Domingo na Av. Paulista: review do Burger Joint de SP, compras nerds e #File2016

qua

Depois de alguns meses dizendo que eu precisava ir ver a Paulista abertona aos domingos para os pedestres, finalmente me programei e fui. Montei um roteirinho maneiro que incluía: ir e voltar de metrô (porque né? sem carros!), almoçar no Burger Joint (tem duas filiais brasileiras e uma delas é no Top Center, na Av. Paulista), visitar a File 2016 (evento de arte e linguagem digital) e, finalmente, tentar comprar um jogo novo num dos shoppings da avenida que seeempre têm preços melhores. hehe

Tudo isso está no vlog de hoje, inclusive o “polêmico” review do Burger Joint que, sim, é gostoso, mas pelo preço dá para ir em uma séééerie de outras hamburguerias que já citei e recomendei pra vocês aqui no site. Holy Burger e Tradi, por exemplo, passam na frente disparado. Precisam rever os valores urgente por lá! hehe 

Assista o vídeo para entender mais do ~causo e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! ;)

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

Tradi: a hamburgueria que sabe ser gourmet sem firula

ter

Em meio ao antro coxinha da Vila Nova Conceição, uma hamburgueria nasce para fazer todos os raios gourmetizadores tremerem. Anote este nome e coloque na sua lista de lugares para comer: a Tradi veio para ficar.

Com a sede de chamar a atenção na concorrida cena de restaurantes desta cidade de São Paulo, já sabemos que está cheio de estabelecimento pensando só em decoração, só em cerveja gourmet ou só em qualquer coisa que não seja fazer o mínimo aceitável. Ou, quando fazem, cobram um exagero inaceitável por isso.

tradi_salao2

o salão da Hamburgueria Tradi em São Paulo

Tendo esse cenário em mente, é fácil perceber porque a Tradi mal inaugurou no final de 2015 e já aparece em vários guias da cidade: quando o trivial é bem entregue, nada pode dar errado. E o que mais, meus caros, pode ser mais importante num sanduba que um pão quentinho adequado e uma carne deliciosa – um blend secreto da casa- no ponto exato? Pois é. Junte a isso um bom atendimento e preço legal (e uma área externa bacaninha pra esse verão) e bingo!

O cardápio da casa (todo online) se divide em receitas de sanduíches tradicionais e gourmet. Na primeira seção, sanduíches no melhor estilo “das antigas”, com carne fininha, queijo prato e variações de salada e molhos para acompanhar. É aí que encontramos o “Ipiranga”, inspirado no hambúrguer da já tradicional lanchonete Seu Osvaldo, que leva molho de tomate pelado. Muito gostoso, mas menorzinho – e com preço menor também: R$16,99. Certamente alguns vão trocar a sobremesa pra experimentar esse. rs

tradi2

o hambúrguer “Gringo” por R$23,11

Já no time “gourmet” estão os deliciosos Castelões e Oráculo, criações da casa ótimos para sua primeira pedida. Ambos trazem 180g do tal blend secreto de hambúrguer, uma receita que leva três tipos de carne bovina. O ponto da carne também é sempre perfeito: centro rosado. Esqueça aquela história de pedir pelamordedeus para que o sanduíche venha ao ponto. Eu, pelo menos, já estou tão cansada de casas que não sabem respeitar o pedido “ao ponto”, que comecei a pedir sempre ponto menos – e ainda assim recebo carne cinza às vezes. tsc tsc

tradi3

o hambúrguer Vila Nova: cheddar, anéis de cebola, bacon e barbecue à parte

Fora do cardápio também aparecem algumas novidades que são divulgadas via Facebook. Na  minha última visita, experimentei o “Vila Nova”: bacon, cheddar inglês (delicioso), anéis de cebola e um bom barbecue à parte para acompanhar. Digno de nota: um ótimo barbecue, viu? Tem sabor de defumado e não de catchup queimado. rs

tradi1

Porção fritas tradi, R$12,11

Agora chegou a hora delas: as batatas! Embora a casa tenha uma boa no estilo rústico, com aquele combo conhecido de alecrim e alho, as fritas tradicionais finas são gostosas, mas realmente não chegam à altura dos sanduíches. Se há um ponto a melhorar, deixo aqui a minha sugestão. Em todo caso, por R$12,11 duas pessoas aproveitam bem o acompanhamento e vão desejar ter um potinho extra dessa maionese para acompanhar.

As sobremesas ainda não provei, mas já vou guardar espaço numa próxima visita. ;) Com esses preços, duas pessoas comem e tomam cerveja(s) por menos de R$50 cada um. E tem uma pegadinha: em homenagem à cidade, quase todos os valores terminam com “11”. Simpático!

 

tradi_salao1

VAI LÁ: Rua Diogo Jácome, 391, São Paulo, SP. Horários, cardápio e informações extras aqui.

Vinho no verão: testei o serviço da Sonoma

sex

Até pouco tempo, muita gente tinha o pré-conceito de que vinho era bebida de inverno e cerveja uma bebida de verão. Pois que engano, minha gente! Amo cerveja também, mas poucas coisas são mais deliciosas que um vinho geladinho no calor e à beira da piscina. Se for um prosecco muito bem acompanhado então, melhor ainda. Como admiradora de vinhos, já tenho percebido que essa cultura mudou um pouco, mas ainda vejo muita gente na dúvida: que bebida comprar, afinal, no calorão?

wine_sonoma

vinho, sol e mar também combinam!

A resposta para a pergunta é muito, muito simples: um vinho que te agrade. rs Você pode até pensar em harmonização com pratos, mas antes de tudo acredito que a bebida deve proporcionar prazer, um bom momento entre amigos e uma experiência gastronômica interessante (por que não?). Acho que nós brasileiros ainda estamos nos educando nesse hábito de tomar vinhos e não há problema algum em ir experimentando até descobrir do que gosta.

Ao longo da minha humilde “experiência”, aprendi bastante na tentativa e erro e fui usando aplicativos como o Vivino para catalogar as bebidas que eu curtia (ou não). Aproveitei viagens para provar coisas diferentes e vivo explorando a sessão no supermercado, mas sinceramente ainda sentia falta daquela recomendação mais esperta, sabe? Exatamente por isso gostei bastante da iniciativa da loja Sonoma.

No final do ano, eles me convidaram para conhecer um Prosecco da casa e também me ofereceram o frete “vinho rápido”. Nesse serviço, você compra a bebida e ela chega no mesmo dia na sua casa, antes das 21h da noite. Isso mesmo, bem a tempo do jantar! rs A ideia é simplesmente sensacional para quem resolve marcar uma confraternização em cima da hora ou está prestes a viajar e quer levar um vinho.

Ao contrário de outros sites que disponibilizam muitos rótulos e dão poucas informações sobre eles, encontrei descrições detalhadas e boas dicas de como degustar melhor o produto lá na Sonoma. Também achei os preços interessantes – e se existe um outro conceito equivocado nesse meio é de que vinho bom é vinho caro. Definitivamente, não é. Basta lembrar que há pouco tempo atrás, o Toro Loco, um vinho de apenas 8 euros, foi eleito o melhor do ano (!).

sonoma

meu Prosecco em clima de Revéillon! rs

Não cheguei a testar o clube de vinhos do site, que me parece um pouco diferente de outros da concorrência, porém achei o sistema de recomendações bem interessante, especialmente para quem já curte e quer aprender mais sobre a bebida – definitivamente, o meu caso!

ps: vocês curtem esse assunto? Vamos falar mais a respeito? <3

 

Desapeguei: vem ver minha lojinha no YOP!

sex

Já contei aqui que faço limpas no guarda-roupa umas 3 ou 4 vezes por ano, né? Sinto calafrios de ver o armário lotado de coisas que já não me interessam e não é raro isso acontecer de novo e de novo e estou passando por isso de novo. Compro tudo errado ou preciso aplicar o método Marie Kondo? Respondam nos comentários! rs

Apesar de doar muita coisa, sempre rolam algumas peças mais bacanas, novinhas (às vezes com etiqueta!) ou pouco usadas que valem a pena ser vendidas. A minha primeira experiência como vendedora foi ao vivo, no Trocaderia em 2015 (rolou até vídeo, pra quem não lembra!) e agora estou quebrando as barreiras geográficas com uma lojinha online pronta para receber vocês!

Separei 20 peças bem legais do meu armário, novas e semi-novas, e coloquei todas à venda no aplicativo YOPTem a camiseta que usei na E3, vestidos sociais, sapatos, um jeans flare maravilhoso (vocês já viram aqui!), roupa pra treinar…
.

lojayop2

lojayop3

lojayop1

O aplicativo é super simples de mexer e espero que vocês se animem com esse aperitivo! Bora renovar as energias e o guarda-roupa! <3 Espero vocês lá!

*Aproveito para agradecer a parceria com a YOP, que me ajudou a montar a lojinha e fotografar cada uma das peças! Valeu gente!

Como começar ou continuar indo à academia em 2016?

qua

Começo de ano é assim: um desejo imenso de mudar os hábitos, renovar as energias, se tornar mais saudável, começar algo novo… No papel tudo parece fácil, mas quem já tentou colocar o projeto em prática e falhou, pode ter uma opinião diferente. Parece que nem sempre encontramos a tão falada ‘disposição’ para isso… Ou o tempo. Mas, veja, se você consegue fazer tantas tarefas ao longo do dia, por que ainda não consegue um tempinho pra você?

exercise_2016‘beautiful fitness woman’ via shutterstock

Hoje é dia de batermos um papo sincerão sobre o que pode estar te impedindo de levar o #projetoverão adiante ou o que pode estar te deixando desanimado no processo. Se você paga academia e não vai, espero que isso acabe agora!

quer começar a se exercitar? qual é sua prioridade?

Costumo dizer que a única forma de fazer o ‘projeto verão’ virar ‘projeto eterno’ é colocando o exercício e o tempo para você como prioridade. Simples assim. É impossível que uma pessoa não consiga 40 minutos para si mesma três ou quatro dias na semana. Impossível. E se você não fizer disso uma prioridade, é muito fácil que qualquer outra coisa entre na frente e se torne mais importante – desde coisas sérias como imprevistos e burocracias, até coisas banais, como, bem, preguiça.

exercise_girlsrunning

Se você anda contando essa mentira do ‘não tenho tempo’, talvez ainda não tenha chegado a hora de isso ser uma prioridade na sua vida. Talvez você precise ouvir o médico dar um ultimato, talvez tenha de surgir uma viagem ‘ecológica’ incrível com muita caminhada envolvida (e pouco condicionamento físico) ou talvez você apenas se olhe no espelho um dia e tenha vontade de ser diferente.

Continue lendo →

Felizes para sempre: dá pra inovar no pedido de casamento?

qua

Ok, então você está decidido a se casar com essa pessoa tão especial que se tornou sua parceira? Quer juntar as escovas de dentes? Quer um cobertor de orelha pra valer? Já tá sonhando com família, filhos e casa na praia? Pois bem!

Não importa se vocês vão ter trigêmeos ou virar nômades digitais, existe uma coisa que todo tipo de casal tem em comum: o pedido de casamento. É bem provável que, em algum momento, role o típico e tradicional momento, que deve anunciar a união, de forma pública ou particular, e enfim oficializar o compromisso de uma vida a dois que pode ser seguida de alguma celebração, benção ou afins.

casamento

o velho truque da aliança na comida!

No Youtube, uma simples busca por ‘proposal’ vai retornar vídeos emocionantes de homens e mulheres fazendo estardalhaços gigantescos e filmados para pedir seus respectivos em casamento. Confesso que acho essa exposição meio cafona, parece mais uma competição de ego do que algo realmente pensado com o coração – mas, bem, não dá pra negar que tem gente bem criativa por aí, sim.

Como criatividade não é o forte de muita gente, muito menos divulgar a vida pessoal no Youtube, a loja online de joias (diamantes, tá?) Vashi criou uma espécie de quizz para ajudar os pombinhos a definir a melhor forma de lançar o pedido de casório. Depois de responder algumas perguntas simples sobre o parceiro, como “ele prefere viajar ou curtir com a família?”, o resultado aparece.

Uma ideia para não gastar nada: convidar os amigos e família a gravarem um vídeo falando sobre o casal

proposal1

Uma ideia gastando mais: viajar para um lugar romântico e aproveitar o cenário da cidade

proposal2

Uma ideia bem louca: comprar um comercial na TV. Why not? :P

proposal3

Não dá pra negar que são boas ideias, e ainda rola esse último modo “random”, em que tudo pode acontecer. A melhor parte: você fala tudo sobre seu parceiro, mas o quizz deixa você determinar quanto pode gastar de dinheiro nessa brincadeira serious busine$$. Vai lá testar!

Gosto também de outras histórias reais, como essas ou essas aqui.