A louca da ansiedade: o pior sempre pode acontecer?

sex

Semana passada uma sequência de “doenças” tomou conta do corpo desta que escreve e foi um festival de reclamações nas minhas redes sociais – especialmente no stories do Instagram, que eu aderi fortemente: @feepinedaO repouso forçado me fez explodir de raiva e tédio, mas ao mesmo tempo colocar algumas coisas em perspectiva… No vídeo de hoje, faço uma reflexão sobre o quanto somos levados pela ansiedade a sempre achar que o pior não só pode, como VAI acontecer!

Aproveita e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!

 

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

[VLOG] Lollapalooza 2017: The Weeknd, MØ, Duran Duran e Strokes! Como foi o domingo no festival

qua

Preparados para o vlog do Lollapalooza 2017? Chegou a hora de um dos vídeos mais ~tradicionais do meu canal! Este ano, aproveitei muito o domingo no festival e mostro em vídeo um pouco da experiência, além de pontos altos e pontos baixos da organização este ano.

lolla1

No meu lineup, entraram os shows de Duran Duran, The Weeknd, MØ e The Strokes e, é claro!, aquela famosa passadinha no Chef’s Stage para aguentar o tranco de barriga cheia. No final, aproveito para fazer um balanço do evento, já que sou frequentadora desde a primeiríssima edição. Na minha opinião, já está na hora de algo mudar – palcos diferentes, outra disposição, um cuidado maior com os headliners ou talvez até mesmo outro local… Tudo para que a experiência não se torne previsível. E você, o que achou do Lollapalooza 2017? Conta aí nos comentários e me segue nas redes sociais para ver mais fotos e continuarmos esse papo!!

Aproveita e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

Nintendo Switch: os prós e contras de comprar o novo videogame agora

qui

O Nintendo Switch é o novo videogame da gigante japonesa que está arrebatando os fãs com um Zelda novinho em folha e com a proposta sensacional de permitir ao jogador se divertir aonde quiser – e ainda acompanhado dos amigos. O videogame pode ser usado como portátil, também destaca pequenos controles avulsos, os ‘joycons’, e também funciona, é claro, como a boa e velha central de entretenimento ligada à TV.

giphy (4)

Tudo muito legal para quem está no exterior e pode pagar em torno de $300 dólares no aparelho, mas aqui no Brasil a situação é diferente. Como não há mais representação oficial da Nintendo no país, simplesmente não existe nenhum tipo de suporte ou garantia. Mesmo adquirindo o produto com nota fiscal, o cliente fica refém daquela garantia simples de loja, que só aceita trocas dentro de 30 dias. E se der problema depois, como faz? E, afinal, quanto está realmente custando o Nintendo Switch nesse comércio “paralelo”, que ninguém sabe muito bem como traz o produto para a venda e se ele pode ter sido danificado no caminho?

Meu vídeo mais recente do canal discute tudo isso e também trago a opinião dos amigos jornalistas do IGN Brasil, Pablo Miyazawa e Flavia Gasi (também Garotas Geeks), e também da youtuber Malena, que ainda não decidiu se compra ou não. Dá o play! ;) 

Aproveita e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

A Bela e a Fera: os pontos altos – e outros nem tanto – do remake da Disney

sex

Um dos filmes mais aguardados do ano acaba de chegar aos cinemas: o remake em live action de “A Bela e a Fera”, da Disney! Desde o anúncio do filme, a expectativa foi lá em cima, especialmente depois que anunciaram o elenco: será que Emma Watson conseguiria levar sua voz ativa pelos direitos das mulheres para a trama (tão problemática!) de alguma maneira?

Na crítica de hoje, comento sobre as novidades que a Disney acrescentou ao filme, sobre a trilha sonora impecável e também sobre o trabalho do elenco, não só de Emma Watson como também dos grandes destaques: Luke Evans (Gaston) e Ewan McGregor (Lumière). Agora será que Bela finalmente se tornou uma princesa empoderada? Respostas no vídeo! rs

Se você nunca assistiu a animação clássica de 1991 e não sabe nada sobre a trama básica de “A Bela e a Fera” – o que acho bem difícil! rs -, o vídeo pode conter spoilers.  Aproveita e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!

 

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

Lollapalooza 2017: Manual de Sobrevivência e todas as suas perguntas respondidas!

ter

O Lollapalooza 2017 acontece nos próximos dias 25 e 26 de março e traz bandas como The XX, The Weeknd, Metallica, Mø e Strokes e já estamos a todo vapor preparando nosso lineup e nos degladiando (como sempre!) para escolher entre os shows que acontecem ao mesmo tempo. Como já tenho uma ~certa experiência~ no festival, este ano preparei um super guia, um verdadeiro manual de sobrevivência, com diversas dúvidas respondidas e também dicas de quem já sabe a hora em que a lama enche o saco no sapato! rs

Assista ao vídeo com todas as dicas deste post:

Aproveita e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!

Acompanhe o Manual com todas as informações detalhadas:

.
1. INGRESSOS

Ainda é possível comprar ingressos pela Internet, no site oficial do evento:

Lollapass: válido para os dois dias, R$460 a meia, R$920 a inteira
Lolladay: válido para um dia: R$270 a meia, R$540 a inteira.

Se você já comprou o ingresso e quer dar um upgrade para o camarote, também é possível fazer isso comprando pelo site. No dia do festival, os ingressos que ainda não foram vendidos também ficam à venda na bilheteria.  Tome cuidado para não querer comprar na hora, pegar fila demais e perder o show que você quer ver. As filas são GRANDES.

2.HORÁRIOS

Se o padrão dos outros anos for seguido, as portas do festival abrem às 11 da manhã. Os shows começam ao meio-dia no sábado e acabam por volta das 23h com os headliners Metallica e Chainsmokers. No domingo, os shows começam 12h25 e terminam às 22h com Strokes.

Continue lendo →

Respondendo a TAG: Você é Feminista?

sex

Nesta semana de reflexão tão importante para nós mulheres, resolvi finalmente gravar uma tag famosa no Youtube chamada “Você é feminista?”. Assim mesmo, com um ponto de interrogação – e a resposta é sim, claro. No vídeo, conto um pouco sobre como tive contato com o movimento pela primeira vez e também sobre como fui me desconstruindo ao longo dos anos. Acho impressionante como a maioria de nós mulheres, mesmo às vezes sendo criadas só por outras mulheres, acabamos reproduzindo valores e comportamentos extremamente nocivos para nós mesmas. Fico realmente feliz de poder falar sobre isso abertamente – se não agora, quando, certo? Mas, sem mais delongas, convido vocês a verem o vídeo! <3

Aproveita e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!

 

As perguntas da TAG “Você é feminista?” para quem quiser copiar no seu blog/canal/redes sociais:

1) O que é feminismo pra você?
2) Quando vc descobriu que era feminista?
3) O que você mais escuta quando fala em “feminismo”?
4) Pra vc, qual a maior evidência de que o feminismo é necessário?
5) O que vc mudaria no movimento feminista no Brasil?

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.