Lollapalooza, dia 2 – Imagens da Semana

seg

Para ver tudo o que já contei nesta tag, clique aqui.

 

chegando na animação! hehe

Segundo dia de Lolla foi dia de chegar mais cedo, foi dia das bandas mais amadas por mim e foi o dia do “indie do pé sujo”, como brinquei carinhosamente no twitter, já que o público era totalmente diferente do dia anterior (contei sobre o primeiro dia aqui). rs O esquema era chegar logo para aproveitar Friendly Fires, num bom lugar e sem correria.

Adentramos o Jóquei com o fim do som e da animação do Gogol Bordello para depois darmos uma olhadinha na tenda eletrônica, onde Killer On The Dancefloor mandava fodamente bem e botava o povo pra suar e sorrir. Foi épico, foi maximal e ganhou de 10 a zero da farofada de Calvin Harris no dia anterior. E foi também difícil sair um pouco antes do final para pegar um lugarzinho para ver Friendly. A dupla brazuca está  de parabéns: quem puder ir ver os caras na noite, vá!

doidona no meio do povo e antes da chuva

O show do Friendly Fires foi energético, foi animado, foi cheio de hits e  foi marcado pelas dancinhas malucas de Ed Macfarlane. A cada rebolada do vocalista o povo ia à loucura e foram gritinhos misturados com as letras durante o show inteiro. Ele, aliás, estava louco de vontade de interagir, mas infelizmente o palco Butantã não tinha uma frisa que o deixasse lá em cima, só um corredor na grama mesmo – e ele aproveitou ainda assim.

Foi delicioso ver uma das minhas bandas favoritas ao vivo e curti sentir a percussão pesada e dançante ao vivo; taí outra banda que veio na hora certa. Podia ter vindo um pouquinho antes, é verdade, mas mesmo assim não perdeu o ponto. Mandaram bem; o final da apresentação foi especialmente “energético”.

a chuva: o bom momento para ficar parado

Daí veio a chuva – e não foi qualquer chuva, só demos a sorte de estarmos  dentro da tenda da CK descansando bem na hora que o barraco desabou. rs Vimos raios e trovões rolando do lado de fora e, mesmo com super capas de chuva na mochila (compradas na Centauro; fica a dica! hehe), resolvemos abandonar o MGMT.

Estávamos ouvindo a apresentação dos caras e, pela animação do público, acho que não perdemos nada. Apesar do primeiro álbum ser muito bom e cheio de hits, o segundo mergulha num conceitual bom de se ouvir em fones poderosos em casa, não no meio da lama. Nessa hora, quem acompanhava de casa no Multishow se deu muito melhor! hehe

Foster The People: <3! (crédito: Photo Rio News)

Aí superamos a chuva e o resto do pinga-pinga para ver um dos nomes que mais aguardamos desde que o festival foi anunciado, Foster The People. Seriam eles bons músicos? Corresponderiam ao vivo ao ótimo trabalho em “Torches”? Teriam calor humano ou seriam só uma bandinha indie olhando para seu próprio umbigo enquanto entoam suas composições “super importantes” para a humanidade? Será que teriam bom humor? rs

Com capas e gotas de leve em nossas cabeças, tomamos lugar no palco principal para ver a banda. O show começou com “Houdini” e de cara deu pra ver que ia ser todo mundo cantando tudo o tempo inteiro e a banda sorrindo o tempo inteiro. O grupo fez um show maduro e mostrou todas as nuances eletrônicas propostas por Mark Foster no palco.

A voz do cara, aliás, estava ótima e todo o corre-corre de troca de instrumentos do trio, que poderia arrastar o ritmo da apresentação, só surpreendeu a galera. Cubbie Fink ia para os sintetizadores e voltava para o baixo, Mark pegava o piano, ia para os sintetizadores, saia correndo pela frisa (para alegria do povo) e chegou até a ajudar na percussão em “Call It What You Want”

Mas, é claro que 0 povo delirou mesmo com  o super hit “Pumped Up Kicks”, canção sabiamente deixada para o final da apresentação e para deixar todo mundo com gosto de quero mais, tanto é que a banda foi embora e nem precisou dar tchau! rs

.

Já tinha contado de forma breve o quanto amei o show, mas tenho que acrescentar que agora me arrependo amargamente de não ter ido na apresentação dos caras no Cine Jóia e no DJ set do Clube Yacht (embora o povo tenha saído de lá com as pernas cortadas de tanto copo de vidro que caiu na pista – insano, não?). O jeito agora é continuar ouvindo o CD e torcer para que os meninos da Califórnia façam um segundo CD tão bacana quanto esse.

Depois do show, fomos lanchar e fazer o tempo passar até os Arctic Monkeys chegarem. Confesso que não “estudei” para o show e acabei ficando perdida na vibe das músicas mais recentes, que são mais pesadas e melancólicas, daí junto com o grupo que  não é lá uma super simpatia, é tocar e pronto. Isso não é ruim, de forma alguma, mas a chuva voltou a apertar, perdemos o lugar bacana em que estávamos e o ritmo desacelerou. Resultado: acabamos abandonando o show aos 45 minutos. Conversando com as pessoas depois, achei que quem mais curtiu o show estava vendo pela TV (e o inverso aconteceu com Foster: quem viu pela TV achou um lixo! Vai entender! hehe).

Sobre o evento: O festival foi super divertido e teve um clima delicioso, mas como todo grande evento numa grande cidade, a organização ainda tem muito o que aprender. A dependência do metrô e do trem foi um transtorno para muita gente e quem ficou até o último suspiro das apresentações dos dois headliners, sofreu. Sofreu inclusive com o shutter que levava para pontos estratégicos, como o Shopping Eldorado. Eu não tive problema pois usei carro + shutter e não fiquei até o último segundo, mas ouvi relatos bem chatos. Fica a questão para que todo mundo possa aproveitar até o último segundo ano que vem!

..

E O LOOK:

Domingo foi o dia do hype feat. coolness (risos!!) e do corpo já cansado do primeiro dia, por isso apostei no super sneaker roxo confortável e na minha camiseta de triângulo misterioso. O restante do look foi consequência:

Camiseta: Complot (Buenos Aires); short militar com tachas nos bolsos: Shoulder; sneaker: Puma; bolsinha cinza com franjas: loja qualquer de Barcelona;  pulseira de couro, de franja, shambala e anel: Íris Bijoux (contei aqui); o Ray Ban vocês já conhecem! ;)

 

Comentários via Facebook

18 comentários

  1. Tati Lopatiuk

    CHORANDO com o seu sneaker lindo, maravilho, absoluto! *__*

    Responder
  2. Érika

    CHORANDO com o seu sneaker lindo, maravilho, absoluto! *__* ²

    Responder
  3. Lari

    cacetada, taí uma banda que soube roubar a cena, heim? E também, o frontman dominou o role de um jeito que não deu muita chance pro publico não pirar, né?

    Meu, eu vejo esses festivais, todo mundo pulando, feliz, cantando junto e eu acho lindo, mas daí eu lembro que se fosse eu lá no meio eu ia tar na bad sem conseguir ver nada! hahahaha

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Lari on 16/04/2012 at 11:46 am said:

      cacetada, taí uma banda que soube roubar a cena, heim? E também, o frontman dominou o role de um jeito que não deu muita chance pro publico não pirar, né?

      Meu, eu vejo esses festivais, todo mundo pulando, feliz, cantando junto e eu acho lindo, mas daí eu lembro que se fosse eu lá no meio eu ia tar na bad sem conseguir ver nada! hahahaha

      foi foda demais, lari! e eles são bons de palco, fa zdiferença. rs Acho que vc devia ir de qq forma pra sentir o clima, é mto divertido (e sempre tem a tenda eletrônica que não decepciona e não precisa enxergar nada! rs)

      Responder
  4. THálita Custódio

    Nossa domingo foi demais..nem preciso falar q o Foster foi o show da noite…na agitação,na musica em tudo..foi demais..eu me arrependi super de não ter ido no cine joia…agora soh restam boas lembranças do Lolla…
    Cheguei no jockey qdo tinha acabado de começar o Friendly Fires e os caras me surpreenderam mto e eu amei o show…sobre o Artic confesso q eu esperava um pouco mais do show..faltaram algumas musicas no set list mais de carisma e Alex mandou mto bem foi super fofo e tava gatinho hahaha vi um trecho do MGMT mais achei super chato ,alem da chuva bodiei e fui pro Foster..q foi a melhor escolha da noite…

    a minha sorte foi q nos dois dias larguei o carro perto das estações de trem e praticamente não tive transtornos apenas atravessei a ponte e foi tranqüilo,mais tive amigos q ficaram ate o fim do show e por causa disso não conseguiram pegar metro…infelizmente sampa ainda tem muito q melhorar nessas questões pra grandes eventos q nem esse…

    amei o sneaker….

    Responder
  5. Camila C

    Assisti Foster The People pela Multishow e achei sensacional!! Um dos melhores.
    AMEI seu sneaker! <3

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Camila C on 16/04/2012 at 1:42 pm said:

      Assisti Foster The People pela Multishow e achei sensacional!! Um dos melhores.
      AMEI seu sneaker! <3

      obrigada! ^^ ele é super confortável, adoro! <3

      Responder
  6. Jéssica Souza

    Sem duvida o 2º dia foi mto melhor que o primeiro. Foi frustante não ter conseguido ver nem o telão do foo fighters direito e ter ido embora no meio do show deles pq não tava rolando.
    Os show do tinie tempah e do skrillex foram mto bons também além do friendly fires,mas não consegui ver nem mgmt nem foster pelos horarios amontoados.
    Esperava mais carisma do arctic,fui no lolla por eles e ficou muito a desejar,parecia que nem queriam estar lá

    Responder
  7. andreia inoue

    que dez as fotos,deu para perceber o quanto que foi legal…
    e esse sneaker é lindo, quero um para chamar de meu,hahaha…
    beijao.

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      andreia inoue on 16/04/2012 at 9:47 pm said:

      que dez as fotos,deu para perceber o quanto que foi legal…
      e esse sneaker é lindo, quero um para chamar de meu,hahaha…
      beijao.

      é mtoooo comfy, eu amo! <3 ele é da coleção do ano passado, não sei se dá pra achar mais!

      Responder
  8. Mariana

    Olha que coisa curiosa, sempre venho aqui mas nunca comento, vendo as fotos hj, vc tava qse do meu lado no espaço CK na hora da chuva e nao te vi

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Mariana on 17/04/2012 at 11:54 pm said:

      Olha que coisa curiosa, sempre venho aqui mas nunca comento, vendo as fotos hj, vc tava qse do meu lado no espaço CK na hora da chuva e nao te vi

      hahaha que barato! eu tava no postinho de abastecer celular q não tava funcionando… rs foi por isso que consegui sentar!

      Responder
  9. Julia

    ” Foi delicioso ver uma das minhas bandas favoritas ao vivo e curti sentir a percussão pesada e dançante ao vivo; taí outra banda que veio na hora certa. Podia ter vindo um pouquinho antes, é verdade, mas mesmo assim não perdeu o ponto. Mandaram bem; o final da apresentação foi especialmente “energético”.”

    So que eles ja tinham vindo antes, ne? Banda favorita, TO VENDO.

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Julia on 21/04/2012 at 10:38 pm said:

      ” Foi delicioso ver uma das minhas bandas favoritas ao vivo e curti sentir a percussão pesada e dançante ao vivo; taí outra banda que veio na hora certa. Podia ter vindo um pouquinho antes, é verdade, mas mesmo assim não perdeu o ponto. Mandaram bem; o final da apresentação foi especialmente “energético”.”

      So que eles ja tinham vindo antes, ne? Banda favorita, TO VENDO.

      Vamos lá: eles vieram em 2009 e eu nem fiquei sabendo do show, foi numa edição da Popload e eu estava terminando meu TCC, portanto sem vida social. rs Lembro que varias pessoas também ficaram sabendo depois e querendo que eles viessem quando mais musicas estouraram. Daí quando lançaram o segundo álbum mta gente achou que eles fossem voltar logo, nem que fosse para uma popload mesmo.

      Mas, sim, vc tem razão, eles vieram em 2009 e banda continua sendo uma das minhas favoritas. rs

      Responder
  10. Jana

    Nossa, eu fiquei até os últimos suspiros em ambos os dias e peguei o shutter com muita tranquilidade. Pena vc ter desanimado no meio do Arctic, porque eles tocaram as músicas antigas mais para o final, hahaha. Fiquei metade do show mongolando com meu amigo (porque ambos não gostamos do CD novo) e fomos recompensados no bis.

    Foster the People é tudo nessa vida e de tanto falei neles que meu namorado ficou dois dias com ciúmes da banda. #kdalogica?!

    Responder
  11. Jana

    Ah, e eu queria MUITO te elogiar pelas dicas de roupa de festival que são fashion mas completamente usáveis. Tenho ódio dos blogs que dão dicas de festival para meninas que vão ficar lá enfeitando a paisagem. Aliás, galera, dica: se vc vai pro festival enfeitar a paisagem, fica em casa, ok?! Vc ocupa espaço, se for homem acaba ficando bêbado e sendo inconveniente (acho uó chegar em alguém no meio de um show no melhor estilo micareta) e NÃO, ninguém está ali pra admirar seu look, as pessoas de fato querem ver o show. Tira a foto no seu quarto, posta no blog e senta a bunda no sofá pra ver na TV.

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Jana on 24/04/2012 at 12:05 pm said:

      Ah, e eu queria MUITO te elogiar pelas dicas de roupa de festival que são fashion mas completamente usáveis. Tenho ódio dos blogs que dão dicas de festival para meninas que vão ficar lá enfeitando a paisagem. Aliás, galera, dica: se vc vai pro festival enfeitar a paisagem, fica em casa, ok?! Vc ocupa espaço, se for homem acaba ficando bêbado e sendo inconveniente (acho uó chegar em alguém no meio de um show no melhor estilo micareta) e NÃO, ninguém está ali pra admirar seu look, as pessoas de fato querem ver o show. Tira a foto no seu quarto, posta no blog e senta a bunda no sofá pra ver na TV.

      HAHAHAHA Arrasou na dica, Jana!!! Tem gente que vai super arrumada pra festival e depois fica vendo tudo de longe, afinal não dá pra se enfiar no povo e curtir de verdade com “roupa de crochê”, vestidinho, saia longa e afins. HAIHAU

      Responder
  12. Chonei nessa tua t-shirt serio mesmo…. Que estampa linda *-*

    Queria convidar suas leitoras para conhecerem a minha lojinha: http://www.pisaico.com.br T-Shirt com muito estilo!

    Responder

Deixe seu comentário