O retorno de Saturno e o sucesso depois dos 30

qua

Na sua cabeça, até os 30 você teria sua própria casa, seus investimentos, tomaria um vinho e discutiria assuntos adultíssimos com suas amigas super bem-sucedidas. Mas o jogo das expectativas virou, não é mesmo? O que temos é que os 30 estão quaaaase aí, não dá pra bancar um aluguel sozinha e você até toma vários vinhos com as amigas, mas não é raro o tema das conversas ser pura e simplesmente a insatisfação profissional. Afinal, quem (todas) achamos que a partir dos 25 esse avião ia decolar e não parar mais? É…

giphy-3

Já falo disso há tanto tempo por aqui que me sinto um disco riscado, mas pelo menos o desabafo não é só meu: livros, filmes e séries inteiras importadas também falam e não é só a crise brasileira que está fazendo com que você, aos cinco anos de formado, seja “senior” demais para qualquer cargo. Aparentemente há um probleminha geral e, olha, se fosse “só” o mercado seria mais fácil. A gente nem sabe mais bater o martelo no que realmente ama. O que faz seu olho brilhar hoje?

A profusão do horóscopo em todos os memes no último ano é bem engraçada, mas só mostra pra mim o quanto o buraco é mais embaixo. É na crise que a gente mais procura razões para entender as coisas, entra na terapia, culpa a lua, vai fazer mapa astral – aliás, eu fiz, foi ótimo, façam. A preocupação com o grande “retorno de Saturno” é uma preocupação há quanto tempo? Tive que explicar sobre isso pra minha mãe, afinal por que ela saberia se aos 30 pra ela estava tudo bem encaminhado mesmo?

tumblr_maofmws1un1rzbvsto1_400

O retornão diz que nessa época nossa vida vai virar de cabeça pra baixo, ser chacoalhada como uma caipirinha ruim e espremida na sequência pra ver o que sobra, pra ver o que realmente você compreendeu disso tudo. Difícil refletir enquanto se está sendo chacoalhado pra cima e pra baixo, mas já me sinto menos na obrigação de ser um grande sucesso, sensação que eu tinha há anos atrás. Obrigação pouco tem a ver com obstinação. Eu quero ser, mas não tenho que.

Eu que acredito em copos meio vazios até venho me surpreendendo com o otimismo e bom humor que vem brotando sei lá de onde. Parece que quando a única coisa que você tem na mão é a vontade, a fé se torna natural, importante, vital. Se não tiver fé, não se tem nada e é sempre melhor ter alguma coisa, especialmente algo tão forte e que não faz mal a ninguém, convenhamos.

tumblr_o1vo91olq41qzjt6do1_500

As histórias de outras grandes mulheres também me fazem respirar aliviada, afinal, é claro, vez ou outra você também vai se sentir meio “velha” pra ainda estar tendo estes questionamentos, ainda viver estes problemas, ainda conviver com estas indefinições. Mas não são raras as mulheres que fizeram acontecer depois dos 30 e outras bem depois e outras bem, bem depois.

Esse vídeo resume, mas basicamente J.K. Rowling, Oprah Winfrey, Kristen Wiig e Vera Wang são algumas integrantes do nosso clube: mudaram de área, foram chacoalhadas, só tiveram suas chances depois de anos tentando, ouviram nãos inimagináveis.

Melhor não desistir.

[VÍDEO] Peso, cerveja e TPM: respondendo a TAG 50 perguntas em 5 minutos

qua

Depois de alguns meses sem responder uma boa e velha tag, me aventurei nesta que se chama “50 perguntas em 5 minutos”. Tentei ser rápida, mas é praticamente impossível ler a pergunta, pensar numa boa resposta E AINDA responder esse tanto de coisa em tão pouco tempo.

giphy-2

Juro que tentei! kkk

Ainda assim, valeu a pena! Estou falando sobre peso, TPM, cerveja, alguns defeitos e umas qualidades aí no vídeo. Rolou um momento quase “entrevista com o RH” também. rs

Dá o play e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! ;)

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

6 Séries do Netflix para ver na academia e animar seu aeróbico

seg

Já se foram muitos e muitos posts com dicas de músicas para treinar… Agora e que tal seriados para treinar? Sim, esse post é exatamente sobre isso: sobre assistir coisas bacaninhas do Netflix enquanto você faz um treino aeróbico. Não, eu não estou louca e SIM, super funciona, sou adepta e ainda espanta aquele tédio sepulcral que é ficar num aparelho olhando para o nada!

academia

foto vida real durante o treino no elíptico assistindo “Unbreakable Kimmy Schmidt”

Eu não sei há quanto tempo passei a carregar o iPad para me acompanhar em algumas sessões de treino aeróbico, mas sei que é certamente uma das melhores companhias que posso ter quando não estou com aqueeeela animação ou quando simplesmente não quero ficar atrasada com meu entretenimento. #prioridades #otimizaçãodetempo

Eu costumo ver seriados quando estou fazendo aeróbico contínuo no elíptico ou na escada ergométrica (eita aparelho maravilhoso. É subir & suar!), mas certamente também deve funcionar para quem só caminha na esteira ou faz bike ergométrica. É especialmente legal nesses casos porque são exercícios que não tem impacto e você consegue apoiar um tablet tranquilamente no equipamento. Por outro lado, não recomendo assistir nada se você estiver fazendo qualquer tipo de treino intervalado (vai acabar perdendo o timing) ou fazendo uma corrida intensa: o impacto não é amigo de assistir coisas com legenda e você pode acabar ficando enjoado.

academia_tablet_seriado

“fitness woman” via Shutterstock

MAS O QUE ASSISTIR?

É óbvio que você não vai querer se acabar de chorar nem passar medo enquanto faz um treino, então o que mais funciona é, basicamente, comédia, sendo que o tempo do episódio tem que casar com o tempo do treino! Se tiver um minutinho ou dois a mais, é mais um motivo pra você esperar o episódio acabar e treinar mais um pouquinho! ;)

giphy-1

só não vale roubar! 

Fora isso, você ainda pode escolher algumas séries para assistir só na hora do treino e aí fica curioso para assistir e não deixa de treinar… Né?

Continue lendo →

Minha bolsa e as inimagináveis coisas (inúteis) que carrego dentro dela

sex

No segundo vídeo da semana, resolvi passar uma pequena ~vergonha com vocês: tô abrindo minha bolsa e mostrando tudo que mora lá dentro. Ou pelo menos morava, já que aproveitei essa exibição toda para fazer uma verdadeira limpeza. rs

A minha é uma bucket bag da Corello que eu acho suuuper versátil e tem me acompanhado praticamente todos os dias desde que comprei. Também virou o lar de colares perdidos, moedinhas caídas, calendários (?) e afins. rs

Para ver essa belezura, dá o play e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! ;)


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

 

VÍDEO: O dia em que ganhei na loteria – e outras histórias maravilhosas

qua

São anos de blog e falando de coisas que eu adoro, mas sobre isso eu acho que pouco falei nas ~internets~ a não ser no Twitter, casualmente. E o ‘isso’ é: eu curto muito apostar na loteria, jogar e afins. Além de ter a possibilidade real de ganhar algum dinheiro, eu realmente acho a expectativa de poder ganhar bem divertida, afasta qualquer mau humor!

No vídeo de hoje falo sobre apostas, jogos de azar & casinos e, como o título do post já diz, falo também do dia em que eu GANHEI na loteria… Mas não gostei muito não.

Dá o play para entender essa história e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! 


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

 

Dia dos namorados e vídeo especial <3

dom

O Dia dos Namorados chegou e não deixei a data passar em branco: convoquei o namorado para fazer, finalmente!, sua estreia no canal comigo. rs O Rafa já apareceu várias vezes em posts por aqui e mesmo casualmente nos vídeos por lá, mas nunca tínhamos falado nada sobre o nosso relacionamento de forma mais ‘aberta’ como fizemos dessa vez.

Algumas e alguns de vocês que acompanham o blog faz tempo sabem bem que nos conhecemos há anos atrás (7!) depois de uma ação realizada em Porto Alegre, num frio do caramba, mais ou menos nessa época do ano. Demorou para a gente se acertar, mas depois que finalmente demos uma chance um para o outro, não largamos mais: em outubro comemoramos os 7 anos de namoro!

Nesse vídeo, falamos um pouco mais do nosso relacionamento respondendo as perguntas reveladoras da tag “Ela ou Ele”. Quem é o mais preguiçoso, o mais esquecido, o mais ciumento? Tá tudo aí no vídeo – inclusive uma curiosidade: nós dois somos librianos com ascendente em touro! rs

Dá o play e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.