Rock in Rio ou Lollapalooza: qual a diferença entre os dois festivais no Brasil?

sáb

Depois de um ano bem recheado de shows, 2018 já se aproxima com mais promessas musicais pela frente! Terminada a ressaca de Rock In Rio, o lineup oficial do Lollapalooza foi revelado e o mês de março do ano que vem já promete ser um dos períodos mais recheados de música do ano. Além de ser a season tradicional da versão BR do festival, outros shows também vão acontecer, como Depeche Mode e Gorillaz. 

Aproveitando essa febre (que eu gosto muito e vocês sabem!), convidei a Fernandinha Soares, do canal OK!OK! para conversar sobre as diferenças entre o Rock In Rio e o Lollapalooza. Qual festival tem a melhor infra-estrutura, lineup e, afinal, por que ambos são tão diferentes? Respostas no vídeo de hoje que, de fato, está IMPERDÍVEL! <3

Dá o play e aproveita para se inscrever no canal  e receber os vídeos primeiro!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

John Mayer e Katy Perry dão amostra do que fazem em casa em novo vídeo

ter

…E não é impressão só minha, não! Pesquisas apontam que mais de 80% das mulheres que assistiram ao novo clipe de John Mayer em parceria com Katy Perry, “Who You Love”, se sentiram com uma grande vela nas mãos!

Katy Perry e John Mayer em “Who You Love”

A música faz parte do mais recente álbum de Mayer e traz cenas de casais se divertindo num touro mecânico, inclusive ele e a namoradinha. Intercalando com as imagens cheias de pó, a dupla se olha, se cheira e Katy parece estar sentindo aquele frenesi adolescente que a gente não sabe o que é há pelo menos uns 10 anos. Brincadeiras à parte, a gente até entende que se trata de um casal e tanto, mas veja: get a room! rs

A música é uma baladinha suave e, podem me crucificar, mas o vídeo repetitivo ainda contribuiu para aquele soninho esperto. O que me fez acordar foi essa super cola de cílios postiços da Katy, que aparece quase o vídeo inteiro quando ela está de lado. Quedê o maquiador de sempre, hein?

.

.

Depois desse vídeo super *íntimo*, é bom mesmo que o John Mayer não faça nenhuma bobagem...

Lady Gaga e os Rolling Stones

dom

Quando publiquei aqui minha opinião sobre o show de Lady Gaga em São Paulo e brinquei de dar alguns “conselhos” para a cantora, muita gente  criticou ou talvez realmente não tenha entendido o sentido da coisa.

Na ocasião, falei que Lady Gaga era uma das únicas cantoras pop da atualidade capaz de fazer música de verdade sem tanta parafernália e maluquice pop. Para bom entendedor meia palavra basta, mas para quem duvidava do caso, esse vídeo explica tudo.

Gaga quebra tudo like a rockstar ao lado dos Rolling Stones (!). E o fato de ser minha música favorita da banda só melhora. Simplesmente ótimo:

.

Planeta Terra 2012, a edição da mulherada: Imagens da Semana

qua

Entre um show e outro curti o camarote do Palco Indie graças à gentileza da Gol. Obrigada pelo convite! Para ver tudo o que já contei nesta tag, clique aqui.

.

a vista do camarote!

Já fui em Planeta Terra que poderia se chamar “Planeta Strokes”, em outro que poderia ganhar facilmente o prêmio de “lineup da vida” e fui neste, nesta edição 2012, que pode ser facilmente lembrada como “a edição da mulherada”. Não teve para ninguém: foi o girl power que garantiu a energia de shows como o do Garbage e o do Gossip

Beth Ditto chamou todas as atenções, Shirley Manson arrancou choros e suspiros e, entre amor & ódio, Azealia Banks mostrou para muita gente que veio pelo menos para incomodar. Fora tudo isso, ainda teve a fofurice de Little Boots, uma das primeiras artistas de eletropop que comecei a curtir láá atrás, junto com a Yelle. Faz tempo e tem história, mas ouvi o primeiro CD dela “Hands” de cabo a rabo no repeat por pelo menos um ano e foi uma delícia ver a gatinha bem de perto!

Little Boots: uma lady!

Dando uma volta pelo festival, vi trechinhos ainda do Maccabees, do The Drums e até mesmo do Garbage; só uma pena que perdi as músicas que curto pra valer do grupo, mas ainda assim valeu a pena.

Pouco depois, veio Azealia Banks. 10 minutos de DJ e show de meia horinha da moça já fizeram o povo querer arrancar as calcinhas. Vale o parênteses: Azelia tem apenas um EP lançado, clipes lindos e uma mixtape recheada de música boa, mas também de muita coisa conceitual que não cola em festival. Daí a escolha de esquentar o povo e entrar só pra arrebentar, algo que ela já fez lá fora e que funciona já que o tempo para causar é curto.

Azealia Banks: perucona e o top que brilha – e que não deu certo

Nos bastidores rolaram boatos de que a nova-iorquina deu uma de estrela, mas no palco sinceramente isso não veio à tona. Foi só música boa e um fôlego desgraçado para entregar as notas e o rap sem parar de mexer as pernocas um só segundo. Achei de tirar o chapéu. Só incomodou mesmo o probleminha que a gata teve com o figurino; algo deu errado com o top cheio de “luzinhas” e toda hora ela virava para o DJ para arrumar, fora que saiu do palco segurando o peitinho e com cara de ponto de interrogação depois que o áudio falhou por alguns segundos para a plateia. Bizarro! Vai se benzer, diria a minha avó. hehe

Só sei que depois dessa apresentação, dona Banks me ganhou mais ainda e já tô até com ciúmes do tanto que ela vai estourar. Digo e repito: Rihanna que se cuide.

Beth Ditto simpaticona e seu Gossip

E então, Beth Ditto e o Gossip. Nem ao menos considerei dar uma ouvida no Kings of Leon, porque perder esse espetáculo de voz e personalidade ia ser imperdoável. Beth entrou no palco já dando uma ~zoada~ para aquecer o público, brincou de falar “Oi Oi Oi” e apresentou o grupo como sendo o Kings, que tocava lá do outro lado. O povo já começou a rir e antes de outra piada, Beth mandou mil e um “deixxxculpa” por ter cancelado outras apresentações por aqui. E mandou ver na sequência.

Beth tomou goles e goles de caipirinhas e cervejas, arrotou duas vezes, cantou sem perder uma nota pulando pelo palco descalça e ainda achou espaço para homenagear outros artistas no meio de suas próprias músicas. Rolaram trechinhos de Nirvana, Michael Jackson, Ramones, Madonna e até Lady Gaga, de quem ela disse que é fã (só não saquei se foi ironia! hehe).

Foi extremamente divertido e fiquei pensando que, sei lá, uma cantora de timbre parecido como a Adele jamais seria capaz de fazer aquilo. Beber e soltar o gogó na sequência com tamanha precisão não é apenas difícil, é simplesmente arriscado e pode danificar a voz. Mas, ó,  a Beth #vidaloka não estava com medo algum e ainda se jogou pra plateia no fim do show: saiu dando selinho no povo.

Só amor pra ela! <3

.

E O LOOK!

E, rá!, mais uma vez uma roupa confortável para ir em festival. O dia estava chuvoso e a probabilidade de lama era alta, logo fui de bota, calça pra não sujar as pernas e joguei um casaquinho muito, muito leve por cima da blusa, só pra não tomar ~friagem˜. rs Os créditos das peças seguem depois das fotos e o coturninho é mais um achado da viagem! Yey! <3

Jaqueta e blusa: H&M; jeans: 7 For All Mankind; coturno: Necessary Clothing;
colar: Ebay (vendedor xiaojion)

. 

Tributo ao Legião: Imagens da Semana

qui

Para ver tudo o que já contei nesta tag, clique aqui.

.

Nesta terça e quarta, Marcelo Bonfá e Dado Villa-Lobos se uniram ao ator Wagner Moura para os shows promovidos pela MTV num tributo ao Legião Urbana. Depois de oferecer alguns pares de ingressos em parceria com a Fiat para leitores sortudos (alô meus lindos que foram ao show! Curtiram??), tá na hora de contar como foi.

o ingresso

Preciso dizer que me diverti. E não me diverti pouco, me diverti foi bastante, especialmente porque nunca tinha ouvido algumas daquelas canções ao vivo. Se Wagner Moura não é (e nem quis tentar se parecer com) Renato Russo, os fãs originais da banda estavam lá presentes e se encarregaram de fazer do show uma ocasião digna de nota, cantando sem parar mesmo quando os instrumentos eram encostados.

Cantei junto também, me emocionei também, paguei um pau para a iniciativa do “reencontro” e acompanhei brevemente a chuva de críticas à performance do grupo e do vocalista no Twitter. Lembrando da equalização do som e do ritmo da coisa, realmente, quem acompanhou pela TV pode não ter apreciado, mas quem estava lá, no calor da coisa, curtiu do começo ao fim.

.

Há algo que precisa ser lembrado: Wagner realmente não é cantor, apesar de ter uma banda. É sim um excelente ator, eventualmente vocalista e, mais que isso, uma bela de uma presença de palco, pois faz parte da arte que ele domina. Mesmo com a vida ganha,  foi lá, topou o convite e se arriscou ao vivo para quem quisesse ver. Não sei quanto dinheiro ganhou e se ganhou, mas acho a coragem louvável.

Se a homenagem à banda não foi digna o suficiente, infelizmente jamais saberemos. Só que talvez não tenha sido mesmo. O maior ídolo do grupo já nos deixou, os tempos são outros e cada um seguiu sua vida. Vi o tributo como um flashback suave, como um jeito de reviver sentimentos de anos atrás. Acho isso inclusive até mais interessante que retorno de bandas “caça-níquel” em que os membros faltantes são substituídos por meros artistas imitadores.  Renato sempre teve muitos cantores imitando-o; mas duvido que os fãs mais xiitas gostariam disso no tributo também. Foi uma escolha, nada mais.

.

Foram  dois shows, apenas duas noites, e quem estava lá com certeza não vai se esquecer.

*fotos da banda: Reprodução/Veja

Concorra a ingressos para o tributo ao Legião Urbana*

sex

UPDATE: A promoção está encerrada! Quem vai curtir o show no dia 29 é a Sarah Galantini e no dia 30 as sortudas são a Aline Penha Lima e a Anne Rego. Parabéns, meninas! A produção da Fiat vai entrar em contato com vocês pelo e-mail de cadastro! ;D

vamos? vai ser genial!

Nos dias 29 e 30 de maio, o Espaço das Américas, São Paulo e o Brasil inteiro vão reviver uma das fases mais frutíferas e encantadoras do nosso rock n’ roll.

Na bateria, Marcelo Bonfá. Nas guitarras, Dado Villa-Lobos. E nos vocais deste tributo à banda Legião Urbana, Wagner Moura, o ator mais prestigiado da nova geração. O show é promovido pela MTV e já está com ingressos à venda, mas você pode concorrer o seu aqui no blog!

O FAKE-DOLL em parceria com a FIAT, uma das patrocinadoras do evento, convida você para ser um CORRESPONDENTE FIAT. Para participar, demonstre porque você merece ser um correspondente Fiat no show respondendo à pergunta: por que a Banda Legião Urbana é tão importante para você? (fácil, hein!)

Os donos das três melhores respostas ganham um par de ingressos para curtir as apresentações dos dias 29 e 30/5, sendo que temos em jogo um par de ingressos para o dia 29 e dois para o dia 30! No show, os correspondentes irão registrar o tributo com fotos e twits usando a hashtag #correspondentefiat. O material produzido vai para a fanpage da FIAT, para mostrar para todo mundo como foi a emoção de estar nesse show tão especial!

PARTICIPE!

Para concorrer aos ingressos do show tributo ao Legião Urbana, preencha o formulário abaixo com seus dados, siga a fanpage de Fiat e o Twitter @FiatBR!

O resultado será divulgado através de um update neste post nesta segunda-feira (28) a partir das 14h. Capriche na reposta e a gente se vê lá! :D 

*Todas as informações do concurso e o regulamento completo estão disponíveis clicando aqui.

*Este post é uma permuta.