Girlboss: série do Netflix sobre Sophia Amoruso e sua grife ganha o primeiro teaser

qua

Bem-sucedida, dona da própria empresa de moda e do próprio nariz, Sophia Amoruso inspirou mulheres mundo a fora com seu livro “#Girlboss”, que entrou para a galeria de best-sellers do New York Times. Mais que um “guiazinho” (ou menos que um guiazinho, dependendo do ponto de vista) para se tornar CEO, o livro traz histórias, conselhos e até mesmo dicas de moda da mulher que levantou a grife Nasty Gal a partir de um mero brechó do Ebay. Sonho impossível? Talvez! O fato é que desde o livro, Sophia mostrou que é uma criativa de mão cheia e transformou seu título-hashtag em marca e acabou animando jovens mulheres a encontrarem o empreendedorismo dentro de si.

Criadora e criação: Sophia Amoruso e o livro “#Girlboss”

Em paralelo, negociou com a Netflix uma série homônima com produção da atriz Charlize Theron e de Kay Cannon (do filme-hit “A Escolha Perfeita”) para mostrar de forma ficcional como todo esse sucesso (e dinheiro!) entrou em sua vida antes mesmo dos 30 anos.

No papel de Sophia, a atriz Brit Robertson dá as caras e o teaser-trailer acaba de sair do forno. Dia 21 de abril os 13 episódios da primeira temporada estreiam no mundo todo e estaremos com pipoca em mãos para assistir.

tmg-article_default_mobile

A atriz Brit Robertson na primeira foto oficial da série

Só eu já estou ansiosa para essa aula de como comprar num brechó e como administrar uma empresa mesmo sendo uma pessoa de humanas? Já prevejo vários figurinos bafônicos que vão ganhar nosso coração.

Para quem perdeu, já falei sobre esta nova série e muitas outras séries lá no meu canal no Youtube! Quem perdeu, aproveito para deixar as dicas abaixo! Tem muita coisa boa ainda para estrear! ;)

VEJA TAMBÉM: 

5 Séries novas de 2017 para deixar no seu radar:

Clássico dos anos 90, filme As Patricinhas de Beverly Hills vai virar quadrinho

seg

Mais de 20 anos após a estreia de “As Patricinhas de Beverly Hills”, o filme cult-clássico-pop que lançou Alicia Silverstone e Paul Rudd para o mundo não cansa de receber homenagens: desde sessões especiais comemorativas até promessa de adaptação para musical da Broadway. E agora outra novidade: a história do filme também vai virar quadrinho!

clueless2

Vai sim! A adaptação ainda não tem data de lançamento, mas será publicada pela Boom! Studios, de Los Angeles, e tem autoria de Amber Benson (“Buffy, A Caça-Vampiros”) e Sarah Kuhn (Heroine Complex), ilustrações por Siobhan Keenan e arte de capa por Natacha Bustos.

O quadrinho vai seguir exatamente a trama do filme, inspirada no livro “Emma” de Jane Austen, mas o texto deve ganhar uma camada extra: as roteiristas estão estudando a fundo a cultura e gírias dos anos 90 para que tudo pareça bem orgânico no papel – segundo elas, este é o maior desafio do trabalho: não parecer uma mera mímica de palavras antigas.

Alicia Silvertstone, Brittany Murphy e Stacey Dash em 1995, no filme de Amy Heckerling, e a versão prévia da arte da Boom! Studios: 

Clueless-3

clueless_novel


Além de ter equipe feminina nos bastidores, é curioso notar que a roteirista Amber Benson inclusive chegou a fazer o teste para o papel de Tai (Brittany Murphy) no filme (!). Como a história mostra, ela obviamente não passou no teste, mas desde que leu o roteiro sabia que o filme poderia ser um sucesso e agora finalmente vai ter sua chance de contribuir para esse ~legado de cultura pop jovem anos depois. Curioso, né?

O anúncio do quadrinho pega carona nos quase 22 anos de Cher e suas amigas, mas é impressionante como diversos momentos do filme continuam atuais – inclusive o discurso político da protagonista que, no fim, de simplório não tinha nada. Os gifs e imagens da cena viralizaram depois da eleição norte-americana e até outros atores foram convidados pela revista W para reproduzir o monólogo.

O trecho sobre RSVP na Estátua da Liberdade é o destaque:

clueless1

Impossível um fã não ficar feliz com essa novidade que, claro!, tem acesso bem mais fácil que um musical. Já vamos ficar de olho! ;)

Imagens da prévia do quadrinho seguem em boa qualidade depois do pulo! 

Continue lendo →

Links que valem o share: semana #137

dom

links137

 

10. Ministério da Cultura abrirá edital para criação de canais no Youtube

9. Warner está trabalhando em reboot de Matrix (!)

8. Mulher-Maravilha aparece em nova coleção da Ellus 2ND Floor

7. Pamonha e máquina de lavar louça: exigências dos artistas no Lollapalooza 2017

6. As ilustradoras que recriaram os posters de Skol para nova campanha

5. Netflix trocará as 5 estrelas por “curti” e “não curti”

4. Quadrinhos mostram tentativa de uma jovem no mundo adulto

3. Basicamente, ninguém mais transa (segundo estudo)

2. Quanto tempo, dinheiro e vida você gasta para ter uma beleza que não é sua?

1. Novo “A Bela e a Fera” tem uma lição sobre gaslighting

A Bela e a Fera: os pontos altos – e outros nem tanto – do remake da Disney

sex

Um dos filmes mais aguardados do ano acaba de chegar aos cinemas: o remake em live action de “A Bela e a Fera”, da Disney! Desde o anúncio do filme, a expectativa foi lá em cima, especialmente depois que anunciaram o elenco: será que Emma Watson conseguiria levar sua voz ativa pelos direitos das mulheres para a trama (tão problemática!) de alguma maneira?

Na crítica de hoje, comento sobre as novidades que a Disney acrescentou ao filme, sobre a trilha sonora impecável e também sobre o trabalho do elenco, não só de Emma Watson como também dos grandes destaques: Luke Evans (Gaston) e Ewan McGregor (Lumière). Agora será que Bela finalmente se tornou uma princesa empoderada? Respostas no vídeo! rs

Se você nunca assistiu a animação clássica de 1991 e não sabe nada sobre a trama básica de “A Bela e a Fera” – o que acho bem difícil! rs -, o vídeo pode conter spoilers.  Aproveita e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!

 

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

Socorro! Emma Bunton participa de pegadinha e ninguém reconhece a Baby Spice

qui

Essa é pra chocar aquele fundinho seu de fãzoca das Spice Girls que ainda acredita que uma reunião possa ser boa para o grupo – spoiler: provavelmente não, nem vai rolar. rs Mas mesmo assim, o espírito #GirlPower entre nós adora ver o que as meninas andam aprontando ainda hoje e não tem como não ficar em choque com o fato de que, sim, é bem provável que algumas das cantoras do nosso grupo favorito da infância tenham ganhado status de subcelebridade. Não tô falando de Victoria, rainha da moda, nem de Mel C, senhora cantora cheia dos discos novos. Tô falando da querida Emma Bunton, a eterna Baby Spice!

emmabuntonbabyspice

Olá, Emma e anos 90! 

Esta semana, Emma participou de uma pegadinha sensacional e atendeu clientes da British Airways no aeroporto de Londres. Enquanto os atendia, ela ia usando falas das músicas das Spice para ver se algum passageiro a reconhecia e absolutamente ninguém notou quem era ela! A coisa fica ainda mais feia quando uma garota diz que a Baby era sua segunda favorita do grupo e continua sem perceber que estava falando com a própria.

emmaprank

.

Agora sério: Emma mandou bem demais atendendo o povo e merece um Oscar do disfarce ou é a síndrome de Clark Kent, que só coloca um óculos e ninguém repara mais que se trata do Super-Homem? rs Sei que eu ia surtar de ver qualquer uma delas pessoalmente! hahaha Talvez ela devesse ter feito essa prank de chuquinhas no cabelo…

baby-spice-spice-girls-90s-memories-childhood

Lollapalooza 2017: Manual de Sobrevivência e todas as suas perguntas respondidas!

ter

O Lollapalooza 2017 acontece nos próximos dias 25 e 26 de março e traz bandas como The XX, The Weeknd, Metallica, Mø e Strokes e já estamos a todo vapor preparando nosso lineup e nos degladiando (como sempre!) para escolher entre os shows que acontecem ao mesmo tempo. Como já tenho uma ~certa experiência~ no festival, este ano preparei um super guia, um verdadeiro manual de sobrevivência, com diversas dúvidas respondidas e também dicas de quem já sabe a hora em que a lama enche o saco no sapato! rs

Assista ao vídeo com todas as dicas deste post:

Aproveita e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!

Acompanhe o Manual com todas as informações detalhadas:

.
1. INGRESSOS

Ainda é possível comprar ingressos pela Internet, no site oficial do evento:

Lollapass: válido para os dois dias, R$460 a meia, R$920 a inteira
Lolladay: válido para um dia: R$270 a meia, R$540 a inteira.

Se você já comprou o ingresso e quer dar um upgrade para o camarote, também é possível fazer isso comprando pelo site. No dia do festival, os ingressos que ainda não foram vendidos também ficam à venda na bilheteria.  Tome cuidado para não querer comprar na hora, pegar fila demais e perder o show que você quer ver. As filas são GRANDES.

2.HORÁRIOS

Se o padrão dos outros anos for seguido, as portas do festival abrem às 11 da manhã. Os shows começam ao meio-dia no sábado e acabam por volta das 23h com os headliners Metallica e Chainsmokers. No domingo, os shows começam 12h25 e terminam às 22h com Strokes.

Continue lendo →