Links que valem o share: semana #91

dom

links91

10. Garoto tropeça e danifica quadro de 350 anos

9. Onze músicas infantis que você nunca percebeu que eram tão pesadas

8. Lana Del Rey dá informações de seu novo álbum pelo telefone

7. James Franco vai lançar livro sobre Lana Del Rey (oi?)

6. Michael Fassbender aparece na primeira imagem oficial do filme de “Assassin’s Creed”

5. Glória Pires diz que vilã de “Babilônia” teve inspiração em “Ru Paul’s Drag Race”

4. Homens ficam sem camisa e revelam inseguranças com o corpo

3. Cinco brunches para se deliciar em São Paulo

2. Tudo o que você precisa saber sobre armário cápsula

1. As maiores dúvidas de beleza das mulheres pelo mundo

Dismaland: a Disney de Banksy

ter

Uma grande área abandonada no litoral do Reino Unido tomou forma para abrigar um dos maiores projetos de Banksy que se tem notícia até o momento: nada mais, nada menos que uma ‘Disney às avessas’.

Com ingresso custando apenas três libras, a instalação em forma de parque abriga obras de diversos artistas e é uma crítica a boa parte do que a gente entende por diversão, desde as placas da entrada até o staff propositalmente mal humorado. Quem precisa de magia, não é?

dismaland

A Dismaland inaugurou no dia 22 de agosto em Weston-super-Mare e segue somente até o dia 27 de setembro. Na programação, já estão prometidos shows do Massive Atack e das russas do Pussy Riot. Segundo relatos, ironicamente o hype está tão grande que já há uma bela dificuldade para comprar ingressos.

Mesmo daqui de longe, vale ver com atenção as imagens publicadas do lugar. Tudo construído totalmente em segredo, assim como a identidade de Banksy. Por quanto tempo? Mais uma vez, tão pop quanto crítico. E bem a tempo da ressaca do verão.

dismaland1    dismaland2  dismaland3  dismaland4

Continue lendo →

[VÍDEO] Super mulher, só que não: ninguém precisa dar conta de tudo

seg

Acordar cedo para fazer exercício, só andar com os cabelos escovados, pele linda e maquiagem razoável. Ganhar dinheiro num emprego bacana, estar sempre bem informada e ter um posicionamento político sobre o qual você se orgulhe. Arranjar tempo para os amigos no happy hour e ter uma vida sexual digna de nota – porque não basta ser ok, tem que ser coisa de capa de revista, tá?

Quem nunca se sentiu pressionada a cumprir um ou vários desses requisitos? E quem até tenta fugir disso tudo, mas acaba sempre se culpando ou se sentindo insegura quando um (ou vários) itens da lista falham? RELAXA.

Você não está sozinha: embora dê para tentar, ser super mulher é impossível. Ou vai te custar muitas noites de sono, mas aí pode dar adeus ao item vida saudável… Dá o play no vídeo para entender melhor essa parada!

Já se inscreveu no canal? Então vai lá!


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

Kobe burger e gatêau de doce de leite: delícias da nova Hamburgueria Nacional

qui

Para ver tudo o que já contei nesta tag, clique aqui.

Muito antes das hamburguerias começarem a pipocar loucamente por São Paulo, uma ‘lanchonete chique’ chamava a atenção no Itaim: tinha um milk shake de Nutella que valia a ida e hambúrguer absolutamente saboroso – isso numa época em que sanduba era feito com carne fininha e sem grandes firulas. Essa era a Hamburgueria Nacional há 10 anos atrás, restaurante do chef Jun Sakamoto que só agora inaugura sua segunda unidade, em Moema.

Com um salão claro, abertão e uma cozinha bem à vista para encher os olhos de qualquer amante de um bom hambúrguer, a casa está com cardápio renovado e opções bem alinhadas com o que o paulistano, agora acostumado com bons burgers, procura por aí. Como a concorrência hoje em dia é grande, te dou um bom motivo para ir até lá: a casa serve Kobe burger, feito com uma das carnes mais caras e saborosas do mundo, a dos bois Wagyu, de origem japonesa.

burgernacional1

Menu: sanduíches e porções da Hamburgueria Nacional

Por R$70 dá para experimentar a iguaria, que vem servida com queijo catupiry, ou então customizar os acompanhamentos à vontade. Foi o que fizemos no dia da visita ao restaurante, para experimentar a belezinha em grande estilo. A carne é extremamente suculenta e saborosa e, apesar de alta, não pesa em momento algum: parece desmanchar na boca.

burgernacional3

Kobe burger com bacon e gorgonzola

Se você é do time dos bem passados, melhor passar longe dessa escolha: o lance aqui é pedir ao ponto para poder sentir toda a suculência do kobe burger. E não hesite em verificar se o ponto está de acordo com o pedido, afinal, se isso já é fundamental em praticamente qualquer hambúrguer, nesse aqui é simplesmente o principal da experiência.

Antes que você aí pense, já me adianto: realmente, não é uma escolha para ser feita sempre. Muitas vezes decidimos comer um hambúrguer não só porque amamos, mas também para economizar e ser mais práticos, o que nesse caso simplesmente não rola. O kobe burger não é um lanchinho: está mais para uma experiência para quem ama hambúrguer e tem curiosidade de provar essa carne.

burgernacional4

Para completar o sanduíche, o bacon torradinho e o queijo gorgonzola da casa fazem uma dupla perfeita de acompanhamento. A maionese clássica é correta: não rouba a cena com tempero em excesso, o que seria um pecado diante de tantas delícias encaixadas entre duas fatias de pão.

Por outro lado, a maionese verde chama bastante a atenção: experimentamos com a gostosa batata spice, apimentadinha e crocante. A porção é ótima para aquietar dois famintos enquanto o hambúrguer não chega.

burgernacional2

Batatas spice: pra quem ama pimenta

Se ainda sobrar espaço para dar uma olhadinha no cardápio de sobremesas, não se espante se os milk shakes chamarem mais a atenção: são varias opções e, claro, o de Nutella continua no menu. Mas, no bloco de sobremesas mesmo, quem brilha é o petit gatêau de doce de leite, que leva canela e vem acompanhado de sorvete de baunilha.

Os fãs de doce de leite vão até esquecer que um dia provaram gatêau de chocolate! :P hehe

burgernacional5

Com preços de sanduíches a partir de 30, a Hamburgueria Nacional é uma ótima pedida para ir com amigos e família: mesas grandes não faltam no salão e ninguém se chateia com o cardápio super democrático e com opções vegetarianas. Só ficou devendo pão integral e batata doce rústica! :P

burgernacional6

VAI LÁ: Avenida Ibirapuera, 2835, São Paulo, SP. Horários, cardápio e informações extras aqui.

Emojis invadem Nova York

qua

Se a geração da internet paleozóica pode se orgulhar por ter sido a primeira a usar gifs, a geração já mobile tem um grande trunfo nas mãos: os emojis. Não conseguimos mais conversar com os amigos sem usar os símbolos, que não são só fofos e bem-humorados, mas muitas vezes nos poupam de muitas palavras (aquela cara de tédio é maravilhosa). E não, não vale só mandar um coração quando você não tem nada a dizer, porque é chato.

O diretor de arte do Brooklyn Brad Warsh resolveu fazer um projeto com o quanto esses desenhinhos já estão nas nossas vidas e transformou várias fotos do cotidiano de Nova York! O resultado é demais e ganhou até hashtag no insta: #emoji_irl. Dá pra fazer em São Paulo, hein? ;)

emojinyc

 

dancinha no fim de tarde! Happy hour alguém?

emojinyc1

O teleférico de Rooseveld Island de outro jeito

emojinyc2

ovos no brunch de domingo

emojinyc3

camelando no metrô. quem nunca?

Continue lendo →

[VÍDEO] Existe pivô de separação? Ou: a lenda da destruidora de lares

seg

Uma coisa sempre me incomodou muito quando um casal de famosos se separa: a forma como a mídia trata as coisas, especialmente se houver uma traição no meio. Para piorar, não é só ‘o monstro da mídia’ que costuma colocar culpados no banco dos réus de um jeito torto: as pessoas também.

Diante do caso de Jennifer Garner e Ben Affleck e até da suposta separação de Gisele Bündchen e Tom Brady, uma coisa está bem clara: a ‘culpa’, se é que se pode falar nestes termos, nunca vai ser de alguém de fora, e sim de quem abandonou o combinado do casamento. O que você pensa disso tudo? Dá o play no vídeo!

Já se inscreveu no canal? Então vai lá!


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.