Links que valem o share: semana #78

dom

10. Trabalho impecável: comidinhas em miniatura

9. Como empreender e se sustentar ao mesmo tempo?

8. Como não se arrepender de fazer maquiagem e cabelo no salão?

7. Tendência: roupas com amarrações e cadarços mil

6. Quem poderá mexer no seu Facebook quando você morrer?

5. Três tendências que importam da New York Fashion Week

4. “AKA Jessica Jones”: conheça o elenco da nova série da Marvel com Netflix

3. “The Sims 4″ está (finalmente!) disponível para Mac

2. O pecado moderno da gula

1. Scarlett Johansson e integrante da Haim se unem em banda. E a música é boa!

Links que valem o share: semana #77

dom

10. Achados na nova coleção de inverno da C&A

9. Animação brasileira leva Ivete Sangalo para o espaço

8. Dicas para economizar dinheiro e viajar mais

7. Kanye & Adidas: com quantos rasgos se faz um comeback fashion?

6. Todas as pessoas com olhos azuis descendem de um único ser humano

5. Glossário sexual: novos termos para velhas safadezas

4. O apartamento de 20 milhões de dólares da Taylor Swift em Nova York

3. 6 Lições empresariais que podemos tirar de Madonna no Grammy

2. O mito do casamento infeliz: por que ele ainda existe?

1. O Caso Chris Brown e o que o Grammy esqueceu

Links que valem o share: semana #76

dom

10. Carvão nos produtos de beleza: oi?

9. Netflix pode ser obrigada pela Ancine a cumprir cota de filmes nacionais

8. Como os gatos dizem “eu te amo” e como você pode responder

7. Inglesa se revolta com princesa Elsa enviada para a festa da filha

6. Os looks do baile da Vogue 2015

5. Kim Kardashian tenta quebrar a internet de novo

4. Socorro! Eu não nasci para ser fitness

3. M.A.C., Clinique e Smashbox ganham outlet em São Paulo

2. Foda-se a motivação: o que você precisa é disciplina

1. “Nós somos a resistência”: porque os blogs continuam, obrigado.

Links que valem o share: semana #75

dom

10. CL, do 2NE1, pode assumir lugar de Fergie no Black Eyed Peas 

9. Sacolé gourmet: turma passa de porta em porta vendendo geladinhos de bike

8. Whatsapp lança versão web – mas, por enquanto, só para Android

7. Previsões para o BBB15

6. Dakota Johnson ganha capa da Vogue América

5. Spin ‘n fit: academia para fazer aulas de bike quando der na telha

4. Pote de geléia virou mania de decoração; veja como usar

3. Dicas: os melhores hambúrgueres do Rio de Janeiro

2. Mini-guia para manter a dignidade nesse calorão

1. Resposta da escola que usou macbook no lugar do iPad faz pensar

Links que valem o share: semana #74

dom

10. O teste de personalidade baseado no Facebook que está deixando todo mundo noiado

9. Como andar de metrô em Nova York: linhas, estações e afins

8. “Girls” retorna com cena ousada e o sexo que não se vê na telinha

7. Rio de Janeiro vai receber exposição de 25 anos da Pixar

6. Tendência de volta: o ‘bico de pato’ ganha novas roupagens

5. 7 marcas de biquínis gringas que você precisa conhecer

4. “The Sims 4″ ganha expansão; versão para Mac sai em fevereiro

3. Receita: petit gatêau de goiabada e mascarpone

2. “This girl can”: porque mulheres reais devem se exercitar sem neuras

1. 19 provas de que 2015 começou com tudo

Emojização: a palavra mais usada de 2014 foi um simples `<3′

qui

Ainda dá tempo de mais uma retrospectiva de 2014? Pois essa é bem surpreendente. Entre ebola, #selfies, #gamergates e #sonyleaks, a palavra mais usada do ano não foi sequer uma palavra, mas sim um emoji. Eis que o termo mais usado na Internet em 2014 foi ele, o coraçãozinho vermelho cheio de amor pra dar: “<3″.

emoji1

“<3″: o emoji universal

O site Global Language Monitor analisa o conteúdo publicado online há mais de 10 anos e, pela primeira vez, o ganhador não é sequer uma palavra, mas um ícone. Na sequência, outra não-palavra: a boa e velha hashtag, impulsionada por praticamente todas as redes sociais. Já no ranking de nomes mais mencionados, o vencedor foi, infelizmente, “ebola”.

emoji2

A internet clama por “mais amor, por favor”? Estamos ficando mais fofos? Ou estamos empobrecendo todos os idiomas do mundo em troca de algo que simbolize simpatia quando não temos nada além a dizer? Hm… Acho que fico com a última opção. E é uma pena que, além de idiomas, essa escolha empobreça também relacionamentos. Afinal, o que responder para o seu amigo fofuxo quando o assunto é sempre continuado com um simples “<3″? Um cocozinho, talvez?

Em outros anos, o monitoramento indicou que o nome mais mencionado foi “Papa Francisco” (2013), a principal frase “Gangnam Style” (2012) e a palavra mais citada “occupy” (2011). Para os curiosos, a lista completa fica aqui.