Wishlist: acessórios e fantasias para o Carnaval

ter

Alalaô, meu amor! Carnaval chegando, dando onda e mesmo estando já de cara para o feriado, ainda com certeza teremos mais alguns finais de semana de bloquinho em todo país, então resolvi fazer uma lista de compras bem belezinhas para arrasar na fantasia improvisada e, por que não?, no ano que começa depois do Carnaval. Afinal, né? Por que não? “Eu não espero o Carnaval chegar…” ;)

carnaval_2017_wishlist

 

1. Brinco de raio à la David Bowie, R$29,90 na Renner

2. Body com vibes Meninas Malvadas, para você que não espera o Carnaval chegar  – R$79,90 da OutletDri na Dafiti

3. Body Rainha do Bloco, para você que acordou empoderada, R$159 da TeaShirt na Dafiti 

4. Uma pochete de glitter para proteger suas coisas, R$49,99 na C&A

5. Camiseta Power Ranger Rosa para alegrar a quarta-feira de cinzas, R$39,99 na C&A

6. Tiara de frutas, à la Carmen Miranda, R$59 na Youcom

7. Fantasia de Sereia com body e sainha de tule, R$99 na Youcom

 

 

Minha coleção de Funkos: as histórias, onde comprar, vale a pena importar?

sex

Se você já assistiu algum vídeo meu, certamente já viu minha prateleira recheada de toys logo atrás de mim! Pois é: o vídeo de hoje é justamente para contar a história dos brinquedos e também dar dicas de onde comprar, se vale a pena importar direto aqui do Brasil pelo Ebay e outros detalhes assim! Ficou ainda alguma dúvida? Deixa nos comentários que eu ajudo!

Aproveita e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

Uma vida normal não tem (muita) graça

seg

Há uns dias atrás eu estava com vontade de chorar de tanto cansaço. O sentimento virou vídeo e resolvi tirar uma semana para fazer somente o mínimo necessário para minha convivência em sociedade – o que incluía respirar, me alimentar, trabalhar e fazer meus exercícios físicos. Esses aí que poderiam ser além do mínimo para a maioria das pessoas, mas que garantem minha sanidade, física e mental. E assim foi: cinco dias sem me preocupar com produzir roteiro, editar vídeo ou vir aqui postar alguma coisa. Aliás, só de escrever essa última frase já tenho vontade de vomitar uns 394893 posts que tenho na cabeça mas simplesmente não tenho tempo de desovar. O vídeo e o Youtube, meus amigos, são sugantes demais. Especialmente se você também trabalha, estuda… Enfim, especialmente se você tem uma vida normal em paralelo acontecendo e boletos chegando.

Dei essa pausa por pura necessidade de organização, mas me peguei no meio da semana tendo um bilhão de ideias e anotando – o que foi ótimo! -, mas ao mesmo tempo percebendo o quanto viver assim, sem produzir nada além do esperado de mim enquanto adulta & cidadã de uma cidade grande, é chato. Não me leve a mal agora: muitos bilhões de pessoas vivem assim e são felizes, completas, plenas, com sua rotina, sua família, suas coisas todas… Eu, não. Eu preciso de 500 milhões de coisas acontecendo ao mesmo tempo para não morrer de tédio. Mesmo que eu reclame disso na sequência.

Foi uma semana necessária, mas a verdade é que independente de blog, youtube, curso de teatro ou aula de espanhol, eu tenho essa necessidade absurda de fazer umas milhões de coisas ao mesmo tempo e de sentir que faço aquilo por mim, porque eu gosto, e não simplesmente porque preciso fazer. Foi assim desde a infância: eu era aquela criança que fazia 5 cursos aleatórios ao mesmo tempo (vôlei, handball, inglês, piano e canto?) e ainda tirava boas notas. Pode parecer um pesadelo daqueles para a psicologia infantil, mas funcionava. Eu tinha até agenda com horários para fazer lição e ver TV – elaborada por mim mesma, tá? Não perdia tempo de estudo nem o horário do meu desenho favorito. Enfim, um dia perdi esse bom hábito, mas que era uma baita ideia e funcionava, era… rs

Hoje, bem grandinha, a ideia de entregar todo o meu tempo a somente uma coisa sobre a qual tenho pouco controle (leia-se: emprego) e não fazer nada além-expediente me dá calafrios. Acho que até por isso desde que adquiri o hábito e a disciplina de treino, jamais abandonei: é o meu tempo comigo mesma e nada mais, fora que faz um bilhão de bens que talvez eu nem tenha total ciência agora, mas que provavelmente meu corpo daqui 30 anos vai agradecer. E aí entra o meu “sharear” de conteúdo, o dar opinião, falar, comentar, indagar… É claro que faço porque gosto, já estamos nessa internet há no mínimo 13 anos, mas faço também na expectativa de crescer e de ter o meu negócio, por que não? E, ainda mais, viver sem fazer nada disso simplesmente não está nos meus planos. Pelo menos por enquanto, e pelos últimos 10 anos de existência deste blog, essa vida normal não tem (muita) graça.

Perdão pelos vacilos, mas eu adoro isso tudo aqui. E vou continuar.

cool-iphone-ipod-life-normal-favim-com-356140

Domingo na Av. Paulista: review do Burger Joint de SP, compras nerds e #File2016

qua

Depois de alguns meses dizendo que eu precisava ir ver a Paulista abertona aos domingos para os pedestres, finalmente me programei e fui. Montei um roteirinho maneiro que incluía: ir e voltar de metrô (porque né? sem carros!), almoçar no Burger Joint (tem duas filiais brasileiras e uma delas é no Top Center, na Av. Paulista), visitar a File 2016 (evento de arte e linguagem digital) e, finalmente, tentar comprar um jogo novo num dos shoppings da avenida que seeempre têm preços melhores. hehe

Tudo isso está no vlog de hoje, inclusive o “polêmico” review do Burger Joint que, sim, é gostoso, mas pelo preço dá para ir em uma séééerie de outras hamburguerias que já citei e recomendei pra vocês aqui no site. Holy Burger e Tradi, por exemplo, passam na frente disparado. Precisam rever os valores urgente por lá! hehe 

Assista o vídeo para entender mais do ~causo e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! ;)

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

[VLOG] 30 Coisas antes dos 30 anos

dom

Faltam menos de três anos para eu completar os famigerados 30 anos e resolvi listar as coisas que eu gostaria de fazer antes de sair do clube dos 20 – até porque, a gente precisa focar nas coisas boas do amadurecimento, uma vez que a sociedade e, basicamente, todo-mundo cansam de dizer o quanto é ruim ficar velho. Se você é mulher, então, a cobrança é pior ainda.

Tem tatuagem, viagem para lugar exótico e alguns itens de evolução pessoal também. Espero que divirtam-se comigo! Antes de dar o play, inscreva-se no canal e receba os vídeos primeiro! ;)


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

Retrospectiva: o melhor do blog em 2015!

qua

Uau! Mais um ano se passou nesta humilde residência online e, devo dizer, apesar das bad vibes  do ano, foi bem produtivo. Além de ter feito uma primeira temporada de vídeos para o canal no Youtube (se inscreve que ano que vem tem mais!), foram em torno de 180 posts compartilhando novidades, opiniões e mantendo vivo esse espaço que, ano que vem, completa 10 (dez) aninhos – talvez você nem saiba que eu existo há tanto tempo na Internet, mas é isso aí minha gente… Um dia eu conto em vídeo essa história online, tá?

retrospcetiva2015

‘eyes and mouth’ via shutterstock


É sempre difícil fazer essa lista de fim de ano e colocar uma lupa na minha própria produção, mas mais uma vez tento trazer aqui aquele resumão com o melhor do site este ano. Tem horas que fico em dúvida nessa eleição, mas o segundo turno é sempre de vocês:
o post com mais shares, leva!

Aproveito, aliás, para agradecer todos os comentários e cada like que vocês deixam por aqui. Sei que em tempos de muito conteúdo nem sempre é possível parar e deixar uma opinião, mas o compartilhamento é uma ótima forma de saber que estamos e continuamos em sintonia! Meu sincero muito obrigada! <3 

Relembrar 2015, shall we? Divirtam-se!

a novidade do ano

Ninguém ficou imune aos poderes de Jessica Jones neste segundo semestre: o bom seriado da Marvel em parceria com o Netflix escancarou tanto o talento de Krysten Ritter quanto o problema com relacionamentos abusivos. O barulho da primeira temporada da série aumentou ainda mais com a passagem dos dois protagonistas pela CCXP em São Paulo. Ponto para a Netflix que, ironicamente, é a “emissora” com mais indicações no Globo de Ouro de 2016.

Jessica Jones, obrigada por falar o que faltava

jessicajones_2

+ Novidades aqui

a melhor resenha

Só “Star Wars” passou imune por aqui (quando é que vai ficar liberado comentar, gente?). Outros grandes lançamentos como “Jurassic World” e “Mad Max” ganharam suas resenhas, fora os textos opinativos sobre vários outros assuntos – desde pulseira fitness até as nossas tradicionais resenhas de restaurantes. Não teve jeito: a resenha de “Divertida Mente” foi um sucesso. Se você não viu o filme ainda, veja! Se não leu o texto ainda, leia!

“Divertida mente”: este filme pode mudar o que você pensa sobre felicidade

divertidamente0

+ Resenhas (sobre tudo isso) aqui

a melhor reflexão

Trabalhar com o que ama e adequar seu sonho a sua renda ou adequar seus sonhos para a renda que você tem fazendo aquilo que ama? Em tempos de crise e desemprego, essa pergunta ecoou alto não só na minha cabeça quanto na de muita gente. O vídeo foi um sucesso de compartilhamentos tanto no blog quanto no Youtube.

Deu ruim: e se nada der certo para a Geração Y?

still_geracaoy

+ Textos aqui

Continue lendo →