Sem carão e sem salto: Michi Provensi fala da estreia do programa Móv3l na MTV

ter

É difícil aceitar e se re-apaixonar por algo quando ele muda da água para o vinho. A nossa MTV quentinha e cheia de paradas de clipes está mais do que morta e enterrada: é simplesmente parte de um passado que não faz mais sentido, com tanto à disposição online.

Aí veio a MTV na versão “canal pago”: mais gringa, bem enlatada, mas ainda cheia de planos. Depois de fazer versões nacionais de formatos gringos como o “Are You The One?” e comemorar o sucesso de originais como “Papito in Love” e o incrível derivado “Adotada”, no ar em sua segunda temporada, está na hora de esquentar um pouquinho a programação.

movelmtv_michi2

Luitha Miraglia, Michi Provensi e José Trassi, de “MÓV3L”

Para quebrar o gelo, a MTV quer sair do estúdio para circular num motorhome sensacional, procurando a única coisa que a internet não dá: experiências reais. O canal estreia nesta quarta, dia 5 de agosto, o programa “MÓV3L”, em que três jovens rodam por São Paulo em busca de novidades e, porque não, aventuras. Feirinhas gastronômicas, festivais de música e eventos de moda certamente vão aparecer por lá – e às vezes coisas que podem estar acontecendo do lado da sua casa e você não faz ideia. Quem nunca, não é mesmo? Passei por isso esse fim de semana, aliás.

No comando do programa estão os apresentadores José Trassi, Luitha Miraglia e a já figura carimbadíssima da moda e da noite, Michi Provensi. Depois de lançar o livro “Preciso Rodar o Mundo – Aventuras Surreais de uma modelo real”, Michi parece que foi descoberta por outros olheiros: os do entretenimento. Fez turnê por vários programas de TV falando de seu livro e ganhou um programa de música eletrônica com a Skol, o “Beats Show”. Agora, quer ainda mais abrangência: “a MTV vivia nos meus sonhos! Estou realizando um grande sonho de trabalhar com comunicação”.

Será que Michi é das nossas e também já pediu música no Disk? Aposto que sim! No dia do lançamento do programa para a imprensa, bati um papo com ela.

movelmtv_michi3

Michi: “Era meu sonho poder falar com todo mundo”

Tem alguma coisa da sua experiência como modelo que você leva para o programa? Algo que você aprendeu, por exemplo, convivendo com muita gente num espaço tão apertado quanto o de um motorhome?

MICHI: Ah, dos três aqui eu sou a mais acostumada a passar perrengue. Não tem banheiro no motorhome, por exemplo. Como modelo, tô acostumada com estruturas precárias. Você vai fotografar, sei lá, no deserto e não tem onde fazer xixi. Quem vem de televisão tá acostumado com mais regalias. A moda é roots, só tem glamour na foto.

Continue lendo →

[VÍDEO] Compras: Ellus, Levi’s, Nike e Adidas em liquidação

seg

A crise não está nada fácil, senhoras e senhores. Talvez o único lado positivo para nós, consumidores, seja que as lojas acabaram adiantando um  pouco as rebaixas de preços para tentar alavancar as vendas e animar um pouquinho os corredores dos shoppings.

Em junho já encontrei algumas coisas legais e na semana passada também fiz algumas compras interessantes, que mostro no vídeo de hoje! Será que vocês vão curtir? Pretendo mostrar mais dessas belezuras em looks do dia logo menos! Dá o play e, se você fez algum achado dos bons nessas promoções, me conta que eu quero saber! ;)

Já se inscreveu no canal? Então vai lá!


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

Pixels, um filme que nem Pac-Man salva

sex

Botar uma ficha na máquina e ficar de próximo. Esperar pacientemente pela sua vez e ir aos poucos batendo o recorde para deixar seu nome escrito num fliperama do coração. Muitos anos depois, dar a chance destes mesmos campeões usarem suas habilidades únicas para salvar o mundo. Tinha tudo para ser um filme-pipoca da melhor qualidade, mas não. Foi só “Pixels”, o filme de Adam Sandler que deve estar num cinema bem próximo de você.

pixels20152

Pac-Man começando e encerrando a carreira de vilão </3

Escrito e protagonizado por Sandler, “Pixels” tem direção de Chris Columbus, o mesmo cara responsável por dois “Harry Potter” e por clássicos como “Esqueceram de mim” e “Goonies”. Ou seja, um misto de ansiedade boa e marromenos num só pacote. Mas com tantos games sedutores na tela e Pac-Man como vilão, como é que essa balança poderia pesar para o lado negativo, não é mesmo? Pois sim, conseguiram o impossível.

O filme se inspirou no curta-metragem de mesmo nome que bombou na internet em 2010, sobre alienígenas transformando tudo na Terra em pixel:

No longa, a história começa em 1982, quando o governo americano manda um compilado cultural para o espaço, na esperança de mostrar quem somos para outros seres inteligentes. Eis que os ETs não entendem muito bem o recado: tomam os jogos como uma ameaça de guerra e se disfarçam de “pixels” para nos desafiar. Salvar a humanidade vira tarefa, portanto, para os melhores jogadores de 30 anos atrás, vividos por Sandler, Peter Dinklage e Josh Gad.

pixels2015_

Michelle Monaghan, Adam Sandler, Josh Gad e Peter Dinklage

Eu enxergo muita diversão nesse enredo simples, mas ficou simplório. Os games são realmente a melhor e única parte digna de nota de “Pixels”: os efeitos do curta-metragem ganharam um upgrade tremendo e não dá para negar que é absolutamente maravilhoso acompanhar o chefão Donkey Kong interagindo num cenário realista. A batalha final também enche os olhos e bota uma horda de personagens na tela. O problema é encarar o restante da bagaça para curtir 20 minutos pescando referências (e que seja num Imax, tá?).

Continue lendo →

Como não adorar Khloé Kardashian fazendo teste drive de whey?

ter

Muita gente ainda não entende a magia em torno das irmãs Kardashian-Jenner. Pois eu digo que é quase como escolher uma Spice Girl pra chamar de sua, só que na vida adulta: você pode escolher com qual mais se identifica, que estilo de vida tem mais a ver com o seu e ir em frente. Dá pra ser desde mulher de malandro até supermodelo, empresária de sucesso ou adolescente prodígio, veja só.

khloe1

Khloé Kardashian para a “Complex”

Independente de qual seja a sua favorita, as Kardashian (e não tanto as novinhas Jenner) não se incomodam muito em mostrar do que a magia delas é feita. Enquanto boa parte das celebridades adora ostentar o resultado e mentir sobre o processo, elas não. Tá tudo lá, instagramado e televisionado. E, vem cá, que outra personalidade da mídia e apresentadora você viu ir atrás de um corpo bacana, mostrou o processo no insta e ainda fez teste drive de proteína com alho às vésperas de estrear um programa novo?

khloecomplexcover

Capa da próxima “Complex”, Khloé vai ganhar um programa de TV em breve, em que toma drinks e janta com celebridades para bater um papo. Como ela é bem divertida, imagino um “Estrelas” etílico e politicamente incorreto. rs Talvez o fato do programa envolver drinks tenha inspirado o pessoal da revista a propor um desafio bem inusitado pra irmã de Kimberly, que transformou seu corpo a olhos vistos: um teste drive de whey protein, o suplemento mais simples e mainstream entre a galera que treina.

whey de alho?

Quem toma suplemento simplesmente se acostuma com o sabor que essas coisas têm. Por mais que todos adorem zoar, não, não é gostoso. O  que vai dentro da “mamadeira” de suplemento é insosso, geralmente ralo e com um cheiro meio enjoado. Não é um toddyinho que te deixa trincada, longe disso. E, nesse vídeo, o marKeting funciona mais uma vez: Khloé testa variedades absurdas de shakes de proteína (alho, pepino, que?!!) e mostra o outro lado de um processo que não é necessariamente agradável, mas que pode trazer benefícios para a saúde e para a estética.

  khloe3

A moça está no #projeto força, foco e fé há alguns anos (devidamente arquivados no instagram) e escolheu abraçar essa rotina fitness devagarinho e sem loucuras, para conseguir manter para o resto da vida. Os resultados visíveis a gente vê facilmente nas fotos da “Complex” espalhadas por este post. E se você treina e se identifica, mas ainda não vê nada digno de nota na frente do espelho, que tal se cobrar um pouco menos? Permita-se ter o prazer de se amar doa a quem doer, exatamente como uma Kardashian faria. 

Dito isso, pergunto: como não se identificar com essa moça gente boa cuspindo whey marrom de gosto estranho? Nada mal para quem faz parte de uma família frequentemente acusada de plástica, não? Só vejo verdades.

Lembrete importante: antes de ingerir qualquer tipo de suplemento, por mais popular que seja, procure um nutricionista. 

[VÍDEO] 20 anos de As Patricinhas de Beverly Hills

seg

“As Patricinhas de Beverly Hills” acaba de completar 20 anos e, graças ao texto ácido e afinado da diretora Amy Heckerling, o filme se tornou atemporal, um verdadeiro clássico do cinema adolescente dos anos 90. Quer dizer, tirando os modelos de celulares antigos, tudo ali continua fazendo sentido. Os figurinos, então, nem se fala: viraram referência.

Para comemorar esse aniversário em grande estilo, conto hoje em vídeo tudo que eu aprendi e ouvi falar pela primeira vez através do filme, que de fútil não tem nada (especialmente se você for uma criança de 9 anos, como era meu caso quando vi pela primeira vez! hehe).

Aproveito para convidar vocês a se inscreverem no canal também!


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

Links que valem o share: semana #90

dom

links90

imagem via Shutterstock

10. Personagens femininas de jogos ganham corpos com proporções mais realistas

9. Sexismo em jogos online é fruto da insegurança masculina

8. 27 frases que as mulheres precisam parar de dizer umas as outras

7. James Franco vai lançar livro sobre Lana Del Rey (oi?)

6. Cinco truques de beleza das drag queens

5. O mito das duas malas

4. Qual a hora certa de engravidar?

3. Algumas pistas sobre o que está acontecendo no Brasil e o que você tem a ver com isso

2. Ao responder Nicki Minaj, Taylor Swift mostra o quanto é difícil reconhecer privilégios

1. “Por que fazer uma campanha publicitária sexista em 2015 é uma grande estupidez”, por Henrique Sampaio