Cris Barros para Riachuelo

qua

post atendendo a pedidos das leitoras no twitter (@loverox)! ;)

Julia Restoin-Roitfeld: it gatora propaganda

A coleção de Cris Barros para Riachuelo foi lançada neste domingo e aparentemente levou multidões para portas das lojas de todo o país. Enquanto estávamos lá em Fortaleza no “Desencontro”, Lia e eu ficamos pensando em como estaria o furdunço e a Alê Ferreira logo encontrou o povo comentando no Twitter que as coisas estavam acabando mais rápido que garrafinha de água no deserto.

Depois da minha decepção com a coleção de Stella McCartney (e também com outras parcerias do gênero anteriores, como Osklen + Riachuelo e Espaço Fashion + C&A),  jurei que se eu só encontrasse restos ou coisas de má qualidade de dona Cris Barros nas lojas, nunca mais ia olhar esses catálogos para não passar vontade com algo que não é correspondido depois.

Armada de minha persistência e de meu cartão de crédito, fui hoje ao Shopping Central Plaza, um shopping tranquilo perto da minha casa onde imaginei que ia dar sorte, mas segundo a vendedora até lá houve confusão e corre-corre por quem pega o que primeiro. Em todo caso, o estoque foi bom e, uhu!, até que econtrei algumas coisinhas. Não achei peças que mexeram comigo, como a calça de couro, o vestido de renda e o cinto de placas de metal, mas fiz um estraguinho sim.

Comprei o casacão militar, uma skinny cargo, o short estampado de cobra, a saia com paetês e uma blusa soltinha com estampa de cobra também. Fiquei meio na dúvida com essa última peça e, ok, talvez seja a que eu menos use mesmo, mas como não tenho nada parecido, resolvi arriscar.

Atendendo a pedidos, vou mostrar as compras aqui. Resolvi fotografar as roupas no corpo, porque ninguém merece mais olhar roupa amarrotada em cima da cama por aqui. hehe
.

CASACO MILITAR

O casaco é lindo, pesadão, e com botões de qualidade que não abrem com qualquer movimento. Apesar de muita gente não usar capuz, eu tenho uma franja a zelar e cobrir a cabecinha é muito útil na umidade, logo assim que vesti o casacão procurei ver se os ombros iam ficar certinhos com e sem o gorro. Tudo ok! ;)

Aí já dá pra ver o comprimento do casaco e a barra de moletom, que fica ajustada no corpo quando os botões estão fechados. A camiseta é da Candy Shop Store, o sapato comprei na Coelho Show, a corrente de algemas é da Virgin Again e o short é também da Cris Barros para Riachuelo.

.
SHORT

O short mais de pertinho: a melhor coisa dele é o tecido, mais pesado e ajustado. A peça não marca tanto no bumbum e o dá pra aproveitar o bolso para levar alguma coisa na balada, por exemplo. Não é só enfeite frágil pra apoiar a mão na hora de tirar foto.

.

SKINNY CARGO

Adorei o tecido maciozinho, o caimento (que não engorda tanto quanto parece) e a barra com um tamanho razoável para pessoas com estatura média (tenho 1,68m). A camiseta florida e o oxford são da Zara.

.

SAIA

A saia é curtinha, mas quentinha e puro amor. Como eu sou meio encanada com comprimento e ela é meio esvoaçante, já sei que vou me limitar a usá-la com meia fina, mas não me importo, porque gostei demais dela – e mais ainda depois de ver na foto!

 

O brilho discreto mais de longe. A camiseta é da Candy Shop Store, a jaqueta é da OMK Couro, a meia-fina é H&M e o oxford é da Shoestock.

.
BLUSA

Então, essa foi minha compra por impulso. Não tenho nenhuma peça desse tecido e resolvi arriscar. Gostei de como fica no corpo, mas por ser meio transparente, talvez eu só use à noite ou quando estiver mais frio mesmo, para poder por algo embaixo e não passar calor, já que o material da camisa é sintético deve esquentar um pouco com uma regata em baixo.

.(Os preços de todas as peças estão disponíveis no site da Riachuelo.)
.

Alguns reais e três parcelinhas no cartão depois, quero só reclamar um pouquinho, tá? Por que as fast fashion não disponibilizam um estoque decente destas peças de coleções especiais? Sei que é ótimo para a marca criar expectativas no público porque valoriza (às vezes até demais) a coleção, mas já tem gente pegando bode antecipado de ter que disputar na unha produtos de uma loja, querendo ou não, de departamentos.

Sei que é assim que acontece no exterior quando a H&M lança uma coleção especial, por exemplo, mas ainda acho que são situações que não se comparam, especialmente com as mega grifes mundialmente famosas que topam estas parcerias lá fora.

Por fim, quero dar parabéns não só à Riachuelo pelo acabamento bom das peças, mas também à  filial que fui, que parece estar cuidando bem das mercadorias.

No shopping em que estive tudo estava em perfeito estado, ao contrário do que houve com a C&A do Shopping Morumbi, que cobrava os R$400,00 por um blazer Stella McCartney sujo e prestes a fazer bolinhas de tanta gente passar a mão.

Alguém aí comprou alguma coisa destas coleções? Contem! ;)

.