O melhor do Halloween em Nova York: os cachorros!

ter

Se tem um rolê imperdível para se fazer em Nova York próximo do Halloween, certamente é dar uma passadinha na ‘Tompkins Square Dog Parade. Todo ano, cães espirituosos e donos criativos (ou ao contrário, acredite) se reúnem devidamente fantasiados para um grande encontro nessa praça no Lower East Side.

Além de explodir sua cabeça e redefinir todos os seus conceitos sobre o que é uma fantasia pet, o evento é gratuito e super divertido. Já estive lá e simplesmente foi uma das coisas mais bacanas que já fiz em viagem: simples, fofo e rende altas fotos lindas! As fantasias deste ano estavam ótimas e rolou até momento ‘back to the future’!

halloweendogs1

halloweendogs2

halloweendogs3

halloweendogs4

margdog

algumas das fantasias na dog parade de 2015

Quando estive lá em 2014, aproveitei também para fazer um vídeo mostrando um pouco do que rola além da zoeira e do concurso de melhor fantasia, contei se os cachorros parecem incomodados e como funciona essa festa. Vale o play! Se for pra NY nessa época do ano, já sabe! <3

Vídeo: veja como é a Halloween Dog Parade em Nova York

seg

Um dos primeiros eventos que entrou para a programação da minha viagem para Nova York foi o Halloween Dog Parade! Todo ano o Tompkins Square Park, no East Village, sedia um concurso de fantasias de Halloween para cachorros. O evento é lotado de gente bem-humorada e cães maravilhosamente bem vestidos!

Dá o play no vídeo e me conta: qual foi seu dog favorito? <3

Veja mais posts de Nova York!


Yoga para filhotes

qua

yoga para todos!

Depois de lançar o livro “Yoga Dogs”, com fotos dos mais diversos cachorrões em posições de yoga, o fotógrafo Daniel Borris resolveu clicar mais duas séries de imagens, desta vez com filhotes: cachorrinhos e gatinhos.

O resultado alcançado à base de muuuito Photoshop é incrível, engraçadíssimo e, obviamente, uma fotura:
.

.

Ei, Daniel, lança um livro com fotos dos filhotinhos também, vai? Quem quiser ver mais, as sessões de fotos completas estão no site dele! ;)

Pet Fashion Week, PJ Clarke’s, óculos do Bleudame e organizadores da Etna – Imagens da Semana

qui

E o vídeo do SkolSensation vai sair, prometo… :P

PET FASHION WEEK

@pet fashion week

Sábado e domingo passados aconteceu a primeira edição brasileira do “Pet Fashion Week”, evento que já acontece em Nova York e em Tóquio. Fui lá fazer matéria pela TV UOL e vimos algumas coisas bem interessantes. Apesar da organização precisar definir melhor os rumos que eles querem dar para a “semana de moda de cachorro”, a iniciativa já foi bem legal. Infelizmente, eles deixaram os gatos totalmente de fora do evento. Até os pet shops só vendiam artigos para cachorros, fora que havia uma falha grave em decidir se eles iam fazer um evento beneficente ou um evento de artigos de luxo para cães.

Em todo caso, a ida até lá me rendeu algumas boas fotos e diversão garantida no desfile cheio de cachorrinhos diferentes – e numa passarela com cocô e xixi. Foi genial ver a cara das modelos lidando com os cachorros. Tem mais fotos no flickr.

.

PJ CLARKE’S

A filial brasileira do PJ Clarke’s novaiorquino fica no coração do Itaim Bibi. E isso não é um elogio. O ambiente é delicioso, a carne dos hambúrgueres da lanchonete tipicamente americana também. Porém, o fato de estar no coração do Itaim atrai um público bastante diferente do que está habituado a frequentar hamburguerias. Muita gente vai de galera pra lá fazer esquenta antes da “balada playboy” ao mesmo tempo em que casais mais velhos tentam fazer uma refeição diferente. Não é uma crítica, mas apenas fica aqui o lembrete que lá talvez você se sinta estranho por comer hambúrguer no guardanapo.

Na foto, a sobremesa que pedimos: torta de maçã crocante com sorvete de baunilha. Simplesmente deliciosa. Enfim, vale a ida para conhecer, mas acredito que eles escolheram o lugar errado pra lançar um restaurante que, teoricamente, quer ser despretensioso.

.

BLEUDAME

Minhas comprinhas do Bleudame.com chegaram já faz um tempinho, mas só agora peguei esse óculos wayfarer do topo direito da foto, presente do namorado! <3 Depois que comprei as headbands, o óculos vintage e esse colar personalizado com meu sobrenome, o Rafa se animou e resolveu pedir uns óculos para ele também, e eu ganhei esse aí. Não dá pra ver direito, mas ele é um turtle bem escurão, uma graça!

.

ETNA

Depois de perder vários acessórios meus que ficavam espalhados por aí porque a Hannah, minha gata, pegava pra brincar, baixou o espírito de Amélia e organizei todas as minhas coisas. No domingo passado, fui no Etna e comprei alguns organizadores de plástico como esses aí vermelhos. Comprei transparentes pra deixar com meus produtos no banheiro também e uma caixa oriental simplesmente linda pra por maquiagens que uso pouco dentro. Devo voltar lá essa semana pra resolver uma troca que preciso fazer e mostro mais depois!

Cachorros e Lady Gaga – Modos De Usar

seg

Mais um “Modos” com Lady Gaga de protagonista. Só que dessa vez ela é que foi a inspiração:
.

LADY GAGA:

O último clipe, “Telephone”, com Beyoncé

.

LADY GAGA DOGS:

Neste projeto do fotógrafo Jesse Freidin, diversos cachorrinhos foram fotografados por polaroids vestindo os com os looks de dona Gaga.  Para dizer o mínimo, sensacional!

Continue lendo →

Top 10: Coisas que já esqueci.

qui

Fiz um comentário sobre minha memória podre no post das “imagens…” e rapidinho me lembrei dos maiores absurdos de esquecimento que já cometi.

Dizem que você começa a esquecer das coisas quando tem coisas demais para lembrar. É tipo um acúmulo: se você não tem nada para lembrar, não tem nada para esquecer. Agora imagine quando são tantas coisas importantes para lembrar que você começa a se esquecer das coisas…. Hm… Básicas?

agora eu entendo o drama da Dóri.

Sim, é justamente isso que está acontecendo comigo neste exato momento. Justo eu, que sempre fui super “ligadinha”. Estou achando engraçado, pra não dizer dramático. E claro que não poderia deixar de registrar um pouco da minha tragicomédia recente de perda de memória aqui.

O curioso é que o impacto de esquecer as coisas bestas é tão grande que é impossível esquecer que eu  as esqueci depois do estrago que provocam. Entenderam? Ah, esquece. Pode rir da minha cara com o best of de coisas que já esqueci.
.

1. Já esqueci de colocar o sutiã pra sair (e reparei no meio da manhã que tinha alguma coisa solta dentro da blusa quentinha – era inverno, ainda bem);

2. Já fui para um primeiro encontro e esqueci de passar desodorante (e tomara que ele não tenha percebido);

3. Já saí naqueles dias e, enfim, adivinha só o que eu esqueci…? (nestas horas agradeço por ser prevenida – e por não ter esquecido a necessaire!);

4. Já esqueci chave de casa dentro da geladeira;

5. Já esqueci de comprar comida pro cachorro (quando eu tive cachorro) em plena véspera de natal.  O sortudo foi alimentado com pernil;

6. Já esqueci 8947283947 vezes de levar biquíni pra praia e provavelmente mais da metade dos meus biquinis foi comprada em situações como essa. E não, não era desculpa para comprá-los, ou você acha que eu sempre estava afim de torrar dinheiro com duas peças de roupa que eu só uso vez ou nunca?!;

7. Já esqueci de um encontro. E só me toquei quando a pessoa ligou, da fila do cinema;

8. Já esqueci que uma festa era na sexta. E liguei para as amigas para perguntar com que roupa íam em pleno sábado. Ouvi o seguinte: “não acredito, Fê! Por isso que você não foi?”;

9. Esqueci toda minha documentação do DRT de atriz numa feira. Sim, numa feira. De frutas e peixe. Com feirantes gritando. Ao sair da escola de teatro, atravessei a feira que acontece na rua, paramos para comprar cerejas (adoro!) e adivinha? O envelope ficou e por sorte não foi molhado por água de peixe;

10. E, por fim, as pequenas coisas: num espaço curto de quinze dias eu consegui esquecer um trabalho,  deixar em casa a minha necessaire duas vezes e ainda largar minha máquina fotográfica e meu celular com amigos. Despreendimento? Não. Desencanada? Nunca. Só falta de magnésio – se é que é isso que faz bem pra memória. É isso? Alguém lembra? …

.

Só para constar: o que eu não esqueço mesmo são textos no teatro. E datas, mesmo as mais esdrúxulas.  Pode me chamar de louca, mas até hoje eu confundo o dia do aniversário do meu pai com o do meu padrinho, mas lembro de cada data de aniversário/primeiro beijo/blablabla com ex-namorados. Memória mal alocada? Também acho.

Se eu fosse um pen drive, eu só teria 1GB. Certeza.