Pornô para mulher no óculos de realidade virtual: é possível?

qua

Depois que li o ótimo “Jogador Número 1”, de Ernest Cline, minha empolgação com a realidade virtual foi virando também um pouquinho de preocupação com os rumos que essa tecnologia pode tomar quando entrar de vez nas nossas vidas. Durante a E3 no início do mês, além de vários jogos incríveis para teste, uma experiência inusitada bombou entre os visitantes: assistir a um filme pornô interativo.

Li e vi diversos relatos, todos de homens, encantados e até surpresos com a imersão do negócio – com o perdão do trocadilho -, mas nada voltado para as mulheres ganhou a mesma repercussão até o momento. Por isso mesmo, no vídeo de hoje estou discutindo se é possível que as mulheres também possam ter conteúdo erótico de qualidade feito para elas nos óculos de RV. Além de quase nunca sermos público alvo da indústria pornô, me parece um tanto quanto difícil promover uma experiência que realmente seja do interesse das mulheres… Afinal, nosso desejo funciona de outra forma, não?

Quero saber a opinião de vocês! Dá o play e também se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro! 


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

 

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário