Casais famosos se separam – e a gente não tem nada a ver com isso!

sex

Esta semana uma notícia parou a internet: a separação de William Bonner e Fátima Bernardes. Entre tantas coisas acontecendo neste final de agosto, esta parece ter sido a cerejinha do bolo para fazer até a crença no amor ir pelo ralo. Mas, estou aqui para dizer que: não, não é pra ficar chorando as pitangas no Twitter, porque o problema é DELES!

No segundo vídeo da semana, comento um pouco sobre essa nossa mania de torcer pelo amor e, embora tenha um intuito legal, acabar shippando casais a torto e a direito sem nem pensar no que estamos fazendo ou causando. Dá o play e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! ;)

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

Motivação pra treinar: como não desistir da academia?

sex

– Bom dia, senhora! Já foi à academia hoje? Senhora?

senhora

UEEEPA! 

Posso dizer com total certeza que nem os deuses monstros inventores do fitness conseguem se manter motivadões e felizes da vida em treinar o ano inteiro. Sempre vai ter uma coisa ou outra para entrar no caminho, seja ela a preguiça, um compromisso, uma chuvinha ou até mesmo um desânimo emocional que influencia (e muito) nossa disposição física.

Por isso mesmo, se manter motivado para se exercitar é um belo de um mistério: por que é que alguns conseguem entrar numa academia e levam aquilo tão bem, enquanto outros são eternos turistas? A diferença está na motivação e, mais que isso, no compromisso que cada um tem. Eu já fui do time turista e passei a levar a sério, serião, sério mesmo e sempre me perguntam como é que faz. Sem mais delongas, convido vocês a verem o vídeo de hoje, em que na companhia da minha amiga Giovana tento trazer alguma luz para essa coisinha tão subjetiva que é se manter motivado.

Dá o play e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! ;)

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

Sai desse corpo que não te pertence: precisamos falar de prisão de ventre

sex

Cada uma tem uma receitinha milagrosa a sete chaves que dá aquela ajuda quando a natureza não trabalha por conta própria. Mas já parou para pensar em por que é que mulher tem tanto problema com banheiro? Eu realmente fiquei comovida (e ri um pouco, confesso) com a história de Gracyanne Barbosa no banheiro, que bombou aí na internet nos últimos dias.

Quer dizer, se nem ela, que é super atleta, consegue ter uma vida normal “intestinicamente” falando, que dirá nós mortais? rs Da onde vem esse problema todo, hein? É hormonal, cultural ou só uma necessidade gigantesca de privacidade? Bora discutir!

Dá o play e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! ;)

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

Minha bolsa e as inimagináveis coisas (inúteis) que carrego dentro dela

sex

No segundo vídeo da semana, resolvi passar uma pequena ~vergonha com vocês: tô abrindo minha bolsa e mostrando tudo que mora lá dentro. Ou pelo menos morava, já que aproveitei essa exibição toda para fazer uma verdadeira limpeza. rs

A minha é uma bucket bag da Corello que eu acho suuuper versátil e tem me acompanhado praticamente todos os dias desde que comprei. Também virou o lar de colares perdidos, moedinhas caídas, calendários (?) e afins. rs

Para ver essa belezura, dá o play e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! ;)


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

 

Pornô para mulher no óculos de realidade virtual: é possível?

qua

Depois que li o ótimo “Jogador Número 1”, de Ernest Cline, minha empolgação com a realidade virtual foi virando também um pouquinho de preocupação com os rumos que essa tecnologia pode tomar quando entrar de vez nas nossas vidas. Durante a E3 no início do mês, além de vários jogos incríveis para teste, uma experiência inusitada bombou entre os visitantes: assistir a um filme pornô interativo.

Li e vi diversos relatos, todos de homens, encantados e até surpresos com a imersão do negócio – com o perdão do trocadilho -, mas nada voltado para as mulheres ganhou a mesma repercussão até o momento. Por isso mesmo, no vídeo de hoje estou discutindo se é possível que as mulheres também possam ter conteúdo erótico de qualidade feito para elas nos óculos de RV. Além de quase nunca sermos público alvo da indústria pornô, me parece um tanto quanto difícil promover uma experiência que realmente seja do interesse das mulheres… Afinal, nosso desejo funciona de outra forma, não?

Quero saber a opinião de vocês! Dá o play e também se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! 


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

 

VÍDEO: O dia em que ganhei na loteria – e outras histórias maravilhosas

qua

São anos de blog e falando de coisas que eu adoro, mas sobre isso eu acho que pouco falei nas ~internets~ a não ser no Twitter, casualmente. E o ‘isso’ é: eu curto muito apostar na loteria, jogar e afins. Além de ter a possibilidade real de ganhar algum dinheiro, eu realmente acho a expectativa de poder ganhar bem divertida, afasta qualquer mau humor!

No vídeo de hoje falo sobre apostas, jogos de azar & casinos e, como o título do post já diz, falo também do dia em que eu GANHEI na loteria… Mas não gostei muito não.

Dá o play para entender essa história e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! 


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.