O filme baseado na trilogia best-sellerCinquenta Tons de Cinza” estreia no dia 24 de fevereiro de 2015 (Valentine’s Day na gringa) e finalmente ganhou seu primeiro trailer oficial. Podemos ver Anastasia Steele (Dakota Johnson) e Christian Grey (Jamie Dornan) em algumas cenas emblemáticas do livro e ainda ganhamos alguns segundos para matar a curiosidade do que seria o *quarto vermelho da dor*. Como se não bastasse, tem a música-surpresa de Beyoncé: uma versão especial de “Crazy In Love” (!).

Tá bom, agora dá o play nisso porque JURO que está muito melhor do que a catástrofe que a gente imaginava! Quer dizer, esses minutinhos aí já são melhores que os livros todos. hehe

.

Tá de bom gosto? Sim. Tem fotografia legal? Sim. Vai ter pele? Opa, parece que sim. Vai ter Beyoncé? MUITO! E um Jamie Dornan cheio de olhares enigmáticos…

 

Você também poderá gostar de:

Postado por Fernanda Pineda

Tags: , , , , , ,

“Pulp Fiction” comemora seus 20 aninhos em 2014 e uma das homenagens mais improváveis à obra de Tarantino acaba de chegar às lojas gringas. O visual da mulher de malandro cheiradora, fumante compulsiva, dançarina & perspicaz Mia Wallace (Uma Thurman) inspira uma coleção de 5 itens da Urban Decay – sim, a mesma da paleta Naked.

.

Mia Wallace (Uma Thurman) em “Pulp Fiction” (1994)

Os produtos vem em caixinhas lindas temáticas do filme que com certeza serão guardadas por muita gente depois de abrir. A linha grita anos 90 e conta com uma paleta de sombras opacas, um delineador preto metálico (que nada tem a ver com o visual da personagem!), um esmalte, aí sim!, idêntico ao dela, um batom bem fiel à cor da telona e um lápis para finalizar o contorno dos lábios na mesma cor.

.

.

Como nem todo mundo que vai retomar a modinha da década viveu os 90′s/assistiu o filme/comprou o disco, é claro que há um manual ilustrando direitinho o que fazer para copiar o visual Wallace…

tutorialzinho Mia Wallace

Mas, de todo o material deste post, meus pokémon escolhidos são, sem dúvida, o batom (que já encomendei!) e a boa e velha camisa branca oversized. Delineador metálico, sério? US$34 só por sombra marrom matte, sério?! [...] Mudando de assunto, eita filme bom pra entender o porquê de uma boa camisa branca, hein?

Quem faltou nessa aula não tem problema: aproveita e assiste o filme que vale a pena.

.

*fotos dos produtos via I Am a Beauty Geek

Você também poderá gostar de:

Postado por Fernanda Pineda

Tags: , , ,

Para ver mais looks, navegue pela tag.

No sábado, usei pela primeira vez um jeans boyfriend com gosto. É que até encontrar este da Topshop, nunca tinha me dado bem com absolutamente nenhum exemplar da espécie – simplesmente não parecia ser feito pro meu tipo de corpo (aka bunduda feat. pernuda rs). Quando eu já dava a peça como carta fora do baralho e nem me importava em olhar para esses modelos nas lojas, resolvi provar este, só por causa da lavagem 90′s e dos desfiados estrategicamente posicionados. E pá: tem tudo para ser uma das melhores compras do ano!

Para completar, fui de cinza no top, na bolsa e no relógio e completei com minha botinha mais favorita do mundo, que ficou ainda melhor com essa calça com a barra levemente dobradinha (testei e já acho que merece fotografar também!). Apesar deste look não ser nada feminino, gostei de estar com o meu babyliss *amanhecido* (fiz na sexta à noite!), acho que suavizou o resultado final.

.

.

regata: Topshop
jeans: Topshop
cinto: H&M
bota: H&M
bolsa: sem marca! Veio na mala de Barcelona <3
relógio: Tommy Hilfiger
colar com nome: Bleudame.com

.

(olar, que marca bizarra é essa no meu braço? Não a de nascimento! rs)

CONTINUE LENDO »

Você também poderá gostar de:

Postado por Fernanda Pineda

Tags: , , ,

.

10. 35 dicas geniais para viajantes

9. Pedro Almodóvar pode dirigir nova minissérie da Globo

8. 5 lições do fracasso da seleção para sua vida profissional

7. Achados: tudo o que você pode imaginar feito de emojis

6. Os looks de Sophie Charlotte em “O Rebu”

5. Tudo o que você precisa saber sobre o “Netflix de livros” da Amazon

4. Cynthia Rachel comenta o aniversário de 20 anos de “O Castelo Ra-Tim-Bum”

3. Katy Perry e Iggy Azalea podem atuar em “As Patricinhas de Beverly Hills” na Broadway

2. Sobre o vermelho e seus efeitos

1. “Como ser famosa, aprendendo com Kim Kardashian”, por Jana Rosa

Você também poderá gostar de:

Postado por Fernanda Pineda

Tags: ,

Se houvesse apenas uma palavra para definir a história contada por Jeanette Walls em “O Castelo de Vidro”, essa palavra seria determinação. Quando pesquisei sobre o livro que me foi enviado pela editora, apenas boas referências: milhares de cópias vendidas, centenas (!) de semanas na lista do New York Times, um filme a caminho.

.

Jeanette Walls, jornalista, autora de “O Castelo de Vidro” e “A Estrela de Prata”

Mas a obra conta a jornada de Jeanette e, digamos, eu não sou uma senhorita apaixonada por biografias, devo confessar. Também me incomodei quando li na orelha do livro: “Jeanette Walls escreveu o livro que gostaria de ler, sobre pessoas passando por dificuldades”, ou algo do tipo. Também não sou apaixonada por dramalhões. Só que ok, isso me exclui a leitura de boa parte das boas obras que estão por aí e digamos que não tenho sido a melhor leitora do mundo em 2014. Comecei a ler, sem a menor pressa. E me apaixonei. Com todas as nuances da paixão, o que inclui amor e ódio.

A história da família Walls me comoveu – e como! Mais do que seu próprio conto de infância, neste livro Jeanette narra a história de uma família decadente bem diferente do convencional: um pai bêbado e uma mãe artista inteligentes o bastante para criar filhos supertalentosos e sem pena de si mesmos, porém negligentes o suficiente para deixar os filhos sem comida na mesa, revirando o lixo da escola em busca de restos da merenda alheia.

Sem almoço, sem banho e sem energia elétrica, a família se alimenta de sonhos impossíveis de serem realizados e de aventuras capazes de deixar qualquer pai ou mãe (ou filho!) de cabelo em pé, como dar comida a um animal selvagem, acampar com um bebê por dias num carro ou caçar um estuprador no meio da noite.

Sempre negando caridade e trabalhando duro, Jeanette e seus irmãos deram seu jeito de nadar contra a corrente para ganhar a vida. As atitudes deles são importantes para o grande final, porém a forma como esses passos são dados e o jeito como tudo é contado é que tornam a leitura tão especial.

Você vai se apaixonar pelo pai sonhador e odiá-lo pela irresponsabilidade. Amar a mãe que dá liberdade aos filhos e odiá-la por deixá-los passar fome. Mas, acima de tudo, vai colocar a sua própria história em perspectiva quando perceber que as situações mais traumáticas serão aquelas narradas com um distanciamento ainda mais maduro.

Se a palavra para a Jeanette-personagem é determinação, a palavra para a Jeanette-escritora é transformação.

 

O FILME

Depois de sua mãe se apaixonar por “O Castelo de Vidro”, a atriz Jennifer Lawrence resolveu ler e não hesitou em adquiriu os direitos da obra. O filme deve marcar a estreia da atriz como produtora e também vai trazê-la no papel de Jeanette. O longa será dirigido por Destin Cretton (“Short Term 12″)  e ainda não há data para início das filmagens ou lançamento. Só uma coisa é certa: é bem provável que J Law fique ruiva para o papel e encare muita, mas muita, sujeira pela frente…

.

Além de “O Castelo de Vidro”, Jeanette Walls também se voltou a sua história familiar para escrever “Cavalos Partidos”, sobre sua avó materna. Seu mais recente livro é a ficção “A Estrela de Prata”

 

Você também poderá gostar de:

Postado por Fernanda Pineda

Tags: , , ,

O zoológico Katamine Zoo no Japão teve uma ideia diferente para arrecadar fundos para os seus moradores: disfarçou alguns brinquedos com jeans pesado e deixou tigres, leões e ursos brincarem o dia todo com o material. O resultado é tecido jeans customizado pelos animais e designers japoneses juntando tudo em calças *made by animals*.

.

.

As peças foram leiloadas online por alguns muitos milhares de ienes e tiveram edição limitada. Será que vão investir novamente? A iniciativa é, sem dúvida, muito bacana para arrecadar fundos para cuidar dos animais.

O vídeo mostra um pouquinho do processo:

.

 

Você também poderá gostar de:

Postado por Fernanda Pineda

Tags: , , , ,

Sobre a autora: Fernanda Pineda Vicente, também conhecida como @loverox, vivendo em São Paulo. Produtora formada em Rádio e TV pela Faculdade Cásper Líbero e atriz profissional eventualmente praticante. Apaixonada por cinema, música, moda, nerdices e gatos, adora postar por aqui achados e descobertas na web e na vida real.Veja o perfil
dTwitterYoutubeFacebook
Banner GIF Outlet 300x250Blazers e Suéters 300x250

Página Inicial | Domínio | Perfil | Arquivos | Links | Contato

Assine o Feed | 8 Users Online

Copyright © 2010 Fake-Doll. All rights reserved.