Pornô para mulher no óculos de realidade virtual: é possível?

qua

Depois que li o ótimo “Jogador Número 1”, de Ernest Cline, minha empolgação com a realidade virtual foi virando também um pouquinho de preocupação com os rumos que essa tecnologia pode tomar quando entrar de vez nas nossas vidas. Durante a E3 no início do mês, além de vários jogos incríveis para teste, uma experiência inusitada bombou entre os visitantes: assistir a um filme pornô interativo.

Li e vi diversos relatos, todos de homens, encantados e até surpresos com a imersão do negócio – com o perdão do trocadilho -, mas nada voltado para as mulheres ganhou a mesma repercussão até o momento. Por isso mesmo, no vídeo de hoje estou discutindo se é possível que as mulheres também possam ter conteúdo erótico de qualidade feito para elas nos óculos de RV. Além de quase nunca sermos público alvo da indústria pornô, me parece um tanto quanto difícil promover uma experiência que realmente seja do interesse das mulheres… Afinal, nosso desejo funciona de outra forma, não?

Quero saber a opinião de vocês! Dá o play e também se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! 


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

 

Divorce: a nova série da HBO com Sarah Jessica Parker

seg

Quem já se recuperou de um dos finais de temporada mais absurdos de todos os tempos? Se você é fã de “Game of Thrones” como eu, certamente está enlouquecendo sem saber como vai sobreviver até o ano que vem somente imaginando o que vem pela frente. Ok, vamos viver… Mas mais tristinhos, que fique claro! rs

Enquanto isso, outras séries do próprio canal vão tentar preencher esse vazio no coração. Além da misteriosa “WestWorld”, que vai contar inclusive com Rodrigo Santoro, também vem por aí uma série beeem pé no chão, com relacionamentos modernos e tom de comédia: “Divorce”, estrelada pela eterna Carrie, Sarah Jessica Parker.

sjp_divorcehbo

Sarah Jessica Parker no set de “Divorce” (HBO)

O seriado ficou na gaveta do canal algum tempo e finalmente estreia na “fall season” gringa – ou seja, em setembro. Ainda não há data precisa confirmada, mas já sabemos que não só a atriz principal quanto o próprio canal tem expertise para falar de relacionamentos, vide o sucesso de “Sex And The City” no passado e da minha queridinha “Girls” no presente.

Não sabemos se a tradição de SJP estar sempre acompanhada de um figurinista bombástico será mantida, mas que a trilha sonora promete, isso já sabemos. Começando pela música do trailer, da banda Man Man, logo aí para o play!

Que venha setembro!

VÍDEO: O dia em que ganhei na loteria – e outras histórias maravilhosas

qua

São anos de blog e falando de coisas que eu adoro, mas sobre isso eu acho que pouco falei nas ~internets~ a não ser no Twitter, casualmente. E o ‘isso’ é: eu curto muito apostar na loteria, jogar e afins. Além de ter a possibilidade real de ganhar algum dinheiro, eu realmente acho a expectativa de poder ganhar bem divertida, afasta qualquer mau humor!

No vídeo de hoje falo sobre apostas, jogos de azar & casinos e, como o título do post já diz, falo também do dia em que eu GANHEI na loteria… Mas não gostei muito não.

Dá o play para entender essa história e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! 


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

 

Links que valem o share: semana #117

dom

links117

10. Onde comprar patches maravilhosos online

9. Tomar café logo depois de sair da cama não ajuda a acordar

8. Justiça decide que encomendas vindas do exterior com valor abaixo de US$100 estão isentas de taxas (mas só no sul do Brasil!)

7. Nova sala “Drive-In” do Belas Artes promete experiência diferente de cinema

6. A linda coleção da Coach em parceria com a Disney

5. Microsoft e Sony mostram rumos distintos em novidades apresentadas na E3

4. Pornô em realidade virtual faz visitantes da E3 deixarem os games de lado

3. Mulher responde à nude indesejado com o mesmo veneno e rapaz não aguenta

2. Sickhouse: o primeiro filme de terror feito no Snapchat (e na vertical)

1. Taylor Swift marketeira: como seu encontro com Tom Hiddlestone surgiu na hora certa

Já dá para comprar a Barbie produtora de games!

sex

Em janeiro, a Mattel anunciou um monte de novidades relacionadas à Barbie: desde novas profissões até novos corpos, fato que parou a internet, já que finalmente a empresa deu um passo importante em direção a representatividade. Falamos sobre isso aqui no blog e destacamos as duas novas “profissões dos sonhos” da boneca: produtora de games e vice-presidente de empresa. Eis que no auge da semana da E3 – maior feira de games do mundo – a nossa programadora chegou:

 barbie_produtoragames1

barbie_produtoragames2

Depois de várias controvérsias envolvendo um livrinho preconceituoso e esquisito da Mattel que dizia que a Barbie só poderia programar com a ajuda de homens, parece que agora a coisa mudou de figura.

No detalhe da tela do computador, vemos uma interface de programação e o visual da boneca me parece bem condizente – quer dizer, não há problema algum em programar de salto alto, só não é o mais usual, né? rs A boneca veste jeans, tênis, regata cinza, óculos coloridos e parka verde militar. Há um ponto aí, com certeza.

barbie_acessoriosos acessórios da Barbie programadora: óculos, headphone, tablet e notebook

Barbie desenvolvedora de jogos está a venda na Amazon por quase US$56,99 doletas (ouch!) e algo me diz que há grandes chances dela sumir das prateleiras rapidinho! Quem mora fora ou estiver de passagem pela gringa, consegue comprar a boneca mais barata em lojas físicas – geralmente essa coleção de carreira fica abaixo dos 15 dólares e tem até embalagem mais humildona.

Confesso que mesmo não sendo uma colecionadora, fiquei com vontade de comprar. Mas, não importa o que você faça, fica o aviso: melhor nem ler os comentários dos ‘incomodados’ com a nova profissão da Barbie. Não vale a pena! ;)

Links que valem o share: semana #116

dom


10. Slither.io: o jogo (viciante) da cobrinha tá de volta e repaginado! 

9. Conheça 13 canais do Youtube com conteúdo feminista

8. Por que o ghosting é o grande mal da nossa geração

7. Nova sala “Drive-In” do Belas Artes promete experiência diferente de cinema

6. Personagem de “As Meninas Superpoderosas” vai mostrar habilidades de programação do desenho

5. A desconfortável história das dietas da modinha

4. Como comprar em sites que não entregam no Brasil

3. Instagram oficializa a mudança do feed baseado no algoritmo

2. Doze presentes de graça para o Dia dos Namorados

1. Disso as feministas não falam