Girl Power: 5 livros de mulheres poderosas para ler em 2015

qui

Cameron Diaz, Lena Dunham, Alexa Chung, Amy Poeler e Sophia Amoruso: o que elas têm em comum, fora o fato de serem bem-sucedidas no que fazem? Todas publicaram livros contando suas histórias. Ou pelo menos o que é publicável – se bem que, no caso de Lena, isso não se aplica.

Enquanto Sophia se dedica ao empreendedorismo, Lena e Amy vão te fazer rir e chorar com histórias de suas vidas, Alexa vai te despejar um balde de referências de estilo e Cameron vai mostrar que todo aquele corpão aos 42 anos de idade não é só sorte e genética: é sim muito treino e boas escolhas ao longo da vida. Ainda bem, ela compartilhou tudo em detalhes num dos livros a seguir!

 

5. “#GirlBoss”, Sophia Amoruso
.

Quando resolveu publicar “#Girlboss”, a primeira coisa que Sophia Amoruso ouviu de editores foi: “As consumidoras da Nasty Gal não gostam de ler”. Empreendedora que é, Amoruso não desistiu e foi bater em outra porta. Publicou a obra e vem vendendo desde então – e muito. A dona da grife que revolucionou o e-commerce de moda conta seu caminho das pedras, desde vendedora de “achadinhos” no eBay até a abertura da primeira loja física de sua grife, em Los Angeles. Mais sobre ela aqui.
.

4. “It”, Alexa Chung

It girl mundialmente reconhecida, apresentadora de TV e nome de bolsa que também virou it. Alexa Chung mostra, em seu livro “It”, suas paixões e uma coleção de referências que a tornaram um ícone de estilo, por mais que ela não assuma o título formalmente. Falando em ícone de estilo, é nesse livro que ela revela seu maior influenciador: o avô chinês, que não aceitava de forma alguma sair de casa sem se preocupar com o “look”. Veja a resenha completa.
.

3. “Yes Please”, de Amy Poehler

Atriz da série “Parks and Recreation” e de uma boa temporada do “Saturday Night Live”, Amy Poehler põe na roda em “Yes Please” uma série de conselhos e também histórias de sua carreira. A frequente companheira de Tina Fey tem muito para contar e revela, inclusive, que tem a “Angelina Jolie das vaginas”. Ainda não há tradução, mas as risadas certamente valem o esforço de treinar seu inglês.
.

2. “Não sou uma dessas”, Lena Dunham

Durante a leitura, vai ser fácil esquecer que a autora produziu filmes independentes e escreve, dirige e protagoniza uma bem-sucedida série de televisão. “Causos” estranhos e problemas com auto-imagem dominam o início de “Não Sou uma Dessas”, em que Lena Dunham escracha sua vida amorosa em detalhes antes de juntar os pontos sobre como sobrevive e prospera na mídia mesmo se sentindo com alguns kilos a mais. Ainda prefiro o título original: “Not That Kind of Girl”.
.

1. “O Livro do Corpo”, Cameron Diaz

Depois de empreendedorismo, humor e estilo, o livro de Cameron Diaz fecha a conta falando do essencial: o seu corpo. As primeiras páginas de “O Livro do Corpo” parecem ter sido escritas pela personagem de “Quem Vai Ficar Com Mary”, com texto simplório e animado demais. Porém, ainda bem!, aos poucos Cameron se aprofunda e mostra a que veio, criticando dietas da moda e passando longe de loucuras fitness. A atriz divide sua sabedoria sobre alimentação e exercícios com informações detalhadas e sugestões preciosas para o leitor mudar como cuida de si mesmo. Perfeito para quem colocou na lista de resoluções de Ano Novo as palavras “emagrecer” e “academia”.

 

Guia de viagem: três imperdíveis em NY (que eu vou perder)

sáb

Finalmente, as férias! E como o título do post deixa claro, estou indo rumo à Nova York desta vez. Vou ficar mais de 15 dias, fazer coisas diferentes e testar pela primeira vez a experiência de não ficar num hotel ou hostel – e sim, desta vez vou trazer tudo com mais detalhes para cá, com tudo o que esse destino incrível e procuradíssimo merece!

Para começar a conversa da Big Apple, deixo três coisas imperdíveis para se fazer na cidade e, veja bem, as três eu vou perder! Por isso mesmo, esse post é para você que já está na cidade, que está a caminho ou que vai chegar logo depois!

antes de chegar: Jeff Koons no Whitney Museum

Quase 150 obras de Jeff Koons estão expostas no Whitney Museum até o dia 20 de outubro, segunda-feira. A exposição faz um retrospecto do trabalho do artista desde 1978 e encerra com chave de ouro o museu em seu local atual. Depois da exposição o Whitney fecha as portas e faz sua mudança para o Meatpacking District (bairro hypado do Highline Park e cia.). Reabre apenas em 2015.

durante a viagem: o book tour de Lena Dunham

“A voz da geração” Lena Dunham está quase encerrando sua turnê de lançamento do livro “Not That Kind of Girl”. Na série de eventos programados, os looks de Lenda são inclusive comandados pela #girlboss Sofia Amoruso e sua Nasty Gal. Além de ver os figurinos de perto, os fãs podem ouvir a autora e também conversar com convidados especiais.

No Brooklyn, no dia 21, por exemplo, quem está com a atriz e escritora é a colega de elenco de “Girls”, Jemima Kirke (!). Seria fantástico de ir se: 1- não fosse o dia que eu estou pondo os pés na cidade e 2- se já não estivesse tudo esgotado. Pelo menos vou passar na Barnes & Noble mais próxima para comprar tanto o livro da Lena quanto o da Amoruso!

pós-viagem: Alexander Wang para H&M

Esta semana NY já assistiu ao lançamento de uma das coleções mais badaladas de fast fashion de todos os tempos: Alexander Wang para H&M. O grande motivo para tanta expectativa? Conseguir por preços razoáveis o estilo sporty e moderno do estilista, que não parece sair de moda nunca.

As cores absolutamente sóbrias e os tecidos estruturados também são ótimos atrativos e a cidade parou para um desfile estrelado, com direito até a show de Missy Elliott. A coleção chega às lojas no dia 6/11 e dá para imaginar a farra que vai ser na porta da loja conceito da rede, na 5ª Avenida. O lookbook completo com preços aqui. Sim, estou bem chateada de perder isso aqui só por um dia! rs

Lena Dunham mostra como aprendeu a posar para a “Vogue”

qui

Lena Dunham: under pressure

Depois de alguns dias respondendo polêmicas sobre o uso de Photoshop em seu ensaio para a “Vogue”, Lena Dunham aparece num pequeno curta-metragem bem divertido para divulgar a revista.

No vídeo, Lena aprende a posar com o jornalista Hamish Bowles e revisita, de forma bem desengonçada, algumas poses icônicas da revista. E posso falar? Gostei mais do vídeo do que do ensaio, e mais do vídeo do que da capa, que até agora tinha sido minha parte favorita. Essa cara de pânico dela é perfeita para exibir a pressão que é aparecer numa revista tão importante quando se está fora dos padrões. Afinal, quem está, não é mesmo? rs

Dá o play:

.

Voltando à polêmica, nada muda o fato de que Lena é sim um avanço para a publicação de Anna Wintour. Nem o Photoshop pode mudar isso. E o Jezebel poderia ter ido dormir com seus 10 mil dólares no bolso se não tivesse comprado as imagens sem photoshop. Agora, sinceramente, de todas as polêmicas do mundo da moda, não podia ter nada mais panaca para abrir o ano. O que vocês acharam?

Mais fotos do ensaio (photoshopado) depois do pulo!

Continue lendo →

As garotas na festa da terceira temporada de “Girls”

qui

Jemima, Lena, Allison e Zosia na festinha de lançamento da nova temporada de “Girls”

Ano novo, vida nova e temporada da nossa série favorita nova também: as atrizes de “Girls” já se encontraram essa semana para a festa da terceira temporada do programa. O seriado reestreia na HBO para mais 12 episódios neste domingo, dia 12 de janeiro.

O festerê todo rolou no Lincoln Center, em Nova York, mesmo local em que acontecem os desfiles da semana de moda da Big Apple e a lista de convidados provou que o reinado de Lena Dunham veio mesmo para ficar, inclusive entre o povo das modas: Anna Wintour deu pinta por lá, assim como a top Karlie Kloss.

E o assunto do post é esse mesmo: moda. A cada festa as garotas consolidam ainda mais o estilo para o red carpet: enquanto Lena continua ousando e não se importando com o que os outros pensam, Allison Williams se mantem a maior ladylike da turma, Zosia Mamet assume cada vez mais o papel de moderna e Jemima Kirke prova que fica maravilhosa usando absolutamente qualquer coisa.

LENA DUNHAM

Lena Dunham escolheu um vestido Rochas e saiu de casa com prata dos pés à cabeça. Até aí tudo bem, tá destemida!, o problema foi a maquiagem que pareceu ter sido feita em 5 minutos no banheiro antes da festa. rs Não consigo entender porque ela ainda usa uma sombra tão escura e mal aplicada, ela fica com os olhos ainda mais fundos. Tá faltando um cuidado com o makeup artist, dona Lena!

.

ALLISON WILLIAMS 

E o extremo oposto: Allison Williams estava mais uma vez impecável. Desta vez, ela elegeu um Dior bem comportado para a noite, o que me faz pensar que certamente já vimos a moça com vestidos mais interessantes por aí. Em todo caso, a novidade da vez ficou com o penteado ousado, com aspecto molhado e bem puxado na frente, além de um belo arranjo de cabeça para arrematar o coque baixo. A maquiagem continua perfeita, mas segue a receita de sempre: batom de mocinha de família, pele muito bem feita e cheia de iluminador nos pontos-chave. Uma aula de contorno, com certeza!

.

ZOSIA MAMET

Zosia Mamet apostou no básico com pitadas de modernidade para brilhar no tapete vermelho. A atriz usou acessórios e sapatos dourados para dar graça ao pretinho básico (nada sem graça, mas ainda assim um pretinho básico, sabe como né? rs). O cabelão estrategicamente armado e a sobrancelha grossa bem penteada formam um bom contraste e deixam o look atual sem precisar de grandes ousadias.

.

JEMIMA KIRKE

Jemima Kirke mais uma vez usou um vestido da grife de sua mãe, Geminola. A escolha “vintage” da vez na verdade teve um belo pé nas passarelas: os vestidos “camisolinha” estão super em alta. Para completar, o cabelo preso e bagunçado e os acessórios com cara de “feirinha hippie” dão o ar too cool for school que a gente ama na Jem. Para finalizar, batom vermelho – é claro!

E agora a gente aguarda ansiosa pelo primeiro episódio da temporada! Que fim será que vai levar o bofe de Marnie? Vamos aguardar… 

Na cabeça: orelhas de gatinho ou guirlanda de flores?

sex

Nas primeiras fotos em alta qualidade que o mundo viu de Lana Del Rey, ela estava lá. Em meia dúzia de frames do clipe “22” de Taylor Swift, ela estava lá também. Endossada pelas duas cantoras, a tiara já é o acessório da vez há algum tempo e não há previsão da modinha passar. Como tem acontecido com toda muita “modinha”, se no Coachella os moderninhos ainda estavam usando, pode apostar que  muitas coleções vão continuar insistindo no assunto. 

.

gatinho ou florzinha: qual faz sua cabeça?

Enquanto Lana Del Rey apostou por muito tempo nas guirlandas florais e era tida como esquisitinha, o acessório ganhou adeptos e até a própria Lana acabou abandonando as flores. Enquanto isso, outras fãs famosas aderiram ao visual de *musa campestre* e várias lojas fizeram suas versões.

Lana Del Rey e as adeptas: Alexa Chung, Katy Perry, AnnaSophia Robb,
V
anessa Hudgens e Lucy Hale

Taylor Swift deu espaço para a tiara com orelhas de gatinho aparecer bem no momento de festa do clipe “22”. O modelo já tinha aparecido há algum tempo na coleção de acessórios da Topshop (chegou inclusive a vender aqui em São Paulo)  e bombou mesmo com a aparição no clipe.

Não à toa surgiram ordas de tutoriais mostrando como fazer sua “kitty headband” em casa. Eu não sou prendada e sinto que é preciso ter menos de 18 anos ou estar em um clipe para usar, mas o que estou dizendo, não é mesmo? É uma gracinha e acabei comprando uma versão baratex no Ebay. Aguardem fotos! rs

Taylor Swift e as adeptas: Lena Dunham (no ensaio para a Asos), Pixie Lott e a blogueira Alix

Enquanto a tiara de gatinha te deixa com um ar de “wannabe princesa da festa”, a “guirlanda”, coroa de flores ou tiara de flores, como quiser, tem um ar mais romântico e até um pouco sério. Agora chegou a hora de escolher: com qual você fica? Escolheu? Então tá, porque essa mistura de gatinho com florzinha é simplesmente inaceitável.

.

.

A mistureba é culpa da Urban Outfitters. O horror!

 

Christopher Abbott deixa o seriado “Girls” (sim, o Charlie!)

seg

Seria esse o bye bye de Charlie em “Girls”?

Nem só de sucesso, grana e coolness vive a faz-tudo Lena Dunham: a série “Girls” (HBO) acaba de ficar órfã de um de seus rapazes mais queridos, Charlie. Aparentemente as coisas não vão tão bem no hypado reino do Brooklyn e o ator Christopher Abbott, que vive o namorado de Marnie, resolveu deixar o seriado.

Depois do cara entrar no mapa com a guinada que seu personagem teve na segunda temporada, Abbott tomou a decisão de sair do seriado após discutir com Lena durante as gravações da próxima leva de episódios. Segundo uma fonte próxima, o ator não estava “contente” com os rumos que o seriado vinha tomando.

A informação é oficial, os agentes do ator já confirmaram e agora é esperar para ver o que será feito. Será que Charlie vai sair do mapa justamente depois de ficar rico e se reconciliar com Marnie? Será que a produção vai optar por substituí-lo por outro ator? O que será que Lena está planejando, de tão drástico? Será que o personagem vai parar no mesmo lugar de origem do seu dinheiro – o nada?

.

Dúvidas, dúvidas, dúvidas. A terceira temporada de “Girls” terá 12 episódios e estreia em 2014.