Britney Spears em São Paulo: Imagens da Semana

sáb

Para ver tudo o que já postei nesta tag, clique aqui.

Neide, sua trupe e mil e uma câmeras a postos

Nesta semana, Britney Spears quebrou o jejum de dez anos sem vir ao Brasil e se apresentou no Rio de Janeiro e em São Paulo. Ao contrário do que os fãs cariocas andaram dizendo por aí, nossa princesinha não se empolgou tanto com o show aqui na capital paulista nesta sexta e talvez este tenha sido o grande motivo da minha impressão final do show: um misto de alegria com decepção.

Sou fã de Britney Spears incondicionalmente e acompanhei muitas turnês dela pela internet, especialmente as da era de ouro, como “Dream Within a Dream” (2001) e “The Onyx Hotel Tour” (2004), por exemplo. É claro que muita coisa aconteceu e muita coisa mudou dessa época até agora, mas ao final do show por aqui não tive como não querer dar o play no meu DVD e imaginar tudo o que poderia ter sido e não foi.

A tão criticada forma física de Britney está em vias de melhora e as dancinhas da cantora não foram tão prejudicadas assim. Não houveram, é claro, os grandes momentos de coreografia a que fomos acostumados, mas não dá pra dizer que a cantora “não dança mais”. Deixo isso para os críticos. Brit está sim mais magra, está naquela fase de quem emagreceu e ainda não definiu, e está a caminho de ficar perfeita novamente. Está completamente aceitável, apesar de alguns fãs ainda criticarem a cantora, mamãe de dois filhos recém-recuperada de uma má fase emocional, cabe lembrar.

A questão é que o show para os 30 mil que estiveram na Arena Anhembi ontem à noite foi lindo, foi perfeito mesmo, produção impecável. Das pops todas que passaram pelo Brasil este ano, sem dúvida Britney teve a melhor estrutura; fora os bailarinos excelentes – e gatos! Mas, vamos chegar ao “mas”, o problema foi que a estrela maior do show esqueceu de brilhar para seus súditos.

Todos os fãs já estão acostumados com o fato da cantora não cantar ao vivo; nas eras “antigas”, aliás, isso era até disfarçado e a cantora chegava a soltar a voz em alguns momentos, mas hoje a coisa é assumida  e apenas dois DJs fizeram o papel de músicos no segundo andar do palco.

Mesmo sabendo de tudo isso, a apresentação teria sido perfeita se Britney tivesse se divertido mais, se jogado mais, conversado mais com o público. Ela parecia insegura para dominar o espaço que lhe foi dado e seus olhos pareciam procurar aprovação, ao invés de reinarem absolutos para a multidão que vibraria ainda mais a qualquer movimento que ela fizesse. Faltou espontaneidade.

Sabemos que o pai da cantora tem controlado com mãos de ferro sua carreira e talvez hoje seja este o problema para que ela recupere o brilho de artista de antes. Ou talvez não. Talvez ela precise ficar fora dos holofotes para voltar renovada daqui uns anos, criar os filhos e namorar mais um pouco seu Jason, sei lá.

Sei que eu, como fã, fiquei feliz de ver minha ídola ali na frente, mas ao mesmo tempo fiquei triste de encontrá-la com tanto desânimo. Ela dançou, ela rebolou, ela riu, ela falou “olá, São Paulo”, mas faltou emoção. Como comentei com as amigas no show ontem: foi ótimo pra mim, cantei, gritei e só não chorei porque faltou mais uma música lenta para o meu gosto. Só queria ter visto tudo isso em 2004.
 .

 Para fechar, algumas fotos que consegui fazer do show de ontem e o lindo encerramento ao som de “Till The World Ends”:

.

o maiô preto e as asas de Britney no final do show com “Till The World Ends”

a entrada da cantora em “Gimme More”, minha performance favorita do show

Continue lendo →

Lana Del Rey e sua primeira capa

sex

Depois de causar altas polêmicas, a misteriosa & gata Lana Del Rey finalmente começou sua primeira mini-turnê e agora acaba de conquistar sua primeira capa de revista.

A publicação é a cool “Wonderland” que, de forma intrigante, convidou a moça para ser estrela de uma edição com chamada na capa para uma entrevista com David Lynch e seus “strange sounds” – lembrando, é claro, que os dois foram “conectados” pelas mil e uma análises postadas nos blogs mundo a fora.


Além das músicas “Blue Jeans” e “Video Games” que a gente já conhece e adora, surgiram vídeos com músicas novas que a cantora está apresentando pela Europa. O audio tá ruim, mas provavelmente vamos nos apaixonar por estas assim que ouvirmos com um som melhorzinho; essa “Off The Races” dá pra sentir que vai ser boa:

.

ps: nunca viu essa aí mais gorda? Então clica num dos links espalhados pelo post, já contei a história da moçoila aqui!

Show do Pearl Jam: Imagens da Semana

qui

Para ver tudo o que já contei nesta tag, clique aqui.

.

Esta última semana, sem dúvida nenhuma, foi a_semana dos shows! Além de ter ido no Planeta Terra no final de semana, na quinta fui ouvir de pertinho os caras do Pearl Jam mandarem ver no Estádio do Morumbi e ver se a voz do Eddie Vedder é mesmo tudo isso – e é, que vozeirão absurdo!

Eu e o Rafa cantamos, batemos palminha e ficamos com o coração quentinho com as românticas que eles tocaram, só foi uma pena que aqueles sucessos com cara de “namoro teen dos anos 90” ficaram de fora, teria sido legal ouvir “Last Kiss” e “Soldier of Love” também – que os fãs xiitas não me ouçam! hehe O lado bom é que quem foi no segundo show, na sexta, ouviu “Last Kiss” pelo menos!

Obrigada a Ragazzo, que nos presentou com os convites para essa noite tão especial que só terminou quando acenderam as luzes do estádio para por a galera toda pra fora! hahah (nunca vi show terminar assim, juro!)


*desta vez as fotos e os vídeos não são meus, mas quis ilustrar um pouquinho da noite pra vocês; as fotos são do G1.
.

E tem mais shows pela frente na agenda: semana que vem tem Britney Spears, depois tem Yelle (IMPERDÍVEL!) e UMF no comecinho de dezembro, com New Order, Diplo, Major Lazer e Soulwax (!). Em quais destes vocês vão?? ;)

Festival Planeta Terra: Imagens da Semana

ter

Para ver tudo o que já contei nesta tag, clique aqui.

.

videozinho maroto pra mostrar o clima do evento! Dá o play! :D

Se em 2010 o Festival Planeta Terra teve um clima de festa lá em casa e muita dúvida musical entre ver uma banda ou outra, a edição de 2011 foi a edição dos fãs.

Uma banda grande (Strokes!) e um ídolo grande (Liam Gallagher com sua Beady Eye) levaram muito público para o evento e acabaram tomando conta do line-up, que infelizmente sofreu desfalques importantes, como de Peter Bjorn & John, a banda que eu mais queria ver e que acabou cancelando sua participação.

Como era de se esperar, os Strokes mandaram muito bem e Julian Casablancas estava uma simpatia só, ao contrário de Fabrizio que nos poupou de seu português (por que, hein?). Já no indie stage, os shows foram gostosos de ver, como da banda Toro Y Moi, que teve uma audiência tranquila e preocupada apenas em dançar e ouvir o som. No caso de Goldfrapp, rolou uma super jogação, só foi uma pena que a cantora estava fazendo um playback bem mal disfarçado.

Deixando as bandas de lado, apesar de ser um festival de música, o Planeta Terra é sobretudo um evento de prestígio, que chega a vender  todos os ingressos antes mesmo de divulgar o lineup. Exatamente por isso, mais uma vez a organização merece parabéns.

Embora a saída de um festival grande seja sempre meio confusa e do estacionamento oficial deste ano ter ficado longe demais, a organização agradou mais uma vez. As filas dos banheiro e bar estavam suportáveis, o acesso aos palcos estava organizado e o público curtiu muito a estrutura do parque mais uma vez (alô galera que ficou três horas se arrumando e foi direto no splash! kkk). E, bem, como desta vez fiquei bastante na área VIP, tenho que dizer: que comidinhas boassss! kkkk

Depois deste breve relato e do meu “clipe” com uma visão geral de lá (assiste, curte, me fala se gostou? rs não gravei muito porque estávamos na dúvida com o áudio, mas até que deu tudo certo!), deixo algumas fotos da noite e, como vocês pediram, o registro do meu look caso alguém queira se inspirar para o SWU que vem aí no fim de semana! ;)

camisa sem manga com tachas: Mango (Madri), regata rocker: Bershka (Barcelona),
jegging: C&A, oxford: Jorge Alex, bolsa: lojinha aleatória de Barcelona, colar: Virgin Again

Continue lendo →

Promoção: ingresso para ver a Britney em SP!

ter

britney: vamos chorar muito, sim ou com certeza?

Britney Spears desembarca no Brasil semana que vem para fazer duas apresentações especiais, uma no Rio de Janeiro, no feriado do dia 15/11, e outra em São Paulo, no dia 18/11 (sexta-feira). Depois de anos sem vir ao Brasil e sem nunca ter feito seu show completo na terrinha, acho que não só eu como todos os fãs de pop estão no mínimo ansiosos, né?

Por isso, depois do sucesso das promoções do musical “Mamma Mia” e do “As Bruxas de Eastwick”, fechei mais uma parceria com a T4F para sortear um ingresso para a pista do show da Britney em São Paulo (é só UM ingresso, hein? Tem que ser sortudo!).

Como Britney passa pelo Rio antes de vir para a capital paulista, aconselho os fãs cariocas a participarem de outros sorteios que a T4F andou espalhando blogosfera a fora! Mas vamos à promoção, mais uma vez, o esquema é bem simples!

PROMOÇÃO

Para concorrer a um ingresso para ver Britney Spears em São Paulo, siga o meu twitter (@loverox), siga o Twitter da T4F (@t4fpop) e twite a seguinte frase:

Sigo a @loverox e a @t4fpop e quero o ingresso para ver a Britney em São Paulo no dia 18 de Novembro! – http://kingo.to/SS7

.

ATENÇÃO: este sorteio não se responsabiliza pelo transporte do vencedor até a Arena Anhembi. O ganhador será sorteado via Sorteie.me e será avisado via direct message no Twitter nesta quinta-feira (10) após às 14h. Boa sorte! ;)

Planeta Terra é amanhã!

sex

Planeta Terra: é amanhã!

Tá chegando, tá chegando: o Playcenter já está ficando com uma carinha diferente, o palco está terminando de ser montado e hoje à tarde as bandas vão passar o som para os shows do Festival Planeta Terra amanhã.

Infelizmente não vou poder estar lá para acompanhar de pertinho (muááá! :() mas vocês podem ver tudo o que vai rolar por lá no twitter do festival, o @Planeta_Terra. A grande questão do dia é: será que os Strokes vão dar o ar da graça e subir no palco pra fazer o teste ou vão ser estrelados demais para isso? Veremos!

Enquanto isso, vamos refrescar a memória e rever a programação – e os momentos em que ficaremos em dúvida correndo de um lado para o outro! E, claro, em bold, meus favoritos da noite! <3

Palco Sonora Main Stage
16h – Criolo
17h30 – Naçao Zumbi
19h – White Lies
20h30 – Broken Social Scene
22h – Interpol
23h45 – Beady Eye
01h30 – The Strokes

Palco Claro Indie Stage
16h – Banda Concurso Hit BB
17h – The Name
18h30 – Garotas Suecas
20h – Toro y Moi
21h30 Gang Gang Dance
23h Goldfrapp
0h45 Bombay Bicycle Club
2h15 – Groove Armada

Depois de toda essa maratona, ainda tem after na D-Edge com o Groove Armada a partir das 5h da manhã no domingo. Para quem aguentar todo o rolê, o preço é R$50 de entrada ou R$100 consumação.

Quem não vai, não conseguiu ingresso ou ambos os anteriores, a dica é seguir meu twitter (@loverox!) para acompanhar tudo em tempo real. Vou postar fotos de lá e prometo momentos bem exclusivos, já que vou ter acesso ao backstage! Uhu! /o/

ps: tá em dúvida do que vestir? Hora de rever esse post:”Como se vestir para um festival?

.