Riffsy: fonte de gifs para uma vida mais feliz

sex

Pare tudo o que você está fazendo agora, porque há uma nova rede/aplicativo que promete tornar a zoeira internética ainda mais sem limites. O Riffsy é uma ferramenta fantástica para criar, encontrar e trocar gifs – ou RIFFS, a evolução do gif, pra galera que criou a parada.  À bem da verdade, são pequenos vídeos, com áudio ou não, cujo arquivo não tem a extensão .gif. Não dava para ser perfeito, mas a gente aceita a ~revolução~ simplesmente porque é…. DEMAIS!

meu gifzinho em homenagem à menina que bota Nicki Minaj no chinelo!

Há uns tempos vi algo semelhante no Relay, que serve para buscar e trocar gifs entre os amigos, mas logo larguei porque a diversão é muito restrita e a gente gosta de diversão sem limites! kkk Neste ponto, o Riffsy é imbatível, levou a experiência para outro nível, deixando você montar o seu próprio riff~gif, usando um vídeo seu, do youtube, incluindo caption e até áudio extra.

Depois dá para mandar direto para o Instagram ou para o Whatsapp, além de aparecer ali no seu perfil público, como uma rede social. Outra feature fantástica: usar seus riffs como imagens de um teclado extra, à la emojis (!), mas essa só está disponível para quem está com o sistema operacional atualizadíssimo.

fazendo meu riff…

…e mandando meu riff conquistar o mundo!

O Riffsy está disponível apenas para iOS, mas quem não tem cão, também pode caçar com gato no site. 

Smart garfo: inventaram um gadget para controlar como você come

sex

Eu acho fantástico poder usar a tecnologia a favor da saúde. Não tô falando de avanços da medicina nem de nada absurdo, estou falando do cotidiano mesmo, de poder usar um aplicativo ou outro para checar minha alimentação, meus exercícios, se estou dormindo razoavelmente bem ou se bebo água o suficiente.

Usar alguns destes programinhas, com parcimônia, me faz bem e me dá aquela sensação gostosa de ~estou vivendo no futuro~. Afinal, há bem pouco tempo, nada disso estava disponível para nos ajudar no corre-corre cotidiano. Agora quem diria que a próxima ferramenta anti-correria viria justamente na forma de um garfo bluetooth?

HAPI: garfo intrometido ou bem-vindo?

Há diversos malefícios em se comer rápido demais, sem mastigar bem os alimentos. Um deles é, tcharam!, o ganho de peso. Com esse apelo no bolso, surgiu o HAPI, garfinho wireless gigante e colorido que observa quanto tempo você demora na sua refeição, quanto leva entre uma garfada e outra e te dá broncas quando você come rápido demais. Sim, o garfo vibra. Imagine você em público sendo impedido de juntar a fome com a vontade de comer? É ou não é a tortura do novo milênio?

.

no anúncio, pessoas magras comem delicadamente com um garfo gigante que vibra (!)

Num (longo) relato publicado no site da NY Mag, a jornalista conta que um amigo apelidou o utensílio do mal de “garfo anoréxico”, o que é uma definição simplesmente perfeita para uma geringonça que ninguém precisa e, assim espero, ninguém sonha em ter. O slogan do bicho é: “eat slowly; lose weight; feel great” (coma devagar, perca peso, sinta-se bem).

O mais impressionante é que a divulgação não deixa muito claro o som que ele faz ao te avisar para *pegar leve* no meio do PF. Segundo a reportagem, a coisa chega a ser vergonhosa. Aí fica a pergunta: é a tecnologia se intrometendo onde não é chamada? Com certeza. Precisamos de um instrumento que nos ajude a sentir culpa pela nossa alimentação com uma desculpa saudável por trás? É claro que não. Quem realmente quer levar uma vida saudável vai arranjar tempo para comer melhor e com calma? Definitivamente.

.

ps: ainda prefiro o método da vovó: conte 20 mastigações de cada lado e relaxe.

Conheça o anel tecnológico que ajuda a desgrudar do celular

sex

Ringly: o acessório inteligente que se conecta ao seu telefone

Você com certeza já esteve numa reunião, numa mesa de bar ou mesmo num cinema em que alguém não largava o celular por nada no mundo. Apesar de ser a coisa mais deselegante do mundo, realmente dá pra entender que tem horas que a coisa é urgente. Agora não seria ótimo saber se é mesmo algo urgente antes de tirar o celularzão da bolsa e atrapalhar meio mundo sendo mal educado?

Pensando nisso, uma dupla de criativos lançou o Ringly, um anel tecnológico que vibra e interage com o seu celular via Bluetooth para avisar apenas sobre o que realmente importa. Através de um aplicativo, você pode escolher ser avisado sobre compromissos de trabalho, ligações da família ou então apenas dos lembretes para tomar o remédio na hora certa.

São 4 modelos de anéis com pedras nobres e os preços variam de US$145 a US$180 para quem adquirir o acessório em pré-venda. O lançamento está previsto para setembro e a empresa envia para o mundo todo – o frete para o Brasil custa US$20. Se vale a pena, eu não sei, mas que pode ser realmente bem útil, com certeza! O vídeo de divulgação mostra direitinho como o acessório funciona e as possibilidades de filtro que o aplicativo oferece.

Eu usaria! E você?

Desejo do dia: Socialmatic, a câmera híbrida da Polaroid

sex

A nova câmera da Polaroid: Socialmatic!

Enquanto estamos sentados aqui no Brasil derretendo em frente aos nossos computadores, há muita gente em Las Vegas conferindo novidades quase tão legais quanto os shows da Britney na cidade! rs Está rolando a feira de tecnologia CES e o evento está cheio de novidades quentinhas do setor, como as novas câmeras da Polaroid que chegam ao mercado ainda este ano.

Entre os vários produtos mostrados pela empresa no evento, o mais aguardado pelo povo da internet é, sem dúvida!, a Socialmatic. Com carinha de ícone do Instagram e impressora interna que não exige tinta (como funciona? é mágica?!), a câmera completa o ciclo de idolatria aos filtros vintage nos aplicativos de foto e realiza o sonho de muito fotógrafo de iPhone: poder publicar e imprimir imagens usando um só aparelho.

A Socialmatic tem wi-fi, bluetooth, 4GB de memória interna e roda no sistema Android – para desespero dos macfags! hehe Na tela da câmera é possível visualizar a foto, editar em qualquer aplicativo que você tenha baixado usando o Android e depois compartilhar na sua rede favorita. Sim, vai direto pro Insta! E, claro, tem a impressão: suas fotos viram adesivos no ato, com uma técnica que não exige tinta. Fantástico, não? Quero mais detalhes disso! rs

.

Carinha vintage, capinhas e mais acessórios: promessa de hit!

O preço sugerido para o mimo é de US$299 e a empresa já mostrou uma série de acessórios que vão fazer qualquer apaixonado por fotografia ficar no mínimo curioso. A versão apresentada no evento foi apenas um protótipo e tudo indica que a versão final chega às lojas no segundo semestre.

Eu não sei vocês, mas eu já tenho o primeiro item da lista de compras da próxima viagem…

.

Lulu: aplicativo deixa você dar nota para os rapazes com quem se relaciona

sex

[UPDATE: explicado no texto, mas tem algumas coisas que os meninos podem ver sim ao baixar o app – mas relaxa, nunca vão saber que foi você! rs] 

Ele merece mesmo essa nota 10? E essa nota 5, é real ou só vingancinha?

Ele é seu amigo e precisa de um empurrãozinho para se dar melhor no amor? Conhece de longe mas sempre quis algo mais? Ele é um ex-namorado que te fez sofrer? É um ex-peguete que nunca mais te ligou? Pois todas essas situações estão muito bem contempladas com o Lulu, um app esperto que permite que você dê notas para os rapazes da sua vida.

Criado pela americana Alexandra Chong, o aplicativo gratuito para iOS e Android acaba de chegar ao Brasil, muito bem traduzido para o português por sinal. Através de um divertido sistema de perguntas, respostas e algumas (muitas!) hashtags, usuárias podem ajudar a construir a reputação de um homem no aplicativo. Você não dá nenhuma opinião direta, por escrito, mas clica em alternativas que traçam o perfil da vítima – ou do felizardo, já que propaganda boca-a-boca é a melhor, certo?

O Lulu garante que não foi criado com fins vingativos, mas sim divertidos. De cara dá pra notar: mesmo as características chatas são bem leves e não há como o rapaz ficar sabendo quem foi que disse o que. O programa usa perfil e dados do Facebook para as *votações* e antes que os rapazes se sintam com a privacidade invadida, vale lembrar que o app usa apenas nome e foto do perfil, coisa que o Facebook já te obriga a mostrar para o mundo inteirinho.

Os que se sentirem incomodados, aliás, podem requisitar sua retirada no site oficial. Como é um app feito para meninas, os rapazes obviamente não sabem quem foi que disse o que: ao abrir o aplicativo no celular, ele pode acrescentar algumas informações sobre si mesmo e ver sua nota atual.

Algumas características positivas que um garotão pode ter: #Gênio, #LábiosdeMel, #FotoComAMãe e #RespeitaAsMulheres. Alguns podres que ele pode ter: #PrefereoVideogame (hehe!), #Bebezão, #DáSono ou #NãoFedeNemCheira.

Em tempos de “vazamentos” constantes no Whatsapp, essa parece a única forma de compartilhar “informações” sem exagerar na dose. Com sorte, isso aqui pode ser divertido para ambos os lados. Como o nome já diz, é um app feito apenas para mulheres, tudo para aproveitar o melhor do girl talk.  Só acho uma pena que o primeiro app que se diz ONLY FOR GIRLS seja única e exclusivamente para falar sobre homens. Acho que todas temos coisas mais interessantes pra dizer.

Para entender como funciona:

.

Instagram agora tem vídeo – e o que isso significa?

qui

Depois que o Vine superou o número de postagens do Instagram, a galerinha lá no Facebook começou a se coçar para não perder o posto de rede social favorita para compartilhar imagens, especialmente pelo celular.

Hoje Mark Zuckerberg e sua turma disponibilizaram a nova funcionalidade do IG: a possibilidade de postar vídeos de 15 segundos com direito a filtro e a excluir a última imagem capturada pelo aplicativo.

Para entender melhor, eis a apresentação da feature:

.
E o que pode acontecer agora?

Depois de atualizar o meu aplicativo para receber a novidade e testar mais ou menos como funciona, veio o medo: será que agora o Instagram vai ficar cheio de vídeos ruins? A verdade é que o Vine tinha poucos e bons perfis para serem seguidos, porque é simplesmente mais difícil fazer um vídeo legal do que uma foto legal. Além disso, sempre sofremos com a possibilidade do aplicativo dar algum bug bem na hora em que estamos capturando a imagem perfeita – e daí tchau vídeo lindo, já que você não pode subir nada pré-gravado.

Por outro lado, é claro que os vídeos abrem inúmeras possibilidades no Instagram. Depois que o app ficou disponível para o sistema Android, ficou quase impossível alguém ter um smartphone e não ter aderido à modinha das fotos rápidas com filtros fofinhos. Isso significa que lá já estão todos os seus amigos e eles compreenderão quando você postar um videozinho qualquer, coisa que não parecia ser muito bem-vinda no Vine, onde o ‘popular’ só mostrava coisas hiper criativas e bem pensadas.

Veja bem: mesmo trabalhando com vídeo, eu não me sentia super animada de ficar postando vídeos por lá, achava tudo que eu gravava tosco e feio, além de não ter meus amigos ali para darem uma força. Isso acontecia com você também? Se sim, vai concordar comigo que agora no Instagram não vai ter porque não usar. Fora isso, a popularidade de quem fizer bons vídeos só vai crescer… Será que veremos mais blogueiros com mais de um milhão de seguidores no Insta?

A italiana Chiara Ferragni, a brasileira Camila Coelho e seus milhões de fãs no Instagram

Muita gente legal estava no Vine, mas com certeza todos eles já estavam no Instagram… Será que o serviço vai tentar se renovar para competir ou essa batalha agora já está ganha? Por enquanto, apenas digo que meu iPhone pede socorro da memória e quanto menos aplicativos melhor…

.