Hair Brasil: afinal, o que rola numa feira gigante de beleza?

qua

Esta semana tive a oportunidade de ir pela primeira vez a uma feira (gigantesca!) de beleza, a Hair Brasil! A convite da Ciclo Cosméticos, pude ir até lá para conhecer os produtos da marca e também ver o que rola num grande evento como esse, que recebe gente de todo o país circulando pelos corredores com malas recheadas de compras.

hairbrasil

#beautycraziness!

Eu já tinha ido ao Expo Center Norte em outros eventos, mas nunca tinha visto os pavilhões tão lotados com expositores dessa maneira. Como o lugar fica cheio de marcas incríveis, é preciso ter foco, porque dá para enlouquecer rapidinho com tanta coisa para comprar. É o verdadeiro terror para o consumismo investigativo!

não é só cabelo!

cico1

Apesar do nome, a Hair Brasil não tem só produtos para cabelo. Rola maquiagem, produtos malucos para unhas (que eu nem consegui entender em alguns casos! hehe), um montão de aparelhos estéticos e também produtos para o corpo. O mais legal: muita coisa é made in Brazil e é uma ótima oportunidade para apoiar o mercado nacional.

No stand da Ciclo, conheci os produtos para o corpo de-lí-cia que misturam fragrâncias famosas com embalagens fofas e preços amigos. Meu cheirinho favorito foi o da linha Amore, mas quem foi adolescente nos anos 2000 certamente mataria as saudades do perfume-mania do Thierry Mugler com a linha Angel. O mais legal? Tem até sabonete líquido com a essência! Para quem odeia misturar cheios diferentes no corpo, o kit é um prato cheio.

ciclo2

Continue lendo →

#Instahair: cabelo de Instagram na vida real

qua

As mechas e cabelos inteiros coloridos ganharam muitos adeptos, com cores brilhantes, berrantes e, ultimamente, até mais “lavadas”. Em homenagem a este último grupo e com um nome bem familiar para os viciados em Instagram, a Wella lançou uma coloração semipermanente com efeito “empoeirado”, bem no estilo dos filtros antiguinhos que a gente é viciado!

A Instamatic é uma coloração semi permanente que permite dar nuances diferentes para o cabelo. É tipo, agora dá para ser morena azulada ou loira “rosada” sem precisar virar um Pequeno Pônei para isso.

É possível misturar o produto com a coloração permanente e mais intensa para ter efeitos diferentes ou mais vibrantes, mas para que fazer isso se você pode ter um cabelo castanho Nashville ou Amaro? A aparência é de que a cor está quase indo embora, tom que muita gente se esforça para conseguir, mas logo já fica na hora de retocar de novo.

falando nisso…

Ao contrário do “primo” Unicorn Hair, o Instamatic não deixa o aspecto “cabelo de boneca” e é possível ver que existe uma cor de cabelo “humana” ali ao fundo. Além de achar o efeito mais bonito, acho inclusive mais usável e provavelmente de manutenção mais simples.

Por enquanto, não encontrei nenhum salão que faça o efeito no Brasil, mas provavelmente os oficiais da Wella serão os primeiros a receber a novidade. Com certeza essa tendência tem muito mais chances de pegar por aqui: cabelo com cara de vida real e cor diferente? Aí sim!

Testei: esmaltes Bioemotion da Polishop

ter

Pode inventar nail bar, esmalteria, máquina de pintar a unha, o que for: acho que dificilmente algum serviço vai conseguir me conquistar a ponto de eu sair de casa só para cuidar das unhas. Dito isso, eu me resolvo em casa e estou sempre atrás de produtos que facilitem o fato de eu só ter uma mão direita para a tarefa.

cat

eu tenho duas patas e também faço – ok!

Nessas, já passei a usar secantes em spray, base que fortalece a unha sem criar uma camada tão grossa que me atrapalhe com o esmalte e por aí vai. O problema, no fim das contas, é com o esmalte em si, que muitas vezes é pegajoso demais ou exige muitas camadas para dar um bom resultado, e aí deixar a finalização perfeita fica bem trabalhoso.

esmalte1

unhas pintadinhas com o Bioemotion preto, da Polishop

Por isso, fiquei bem surpresa quando recebi esmaltes da Polishop (!) para testar. Eles fazem de tudo, mas eu realmente não conhecia a linha de beleza, a Bioemotion. Ao todo, são 17 tons de esmalte e o produto tem uma textura bastante digna: no máximo duas passadas resolvem sua vida, e olhe lá.

Meu favorito foi o preto, que mostro aqui nas fotos. Já usei algumas vezes e, além de ter pintado as unhas super rápido, o pincel fininho dá mais precisão e facilita demais o trabalho. A quantidade de produto vem controlada e aí é menos lambança para limpar com palito e algodão.

esmalte2

durante o processo: dá para perceber como o pincel é fininho? 

Gostei muito da experiência da aplicação e agora quero me entender com ele para fazer durar mais e deixar o brilho mais bonitão! hehe Alguém tem alguma dica para me dar nestes quesitos? Tenho problemas gravíssimos com a durabilidade de todo e qualquer esmalte (até por isso não curto investir em manicure: não dura!), então não posso servir de base neste quesito, mas realmente curti bastante. Acho que é o esmalte escurão mais fácil que já apliquei!

Para conhecer os produtos, dá para ir direto no site da Polishop. É mais caro que as marcas de farmácia, mas a facilidade de passar pode valer a pena pra você também. ;)

A beleza cool das irmãs da banda Haim

qua

Você já ouviu “The Wire”, “Forever” e “Don’t Save Me”. Talvez você já saiba todas as letras de cor. Talvez você não entenda porque as Haim não vão tocar no Lollapalooza. Talvez você esteja louca para saber o que elas fazem para ter um visual tão incrível juntas.

Nascidas e criadas na Califórnia e no rock por uma família de músicos, as irmãs da banda Haim são as mulheres mais cool circulando pelo mainstream atualmente. Além de álbum próprio e parcerias já lançadas, as três também vão estar na trilha sonora de “Insurgente”. Ou seja: as moças têm tudo para crescer ainda mais.

haim_grammy

As irmãs em ação no Grammy: Este (28), Danielle (26) e Alana (23)

Apesar da relativa pouca idade, a guitarrista Danielle, a baixista Este e a também guitarrista caçula Alana explodem no palco e não se intimidam quando o assunto é estilo. Elas não se rendem aos dress codes caretas dos eventos e são sempre fieis ao estilo que acreditam.

O figurino é interessante, mas é a beleza que faz as moças brilharem. Não tem como não ficar apaixonado pelo visual selvagem-bruxa das garotas. Elas não são lindas, elas não são gatinhas, mas são muito interessantes. Sozinhas elas poderiam até passar desapercebidas, mas juntas com seus cabelos longos, batons vermelhos e jaquetas de couro fazem nosso coração bater mais forte.

  haimcabelo

me dá só um pouco desse cabelo made in California, pls? :/

Para o Fashionista.com, o maquiador que já trabalhou algumas vezes com elas conta o que faz (e deixa de fazer) no look das meninas. Anota aí:

1. escolha uma sombra só

haimsombra

Ao invés de seguir o caminho das pedras e fazer côncavo e iluminar o centro da pálpebra, Jo Baker vai com uma cor única por toda a pálpebra e também rente aos cílios inferiores. Para copiar em casa, ele recomenda testar várias cores e encontrar a que faz seu olho “brilhar”. Aproveite e tire fotos para poder comparar depois!

Continue lendo →

27 inspirações de maquiagem, cabelo e look para curtir o Carnaval

qui

Se você não vai fugir do Carnaval, certamente está pensando em como vai no bloco mais legal perto de você ou naquela festa bafo aonde estará viajando. Para aguçar os sentidos e dar uma ajudinha na hora de fechar a mala com todos os ingredientes necessários para sacudir & abalar, hoje é dia de se inspirar! E, ah, não vai esquecer da camisinha e do protetor solar, tá? ;)

cabelo

Não precisa ser uma mestra dos penteados: o truque mesmo é usar um acessório diferente e que chame a atenção. Prenda, use uma faixa ou bandana ou troque a batida coroa de flores por uma flor só. O importante é não passar o dia com o cabelo fritando no rosto e perder o elastiquinho reserva no meio do bloco.

hairinspo

maquiagem

Apesar de abominar a montação pesada para passar o dia num bloco de rua, acho perfeitamente possível que quem vai para uma festa ou camarote queira abusar mais, mesmo com o calor. Como nem todo mundo nasceu de pulseirinha VIP, a seleção é uma mistura de possíveis com “só se você puder”. Protetor solar embaixo de tudo, primer de confiança, pouca base e uma sombra cremosa para durar muito. E abstraia da zona T: você não vai ficar mate o dia todo. Talvez nem metade. hehe

Continue lendo →

Testei: máscara facial descartável

sex

Não sou adepta de modinhas de tratamento de pele. Quer dizer, eu nem poderia, porque tenho uma pele tão difícil e chata que prefiro pecar pela repetição do mesmo produto do que pela tentativa de algo novo. No entanto, as máscaras faciais descartáveis chamaram minha tenção, por dois motivos principais: 1 – são baratas e 2 – são de uso único, ou seja, se der errado, não investi os tubos (literalmente) à toa.

mascara1

Fui primeiramente seduzida pela quantidade de famosas usando o artefato e postando fotos ao melhor estilo “A Pele que Habito” no Instagram. Aí foi só um pulo até eu encontrar a bendita em Nova York e querer testar. Cheguei até a contar da máscara no meu vídeo de compras, mas só agora tomei coragem para experimentar a brincadeira.

Comprei essa na Urban Outfitters ou na Ricky’s (não lembro agora, mas as duas lojas vendem) e, apesar dos escritos em alguma língua oriental, me guiei pelo desenho de algas marinhas e pelo título em inglês, algo purificante e natureba, portanto.

Retirar a máscara da embalagem é um trampo sem fim: ela vem bem úmida e dobradinha, então pode ser um pouco complicado não encaixar seu nariz no lugar do olho, mas uma hora você se acerta. Dito isso, embarquei em maravilhosos 30 minutos de espera e ansiedade, como é possível ver na foto a seguir:

mascara2

- Olar!

Depois de meia hora, puxei a máscara delicadamente, enxaguei o rosto e senti a pele macia e bem limpinha. Não removeu nenhum cravo, até porque esse não era o objetivo, mas senti uma textura gostosa e um cheirinho agradável. O problema é que: fui dormir e no dia seguinte acordei com a pele do mesmo jeito de sempre. Que ótimo!

Não sei se o problema é que o produto é apenas cosmético ou paleativo, mas a verdade é que a máscara (ou pelo menos não essa) não funcionou como um tratamento poderoso para mim. Talvez o problema seja eu, já que tenho uma pele difícil. Sensível, oleosa, avermelhada, fina e com acne de adulta – ou seja, talvez nem um milagre descartável me faria ver alguma diferença no dia seguinte.

Pensando nisso, acredito que a melhor forma de usar seja como preparação para a pele antes de um grande evento. Antes de aplicar a maquiagem e afins, a máscara pode ser uma boa para deixar a pele mais bela. Vou tentar assim da próxima vez, já que ainda tenho um envelope de “Detox Diva” guardado no armário e muita esperança também.