Nintendo Switch: os prós e contras de comprar o novo videogame agora

qui

O Nintendo Switch é o novo videogame da gigante japonesa que está arrebatando os fãs com um Zelda novinho em folha e com a proposta sensacional de permitir ao jogador se divertir aonde quiser – e ainda acompanhado dos amigos. O videogame pode ser usado como portátil, também destaca pequenos controles avulsos, os ‘joycons’, e também funciona, é claro, como a boa e velha central de entretenimento ligada à TV.

giphy (4)

Tudo muito legal para quem está no exterior e pode pagar em torno de $300 dólares no aparelho, mas aqui no Brasil a situação é diferente. Como não há mais representação oficial da Nintendo no país, simplesmente não existe nenhum tipo de suporte ou garantia. Mesmo adquirindo o produto com nota fiscal, o cliente fica refém daquela garantia simples de loja, que só aceita trocas dentro de 30 dias. E se der problema depois, como faz? E, afinal, quanto está realmente custando o Nintendo Switch nesse comércio “paralelo”, que ninguém sabe muito bem como traz o produto para a venda e se ele pode ter sido danificado no caminho?

Meu vídeo mais recente do canal discute tudo isso e também trago a opinião dos amigos jornalistas do IGN Brasil, Pablo Miyazawa e Flavia Gasi (também Garotas Geeks), e também da youtuber Malena, que ainda não decidiu se compra ou não. Dá o play! ;) 

Aproveita e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

Tá com as séries em dia? Como administrar tanto entretenimento na nossa vida?

sex

Se você é como eu, vive se perguntando como arranjar tempo para jogar mais videogame, como conseguir ler mais livros ou como conseguir se organizar para não ficar atrasado com os seriados. É claro que falta tempo para todo mundo e é angustiante essa nossa necessidade de assistir tudo o tempo todo, mas… Tenho algumas dicas para melhorar tudo isso!

Para os viciados em série, recomendo se organizar com o aplicativo TV Showtime, que recomendo no vídeo (e não, não é #publi, só é bem bom mesmo! kkk). Dá o play para ver outras “técnicas” e dificuldades que sempre rolam! Aproveita e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

Games x filmes: por que tantas adaptações dão errado? Um papo com a Nat Kreuser!

seg

Estamos cansados de ouvir que “o livro é sempre melhor que o filme”, mas… Não só isso nem sempre é verdade, quanto no mundo do entretenimento outras variantes entram em jogo, por exemplo no caso dos games! No último vídeo do canal, comento com a minha amiga e youtuber Natalia Kreuser sobre adaptações polêmicas de jogos para o cinema e o porquê de muitas delas darem tão errado – ou tão certo!

Falamos de “Detona Ralph”, “Pixels” (já rolou resenha aqui!), “Tomb Raider”, “Mortal Kombat” e muitos outros… E, claro, também discutimos quais jogos deveriam virar filmes e quais filmes mereciam bons jogos! E você, qual seu filme de jogo/jogo de filme favoritos?? ;)

Dá o play e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! ;)

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

A Barbie desenvolvedora de jogos chegou ao Brasil; vem ver o unboxing!

sex

Lembram quando eu comentei em junho sobre a Barbie Game Developer? Pois ela finalmente chegou ao Brasil, bem a tempo do dia das crianças! Os preços variam entre R$70 e R$80 reais e é fácil de encontrá-la online. No Walmart/RiHappy ela custa R$74,90, por exemplo.

 

Como eu já sabia que essa era uma boneca que eu ia querer ter, mesmo não sendo uma ~colecionadora~, acabei comprando a minha na gringa e gravei um unboxing bem especial para vocês, mostrando todos os detalhes da boneca. Esta Barbie faz parte da coleção de profissões da Mattel e certamente é um passo importante para mais meninas se interessarem por tecnologia. Quisera eu ter brincado com uma assim na infância! :’)

Dá o play e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! ;)

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

10 Coisas que aprendi jogando “The Sims”!

sex

Eu adoro fazer o exercício de olhar para trás e observar o que eu aprendi com a cultura pop ao longo da vida. Já fiz isso em vídeo, por exemplo, com “As Patricinhas de Beverly Hills” e com as Spice Girls, mas agora chegou a hora de refletir provavelmente sobre o jogo que mais joguei nesta vida: “The Sims”! 

the-sims-4-gamer3

The Sims jogando Sin City! kkk

Quando comprei o jogo, no ano 2000 (eita, faz tempo!), eu era criança e não fazia ideia de onde enfiar um código serial. Eis que foi o meu primeiro e hilário aprendizado, mas a coisa não parou por aí, afinal crescemos jogando The Sims e vários ~dilemas morais~ iam surgindo junto com o jogo! Prepare-se para a nostalgia! kkk

Dá o play e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! ;)

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

Games da BGS 2016 para jogar já já e um passeio pelo evento!

qui

Esta semana acaba de rolar mais uma edição da Brasil Game Show e estive lá para jogar, gravar e trazer os jogos-desejo que chegam já já e podem até te convencer a comprar um videogame neste fim de ano! ;)

Antes da lista, dá o play neste vlog superespecial que gravei no evento, com direito a reviews, entrevistas e um pouquinho do clima geral, tudo feito com carinho até mesmo para quem nunca foi a um evento assim!


Dá o play e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

.
GAMES DA BGS PARA JOGAR JÁ JÁ


SETEMBRO

Depois de anos de questionamentos e cobranças da comunidade, aparentemente as produtoras de jogos acordaram e as protagonistas mulheres estão por todos os lugares. Que bom para nós! Uma delas é Joule Adams, a heroína de “Recore”! O jogo já chega semana que vem, dia 13 de setembro, e tem produção de Keiji Inafune, o cara que tem nada menos que MegaMan no currículo, caso você ainda não o conheça. O jogo é exclusivo de Xbox e PC e super gostoso de jogar!

 

OUTUBRO

No mês seguinte, nosso jogo de dança favorito da vida inteira também chega às lojas bem a tempo de dar aquele help no #projetoverão! rs “Just Dance 2017” tem lançamento previsto para 25/10 e está com um dos melhores lineups dos últimos anos, com Beyoncé, Justin Bieber, Anitta (!) e os hits supremos “Lean On”, do Major Lazer, e “Cheap Thrills”, da Sia.


.

NOVEMBRO

Ser um ~hacker~ serious business em plena San Francisco num futuro próximo é o que vamos experimentar em “Watch Dogs 2”, que chega às lojas em 15/11. O jogo é o segundo da franquia e leva a ideia a outro nível, numa nova cidade e com outros personagens – não é necessário ter jogar o jogo anterior para curtir esse.

Na BGS, WD2 não estava jogável, maaas tudo que vimos do jogo até agora é extremamente promissor. Se este mundo aberto vai finalmente bater o de “GTA V” não sabemos, mas que teremos umas booooas horas de diversão, não há dúvida! E enfim, olha esse protagonista, essa trilha sonora e esse visual, gente! :O

TÃO PERTO, TÃO LONGE

O lindíssimo e dificílimo “Cuphead” vai chegar em 2016. E é só isso que sabemos: ainda não há data de lançamento definida para o jogo, mas algo me diz que vem lá pelos 45 do segundo tempo mesmo. O visual de cartoon dos anos 30 te deixa babando, mas também te faz se sentir meio idiota com os personagens singelamente rindo do seu fracasso. rs   É o tipo do jogo que traz aquele prazer inenarrável ao derrotar os chefões – mas isso eu não senti porque fui simplesmente aniquilada nos meus testes do jogo na BGS! hahaha O game chegará para Xbox e PC.

.

Previsto sóóó para fevereiro de 2017, “Horizon Zero Dawn” é o próximo bom motivo para muita gente adquirir um PS4 – eu, inclusive. O título é exclusivo do console da Sony e tem temática inovadora, visual incrível e a protagonista feminina que a gente queria e precisava. Alloy vive num mundo pós-apocalíptico daqui a mil anos e convive com criaturas que parecem uma mistura de dinossauros e robôs. Vai ter muito bate-cabelo incrível em 4K, certamente!

horizon_alloy