Mania: Instagram vira protetor de tela

qua



algumas fotos que postei nos últimos dias!

Acho que depois de Angry Birds, o app mais bem sucedido para iPhone é o Instagram. O bendito surgiu no timing certo para aproveitar a coqueluxe vintage das toy cameras e as fotos são uma unanimidade. Mesmo que os fotógrafos de verdade achem uma “bela porcaria”, não há quem não curta os efeitinhos cool do software que virou uma verdadeira rede social à parte!

Lançado em outubro de 2010, o Instagram é distribuido gratuitamente na App Store e é frequentemente atualizado com novas funções: novas actions de fotos, efeitos e implementações na troca de mensagens entre usuários.

O software foi criado por um brasileiro e um americano e, no fim de maio, o Blog da Info deu a notícia de que o aplicativo de fotos já conta com mais de 4,25 milhões (!!) de usuários. Só pra se ter ideia do grau de sucesso do negócio, em fevereiro o número de usuários não passava de 1,5 milhão.

Muitos outros programinhas extra-oficiais surgiram para ajudar os usuários a organizarem suas fotos fora de seus iPhones, principalmente indexando todas as imagens (como um Twitpic faz), mas o programa que mais gostei e, infelizmente não posso testar!, foi esse: o Screenstagram.

O Screenstagram nada mais é que um protetor de tela para o seu computador que usa as fotos das pessoas que você segue como “tema”. Você pode escolher se quer ver só as fotos do seus amigos, ou se quer ver imagens aleatórias que caem no “popular” – aquelas fotos com muitos likes que ganham status no app.

Dá só uma olhada como fica:
.



.

No site tem o tutorial de como instalar rapidinho, o único problema é: só funciona com Macs. Uma pena, né? Acho que eu toparia numa boa torrar um pouco a bateria do notebook olhando imagens bonitas para me inspirar! hehe

Falando em “inspirar”, o aplicativo já rendeu exposições e até projetos especiais, como o Instamission: basta curtir a página deles no facebook e participar das missões especiais de foto. Aí é só postar sua imagem usando a tag da semana para mostrar que você está no desafio! Legal, né?

.

 

Pet Fashion Week, PJ Clarke’s, óculos do Bleudame e organizadores da Etna – Imagens da Semana

qui

E o vídeo do SkolSensation vai sair, prometo… :P

PET FASHION WEEK

@pet fashion week

Sábado e domingo passados aconteceu a primeira edição brasileira do “Pet Fashion Week”, evento que já acontece em Nova York e em Tóquio. Fui lá fazer matéria pela TV UOL e vimos algumas coisas bem interessantes. Apesar da organização precisar definir melhor os rumos que eles querem dar para a “semana de moda de cachorro”, a iniciativa já foi bem legal. Infelizmente, eles deixaram os gatos totalmente de fora do evento. Até os pet shops só vendiam artigos para cachorros, fora que havia uma falha grave em decidir se eles iam fazer um evento beneficente ou um evento de artigos de luxo para cães.

Em todo caso, a ida até lá me rendeu algumas boas fotos e diversão garantida no desfile cheio de cachorrinhos diferentes – e numa passarela com cocô e xixi. Foi genial ver a cara das modelos lidando com os cachorros. Tem mais fotos no flickr.

.

PJ CLARKE’S

A filial brasileira do PJ Clarke’s novaiorquino fica no coração do Itaim Bibi. E isso não é um elogio. O ambiente é delicioso, a carne dos hambúrgueres da lanchonete tipicamente americana também. Porém, o fato de estar no coração do Itaim atrai um público bastante diferente do que está habituado a frequentar hamburguerias. Muita gente vai de galera pra lá fazer esquenta antes da “balada playboy” ao mesmo tempo em que casais mais velhos tentam fazer uma refeição diferente. Não é uma crítica, mas apenas fica aqui o lembrete que lá talvez você se sinta estranho por comer hambúrguer no guardanapo.

Na foto, a sobremesa que pedimos: torta de maçã crocante com sorvete de baunilha. Simplesmente deliciosa. Enfim, vale a ida para conhecer, mas acredito que eles escolheram o lugar errado pra lançar um restaurante que, teoricamente, quer ser despretensioso.

.

BLEUDAME

Minhas comprinhas do Bleudame.com chegaram já faz um tempinho, mas só agora peguei esse óculos wayfarer do topo direito da foto, presente do namorado! <3 Depois que comprei as headbands, o óculos vintage e esse colar personalizado com meu sobrenome, o Rafa se animou e resolveu pedir uns óculos para ele também, e eu ganhei esse aí. Não dá pra ver direito, mas ele é um turtle bem escurão, uma graça!

.

ETNA

Depois de perder vários acessórios meus que ficavam espalhados por aí porque a Hannah, minha gata, pegava pra brincar, baixou o espírito de Amélia e organizei todas as minhas coisas. No domingo passado, fui no Etna e comprei alguns organizadores de plástico como esses aí vermelhos. Comprei transparentes pra deixar com meus produtos no banheiro também e uma caixa oriental simplesmente linda pra por maquiagens que uso pouco dentro. Devo voltar lá essa semana pra resolver uma troca que preciso fazer e mostro mais depois!

A evolução dos hipsters ao longo da década na Paste Magazine

sex

Se todo ano nós temos retrospectivas de melhores do ano, este ano é mais especial, porque vamos ver e ouvir muitas listas de “melhores da década”. Enquanto em 1999 as pessoas só se preocupavam mesmo com o bug do milênio, em 2009 as listas de melhor e pior vão rolar mesmo.

Neste quesito, essa retrospectiva de moda “moderninha” me chamou muito a atenção e vale a pena entrar na revista digital Paste Magazine, que teve essa idéia de pauta genial, e ler tudo com detalhes.

O que mais me chamou a atenção é que muitos estilos aí continuam em voga e realmente modernos, vide o tal “Vintage Queen”, estilo que bombou em 2007 segundo a revista, mas que, ao meu ver, continua bem forte no Lookbook, especialmente entre as européias românticas de plantão. E, como eu não poderia deixar de citar, vejam o ano de 2009 com zoom: a modelo está usando uma camiseta do Threadless com o Keyboard Cat!

Para completar os melhores da década 00’s, a revista fez listas dos melhores livros, CDs e filmes – e adivinha quem ficou em primeiro na lista da 7ª arte? “Cidade de Deus”, de Fernando Meirelles. É, não é lá dos meus favoritos, mas a técnica é boa e dá aquele orgulhinho patriota.

Aproveitem para folhear a revista, é realmente muito boa! 8)

Dica do Rafa e do Fabio Rex

Estilo pin-up: modos de usar

seg


Bettie Mae Page, a pin-up mãe:

.

Playboy norte-americana lendária com Marilyn Monroe, dezembro de 1953:


.
Dita Von Teese, pin-up contemporânea por excelência:



.
Andressa Soares, aka Mulher Melancia, capa da Playboy, julho de 2009:


Posso chamar de heresia? I’m speachless. (!!)

Ao Natural: elas não usavam photoshop.

qui

Os meninos vão gostar. E lá vou eu falar mais de fotografia…

Photoshop hoje é ferramenta fundamental para qualquer finalização de imagem profissional, seja em revistas, em propagandas, em editorias de moda… Isso todo mundo sabe.  Agora imagina voltar no tempo e ver como eram as fotos originais de ensaios sensuais e eróticos sem photoshop, tipo nos 50’s e 60’s?

Pois sim. Descobri um blog recheado de scans de revistas safadinhas das antigas e vou dizer uma coisa: elas eram gostosonas e não tinham “stamp” e “liquify” a seu favor.

.

.

Quem curtiu esse aperitivo censurado e tem mais de 18 anos aninhos, visite o Vintage Girly Magazines.
O blog não é atualizado há algum tempo, mas dá pra perder umas boas horinhas fuçando nos arquivos. Eles têm inclusive scans completos dos Private Peeks da Betty Page, eterna musa pin-up que abusava do bondage.

Preciso dizer mais alguma coisa? É sexy demásss da conta. 8)