A Era dos Games: os melhores (e mais malucos!) jogos da exposição em São Paulo

ter

Já pensou em visitar uma exposição que conte toda a história dos videogames e ainda tenha tudo disponível para você jogar? Fui visitar aA Era dos Games e registrei essa viagem no tempo num super vlog recheado com os destaques do evento. São mais de 150 jogos de todas as épocas e em perfeito estado – um passeio ótimo pra quem adora jogos retrô mas não dispensa testar as novidades!

A exposição fica em cartaz na Bienal em São Paulo até dia 12 de novembro e vale a visita! Além dos jogos retrô, as novidades também estão presentes, como diversos óculos de realidade virtual e até mesmo o novo videogame da Nintendo, o Switch.

Dá o play e aproveita para se inscrever no canal  e receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

Lollapalooza 2018: lineup oficial comentado e dúvidas respondidas

sáb

O Lollapalooza 2018 já tem seu lineup oficial! O festival que vai durar 3 dias no próximo ano e será realizado nos dias 23, 24 e 25 de março/2018 no Autódromo de Interlagos já tem seus artistas definidos e traz uma mistura de nomes bem interessantes – é um dos lineups mais bacanas dos últimos anos. Nas duas primeiras linhas: Pearl Jam, Red Hot Chilli Peppers, The Killers, Imagine Dragons, Lana Del Rey, LCD Soundsystem e Chance The Rapper.

Imagine Dradons, Lana Del Rey e LCD Soundsystem: atrações do Lolla 2018

Além disso, várias outras atrações valem destaque nas 14 linhas do banner, como Liam Gallagher, The National, Galantis, Tyler The Creator, Metronomy, Zara Larsson e Soffi Tukker. Por enquanto, somente os ingressos para os três dias de festival estão à venda, mas como é de praxe, os ingressos por dia são liberados quando saem as divisões de shows por dia – assim você sabe o que está comprando, afinal de contas.

Pôster completo com as atrações do Lollapalooza 2018

Aproveitando o anúncio,  fiz uma live surpresa no canal para responder dúvidas, comentar o lineup e também os rumores de artistas que viriam e acabaram não dando as caras, como aconteceu com o Foster The People. Dá o play e aproveita para se inscrever no canal  e receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

“mãe!”: Este filme não foi feito para você gostar. Mas você deve assistir.

qua

De cara é preciso dizer que “mãe!”, novo filme do diretor de “Cisne Negro” e “Requiem para um Sonho”, é polêmico, intenso e vale a sua ida ao cinema. Mesmo que você deteste do início ao fim. Mesmo que você saia perturbado e urgentemente precisando conversar com alguém – conversas, aliás, são o mínimo que este filme provoca. É cinema para pensar e não para relaxar, tenha você gostado ou não.

No vídeo de hoje, trago a crítica dividida em duas partes (SEM e COM spoilers) desse filme que já é um dos mais comentados do ano e que traz uma Jennifer Lawrence como jamais vimos – na minha opinião, é a primeira vez que não vejo ela numa personagem e sim somente a personagem. Javier Bardem, como sempre, vale o ingresso. “mãe!” é dirigido por Darren Aronofisky e completam o elenco Michelle Pfeifer e Ed Harris.

Dá o play e aproveita para se inscrever no canal  e receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

It, a coisa: o filme de terror mais hypado do ano me fez superar o medo e ir ao cinema

qua

“It, A Coisa” é com certeza o filme de terror mais bombado do ano! Uma leva de outros longas do gênero vem invadindo os cinemas toda semana, mas é “It” que vem quebrando vários recordes de bilheteria pelo mundo desde que estreou. Baseado no livro homônimo de Stephen King, o filme de 2017 bebe da mesma fonte que o telefilme dividido em duas partes e lançado em 1990. E agora, 27 anos depois, Pennywise volta para nos assombrar, mas desta vez a trama foca somente na primeira parte, com a experiência das crianças.

Acontece que, se você acompanha este blog/canal, enfim, acompanha esta que vos fala há algum tempo, certamente já sabe que não sou exatamente a maior fã de passar medo. Fujo de brinquedos radicais em parques de diversão, morro de medo de filme de terror e inclusive cheguei a ter uma fase de medo de palhaço na infância… Pois bem: consegui superar tudo isso tamanha era a curiosidade de ver “It” no cinema e no vídeo de hoje conto como foi.

Além do meu relato de bravura feat. coragem, trago também algumas impressões sobre o filme e coisas que passaram pela minha cabeça antes, durante e depois de assistir. Mas desta vez não é uma crítica, até porque, JAMAIS poderia me concentrar em outra coisa além de não berrar (muito) alto no cinema. Risos (estou indo, mas é de nervoso).

Dá o play e aproveita para se inscrever no canal  e receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

Replika: testei o app que parece episódio de “Black Mirror”

sáb

Se você acompanhou a última temporada de Black Mirror, lançada em 2016 na Netflix, certamente passou em algum momento pelo episódio “Be Right Back”, em que uma mulher pode ter a experiência de ‘reviver’ o marido morto através de um software ultratecnológico. Pois foi exatamente desta forma que o aplicativo “Replika” nasceu, tanto que seu primeiro teste chegou a ganhar a mídia do mundo todo tamanha a semelhança com o plot do seriado.

Uma programadora criou uma inteligência artificial que pudesse simular conversas com um amigo falecido e o experimento deu tão certo que a empresa Luka resolveu transformar isso num app que todo mundo pode baixar. Nesse app, você pode criar um clone seu de inteligência artificial para conversar… E a experiência é bem maluca. Conto mais sobre essa história no vídeo de hoje!

Dá o play e aproveita para se inscrever no canal  e receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

Review: o livro da Duny, de Girls In The House, é um hino – e é hilário!

qua

Se você curte cultura pop, memes e “The Sims” (e como não curtir?), com certeza já se deparou com “Girls In The House”, websérie cheia de personagens hilárias gravada dentro do jogo. O programa já ganhou várias temporadas, shows derivados e agora a grande protagonista da série dá mais um passo em direção ao estrelato: Duny acaba de lançar um livro! 

Escrito pelo roteirista e criador da série Raony Phillips, “Meu Livro. Eu Que Escrevi” (Ed. Intrínseca) traz Duny como narradora de sua própria vida e propõe um mergulho na cabeça dessa personagem que fala o que pensa, é barraqueira, ácida e muuuuito bonita de rosto mexxxxmo. 

Quem já é fã da série, certamente sabe que Raony não está para brincadeira no seu timing de humor e na precisão com que escreve os diálogos – com o perdão do trocadilho! Mas em “Meu livro…”, o autor surpreende com o ritmo em que alterna fatos e pensamentos da personagem, além de rechear com referências absurdamente específicas da cultura pop que vão fazer você chorar de rir durante a leitura.

Logo depois de ler, também acabei conhecendo o criador disso tudo durante a gravação do podcast Asterisco, do site Judão (recomendo que você ouça!) e hoje trago não só a review em vídeo, mas também algumas curiosidades que descobri sobre a série nessa entrevista. Enfim: este foi o primeiro “livro de youtuber” que eu li. Acho que comecei certo! rs

Para ver a review completa, dá o play e aproveita para se inscrever no canal e receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.