Miike Snow, NYX e frozen – Imagens da Semana

sex

Para ver todas as outras coisas que contei nesta tag, acesse aqui.

MIIKE SNOW


miike snow @ estúdio emme

(mais fotos no flickr)

Quarta-feira fui ao show da banda sueca Miike Snow, no Estúdio Emme. Organizada por Lúcio Ribeiro, a noite também trouxe o DJ Boss In Drama – que foi quem eu vi enquanto fiquei por lá.

Apesar do trio só ter um CD lançado, trabalho e experiência não faltam, já que eles cansaram de produzir hits pop e são os nomes por trás de “Toxic” da Britney Spears, para citar um exemplo. Antes disso, dois de seus integrantes, Christian Karlsson e Pontus Winnberg, formavam o Bloodshy & Avant, que cansou de remixar vários hits. Para quem não conhece a banda hoje, recomendo ouvir “Animal”, que anda tocando bastante por aí.

O show em São Paulo foi bem curtinho (cerca de uma hora), mas divertido e bonito, já que eles são super misteriosos, abusam do contra-luz e surgiram com máscaras brancas bizarras.  Andrew Wyatt mandou muito bem no vocal e  é sempre legal ouvir bateria eletrônica ao vivo, acho super diferente das gravações. O único problema mesmo foi o espaço, o Estúdio Emme.

Já fomos lá diversas vezes e estava tudo razoável, mas desta vez não deu pra suportar. O  ar condicionado da casa simplesmente não dá conta do recado com tanta gente e o valet ainda tem muito que aprender.

Algumas pessoas foram multadas porque os manobristas estavam largando os carros do pessoal em qualquer lugar  e até o meu foi difícil de encontrar, estava uma quadra à frente, sem ninguém avisar nada (!). Nunca tinha visto o espaço “bagunçado” desta forma, então acho que eles tem de pensar um pouco mais na logística antes de realizar eventos em que a casa atinja sua capacidade máxima.

miike snow @ estúdio emme

Para o show, vesti uma roupa bem confortável e foi a melhor coisa que eu fiz, já que estava absurdo de quente: blusa preta soltinha, saia florida e tênis cano alto Adidas (não dá pra ver, logicamente. hehe). E, olha, fico devendo ainda foto do cabelo novo para o próximo “Imagens…”. Já me pediram e tal, mas juro que se aí eu não tivesse de cabelo preso, eu estaria lavando a cabeça até agora pra tirar o grude do ambiente. hehe

.

PALETA NYX

Eu gosto muito das sombras da NYX, acho a durabilidade boa, e o preço na gringa absolutamente ótimo. Aqui no Brasil é uma facada no coração tão grande que, para mim, não vale a pena. Para se ter ideia, o trio de sombras nos quiosques de shopping custa em média R$40,00. Comprando pela internet no Cherryculture, paguei $24,00 nesse estojo com 88 cores. Resumindo? Esqueça a loja física. Fora que o “Cherry…” tem coisas super baratinhas e sempre declara o valor das compras abaixo  do verdadeiro, para garantir que nossa encomenda chegue sã e salva, sem taxas extras. Recomendo!

.

FROZEN YOGURT

Meu novo vício, que só aumenta: o frozen yogurt da Tutti Frutti do Shopping Morumbi. Não sei se vocês já provaram essa “modinha” que veio do Rio para São Paulo, mas eis que a melhor rede de todas é a Tutti, porque eles servem frozen por kg.

Lá você escolhe os sabores e as coberturas que quer e não fica na mão do atendente, que pode colocar mais fruta para a moça da sua frente do que pra você. Eu simplesmente adoro e tenho ido quase todo fim de semana.  Agora, por favor, se alguém souber o valor nutricional disso, me conta, porque adoro me enganar pensando que “iogurt é light e faz bem”. hahaha 8)

.