O Estranho que nós amamos: crítica sem spoilers do novo filme da Sofia Coppola!

qua

Após quatro anos desde o lançamento de “Bling Ring”, a diretora Sofia Coppola está de volta à tela grande. “O Estranho que Nós Amamos” é uma nova adaptação do livro de Thomas Cullinam, que já tinha ganhado uma versão para o cinema em 1971, com Clint Eastwood num dos papeis principais. O filme se passa durante a Guerra Civil americana e mostra o que acontece quando um grupo de mulheres que vive num internato isolado resolve oferecer abrigo para um soldado inimigo machucado.

A diretora Sofia Coppola e parte do elenco no tapete vermelho em Cannes

Nesta nova roupagem proposta por Sofia, somos conduzidos aos fatos pelo ponto de vista das mulheres e terminamos o filme com reflexões importantes sobre sexo e estupro. O filme também rendeu à Coppola o prêmio de melhor direção no Festival de Cannes, algo “quase” inédito no festival, que só pela segunda vez premiou uma diretora em 70 anos de existência. No elenco, a excelente Nicole Kidman e a parceira de longa data Kristen Dunst, além de Colin Farrell e Elle Fanning.

Dá o play para ver a crítica completa! Aproveita e se inscreve no canal  para receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

Links que valem o share: semana #156

dom

10. Backstreet Boys usaram um “peido” remixado em um de seus hits

9. A populariade de músicos e cantores por todo o Brasil

8. A década das Kardashian

7. Disney anuncia serviço próprio de streaming

6. Nem tudo que uma marca pode fazer ela deve fazer – essa é pra você, Netflix!

5. Shonda Rhimes fez mais uma vítima

4. Rupaul’s Drag Race terá versão brasileira

3. Netflix vai gastar US$7 bilhões em conteúdo em 2018

2. Como o machismo interfere também em relações homoafetivas

1. “E agora, sou obrigado a gostar de mulheres gordas?”

 

Dicas de cinema: 5 filmes recentes para chorar muito e lavar a alma!

qua

Em homenagem ao longo e demorado mês de Agosto, fiz uma listinha de bons dramas lançados entre 2016 e 2017 e que vão te ajudar a lavar a alma! São filmes como: “La La Land”, “O Quarto de Jack”, “Uma Família de 2”, “Lion” e mais!

Dá o play e separa o lenço! Aproveita e se inscreve no canal  para receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

Como seriam vídeos de receitas feitos por diretores como Tarantino e Wes Anderson?

seg

Se você assistiu “O Grande Hotel Budapeste”, certamente em algum momento ficou com desejos açucarados por toda a confeitaria que aparece no filme – e que é mostrada tão lindamente! Agora já parou para imaginar como seria um vídeo de receita dirigido ao estilo do diretor Wes Anderson? Todo centralizado, com aquela paleta de cores cuidadosa e uma trilha sonora agradável? Ok, aposto que você nunca imaginou nada disso, mas o videomaker David Ma sim!

David é food stylist, diretor de comerciais e apresentador e resolveu emular o estilo de quatro diretores de cinema famosos em sua nova série de vídeos. Entre eles estão o já citado Wes Anderson, Quentin Tarantino (“Pulp Fiction” e etc) , Michael Bay (franquia “Transformers”)  e Alfonso Cuarón (“Gravidade”). Em cada post, uma receita diferente, mas de fato se Anderson criasse um canal com vídeos assim, eu já estaria inscrita na certa. De resto, Michael Bay rendeu uma boa piada com waffles que se levam muito a sério e a massa italiana no vídeo de Tarantino acabou até tirando um pouquinho da nossa fome graças à associação com o sangue nos filmes do diretor.

Smores à la Wes Anderson:

Uma massa à Tarantino:

Waffles à la Michael Bay:

Panquecas à la Alfonso Cuáron:

Links que valem o share: semana #155

sáb

 

10. As dez casas do AirBNB mais desejadas do Brasil

9. Estudo sugere que homem está produzindo 50% menos espermatozóides que 40 anos atrás

8. A disparidade entre maternidade e paternidade numa capa de revista

7. Estas vagas de emprego reais vão fazer você rir de nervoso

6. Leonardo Di Caprio e Kate Winslet estariam juntos :O

5. Sobre milkshakes e um bando de idiotas sem ter o que fazer

4. Um certo “fantasma” pode ter dado as caras em #GameOfThrones (tem spoilers!)

3. Injeção de vitamina: a vaidade foi longe demais?

2. O que substituirá o hipster?

1. Com estrutura gigantesca, Youtube Space no Rio quer profissionalizar creators

 

Sarahah: testei o app do momento e conto o que é e como ele funciona na prática

qui

Desde a semana passada, uma palavra gringa vem dominando nossas timelines: SARAHAH. Mas afinal, o que é esse aplicativo árabe e por que ele foi criado? Devo ligar para comentários que recebo anonimamente? Feedback anônimo é válido enquanto crítica construtiva? Respondo essas perguntas no vídeo logo abaixo, falo da minha experiência e conto um pouco mais sobre o tal do Sarahah que está bombando não só no Brasil, mas no mundo todo!

Quanto tempo dura esse sucesso? Bem, até que a próxima plataforma de perguntas anônimas apareça por aí, né? Já colecionamos Formspring, Ask, Curious Cat e agora mais essa.  Inscreva-se no canal  para receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.