#CasaNova: a reforma, inspirações e projeto do nosso apartamento!

seg

Sempre compartilhei momentos muito importantes da minha história neste blog: oportunidades especiais de trabalho, mudanças excepcionais de rotina, um encontro amoroso capaz de mudar tudo… Pois desta vez venho com muita alegria contar que vou abandonar o ninho e finalmente vou me mudar. E não apenas me mudar: vou descobrir a vida a dois 24 horas por dia juntando as escovas de dentes com meu namorado, parceiro de aventuras e cúmplice de todas as horas. E, uau!, escrevendo aqui parece que acaba de se tornar mais verdade! rs

A post shared by Fernanda Pineda (@feepineda) on

Hoje começo a série de posts #CasaNova para contar um pouco do antes, durante e dos vários depois desse processo tão especial! E vamos começar pelo começo, é claro: o projeto, a quebradeira e as referências que enfiamos debaixo do braço para nos guiar.

NOVATOS EM OBRAS

Começamos a reforma no apartamento em dezembro de 2016 e quem me segue nas redes sociais vem acompanhando de tudo um pouco: da reclamação sobre o preço das coisas até quebradeira de parede e escolha de cores dos armários. E agora esta semana vem a parte boa: finalmente acompanhar a montagem de tudo que ficamos durante meses escolhendo (e pagando! AI QUE DOR NO BOLSO!).

Como era de se imaginar, nem Rafael nem eu tínhamos a menor experiência com obras, mas tínhamos ambos uma memória terrível das obras feitas pelos pais que só tinham dado atraso, problema e dor de cabeça. Para “piorar” as coisas, o espaço do nosso apartamento pedia para ser milimetricamente aproveitado: como dar conta deste casal em menos de 40m²?

AJUDA ESSENCIAL: A DUPLA DE ARQUITETAS

Como não estava nos nossos planos sair furando canos por acaso ou sentar e chorar na primeira guerra territorial por espaço no armário, resolvemos contratar um serviço especial para essa missão! A Michelle e a Adriana da MMaverick Arquitetura planejaram nosso apartamento e foram verdadeiras anjas da guarda nesse processo.

Elas tiveram não só o profissionalismo mas também a santa paciência para nos explicar um milhão de vezes a diferença entre todos os tipos de piso, acabamentos de marcenaria, efeitos de iluminação e  ainda acompanhar momentos cruciais da obra para que tudo andasse mais rápido. Pode parecer simples, mas esta última parte é quase tão importante quanto o projeto em si. É bem difícil trabalhar e conseguir estar à disposição no horário comercial o tempo todo para, sei lá, acompanhar a instalação de uma pedra. Por isso, para todo mundo que me pergunta se vale a pena ter arquiteto, eu respondo que sem dúvida VALE. Foi uma ajuda e tanto para nós! 

sala_antesdepois

A sala/cozinha antes e depois: tiramos balcão, nicho, abrimos a varanda, trocamos os revestimentos, mudamos os pontos de água e luz… Ufa! 

Continue lendo →