nosso mundinho e não deixar que políticas externas absurdas aprofundem preconceitos e diferenças? É mais ou menos isso – e um pouco mais – que diz Katy Perry em sua nova música, “Chained to the Rhythm”, composta em parceria com a Sia.

giphy (1)

Katy apresentou a música no Grammy e conseguiu quebrar o recorde do Spotify de música mais ouvida nas primeiras 24 horas por uma artista mulher. Eita pop engajadão!

No vídeo de hoje, comento sobre os significados por trás dessa música e também relembro outros artistas que fizeram o mesmo recentemente ou em outras épocas. Inclusive, deixo um salvo de saudades para o grande axé político do grupo “As Meninas” e seu “bom, chibon, bom, bom” que explicava sobre desigualdade social de um jeito bem pop também.

Aproveita e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

13 fotos incríveis da Women’s March nos Estados Unidos

seg

Logo após a confirmação da eleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos, muitas mulheres dos Estados Unidos começaram a se organizar para uma grande marcha após a posse. A princípio, o evento aconteceria em Washington, mas foi ganhando uma enorme proporção e o que se viu no último final de semana foi uma verdadeira maratona de mulheres por todo país reivindicando seus direitos e também zelando pelos negros e imigrantes. Além de ter contado com uma multidão de americanas ‘comuns’, muitas celebridades também saíram de casa para discursar, cantar e levantar cartazes. A continuidade de projetos de planejamento familiar e o respeito às diferenças deram o tom das reivindicações.

Um pouco de como foi a manifestação em diversas cidades você confere nas imagens a seguir, que dispensam apresentações. É realmente impressionante ver a força do movimento e a importância de pessoas públicas levando a mensagem mais longe.

womens-march(1)

nyc

cruzamento em Nova York

image (2)

C2t8mx0XAAA_gLt

Miley Cyrus no protesto de Los Angeles

image

image (1)

manifestantes em Washington

1A2A3669(2)

Uzo Aduba faz referência a discurso de Meryl Streep no Globo de Ouro 2017

sydney


C2tNqiwUkAAgX9V

Kristen Stewart na marcha em cidade próxima à Sundance

C2tx4RAXAAEMgAN

Melissa Benoist, a “Supergirl”, com um dos melhores cartazes na marcha de Washington

C2tXn7pXAAAsRqK

Charlize Theron na manifestação em Sundance

Cher

Cher na marcha de Washington

littlegirl_womensmarch

E os discursos de Scarlett Johansson e Madonna:

 

Fotos via Refinery 29, Glamour.com e redes sociais.

Beleza e tecnologia: este é o melhor app de maquiagem que já baixei

ter

Você certamente já testou muitos aplicativos de edição de foto – que atire a primeira pedra quem nunca deu aquela suavizada nos poros com o famoso Facetune “só para ver como ficava”. Também aposto que você certamente já baixou algum aplicativo que muda a cor do cabelo ou te mostra maquiagens. São muitos e são super inventivos, mas a verdade é que a maioria deles é só isso mesmo: diversão e utilidade zero. Quase um filtro engraçadão do Snapchat. Mas eis que a tecnologia, minhas caras, deu um passo a favor da maquiagem…

makeupplus_antesdepois

Disponível para iOS e Android, o Makeup Plus é o primeiro aplicativo que testei que conseguiu algo tão sutil e básico quanto “maquiar” uma pessoa sem deixá-la parecendo um mangá perdido entre o mundo real e o 2D.

O app é grátis, reconhece seu rosto e tem uma série de opções para você editar sua foto e ir acrescentando produtos aos poucos: base, batom, blush, contorno (!), realce das sobrancelhas (!!)… Tudo com direito à ajustes para o efeito não ficar pesadão demais. E a gente sabe que é isso que a grande maioria de nós procurava nos apps por aí.

makeupplus_edicao

durante a edição: blush leve, sobrancelhas na medida e até máscara de cílios

Fiz o teste com esta minha foto sem maquiagem e achei o resultado chocante de okay. Claro que eu tinha aí uma luz bem boa, mas é inegável que o app tem uma solução e tanto. O que é a função de sobrancelhas, minha gente?

Além de ser um “maquiador de bolso”, o app tem também uma galeria de sugestões de maquiagens prontas, inclusive de celebridades, para você aplicar no seu rosto e ver como ficaria. Nesse caso, não gostei tanto do efeito final, mas a função é útil para investigar se um certo tipo de olhão esfumado ficaria bom em você, se uma cor de batom vale a pena e por aí vai.

makeup_lisa

Esse app pode sim ser mais um passo em direção à edição excessiva de imagens, mas olha… O refinamento do sistema vale no mínimo o seu teste! hahaha