Review: o livro da Duny, de Girls In The House, é um hino – e é hilário!

qua

Se você curte cultura pop, memes e “The Sims” (e como não curtir?), com certeza já se deparou com “Girls In The House”, websérie cheia de personagens hilárias gravada dentro do jogo. O programa já ganhou várias temporadas, shows derivados e agora a grande protagonista da série dá mais um passo em direção ao estrelato: Duny acaba de lançar um livro! 

Escrito pelo roteirista e criador da série Raony Phillips, “Meu Livro. Eu Que Escrevi” (Ed. Intrínseca) traz Duny como narradora de sua própria vida e propõe um mergulho na cabeça dessa personagem que fala o que pensa, é barraqueira, ácida e muuuuito bonita de rosto mexxxxmo. 

Quem já é fã da série, certamente sabe que Raony não está para brincadeira no seu timing de humor e na precisão com que escreve os diálogos – com o perdão do trocadilho! Mas em “Meu livro…”, o autor surpreende com o ritmo em que alterna fatos e pensamentos da personagem, além de rechear com referências absurdamente específicas da cultura pop que vão fazer você chorar de rir durante a leitura.

Logo depois de ler, também acabei conhecendo o criador disso tudo durante a gravação do podcast Asterisco, do site Judão (recomendo que você ouça!) e hoje trago não só a review em vídeo, mas também algumas curiosidades que descobri sobre a série nessa entrevista. Enfim: este foi o primeiro “livro de youtuber” que eu li. Acho que comecei certo! rs

Para ver a review completa, dá o play e aproveita para se inscrever no canal e receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

A “storialização” exagerada dos aplicativos

qua

Vamos discutir sobre essa overdose de Stories em todos os aplicativos? Então vamos!  Desde que o Instagram Stories foi anunciado, o Facebook (também dono do Instagram e do Whatsapp) resolveu colocar Stories em todo canto! Eles querem acabar com a concorrência do Snapchat? Talvez! Mas será que não tem uma tentativa ainda maior de transformar isso numa linguagem consolidada? Será que até nossa geladeira vai fazer ‘snap’/stories num futuro próximo? rs

Aproveita e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!

 

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

Socorro! Emma Bunton participa de pegadinha e ninguém reconhece a Baby Spice

qui

Essa é pra chocar aquele fundinho seu de fãzoca das Spice Girls que ainda acredita que uma reunião possa ser boa para o grupo – spoiler: provavelmente não, nem vai rolar. rs Mas mesmo assim, o espírito #GirlPower entre nós adora ver o que as meninas andam aprontando ainda hoje e não tem como não ficar em choque com o fato de que, sim, é bem provável que algumas das cantoras do nosso grupo favorito da infância tenham ganhado status de subcelebridade. Não tô falando de Victoria, rainha da moda, nem de Mel C, senhora cantora cheia dos discos novos. Tô falando da querida Emma Bunton, a eterna Baby Spice!

emmabuntonbabyspice

Olá, Emma e anos 90! 

Esta semana, Emma participou de uma pegadinha sensacional e atendeu clientes da British Airways no aeroporto de Londres. Enquanto os atendia, ela ia usando falas das músicas das Spice para ver se algum passageiro a reconhecia e absolutamente ninguém notou quem era ela! A coisa fica ainda mais feia quando uma garota diz que a Baby era sua segunda favorita do grupo e continua sem perceber que estava falando com a própria.

emmaprank

.

Agora sério: Emma mandou bem demais atendendo o povo e merece um Oscar do disfarce ou é a síndrome de Clark Kent, que só coloca um óculos e ninguém repara mais que se trata do Super-Homem? rs Sei que eu ia surtar de ver qualquer uma delas pessoalmente! hahaha Talvez ela devesse ter feito essa prank de chuquinhas no cabelo…

baby-spice-spice-girls-90s-memories-childhood

Sempre atrasadas: nossa vida corrida e como (tentar) dar conta de tudo

qua

Aparentemente a quantidade de coisas que temos para fazer sempre anda de forma inversamente proporcional ao tempo que temos disponível. Isso porque nem entrei no tema: tenho tempo, falta dinheiro x tenho dinheiro, falta tempo, porque ele ainda pode piorar quando a gente não tem nem tempo, nem dinheiro. rs

Estamos sempre respondendo “na correria” quando alguém pergunta se está tudo bem e nos virando em 30 para dar conta do mínimo necessário. Ler, então, virou um passatempo de luxo para muita gente – eu mesma: com canal, blog, trabalho fixo e treino diário, li pouquíssima coisa esse ano todo e morro de vergonha disso. Por essas e outras, resolvi falar dessa correria toda no vídeo dessa semana: ela gera ansiedade e MUITO atraso.

Quem nunca se sentiu atrasada para dormir? rs Dá o play e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! ;)

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

Aniversário, essa data tão estranha

seg

Nascer no dia 12/10 é uma experiência no mínimo curiosa e talvez tenha me dado vários motivos para não curtir (tanto) assim o momento de ficar mais velha e assoprar velinhas. Já fui daquelas super fãs, de fazer festa e distribuir convites, mas ah… A “adultescência” conseguiu ir mandando aos poucos várias dessas coisas embora. No último vídeo que publiquei no canal, falei justamente sobre isso. E não me venha com aquele papo de: “ah, mas pelo menos é feriado” – acredite se quiser: nos últimos anos, se eu não trabalhei na data, é porque estava de férias. rs

Dá o play e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! ;)

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

Hostel ruim, mala errada e dinheiro no fim: micos de viagem e como evitar

ter

Quem é leitor antigo desse blog, vai se lembrar de um post láááá de 2012 em que eu revelei várias histórias de viagem bizarronas que já tinham me acontecido. Piriri? Assalto? Lost in translation? Ponto turístico fechado? Been there, done that.

thumb
Com Debbie e Felipe do Pequenos Monstros!

Anos e muitas viagens (e aprendizados) depois, tá na hora de falar mais desse assunto! Sei que essa é a época que muita gente começa a planejar suas viagens e chamei o casal viajante Debbie Corrano e Fê Pacheco do “Pequenos Monstros” para um papo sincerão sobre os micos que já pagamos viajando e também para compartilhar dicas de como evitar ter dor de cabeça à toa.

No cardápio do vídeo: por que tanta gente ainda não sabe fazer mala e não se dá ao trabalho nem de ver a previsão do tempo? Vale a pena pagar mais barato no hostel para não ter banheiro dentro do quarto? Trocar uma noite de hotel por viajar de trem é um bom negócio? Vale a pena usar cartão de crédito viajando? E o chip de internet, hein? Vale a pena gastar esse dinheiro?

 Todas essas respostas no vídeo abaixo! ;) 

Como sempre, os vídeos saem primeiro no canal do Youtube toda terça e quinta-feira. Se você não é inscrito ainda, vamos corrigir esse mico agora se inscrever lá! kkk ;)

Continue lendo →