Look do dia: musical na Broadway

qua

Para ver mais looks, navegue pela tag.

E hoje chega ao fim a temporada de looks novaiorquinos! Me despeço com o que usei para assistir o musical “Motown”, na Broadway. O espetáculo é fantástico e imperdível para quem é fã de black music, independente de gostar ou não de peças do gênero. É realmente uma paulada na orelha e um festival de vozes incríveis ali na sua cara; você se pergunta o tempo todo se não é dublado, é realmente impressionante.

Fizemos algumas fotos no teatro Lunt-Fontanne e outras na Times Square, que tem luz boa o ano inteiro, 24/7. rs Tirando a bolsa, o casaco e a blusa, todas as outras peças são novidades made in viagem. E agora, tirando a bota, o resto só deve aparecer aqui de novo no inverno de 2015.  #tchauverão! hauahaua

Casaco: Bar III
Colar de pérola metalizada: Topshop
Blusa: Renner
Calça: Forever 21
Bolsa: Zara
Bota: Urban Outfitters
Trench coat: GAP

Continue lendo →

A galinha de corset: o novo clipe viral vem da China

ter

Dois anos depois do hit “Gangnam Style”, vem da China um novo vídeo maluco para bater de frente com o posto deixado por PSY. A chinesa Wang Rong e seu clipe de “Chick Chick” cruzaram a fronteira do ocidente nas últimas 24 horas e tomaram a imprensa gringa com uma música grudenta cheia de sons “da fazenda”.

Dançando de corset ao lado de bailarinos mascarados de cavalos, galos ou cachorros, a chinesa entoa sons bizarros que dizem apenas “Mãe galinha”, “Pintinho”, “Galo” e “Quem roubou a ração do meu frango?”. A música mesmo fica em segundo (ou terceiro?) plano. É provavelmente a coisa mais absurda que você vai ver hoje – e não se espante se em muitos momentos você se lembrar de “What the fox say?”. Parece que é proposital.

A música é uma chatice sem sentido e pior que PSY, mas isso prova que o som, enfim, pouco importa para emplacar um vídeo na internet. O mais curioso é que na própria China, o vídeo não tem todo o sucesso que já conquistou no Youtube. Por lá, o acesso ao player de vídeos do Google é bloqueado e a publicação oficial do clipe tem “apenas” 2,5 milhões de acessos. No YT, o número já passa de 6,5 milhões.

Fazer amigos na vida adulta: é possível?

ter

Você acredita que é possível fazer amigos depois dos vinte? Depois do trinta? Depois de já ter a vida feita e as contas pagas? Talvez isso muita gente não tenha nunca, mas talvez também não tenha amigos conquistados depois de uma certa idade. E por “amigo”, entenda, não estou falando de contatos para te indicar uma vaga de emprego, dar dicas de viagem ou fofocar & curtir no happy hour da firma – embora tudo isso aí seja super bom.

Estou falando aqui de alguém para ligar numa emergência, alguém para bancar a baby sitter do seu gato enquanto você viaja ou até, sei lá, batizar seu filho na igreja. Você conheceu alguém para quem delegaria alguma destas três tarefas depois de ter terminado a faculdade, essa grande última chance da raça humana para fazer amigos? Então você é uma exceção – ou vai se decepcionar em breve. Desculpa, mas alguém tinha que avisar.

Já imagino muitos dedos apontados para mim neste terceiro parágrafo, mas só no BBB amizades verdadeiras 4ever são feitas entre adultos sem grandes questionamentos ou requisição de antecedentes criminais. Para quem pensa que isso é babaquice, não sou só eu e minhas travas sociais que têm certeza da absoluta dificuldade de fazer amigos na vidinha adulta. O tópico está cheio de resultados no mestre Google.

Milhares de artigos se debruçam com fervor sobre o tema, mas foi difícil encontrar algo que respondesse o porquê. Com alguns cliques inclusive, encontra-se até guias ilustrados sobre como fazer amigos depois de adulto, uma coisa assim bem didática e vergonhosa. Clique por sua conta e risco para ver um manual de como se tornar um freak que tenta fazer amigos num clube do livro ou numa loja de pesca. Não sei, mas só desconfio que aquele manual de como ser uma gótica suave deve dar resultados mais concretos.

Agora veja como são as ironias da vida. Todas as dicas para fazer amigos novos servem também para conhecer gente com objetivos românticos. Isso significa simplesmente que, depois de uma certa idade, somos reféns do sexo como objetivo final de relacionamento. Veja, você poderia fazer amigos na balada, mas a tradição diz que lá é lugar para conhecer gente para ir para cama, certo? O contrário já não vale: você poderia transar com o vizinho da casa onde cresceu, mas se vocês se falam até hoje e não são inimigos ou casados, é bem provável que sejam amigos-quase-irmãos e já tenham superado essa questão.

O que acontece é que você segue a dica da inscrição no curso de jardinagem para conhecer alguém com interesse em comum e acaba, por exemplo, odiando todo mundo e tendo que adicionar no Facebook uma pessoa menos pior que vai te paquerar para todo o sempre. E você vai empurrá-la para a “friend zone”, porque, afinal, precisava de um amigo desde o princípio. Não é aquele amigo-amiiiigo, mas é o que tem pra hoje. Torcendo agora para não ser daqueles que mandam corrente no Whatsapp.

Continue lendo →

Links que valem o share: semana #67

dom

 

.

10. “The Osbournes” volta à TV em 2015 no VH1

9. 20 ideias para organizar seus sapatos

8. Seis desculpas para não responder o Whatsapp na hora

7. Bruxinha, ativar: onde comprar acessórios “místicos”

6. Azealia Banks lança clipe minimalista para a ótima “Chasing Time”

5. Gamers e feministas se enfrentam no caso #GamerGate 

4. SPFW: Cinco tendências para o Inverno 2015

3. Spotify cria playlist engraçadinha para Taylor Swift voltar

2. Foto de Kim Kardashian pode ter relação com “piada” racista

1. Por que nos sentimos tão feias? Uma análise da auto-estima feminina

Veja o segundo trailer de “50 Tons de Cinza”!

sex

Não sei se você aí tá preparado para ler isso, mas atenção: em menos de três meses finalmente vamos ver na tela grande a passione de Anastasia Steele e Christian Grey! O filme estreia no Brasil dia 12 de fevereiro de 2015 e mais um trailer foi divulgado nesta sexta-feira!

No novo vídeo oficial, revemos algumas cenas já divulgadas no primeiro trailer e conseguimos observar novos detalhes, como o encontro da dupla na loja em que Anastasia (Dakota Johnson) trabalha, os machucados no corpitcho de Mr. Grey (Jamie Dornan), o contrato entre dominador e submissa e um frame de Rita Ora no papel de cunhadinha, sentada à mesa de jantar.

A canção que embala o casal é mais uma vez de Beyoncé: desta vez, trata-se da incrível, absurda e maravilhosa “Haunted”. Para quem não se lembra, o primeiro trailer tinha uma versão especialíssima do hit “Crazy in Love”. E aí me pergunto se não ouviremos mais músicas de Queen B no longa… Só fico aqui pensando se eles não estão guardando “Partition” para as cenas mais picantes. Já imaginou?! Eu já estou imaginando.

ps: Jamie Dornan atualizou as definições de muso com sucesso.

Look do dia: rolê em Williamsburg

qui

Para ver mais looks, navegue pela tag.

No hi-lo de temperaturas que pegamos em Nova York, conseguimos um dia ameno para passear por Williamsburg. A região ferve de moderninhos aos finais de semana e parece um bairro dos mais pacatos em dias úteis, à ponto até de você se esquecer que está em Nova York. E, bem, provavelmente foi um dos últimos dias de normalidade climática, porque depois o bicho pegou e não havia guarda-chuva que sobrevivesse às ventanias da ilha.

Neste dia, comemos um belo brunch no Egg (café da manhã all day superfamoso!), compramos chocolates na Mast Brothers, vimos lojinhas da região e ainda conhecemos o novo espaço da Urban Outfitters por lá, na Space Ninety 8. Tem galeria de arte e um bar no rooftop, onde também tiramos fotos para este post.

O passeio prometia ser delícia e resolvi ir no cúmulo do conforto: maquiagem redux e ~calças descontraídas~. O tênis com meias pretas chama atenção e é bem pra isso que ele está aí. rs Gostei e passeei deliciosa e confortavelmente o dia todo. Vale lembrar, né minha gente, que não é nada gostosinho caminhar vários km por dias seguidos usando jeans justo. Precisa daquela folga e a pele agradece! hehe ;)

Jaqueta: Doma (Buenos Aires)
Camiseta: Youcom
Calça: H&M
tênis: Topshop
colar: Topshop
relógio: Fossil
óculos: Ray Ban Clubmaster

Continue lendo →