A Guerra dos Sexos: Emma Stone, militância feminista e crítica do filme

ter

Esta semana, a crítica de filme e também indicação vai para “A Guerra dos Sexos”, com Emma Stone e Steve Carell. Dos mesmos diretores de “Pequena Miss Sunshine”, o filme revisita a história real de uma memorável partida de tênis ocorrida em 1973 entre a atleta Billy Jean King e o então ex-atleta Bobby Riggs. O que era para ser uma ‘aposta’ banal acaba se tornando uma verdadeira guerra dos sexos e revelando de vez a falta de igualdade entre os gêneros no mundo do esporte. Além de excelente tecnicamente, o filme emula a fotografia de filmes dos anos 70 e pode render prêmios para Emma Stone, que está ainda melhor que em “La La Land”. 

Além disso, o tema do filme é bastante oportuno, especialmente neste momento de revelações do sexismo assombroso em Hollywood. Para se ter ideia, a militância da tenista Billy Jean acabou sendo determinante para mudar o cenário para as atletas que vieram em seguida.

Dá o play e aproveita para se inscrever no canal  e receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário