Mania: Instagram vira protetor de tela

qua



algumas fotos que postei nos últimos dias!

Acho que depois de Angry Birds, o app mais bem sucedido para iPhone é o Instagram. O bendito surgiu no timing certo para aproveitar a coqueluxe vintage das toy cameras e as fotos são uma unanimidade. Mesmo que os fotógrafos de verdade achem uma “bela porcaria”, não há quem não curta os efeitinhos cool do software que virou uma verdadeira rede social à parte!

Lançado em outubro de 2010, o Instagram é distribuido gratuitamente na App Store e é frequentemente atualizado com novas funções: novas actions de fotos, efeitos e implementações na troca de mensagens entre usuários.

O software foi criado por um brasileiro e um americano e, no fim de maio, o Blog da Info deu a notícia de que o aplicativo de fotos já conta com mais de 4,25 milhões (!!) de usuários. Só pra se ter ideia do grau de sucesso do negócio, em fevereiro o número de usuários não passava de 1,5 milhão.

Muitos outros programinhas extra-oficiais surgiram para ajudar os usuários a organizarem suas fotos fora de seus iPhones, principalmente indexando todas as imagens (como um Twitpic faz), mas o programa que mais gostei e, infelizmente não posso testar!, foi esse: o Screenstagram.

O Screenstagram nada mais é que um protetor de tela para o seu computador que usa as fotos das pessoas que você segue como “tema”. Você pode escolher se quer ver só as fotos do seus amigos, ou se quer ver imagens aleatórias que caem no “popular” – aquelas fotos com muitos likes que ganham status no app.

Dá só uma olhada como fica:
.



.

No site tem o tutorial de como instalar rapidinho, o único problema é: só funciona com Macs. Uma pena, né? Acho que eu toparia numa boa torrar um pouco a bateria do notebook olhando imagens bonitas para me inspirar! hehe

Falando em “inspirar”, o aplicativo já rendeu exposições e até projetos especiais, como o Instamission: basta curtir a página deles no facebook e participar das missões especiais de foto. Aí é só postar sua imagem usando a tag da semana para mostrar que você está no desafio! Legal, né?

.

 

Mashup de Twitadas

dom

cuidado com a sopa de letrinhas

Se você é daqueles que está super criativo para twitar num dia, mas no outro morre de tédio vendo a timeline passar e nada de uma ideinha genial de 140 caracteres aparecer, o That Can Be My Next Tweet é pra você!

O procedimento é simples: você coloca o seu usário (o meu é @loverox, me segue aí!) e clica no botão “get your next tweet”. Depois disso, o site gera uma série de twitadas usando palavras randômicas de seus últimos posts no microblog.

Você vê o resultado do mashup, decide o que quer publicar e ainda adiciona um comentário. Super divertido e viciante, só temos que torcer para o site aguentar o tranco: o serviço já começou bombando e  acabou ficando instável!

Sucesso instantâneo! 8)

10 linhas para: “Tiny Wings”

qua

Inaugurando agora uma nova tag: 10 Linhas Para, com resenhas rápidas e rasteiras para tudo o que der na telha, com no máximo 10 linhas. De produtos a comidas, bebidas, games e revistas, o objetivo é explicar rapidinho porque tal coisa vale a pena – ou não!


.

“TINY WINGS”
O QUE É: Game para iPhone, iPad e iPod Touch
QUANTO CUSTA: $0,99
PÚBLICO: Donos dos gadgets compatíveis que gostem de games viciantes com jogabilidade simples
ONDE VER MAIS? Na app store.
.


.

EM ATÉ 10 LINHAS
Passarinhos tem tudo para serem o novo bicho-hype. Depois do bem-sucedido game “Angry Birds” (que pessoalmente não gostei) veio a animação “Rio” e agora “Tiny Wings” tem um excelente timing para fazer sucesso.

Encontrei o game entre os mais baixados da App Store argentina e  fiquei curiosa com a jogabilidade simples prometida. Como o próprio nome diz, este pobre passarinho tem um par de tiny wings (asas pequenas) e não consegue voar por conta própria, só decola pegando impulso nas montanhas.
.


.

Seu objetivo é tocar na tela e fazer o pássaro escorregar na curva certa para conseguir voar por mais tempo. E é preciso ser rápido: a noite vem vindo e o bichinho dorme no meio do caminho. Ao longo do jogo, você também vai trocando de ninhos, que te garantem mais pontos conforme você cumpre os desafios propostos por cada um deles.

EM UMA LINHA
Hiper viciante. Vai fazer você até desejar salas de espera lotadas pra não ter que parar de jogar!

.

ps:curtiram a ideia da tag? Querem ver algo especial por aqui? Vale tudo (produto de beleza, game, livro, CD, filmes que não mereçam uma resenha longa… hehe)!

Pimp your Apple gadget

qui

agora a maçãzinha pode ter sua cara

Se deixarmos a parte tecnológica de lado, podemos dizer que um dos maiores atrativos dos produtos da Apple é a tal maçãzinha que estampa as costas dos Macbooks, iPads, iPods e iPhones.

Além de simbolizar um certo status e estilo de vida, muita gente gosta tanto que faz questão de por o adesivo da marca de Steve Jobs no carro (quem aí nunca viu uma maçã numa traseira?), mas agora imagine se desse para personalizar a própria apple?

A Maison Binoclette deu um jeito de “pimpar” o gadget e  inventou adesivos de óculos para colar na tal maçãzinha e deixá-la com a cara do dono:

.

.

Cada adesivo custa 6€ e serve tanto nas maçãs de Macbook quanto nas de iPad. Achei uma graça, pena que não tenho um iPad! heh

E se as redes sociais estivessem no colegial?

sáb

social media high school

Se há um tempo atrás nossa vida se resumia em checar scraps no Orkut, hoje o próprio fica de lado diante de tantas outras opções – e melhores opções. Para os fãs de música, há last.FM, MySpace, Hype Machine. Para os fotógrafos e “aspiras”, Flickr, Tumblr e Instagram. Para os blogueiros, WordPress, Livejournal, Blogger e muitos outros. Para quem fala pelos cotovelos, Twitter. Para quem não tem paciência para nada disso, Facebook. E, claro, para todos os mortais, Google e Wikipedia.

Não é preciso nem dizer que cada pessoa usa aquilo com o que mais se identifica, então que tal transformar as redes sociais em “panelinhas” do colegial? Pois sim: o infográfico resume o perfil de cada usuário de acordo com aquelas turminhas do colégio.

Várias definições são geniais, mas meus favoritos são os twiteiros, gossip girls de plantão, e os orkuteiros, alunos de intercâmbio!

Clique para ver maior:

Class Of 2011: If Social Media Were a High School

.

Se você gostou muito, deixo a dica de decorção: tem poster desse infográfico para vende por $16,99 na Flowtown!

.

Mr. Facebook, o partidão!

qui

Afinal, quantas pessoas de 26 anos você conhece que viraram tema de filme, dão palestras e tem uma fortuna maior que a de Steve Jobs?

who wants to be a millionaire?

Sim, caríssimos, segundo a “Forbes”, Mark Zuckerberg, o Mr. Facebook, hoje acumula uma fortuna de $6,9bi contra a poupança de “apenas” $6,1bi de Jobs, fundador da Apple.

Espantoso? Certamente. Em 2008, a mesma “Forbes” indicou que a fortuna do jovem rapaz era de $1,5bi. Então, veio em plena crise econômica o milagre da multiplicação  dos pães e tornou o programador prodígio um belo partidão para as solteiras a perigo nos Estados Unidos.

Ainda este ano, dois filmes sobre a grande invenção do cara chegam aos cinemas: o “A Rede Social” (The Social Network), sobre a criação do site desde seu primeiro dia, quando Mark ainda era só um estudante aplicado de Harvard; e “Catfish” (ainda sem tradução para português), longa-metragem misterioso no estilo “Bruxa de Blair” que conta a história de um rapaz que resolve ir conhecer pessoalmente uma garota por quem se apaixonou no Facebook. O mistério do filme é absurdo e, segundo conselhos por aí,  não vale a pena ler nenhum spoiler. Veja o trailer aqui.

Neste exato momento, podemos concluir que obviamente Zuckerberg está nadando numa piscina de royalties, mais rico que eu, você e seu vizinho juntos. E, lógico, também significa que os filmes vem num bom momento para refletirmos sobre o quanto a internet mudou o nosso comportamento social e a nossa forma de pensar. Parece batido? Então pense naquele seu amigo que perdeu o tema da conversa porque estava twittando.

“Catfish” estreou nos Estados Unidos na última sexta e “A Rede Social” estreia também por lá dia 1º de outubro e no Brasil, dia 3/12. Já para ver o Mark de verdade, o Facebook no seu celular resolve.

.

ps: e, sim, eu acho o rapaz bonitinho, e já achava mesmo antes da conta bancária dele ser multiplicada por 5. Ele tem senso de humor, ó:

Fonte: UOL Economia