Já dá para comprar a Barbie produtora de games!

sex

UPDATE: A BARBIE JÁ CHEGOU AO BRASIL!
 Veja o unboxing, preços e detalhes clicando aqui.

Em janeiro, a Mattel anunciou um monte de novidades relacionadas à Barbie: desde novas profissões até novos corpos, fato que parou a internet, já que finalmente a empresa deu um passo importante em direção a representatividade. Falamos sobre isso aqui no blog e destacamos as duas novas “profissões dos sonhos” da boneca: produtora de games e vice-presidente de empresa. Eis que no auge da semana da E3 – maior feira de games do mundo – a nossa programadora chegou:

 barbie_produtoragames1

barbie_produtoragames2

Depois de várias controvérsias envolvendo um livrinho preconceituoso e esquisito da Mattel que dizia que a Barbie só poderia programar com a ajuda de homens, parece que agora a coisa mudou de figura.

No detalhe da tela do computador, vemos uma interface de programação e o visual da boneca me parece bem condizente – quer dizer, não há problema algum em programar de salto alto, só não é o mais usual, né? rs A boneca veste jeans, tênis, regata cinza, óculos coloridos e parka verde militar. Há um ponto aí, com certeza.

barbie_acessoriosos acessórios da Barbie programadora: óculos, headphone, tablet e notebook

Barbie desenvolvedora de jogos está a venda na Amazon por quase US$56,99 doletas (ouch!) e algo me diz que há grandes chances dela sumir das prateleiras rapidinho! Quem mora fora ou estiver de passagem pela gringa, consegue comprar a boneca mais barata em lojas físicas – geralmente essa coleção de carreira fica abaixo dos 15 dólares e tem até embalagem mais humildona.

Confesso que mesmo não sendo uma colecionadora, fiquei com vontade de comprar. Mas, não importa o que você faça, fica o aviso: melhor nem ler os comentários dos ‘incomodados’ com a nova profissão da Barbie. Não vale a pena! ;)

Dia dos namorados e vídeo especial <3

dom

O Dia dos Namorados chegou e não deixei a data passar em branco: convoquei o namorado para fazer, finalmente!, sua estreia no canal comigo. rs O Rafa já apareceu várias vezes em posts por aqui e mesmo casualmente nos vídeos por lá, mas nunca tínhamos falado nada sobre o nosso relacionamento de forma mais ‘aberta’ como fizemos dessa vez.

Algumas e alguns de vocês que acompanham o blog faz tempo sabem bem que nos conhecemos há anos atrás (7!) depois de uma ação realizada em Porto Alegre, num frio do caramba, mais ou menos nessa época do ano. Demorou para a gente se acertar, mas depois que finalmente demos uma chance um para o outro, não largamos mais: em outubro comemoramos os 7 anos de namoro!

Nesse vídeo, falamos um pouco mais do nosso relacionamento respondendo as perguntas reveladoras da tag “Ela ou Ele”. Quem é o mais preguiçoso, o mais esquecido, o mais ciumento? Tá tudo aí no vídeo – inclusive uma curiosidade: nós dois somos librianos com ascendente em touro! rs

Dá o play e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

 

Desafio: fiquei 5 dias sem Facebook e conto o que aconteceu

qua

Eu nunca achei que sofria de FOMO (o tal fear of missing out, que já comentei num outro post) relacionado ao Facebook. Achei que pra mim o problema era maior com Instagram, com o desejo de estar sempre fazendo algo que eu não estou fazendo, mas descobri que não é bem por aí.

Essa semana no canal começo uma série de vídeos diferente, com desafios! No meu primeiro episódio, estou justamente testando como é ficar cinco dias (quase seis) sem acessar o Facebook. De cara, já aviso: a ansiedade de entrar nas redes sociais É REAL. O resto vocês podem conferir no vídeo abaixo!

Aproveita e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! Já estou planejando outros “desafios” assim, acho que rende uma discussão bem legal!  


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

 

Fomo: o que é e como diminuir essa ansiedade nas redes sociais

qua

Se você gosta de ler matérias gringas sobre comportamento, certamente já se deparou com a expressão que simboliza a grande ansiedade do momento: ‘FOMO’, que significa ‘fear of missing out’. Em português, daria para traduzir e adaptar para ‘medo de ficar por fora’, algo tão comum atualmente e que, neste caso, está diretamente relacionado à overdose de informações e experiências que chegam até nós via redes sociais.

No vídeo da semana, resolvi explicar um pouco sobre o que é isso e o que fazer com essa ansiedade generalizada e com a constante sensação de que não estamos aproveitando bem as milhares de possibilidades que se apresentam à nossa frente. Afinal, quem nunca acabou optando por pegar o celular num jantar em grupo, só para não acabar ficando ‘sozinho’? Parece loucura, mas acontece cada dia mais!

Dá o play e inscreva-se no canal para receber os vídeos primeiro! 


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

Salto alto: dresscode ou imposição?

sex

É difícil, mas a gente tenta sim se empoderar cada vez mais e trabalhar muito para ir descontruindo algumas coisas na nossa cabeça. Porém, algumas imposições parecem continuar no fundo do nosso subconsciente e custam a nos deixar. Uma delas é a obrigação do salto alto em eventos sociais ou mesmo em situações específicas de trabalho.

Já está provado por a+b que ninguém precisa de salto para estar arrumada, sexy ou poderosa (e os 3 juntos inclusive), mas quem nunca botou um salto simplesmente porque se sentiu “obrigada”, porque queria estar bem na foto ou porque o chefe não acha que você vai estar apresentável pra reunião se não estiver 10cm acima do solo? Devia ele estar mais preocupado com sua performance na reunião e não com o que você calça, não é mesmo? É.

No vídeo de hoje, falo sobre o ocorrido no Festival de Cannes (beijo, Julia Roberts!), que segue um ‘dresscode’ violento que exige saltos nas alturas no tapete vermelho, sob o risco da convidada ser barrada do evento. Além disso, do lado gente como a gente, há o caso triste da garçonete inglesa que se machucou feio graças a um suposto ‘uniforme’ de trabalho que exigia saltos. Até quando? Dá o play e vem pra discussão! 

Inscreva-se no canal e receba os vídeos primeiro! 


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

Não tem blog, agora é só canal? E outros comentários comentados!

qua

Vídeo de hoje é um papo sincerão sobre Youtube e também meu obrigada pelo crescimento do canal no último mês! Foi realmente incrível e não quero parar! Agora, há uma parte do vídeo que é dedicada especialmente a você, que lê (ou lia)  o blog e talvez esteja se espantando com menos posts escritos.

Tive pouco retorno de vocês leitores com relação a isso, então acredito que a maior parte das pessoas curtiu a mudança, mas mesmo assim achei importante falar – de forma clara – porque mudei meu foco na produção de conteúdo. Não foi algo muito planejado, mas aconteceu e meu dia continua tendo 24 horas apenas. rs Acredito que os espaços possam se complementar, mesmo que com níveis de prioridade diferentes, mas tô contando tudo e explicando meu posicionamento aí depois do play! ;)

Inscreva-se no canal e receba os vídeos primeiro! 


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.