[VÍDEO] TAG: Viciada em séries!

ter

Esta semana resolvi gravar uma tag bem legal, sobre seriados! Atualmente acompanho “Girls”, “The Walking Dead”, “Game of Thrones” e também as do Netflix, “Demolidor” e “Sense8” – esta última acabei de ver recentemente e adorei! No vídeo de hoje, falo um pouco sobre as séries que já me marcaram e rola uma sessão nostalgia básica: quem aí acompanhava “Blossom” e “Confissões de Adolescente”? ;)

Dá o play e se inscreve no canal!


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

Sem jacar: vale a pena ficar na linha?

qua

É absolutamente estranho pensar nisso, mas acho que há pelo menos uns 5 anos eu não ficava tanto tempo sem beber e mais ainda, sem comer doces. Depois de mudar minha dieta com um nutrólogo e descobrir alguns hormônios desregulados, resolvi encarar um sabático de limpeza para dar aquele empurrãozinho para o tratamento: foram 20 dias sem jacar, devidamente registrados no Snapchat (me add lá: feepineda).

Por “jacar” entenda: comer alimentos em excesso ou que não contribuem para o meu metabolismo de uma maneira interessante. Isso inclui, por exemplo, bebidas alcoólicas (todas), doces (só fiquei com mel e frutas), frituras (todas) e refeições que até tem variedade nutricional, mas que acabam trazendo prejuízos  junto – ou seja, foram também 20 dias sem hambúrguer, pizza, risotinhos, arroz japonês….

food-how-i-have-missed-you

agora já passou, mas que dureza.

Nunca tinha me proposto nada sério do tipo, também nunca tinha feito essas promessas que o povo faz, de ficar “um ano sem chocolate/refrigerante/bebida”, mas quando o médico me pediu especialmente para que eu não bebesse por um tempinho, para ver no que dava, resolvi sacrificar meu eu bon vivant do final de semana por uma boa causa.

Sou adepta da vida saudável, mas odeio radicalismos: já treino de 5 a 6 vezes por semana e, até por isso, gosto de me dar ao luxo de aproveitar, sim, coisas boas da vida e elas muitas vezes envolvem açúcar, gordura, farinha branca e um bom vinho, amém. Por isso, imaginem vocês, o dobrado que eu cortei para não sair da linha.

Foi desafiador, foi chato e deu vontade de me isolar numa ilha de todas as ocasiões sociais do mundo, mas, olha só, foi também um santo remédio para minha pele. Descobri um bocado ficando 20 dias sem sair da linha e, depois de ver que influenciei tanta gente com meu “diarinho” no Snapchat, quero compartilhar um pouco disso aqui também.

por que fiquei 20 dias sem jacar?

Primeiro porque eu realmente queria por tudo o que eu já ouvi por aí à prova. Desde que comecei a treinar, de nutricionistas a aspirantes de musos fitness, muita gente já me disse que a “jacada” do fim de semana tem um preço muito alto quando se procura um ideal estético ou se tem um objetivo específico de performance.

Eu nunca acreditei que faria tanta diferença assim e precisei ver por mim mesma. A resposta? Eles estavam certos. Faz diferença, sim. E ela aparece na mesma medida medida que seu tempo “na linha” vai aumentando também. Quando terminei os 20 dias, senti que os benefícios estavam só começando, mas e o psicológico para continuar, como fica nessa? Complicado.

Para mim, é triste viver sem tomar sorvete no final de semana ou sem pipoca no cinema. Talvez só seja válido para quem de fato “trabalha” com o corpo, ou então para quando você quer se preparar para alguma situação específica e com prazo de validade, tipo seu casamento. #dietasdenoiva

Friends-Phoebe-Monica-Rachel-Beer-Wedding-Dress-Popcorn

Continue lendo →

[VÍDEO] 50 Fatos sobre mim: respondi a tag mais famosa do Youtube

seg

Você com certeza já viu alguma webcelebridade respondendo essa tag que é, sem dúvida, a mais famosa do Youtube: 50 fatos sobre mim!  Eu sempre quis gravar, mas realmente demorei para juntar os fatos porque queria contar coisas realmente curiosas, não só comida favorita ou música que eu gosto, sabe? Acho que consegui e, no fim, enquanto eu gravava acabei lembrando de mais umas 300 coisas. Dá até pra fazer uma parte II. hahaha

Sem mais delongas, dá o play!  Aproveita e se inscreve no canal também! ;)

[Vídeo] #Geek Girls: Minhas nerdices favoritas e mais!

seg

Há algum tempo entrei para um grupo aberto super legal do Viber chamado Geek Girls! Lá eu e várias outras meninas incríveis conversamos sobre games, seriados, filmes e nerdices em geral, e você pode ser uma mosquinha e acompanhar toda nossa conversa ao vivo.. Dá uma busca aí para encontrar a gente, é rapidinho! <3

Para expandir nossos horizontes, criamos uma tag bem legal para contar quais são os nossos favoritos nesse mundo gamer-tech e, é claro, se você curtiu pode responder no seu canal também! Vou deixar as perguntas todas depois do pulo.

Dá o play aí e me conta: qual seu item geek favorito? 8) Aproveita e se inscreve no canal também!

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

Continue lendo →

O happy hour de 10 anos do Youtube

qui

Quantas vezes você encontra Kéfera, Castanhari, Bruna Vieira, MariMoon, PC Siqueira, Tavião, Indiretas do Bem, Pathy dos Reis, Jacaré Banguela e tantos vários outros num mesmo recinto? Acho que raramente! Talvez só mesmo na aba do navegador. E foram justamente essas estrelas da internet que vi todas juntinhas, ao vivo e a cores, se divertindo do meu ladinho no happy hour de 10 anos do Youtube.

10anosYT

#FelizYoutube

A festa estava realmente lotada de gente bacana e o Youtube Space é um espaço e tanto. Além de eventos como este, o espaço sedia cursos livres para criadores de conteúdo e tem uma programação bem intensa. Quem tem canal e gostaria de participar, pode ficar de olho na agenda, se inscrever no site e torcer – os workshops são gratuitos e bem concorridos.

Quando fiquei sabendo do evento, fui rapidinho ver como eu poderia participar. Para mim, era importante estar presente não apenas para ver de perto estas pessoas, conversar com gente nova e rever amigos antigos, mas também para reforçar para mim mesma que, sim, agora eu invisto no Youtube de verdade.

ytspace1

Tá todo mundo disfarçado, mas juro que estão aí Bruna Vieira, Jéssica e Ariane do Indiretas e euzinha

e o quanto isso demorou…

Para quem não sabe, antes de abraçar a ideia de ter um canal, eu sofri durante anos. E quando eu digo durante anos, não é exagero. Meu endereço está aí há uma boa quantidade de tempo, embora muita coisa eu já simplesmente tenha tirado do ar porque já não faz mais sentido.

O canal antes era simplesmente uma “conta” em que eu ia postando coisas aleatórias, desde o gato correndo no corredor de casa até algum vídeo feito durante a faculdade. O tempo passou e a minha própria formação em Rádio e TV me fez colocar o pé no freio. Como eu, afinal, ia ser capaz de publicar um conteúdo que, em resumo, não fazia jus à minha própria graduação? Esse dilema me perseguiu muito.

Um bom vídeo custa caro. Simplesmente custa. Cote um equipamento profissional, chame um operador profissional, alugue iluminação e contrate um editor para saber do que estou falando. Peça um orçamento a uma produtora. É caro e ponto final. Porém, aparentemente a “Internet” não se importa com isso.

Enquanto eu coçava a cabeça com o diploma no bolso e fazendo vídeos profissionalmente em horário comercial, estrelas da telinha do computador foram pra televisão, gente da televisão viu que precisava ir para internet e aparentemente fazer vídeo do seu quarto, com a luz e a câmera que dá, não é nem de longe um impedimento para ser bem-sucedido e fazer coisas bacanas. Alguns chamam de espontaneidade. E quem não gosta disso?

Eu gosto. E foi assim que resolvi que ia deixar caladinho o diabinho dos dilemas para ser feliz abraçando a espontaneidade e falando de frente para uma câmera, minha verdadeira paixão. Um dia, quem sabe, terei a tal equipe e equipamento dos sonhos. Ou, sei lá, quem sabe eu mude completamente de ideia.Só sei que, enquanto isso, toda semana tem vídeo mesmo assim. :)

A photo posted by Fernanda Pineda (@loverox) on

ps: já fazendo a ~Furiosa~ e louca pra voltar e gravar qualquer coisa nos cenários animais deles! kkk

[Vídeo] 25 coisas que todo mundo ama e eu odeio

seg

Uma das tags mais famosas do Youtube é a “50 fatos sobre mim”. Estou decidida a entrar para o clube dos que responderam, mas antes disso resolvi gravar sobre as coisas que me incomodam, ou melhor: que muita gente ama e eu odeio.

São 25 coisas relativamente populares que eu simplesmente não tolero e que, às vezes, fazem eu me sentir a_incompreendida. Não me matem depois desse vídeo, ok? São desabafos sinceros! kkk

Para assistir tudo antes de chegar aqui no blog, passa lá no canal para se inscrever! ;)