A lista de coisas para fazer antes dos 25 anos

sex

Cresci fazendo festas de aniversário. Festas de arromba, chamava toda a quinta, sexta, sétima, oitava série, botava um DJ e devia incomodar muito os vizinhos. Debutei com os 15 anos com umas 300 pessoas num salão gigantesco. Nenhuma festa chegou nem aos pés disso depois. Virei “maior”, marquei barzinho, fiz festa de aniversário em dupla e… Parei. Enjoei. Peguei bode. Não achava mais graça em comemorar, os eventos foram ficando cada vez mais vazios e resolvi não me decepcionar e simplesmente abri mão.

Dia desses estava pensando na fatídica data de meu nascimento que, cof cof, se aproxima e pensei: “puxa, odeio festa, mas quando eu fizer 25 vou ter que comemorar”. Entrei no banho, fiz minha rotina normal, escovei os dentes, me olhei no espelho e… PÁ. NA CARA. “Tá doida? Você VAI fazer 25 anos. E está há menos de um mês disso acontecer”.

Não sei se isso era para ser uma espécie de pensamento que passa pela cabeça aos 30, mas a verdade é que até eu me choquei ao simplesmente esquecer minha própria idade. Esquecer ou ignorar, eis a questão? Provavelmente, ignorar. Há quem diga “você SÓ vai fazer 25” e na minha cabeça eu ouço “você JÁ vai fazer 25”.

Essa nossa geração-lista enfiou na nossa cabeça bilhões de metas que deveriam ser cumpridas até uma determinada época e vejo que agora, se eu fosse fazer uma lista, provavelmente ficaria bem mais deprimida ao terminar. Veja: a gente faz listagem  para tudo. Até na adolescência já fiz lista de pró e contra pra saber se tinha que continuar uma paquerinha ou não.

Esse jeitão de ver a vida é pratico e direto, mas pouco caloroso e, quando não funciona, doloroso demais. Imagino até que venha daí parte das crises dos 20 e poucos anos: fomos educados por uma geração extremamente eficiente e aprendemos ao máximo seu jeito de pensar. Mas não deu certo – e culpar a geração anterior não nos fará dar nenhum passo extra para frente.

.

Para aliviar a crise (ou piorá-la), há algumas listas bem-humoradas e até bonitas com coisas para se cumprir antes dos 25 anos que rodam a internet. Uma delas, postada no ano passado, foi feita pelo Thought Catalog e traduzida pelo Guia Ingresse. Acho que vale a pena a leitura, mesmo se você não sinta essa urgência em realizar as coisas – aliás, parabéns por isso! Confesso, aliás, que eu talvez tenha cumprido as menos importantes ou mais idiotas, por isso mesmo acrescentei uns grifos nos feitos realizados e comentários aleatórios.

.

25 coisas para fazer antes dos 25 anos

1. Faça as pazes com os seus pais. Seja por, finalmente, reconhecer que eles realmente querem o melhor para você ou por perdoá-los por serem imperfeitos, você não pode entrar feliz na vida adulta com essa marca de ressentimento familiar.
(conselho dos mais importantes. Claro que não cumpri!)

2. Beije alguém que seja ‘muita areia para o seu caminhãozinho’. Beije modelos, estudantes de medicina e empreendedores que moram em Dubai, e não se preocupe se eles(a) vão te ligar depois ou não.
(e se eu pudesse acrescentar algo, te diria para ter um relacionamento totalmente casual e desocmpromissado, de preferência com alguém por quem você não possa se apaixonar, mas adore a companhia) 

3. Minimize a sua passividade.
(e isso não significa aumentar a agressividade, mas podemos conquistar isso até os 30…) 

4. Seja subordinado ou faça um bico, para começar a entender como gorjetas funcionam, como manter a paciência perto de babacas e como algumas palavras amáveis podem mudar o dia de alguém.

5. Reconheça liberdade como uma passada num fast food às 5h30 da madrugada com um bando de estranhos que você acabou de conhecer.

6. Tente não se martirizar por possuir um diploma ‘inútil’. Dinheiro é um terror e as coisas não aconteceram exatamente como você planejou, mas você tinha mesmo que fazer faculdade… E ter um diploma não é a pior coisa do mundo. Nós vamos resolver essa confusão, provavelmente. O ponto é que você não merece menos só porque ir à faculdade não trouxe um retorno imediato. Seja paciente, trabalhe com o que você tem e lembre-se que muitos de nós estamos nessa juntos.
(diploma NUNCA é inútil; pelo menos na prisão já adianta alguma coisa!) 

7. Se você está em qualquer emprego que seja, abra uma poupança. Você nunca sabe quando estará desempregado ou  desesperado para fugir da sua vida por uns dias. Mesmo R$20 por semana já fazem R$1040 a mais por ano do que você teria de outro jeito.

8. Adquira o hábito de ir lá fora, aproveitar a luz, cultivar seus amigos, esquecer a internet.

9. Fique curtindo – e alimentando – uma ressaca por 4 dias seguidos.

10. Comece um relacionamento com o(a) sua paixão platônica dizendo que o(a) quer. Diretamente. Tipo, olhando em seu rosto e dizendo assim: Eu quero você. Eu quero ficar com você.
(ainda existem paixões platônicas depois dos 20 anos ou as pessoas só se relacionam com quem escolhem – e que as escolhe também?) 

11. Aprenda a dizer não – para você mesmo. Não continue usando salto alto se você odeia, não continue fumando se você odeia o seu cheiro no dia seguinte, pare de passar dias inteiros afundado no sofá para depois reclamar que está perdendo o Sol.

12. Tire um tempo para revisitar os lugares que construíram quem você é: o apartamento em você cresceu, sua escola, sua cidade natal. Esses lugares até podem ficar lá para sempre, mas você definitivamente não.

13. Encontre um hobby que te faça esperar pelo momento de ficar sozinho, que deixe essa solidão momentânea agradável e energizadora.

14. Pense que você se conhece até conhecer alguém mais do que você.

15. Esqueça quem você é, suas prioridades e como uma pessoa deveria ser.
(tarefa difícil para a geração-lista! rs) 

16. Identifique os seus medos e, ao invés de deixar que eles controlem as suas ações, encontre e converse com pessoas que já os superaram. Não se contente sem experimentar 000002% do que o mundo tem para oferecer porque você tem medo de viajar de avião.

17. Adquira o hábito de organizar as coisas e desapegar. Só porque funcionaram em algum momento não significa que você deve mantê-las para sempre – sejam essas ‘coisas’ o seu par de calças favorito ou o seu ex.

18. Pare de se odiar.

19. Saia e assista àquele filme, leia aquele livro ou ouça aquela banda que você já mentiu sobre ter assistido, lido, ouvido.

20. Tire vantagem do plano de saúde enquanto você ainda é saudável.
(use  o seu plano de saúde por mais 10 pessoas que não usam – mas use!)

21. Crie o hábito de falar às pessoas como você se sente, seja escrevendo um e-mail de fã para alguém cujo trabalho você ame ou falando ao seu chefe por que você merece um aumento.

22. Namore alguém que diga “Eu te amo” primeiro.

23. Deixe o país com a desculpa de “se encontrar”. Isso não funcionará. Lugares não mudam pessoas. Invés disso, beba bastante sozinho, leia vários livros, faça sexo em albergues sujos e volte para casa quando a saudade bater.

24. Revolucione e compre um Macbook Pro.

25. Largue aquele emprego que te deixa infeliz, termine relacionamentos que te façam agir como um lunático, abandone os amigos que ininterruptamente te dão vontade de vomitar. Você é novo, resiliente, há outros trabalhos, relacionamentos e amigos se você estiver aberto a eles.
(comece limpando o armário, termine limpando o restante. <3) 

.

O que você fez no verão passsado?

qua

onde você estava há um ano?

Enquanto algumas pessoas não vêem graça no Foursquare e outras acham que é puro overshare, eu gosto do serviço e acho até bem útil. É ótimo poder ver recomendações rápidas dos meus amigos e descobrir lugares novos através do sistema de geolocalização do aplicativo no celular.

Essa função é ótima para aqueles momentos em que você está num lugar que não conhece direito e quer tomar um bom café, por exemplo. É só abrir o app no celular, ver os cafés disponíveis perto de você e já ler as dicas de quem foi lá. Quer dizer, melhor que isso, só se você tiver um melhor amigo com bom gosto em toda parte!

Como também sou meio esquecida, vivia revisitando meu histórico de check-ins online para ver o que fiz em qual dia. Para minha surpresa, inventaram um sistema especialmente para lembrar o que você fez há um ano.

O 4SQ & 7 Years Ago aproveita os check-ins que você deu no Foursquare e manda um e-mail diário refrescando a memória do que você fez um ano atrás e com quem estava. Eu me cadastrei no site com medo de ser puro spam, mas funciona direitinho e já me lembrei de vários dias legais inteirinhos só de rever os check-ins.

Se você ainda procurava boas razões para usar o Foursquare, espero que tenha encontrado neste post! Eu, aliás, já estou ansiosa para rever meus check-ins de férias ano que vem! ahuaha #nerd

.

Promoção: Thaty Princess Midnight

ter

RESULTADO: E temos uma vencedora! Parabéns, Ana Paula Ferreira de Petrópolis, RJ! Você receberá uma caixinha na sua casa em breve! :)

cheirinho doce!

No meu aniversário de 15 anos, só deu Thaty… Ganhei toda a linha deste clássico de O Boticário e este cheirinho definitivamente marcou minha adolescência!

Anos depois, uma novidade: O Boticário acaba de lançar um novo perfume para a linha e promete surpreender as fãs da fragrância com um aroma ainda mais marcante! Agora, mais um produto chega às lojas com a marca Thaty, o Thaty Princess Midnight.

Com inspiração no universo das princesas, o novo perfume tem notas de flores e frutas e o resultado final é um aroma doce e levemente sensual. Além do frasco ser lindo, a fragrância é perfeita para quando você quiser se sentir um mulherão e, como o próprio nome diz, é perfeito para usar à noite, até porque o líquido do perfume ilumina a pele. Puro luxo! ;)

Se você ficou curiosa para sentir esse cheirinho – ou se você aí rapaz gostou da ideia para dar para a namorada (dia 12 tá aí, hein?) – é bem fácil concorrer a um kit Thaty Princess Midnight! Recebi dois kits como este da foto e vou presentear algum sortudo por aqui.

Para participar do concurso cultural, basta preencher seus dados no formulário abaixo respondendo: “O que é uma noite perfeita para mim?”. O concurso é válido apenas para residentes no território nacional e a melhor resposta leva; serão aceitas respostas enviadas até às 23h59 do dia 2 de junho . O vencedor será divulgado através de um update neste post no dia 3 de junho a partir das 14h. Boa sorte!

.

.

Este post é um publieditorial.

Desencontro 2011 em fotos

sex

painel sobre webcelebridades: @tchulimtchulim, @mbottan, @aleferreira, @twittess, @fabiorex e @lucasfamapop

No fim de semana passado fui para Fortaleza com uma galerinha muito louca da internet para o Desencontro 2011, um evento para discutir internet no maior clima de curtição e sessão da tarde. Tô falando assim porque, olha, rolou até depressão generalizada pós-clima de acampamento, de tanto que as pessoas se divertiram e se uniram por lá!
.

roomies: Alessandra Ferreira, eu e Lia Camargo

Como eu cheguei na madrugada de sexta para sábado, perdi a primeira festa e já fui direto para o quarto do Marina Park Hotel encontrar minhas roomies, Alessandra e Lia. Ficamos juntinhas o fim de semana inteiro, bagunçamos, rimos, vimos palestras interessantes e aproveitamos também para tirar aquele bronzeado de escritório ao lado de várias webcelebs.
.

Lia e eu tomando um drink com o dono da internet -> Edney

Na piscina, preciso dizer, só gente ilustre tomando drinks conosco e se refrescando: Edney, Cris Rocha, Mirian Bottan, Fabio Rex, Izzy Nobre e sua namorada gringa engraçadíssima, PC Siqueira, Felipe Neto, Mauricio Cid, @MussumAlive, @Anderssauro, @EduTestosterona, @TchulimTchulim e várias outras arrobinhas.

Aliás, preciso dizer, que sol incrível o da cidade, hein?! Apesar do calor ter atrapalhado um pouco na balada, valeu a pena suar à noite só por conta da cor absurda que eu peguei sem nem precisar me deitar ao sol: foi só ficar na água o dia todo!  8)
.

cocos do nordeste são mais doces!

Na jantar do sábado e no almoço do domingo, aproveitamos para comer comidas típicas e frutos do mar, então foi todo um mix de caranguejo com camarão gigante com lagosta com casquinha de siri.
.

delícia no Tia Nair por 19,80 (mas vale demais, não tem nada a ver com as massarocas que tem em SP!)

No sábado, o restaurante Tia Nair foi nos buscar no hotel de van, ganhamos welcome drinks, uma das melhores invenções da humanidade para você realmente se sentir welcome, e lá creio que comi uma das melhores casquinhas de siri da minha vida; realmente muito boa!
.

SOS: como come??!

No dia seguinte, fomos à Praia do Futuro e sentamos na barraca Crocobeach para comer caranguejo, fofocar e beber água de coco.

No sábado à noite rolou a balada de encerramento do evento – e também foi ótima -, mas não tenho fotos porque aparentemente eu fui uma peisha que ficou nadando no hotel por muito tempo e não apareci em nenhuma foto fora d’água praticamente. rs O mais engraçado é que, bem, adivinha o que todo mundo fez ao chegar da festa? Se jogar na água outra vez, lógico! rs
.

fim de tarde na Praia do Futuro

Adorei o convite do Emerson e do Gravata para acompanhar tudo de pertinho e espero que eles contem comigo numa próxima edição. Fazia tempo que eu não me divertia tanto ao lado de tanta gente inteligente e bacana! ^^

No fim das contas, realmente foi um remember do clima dos acampamentos de escola, só que com a diferença que todo mundo bebe e fala mais besteira  ainda agora! rs Parabéns a todos da organização por um evento tão diferente e por terem nos recebido de braços abertos! :)
.

Mãe de dois filhos de primeira viagem

seg


Baconzito já curtindo um sofá no segundo dia de estadia!

Meus últimos dois dias tem sido meio loucos. Depois de pensar muito sobre adotar mais um gato, cheguei à conclusão que Hannah ia adorar ter uma companhia, além de aliviar os períodos em que ela fica sozinha em casa. Veterinários confirmam que gatos vivem melhor quando tem outra companhia felina e finalmente chegou a hora de eu proporcionar este conforto à minha pretona!

A gatinha da minha amiga Lari deu cria e fiquei namorando um filhote por um tempo, até que sábado fui buscá-lo. O filhotinho de dois meses é do tipo bem folgado, que quer comer antes de todo mundo, mas é super esperto e absolutamente fofo e carinhoso!

Hannah ainda não acostumou e dá altas bufadas na cara dele, mas, enfim, até agora não rolou nenhuma agressão e acho que os dois devem ficar amigos logo, logo… hehe

Enquanto isso, o Bacon (aka Baconzito, nome do novo filhote!), já foi parar nas foto mais populares do Instagram, aquele app/rede social que todo mundo viciou, e já andou aprontando.

Tipo assim… Foi só eu e o Rafa nos distrairmos que ele tomou a água que estava dando sopa:

Então é isso, sou mãe de dois filhos agora: Hannah e Bacon. Nunca tive dois bichinhos de estimação ao mesmo tempo e estou vendo que acostumá-los juntos dá um puta trabalho, mesmo quando não rolam brigas ou quando um deles já está bem tranquilo com a situação, caso do Baconzito.

Estou descobrindo e testando várias fórmulas para o convívio entre os dois tornar-se amigável mais rápido e, caso você tenha alguma dica de como incluir mais um gato na família, me ajuda comentando aqui? ;) Por enquanto, estou seguindo o que o veterinário já havia me dito há algum tempo e usando as técnicas desse texto: “Chegou um Gato Novo”!

Espero que no “Imagens…” da semana que vem eu já possa mostrar os dois gatos dormindo juntinhos! <3

Saldinho do Natal

ter

foi bom pra você?
.

Comemorei meu primeiro 13º. Gastei a primeira parcela do 13º. Gastei a segunda. Gastei um pouquinho do salário também. Adquiri presentes incríveis para os outros. Adquiri mais presentes incríveis para mim. Me mimei. Dei presentes legais. Não recebi tantos presentes legais. Recebi presentes de quem não esperava. Em 2011, vou ter de dar presentes para eles também.

Sou azarada com amigos secretos. Sobrevivi a todos, menos um. Participei do Twittoculto. Enviei meu presente. Quase não recebi o meu. Fiz um vídeo para contar a história:
.


.

Obrigada, querido Fabião, pelo cartão legal e, porra!, por que raios você me contou do chocolate, hein? E, bem, em todo caso, em 2011 já sei: nada de amigo oculto, secreto, escondido, nem do presente roubado! hehe 8)

.