Como começar ou continuar indo à academia em 2016?

qua

Começo de ano é assim: um desejo imenso de mudar os hábitos, renovar as energias, se tornar mais saudável, começar algo novo… No papel tudo parece fácil, mas quem já tentou colocar o projeto em prática e falhou, pode ter uma opinião diferente. Parece que nem sempre encontramos a tão falada ‘disposição’ para isso… Ou o tempo. Mas, veja, se você consegue fazer tantas tarefas ao longo do dia, por que ainda não consegue um tempinho pra você?

exercise_2016‘beautiful fitness woman’ via shutterstock

Hoje é dia de batermos um papo sincerão sobre o que pode estar te impedindo de levar o #projetoverão adiante ou o que pode estar te deixando desanimado no processo. Se você paga academia e não vai, espero que isso acabe agora!

quer começar a se exercitar? qual é sua prioridade?

Costumo dizer que a única forma de fazer o ‘projeto verão’ virar ‘projeto eterno’ é colocando o exercício e o tempo para você como prioridade. Simples assim. É impossível que uma pessoa não consiga 40 minutos para si mesma três ou quatro dias na semana. Impossível. E se você não fizer disso uma prioridade, é muito fácil que qualquer outra coisa entre na frente e se torne mais importante – desde coisas sérias como imprevistos e burocracias, até coisas banais, como, bem, preguiça.

exercise_girlsrunning

Se você anda contando essa mentira do ‘não tenho tempo’, talvez ainda não tenha chegado a hora de isso ser uma prioridade na sua vida. Talvez você precise ouvir o médico dar um ultimato, talvez tenha de surgir uma viagem ‘ecológica’ incrível com muita caminhada envolvida (e pouco condicionamento físico) ou talvez você apenas se olhe no espelho um dia e tenha vontade de ser diferente.

A questão é que, para dar certo, algo dentro de você precisa mudar. Exercitar-se é super legal, mas geralmente é legal mesmo quando acaba, não quando começa. Por isso, não é uma academia linda e caríssima que vai fazer você ter disciplina. Um professor que você goste e uma roupa adequada (moletom e camiseta de vereador não são bons nem pra treinar em casa!), por outro lado, talvez ajudem.

Para tirar a resolução de Ano Novo do papel, também vale procurar um exercício que você goste ou até uma companhia, mas não se espante se o amigo desistir e se o seu ‘exercício favorito’ virar um saco. O que funciona para mim, por exemplo, é não depender de ninguém e fazer dos exercícios ‘chatos’ a minha rotina – as coisas mais legais eu faço quando estou muito entediada ou aos finais de semana, por exemplo. É um jeito de me ‘presentear’ quando as coisas não estão fáceis! rs

quer continuar na atividade? então vá no seu ritmo!

exercise_flow

Desde que comecei a pisar numa academia o suficiente para ganhar o título de ‘freqüentadora’, não foi um nem foram dois professores, instrutores ou nutricionistas que me perguntavam prazos para os meus objetivos. Sei que é importante ter uma meta, mas sempre me incomodou essa necessidade de colocar tempo em tudo. Não pode ser algo a longo prazo? Não tenho pressa, quero que meus resultados durem e fiquem, e talvez você se identifique com isso também.

Acho importante descobrir qual é a sua relação com os chamados ‘incentivos’. Professor cobrando o tempo todo, faz bem ou faz mal? Nutricionista no whatsapp, ajuda ou te deixa neurótica? Quando você segue uma pessoa que treina muito – ou vive para treinar -, como se sente? Inspirado ou chateado por aquilo parecer inatingível?

Eu, por exemplo, prefiro ter um professor de confiança, mas treinar sozinha. Também fiz uma limpa nos ‘musos fitness’ que seguia e dei unfollow em muita gente. Não sei você, mas não curto abrir minhas redes sociais e me sentir um fracasso, mesmo tendo dado toda a dedicação que posso no tempo que tenho.

Não é raro encontrar gente que treina duas ou três vezes por dia enquanto você, assalariado, deu uma “corridinha” de 40 minutos e achava que estava ótimo. E está ótimo. Antes de sofrer por achar que faz pouco, repense quem você anda seguindo e quem está te influenciando. Você já está no seleto grupo que paga academia e vai à academia. Comemore e continue a se esforçar ao invés de se criticar.

Todos deveriam se exercitar por uma simples e pura questão de saúde – encare como um remédio e se agradeça por ter começado quando a idade chegar. A estética é somente um ganho que pode ser temporário e muito variável, portanto é completamente inviável ficar comparando seus resultados com os de um atleta ou de uma modelo que vivem-para/ganham-para isso. Inspire-se nessas pessoas, mas seja realista e faça por você: nenhum deles vai vir te tirar da cama num dia chuvoso!

…E coma com o cérebro, não com os olhos!

exercise_diet

Então, você vai fazer exercícios e quer se tornar mais saudável por inteiro, certo? Certo. Pois é bem provável que você precise ‘mexer’ no seu prato para não jogar todo esforço por água abaixo. Desculpe, eu não disse que traria boas notícias, mas sim sinceridade! rs

Se você já ficou de bobeira em casa numa sexta à noite e assistiu a pelo menos meia dúzia de episódios do “Globo Repórter”, certamente tem uma vaga noção do que é uma alimentação saudável. E eu tenho certeza que você já viu mais episódios do programa do que isso! ;)

Nossa educação alimentar é ainda bem falha, mas com tanta informação hoje em dia, é fácil dar uma olhadinha para o próprio prato e ver que nem sempre estamos comendo as melhores opções disponíveis. Pode ser difícil fazer isso sozinho – tão difícil que talvez só um nutricionista não seja suficiente pra te ajudar! -, mas anotar o que você come e repensar se aquilo é o melhor pra você, já é um ótimo começo. Será que comer trash food à noite depois de um dia estressante é o melhor que você pode fazer por você? É essa a alimentação que você vai dar para o seu corpo (e sua mente) cansados depois de um dia difícil?

Pense mais sobre o que você ingere e decida em qual momento é melhor comer cada alimento. Esse é o melhor chocolate que você pode comer? Essa coxinha é realmente a mais gostosa do mundo, ou vai ser uma fritura decepcionante e com alto potencial de azia? rs Não é papo de “dia do lixo”, afinal nenhum alimento é (ou deveria ser) lixo, é apenas uma questão de pesar o que, por que e quando vale a pena.

Dica: permita-se extravagâncias quando você puder curtí-las 100%, vai ser muito mais gostoso! ;)

Comentários via Facebook

4 comentários

  1. Nayara

    “Todos deveriam se exercitar por uma simples e pura questão de saúde;”Concordo plenamente com o que você escreveu, e vivo dizendo isso para as pessoas que estão sempre por perto, e que me acompanham nos exercícios, que nós estamos fazendo atividade física pela saúde, e que o a parte física vem por consequência. Aqui em casa, sempre tive incentivo, principalmente do meu pai, que pratica exercícios desde os 16 anos, e hoje com 66, continua indo na academia ( comigo ) e correndo as provas que ele tanto gosta! E como consequência de ver a pratica dele de exercícios , eu também sempre gostei, e minha mãe também! Acho que no meu caso, o incentivo dele foi um diferencial para eu também adorar praticar exercícios físicos!
    Adorei o texto Fernanda! :)

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Que delícia ter família que incentiva e vai junto, Nayara!!! No meu caso, sempre fiz esporte porque os pais consideravam importante, mas eles mesmos nunca fizeram nada. Só fui levar a sério quando eu me impus, em 2012. Comecei de um jeito pessimista, mas depois foi. hahaha <3 Boas provas pra vocês!!! Bjos!

      Responder
  2. Maki

    Queria dizer que estamos no dia 13 e até agora não consegui ir na academia! AHAHAHA, mas ok, quando eu decidir eu vou sem problemas mesmo, agora estão rolando outras prioridades na minha vida. Mas isso de comer com o cérebro é ótimo. Estou comendo muito melhor desde que saí da casa da minha mãe e mais do que pensar no que eu estou comento, eu tô separando um tempo pra me concentrar na comida. Pq de nada adianta você comer de forma saudável se come na frente do computador e repte o prato 3 vezes porque você não presta atenção no que come, né?

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Nossa, TOTAL Maki! A gente não presta atenção quando come fazendo outra coisa. É um pecado jantar na frente da TV, embora muito confortável e tentador. rs

      Responder

Deixe seu comentário