O retorno de Saturno e o sucesso depois dos 30

qua

Na sua cabeça, até os 30 você teria sua própria casa, seus investimentos, tomaria um vinho e discutiria assuntos adultíssimos com suas amigas super bem-sucedidas. Mas o jogo das expectativas virou, não é mesmo? O que temos é que os 30 estão quaaaase aí, não dá pra bancar um aluguel sozinha e você até toma vários vinhos com as amigas, mas não é raro o tema das conversas ser pura e simplesmente a insatisfação profissional. Afinal, quem (todas) achamos que a partir dos 25 esse avião ia decolar e não parar mais? É…

giphy-3

Já falo disso há tanto tempo por aqui que me sinto um disco riscado, mas pelo menos o desabafo não é só meu: livros, filmes e séries inteiras importadas também falam e não é só a crise brasileira que está fazendo com que você, aos cinco anos de formado, seja “senior” demais para qualquer cargo. Aparentemente há um probleminha geral e, olha, se fosse “só” o mercado seria mais fácil. A gente nem sabe mais bater o martelo no que realmente ama. O que faz seu olho brilhar hoje?

A profusão do horóscopo em todos os memes no último ano é bem engraçada, mas só mostra pra mim o quanto o buraco é mais embaixo. É na crise que a gente mais procura razões para entender as coisas, entra na terapia, culpa a lua, vai fazer mapa astral – aliás, eu fiz, foi ótimo, façam. A preocupação com o grande “retorno de Saturno” é uma preocupação há quanto tempo? Tive que explicar sobre isso pra minha mãe, afinal por que ela saberia se aos 30 pra ela estava tudo bem encaminhado mesmo?

tumblr_maofmws1un1rzbvsto1_400

O retornão diz que nessa época nossa vida vai virar de cabeça pra baixo, ser chacoalhada como uma caipirinha ruim e espremida na sequência pra ver o que sobra, pra ver o que realmente você compreendeu disso tudo. Difícil refletir enquanto se está sendo chacoalhado pra cima e pra baixo, mas já me sinto menos na obrigação de ser um grande sucesso, sensação que eu tinha há anos atrás. Obrigação pouco tem a ver com obstinação. Eu quero ser, mas não tenho que.

Eu que acredito em copos meio vazios até venho me surpreendendo com o otimismo e bom humor que vem brotando sei lá de onde. Parece que quando a única coisa que você tem na mão é a vontade, a fé se torna natural, importante, vital. Se não tiver fé, não se tem nada e é sempre melhor ter alguma coisa, especialmente algo tão forte e que não faz mal a ninguém, convenhamos.

tumblr_o1vo91olq41qzjt6do1_500

As histórias de outras grandes mulheres também me fazem respirar aliviada, afinal, é claro, vez ou outra você também vai se sentir meio “velha” pra ainda estar tendo estes questionamentos, ainda viver estes problemas, ainda conviver com estas indefinições. Mas não são raras as mulheres que fizeram acontecer depois dos 30 e outras bem depois e outras bem, bem depois.

Esse vídeo resume, mas basicamente J.K. Rowling, Oprah Winfrey, Kristen Wiig e Vera Wang são algumas integrantes do nosso clube: mudaram de área, foram chacoalhadas, só tiveram suas chances depois de anos tentando, ouviram nãos inimagináveis.

Melhor não desistir.

Comentários via Facebook

4 comentários

  1. Nayara

    Adorei o texto, bem real o sentimento de quem esta chegando perto dos 30, ou já chegou neles sente. Adorei o vídeo também! Mostra o quão importante é o não desistir, e também o quão importante é ir atrás do que faz “o nosso olho brilhar” :D

    Responder
  2. Ingra

    Fêe vi que você falou desse texto lá no snap e corri pra ler!
    Eu tenho 23 e já me identifico com muito do que você falou! Mudei de curso e vou me formar ‘velha’ com 26 enquanto vários amigos estão formando por agora! Ea pressão de só ter 4 anos antes dos 30 pra fazer dinheiro, sair de casa e talvez começar uma vida com alguém??
    Mas vamos levando… afinal do que adiantaria formar mais cedo em algo qu não gosto e chegar a beira dos 30e resolver voltar pra a faculdade por exemplo??
    Aorei o texto! Traz mais textão que nois ama hahahah
    Beijo!
    http://www.amosoublog.com

    Responder
  3. Chell

    MEABRAÇA!
    Eu falei disso esses dias num post do blog também, ta todo mundo no mesmo barco. Conforme comecei a me abrir percebi que todo mundo tá na “crise”. Tem a dos quase 30 (tenho 28) e a dos 30 e a dos 30 e pouco. Que saco que com essa idade minha mãe já tinha 2 filhos, trabalhava 3 turnos e tinha um carro, eu nem sei o que comer amanhã =/

    ADOREI o post.

    Responder
  4. Marcos

    Ótimo texto me fez lembrar do relato sobre passar dos trintas do quadrinhista rei da insanidade Bruno Maron

    https://dinamicadebruto.files.wordpress.com/2011/02/apartirdos30.jpg

    Saturno eh o cobrador e o.pior que esse bicho aparece de sete em sete anos, se sua natureza estiver desalinhada com a natureza do universo o tapa eh forte, mas eh pra correção :) o segredo eh saber ouvir o coração na hora de tomar decisões.
    Abraço!

    Responder

Deixe seu comentário