Um novo meme, bebê

ter

.

Já se espalha pelo Facebook a frase de Christiane Torloni que marcou esta edição do Rock In Rio, com todas as variações possíveis.

Entre boatos de que Axl Rose não vinha, a fúria de Claudinha Leitte, a briga de Boninho com Bruno de Lucca e Shakira que rebolou, rebolou, mas não mostrou a “Rabiosa”, sem dúvidas a frase da rainha do Nilo da novela das oito foi uma das melhores pasagens do evento.

E para vocês, o que foi o melhor e o pior do Rock In Rio? Para mim foi Rock In Casa, mas tá valendo, né? ;)

 

O meme do agora

qui

blur.

quem é você agora?

A Ju Dacoregio me convidou para este meme – e eu não recuso um bom meme! Esse apareceu quando a Tati resolveu responder algumas perguntas que Marina Silva e Dilma Roussef responderam à revista Gloss durante a campanha presidencial.

Estamos longe de ser ilustres, mas a ideia é boa e é só postar falando sobre quem é você agora (aos 20, aos 30,aos 40…). Eu tenho 22, tenho  muito o que aprender e contei (mais) um pouquinho sobre mim aí:

Aos 20…

Eu sou… insegura, melancólica, divertida, reservada.
Eu quero ser… tranquila. Ansiedade promete ser o grande mal da humanidade.
Na minha casa… eu não faço tudo o que quero, mas acumulo todas as bagunças que posso.
Eu encano com… minha aparência e com olhares atravessados.
E acredito em… pouca coisa. Acredito no amor.
Tenho medo de… me tornar uma pessoa amargurada por não ter realizado o que sempre quis.
Acho graça em… muita coisa, qualquer coisa, menos comédia stand up.
Choro com… pequenos dramas cotidianos. O que dói de verdade, eu guardo dentro da minha cabeça.
Não vivo sem… meu iPhone.
Tenho mania de… morder os lábios até sangrar, mania péssima de asiosos. O futuro da humanidade é um bando de lábios rasgados cancerígenos. lol
Meus três melhores amigos são… e se eu não tiver três melhores amigos?
Eu tenho como heróis… mulheres fortes, de atitude. Não idolatro uma só, admiro cada uma sob uma ótica diferente.
Meu sex symbol… meu sex symbol estará bem vestido, não sem camisa.
O amor é… um motivo a mais para viver.
Meu livro de cabeceira é… “Alice No País Das Maravilhas”. Tá longe de ser o favorito, mas sempre encontro alguma citação interessante que eu havia esquecido.
Meu vinil preferido é… não tenho um vinil, isso depõe contra mim?
Meu sapato favorito é… botas. Sou a garota de jeans, camiseta e botas, com algumas variações do tema.
No meu armário não falta… cinza e blusas.
Minha balada preferida… Vegas, Hot Hot, Alley Club
Minha luta é… aprender a lutar de peito aberto.
Meu maior fora foi… já paguei muito mico, mas não tenho nada memorável pra dizer, não.
Minha bola dentro… nunca ter parado de blogar, mesmo quando todo mundo disse que não ia levar a nada e tralalá.
As pessoas acham que… sou metida, convencida, confiante.
Mas eu juro… na verdade, ajo na defensiva exatamente por não ser nada disso.
O que eu mais ouço… pessoas repetindo o que eu devo fazer e enumerando minhas tarefas, apontando minha preguiça… Tão chato!
Eu me sinto livre… quando viajo, quando toca minha música favorita na noite, quando estou dirigindo sozinha em alta velocidade
Rezo por/para… não rezo e às vezes pouco faço, o que cria a insatisfação constante de não fazer nada para suprir meu próprio perfeccionismo. Alguém entende?
Meu ponto fraco… tenho pavio curto.
Meu grande charme… sinceramente, zero charme. Muita risada desengonçada e encanação nesta pessoa. Sou só boa de papo e diz a lenda que dá pra seduzir assim.
No chuveiro, eu canto… toda a farofada pop existente, isso quando não componho canções de um banho só.
De madrugada, eu… escrevo, twito, leio, bebo, danço.
Meu meio de tranporte é… carro
Eu tenho ilusão de… perseguição.
Se alguém disser que eu serei presidente… pensarei “como assim eu dei essa reviravolta??”

.

Quem quiser fazer em seu blog, fique à vontade. Como algumas pessoas que eu queria que respondessem já responderam ou já foram convidadas, não vou intimar ninguém!

Quem postar deixa um comentário aqui me contando, tá? ;)

Meme das 9 coisas

ter

Quase 8 meses se passaram desde o último meme postado aqui e como eu acho bem divertido responder essas coisas, fiquei feliz de finalmente ser indicada de novo!  A Tayra (que, através de suas respostas me mostrou que eu sempre falei o nome dela errado) me pôs na listinha dela, então vamos lá:

9 Coisas Sobre Mim:
(aleatórias, ilustradas e, até onde sei, realmente nunca antes reveladas por aqui)

1 – Sou viciada em café. Quando me controlo, tomo duas xícaras, quando estou com sono, perco realmente a conta. Tanto sou maluca por esta iguaria quentinha que já passei bem mal por isso. No segundo ano de faculdade (2007), no meio da correria de prova/trabalho/estágio, dormi umas 4 horas e emendei tomei três cafés pela manhã. Claro que deu merda: tive uma crise feia de labirintite (???!) e senti a extraordinária sensação de parecer que estou pisando em areia movediça a todo segundo e quis vomitar a cada paradinha do elevador do prédio, da faculdade, de qualquer coisa. Até hoje não sei como peguei o metrô pra casa sem por pra fora o beloved café.

2 – Terminei o curso de inglês aos 15 anos. Parece cedo, mas comecei o curso com 8 aninhos e tive aquela formação bem completa. Hoje minha fluência não é mais a mesma da adolescência, o que me rende pegar no tranco vez ou outra. Sempre que preciso desenferrujar o inglês começo meio esquisitinha e depois de alguns dias é como se eu sempre tivesse falado a língua diariamente. Vai entender! Em todo caso, já deveria também ter começado outro idioma faz tempo e não consegui. Fiz um ano de alemão e abandonei, mas ainda tomo coragem pra começar francês – já o espanhol, passando. Por hora, fico com meu portuñol fueda mesmo.

3 – Conhece uma pessoa que morre de tédio? Conhece, eu. Eu fico entediada com comida repetida, trabalho repetido, rotina sem novidade, programação de televisão, todas as minhas mp3s e também com todo mundo do Twitter. Não me levem a mal, eu simplesmente enjoo. Dali um tempo isso passa, mas pode crer que durante todo um período eu vou ficar surtando atrás de um novo restaurante, um novo emprego, um artista novo pra ouvir, meia dúzia de twiteiros novos para seguir…

4 – Algumas pessoas já sabem que eu tenho todo um passado de estudos musicais, além de ter me formado atriz.  Fiz 7 anos de piano e canto e, sim, foi muito legal e, sim, sinto muita falta – e me culpo horrores de não ter sido mais disciplinada.  Em todo caso, essa dedicação marcou toda uma época minha, de forma que meus olhos se cegaram para determinadas breguices durante minha adolescência. Meus amigos e família achavam o máximo ter a “conhecida cantora” e eu dei umas palhinhas para homenagear as pessoas em diversas ocasiões. Ter cantado em tanta festa se tornou um eterno fantasma pra mim.  Quer dizer, imagina se eu vou pro BBB, ganho na loteria,  viro BFF do Silvio Santos, caso com um jogador de futebol ou fico ryca e famo$a e esses vídeos pipocam por aí? ahuaheue Maldita hora que popularizaram a transformação de VHS para DVD!

.

.

5 – Já usei franjinha N vezes e me prometi jamais cortá-la de novo, mas a vontade é ridiculamente grande. Sempre que topo com a Anne Hathaway na televisão ou revejo de relance “O Diabo Veste Prada” fico com uma vontade descomunal de ter o cabelo de Andy Sachs. Fora que, enfim, me sinto Andy Sachs diversas vezes na vida, especialmente quando tenho uma lista de nomes e caras pra decorar – não, isso não é coisa de filme.

6 – Penei, sofri, chorei para tirar minha carta de motorista. Fiz o maldito teste três vezes e ainda sofri preconceito durante a aulinha teórica, porque um monte de marmanjos fodões achava que eu, mulher, não podia saber de mecânica (século XX mandou beijos!). É claro que esqueci boa parte do que eu estudei da **mecânica**, mas enfim  uma hora a carta saiu e considero o carro essencial para se ter liberdade numa cidade grande como São Paulo. Sei que posso soar ecologicamente nada correta, mas poder ir para qualquer lugar a qualquer hora sem se preocupar com pegar ônibus, com o horário que o metrô fecha ou com o dinheirinho do táxi é a melhor coisa que já me aconteceu. Morar sozinha está nos planos, mas confesso que amo móito meu automóvelzinho e nunca tomei nenhuma multa, tá?

7 – Vez ou outra algum evento, festa ou acontecimento cósmico me motiva a gravar um vídeo e subo-o em meu Youtube. Não tenho um videolog ou muito menos um videocast, mas está na hora de contar: uma das minhas maiores vontades nesta internet de meu Deus é postar vídeos com regularidade. Afinal, além de ser produtora e de já ter trampado n vezes com edição, sou atriz formada há dois anos, com registro na carteira e tudo, logo, não tem nem desculpa, ? É, eu sei. /chora

.

Paris

(agora, eu)

8 – Me considero um pouco “viajante profissional. Nunca fiz uma viagem absurda de longa nem intercâmbio (adoraria fazer!), mas já viajei bastante e comecei ainda criancinha. Deu para aprender muito bem todos os truques que mamãe ensinou, desde fazer rolinhos com a camiseta, até colocar coisas dentro dos tênis, tirar todas as etiquetas de todas as compras e andar com aquela bolsinha invisível de dinheiro e passaporte em baixo da blusa. Ainda não inventaram nada melhor, até porque  se aventurar confiando plenamente no cartão de crédito é furada.

9 – Preciso de ócio criativo de vez em quando, e isso quer dizer “tempo pra viajar na maionese olhando pra parede” e ter aquelas ideias que precisam ser passadas para o papel no exato segundo, antes que voem embora.  E, bem, só estou contando isso para fazer uma prece: voltem para a mamãe, ideias. Não estou suportanto mais olhar para telas em branco sem vocês comigo. Vamos andar de mãozinhas dadas e nunca mais nos separar?

.

E, por fim, a parte de encaminhar para queridas 9 pessoas responderem e passarem o meme adiante (e que eu estou muito curiosa para ver o que irão contar!): Alê Ferreira, Bruna Vieira, Juliana Dacoregio, Juliana Ferreira, Lya Zumblick, Mari FrioliMarina Santa Helena, Mirian Bottan, e  Rê Biscoito! Divirtam-se, meninas! E me avisem quando postarem! ;)

.

O maior meme de fim de ano – versão 2009

sex

Roubado da Ju, do Megacombo, e postado pela Lia e por várias meninas! Já que 2010 só começou, achei que ainda dava tempo de um meme gigaaaante! 8)

.

1. Onde você estava quando 2009 começou?
No interior de São Paulo, em Tatuí, com a família. Não, não foi muito animado. rs

2. O que você fez em 2009 que você nunca tinha feito antes?

Mochilei pela Europa, apareci discretamente na capa do “Estadão”, participei de um Speed Dating e apareci numa coluna social por isso (don’t ask),  gravei dois comerciais, fiz um TCC, visitei Machu Picchu (sim, foi no dia 31!), comprei meu primeiro grande óculos e também o perdi (comprei meu ray ban do coração em Paris em janeiro e perdi em Machu Picchu), troquei de carro, tive um momento meio “Barrados no Baile/90210/The Hills” horrível, mas inesquecível, fiz acupuntura, comecei pilates e parei em outubro, mas volto já esse mês!

3. Você manteve suas resoluções de fim de ano e fará novas para 2010?

mantive algumas, outras não e não tenho resoluções para esse ano.

4. Você foi a algum show em 2009?

Sim, do Prodigy e do Ney Matogrosso.

5. Você procurará um novo emprego em 2010?

Provavelmente não, a não ser que eu possa ficar em frente às câmeras. 8)

6. Você bebeu muito em 2009?
Dei o maior PT da minha vida.

7. Você viajou nas férias? Para onde?
Europa em Janeiro, Bolívia e Peru no finalzinho do ano.

8. Qual foi sua maior conquista em 2009?

minha faculdade, meu emprego, meu namorado.

9. Se você pudesse voltar no tempo, para qualquer momento de 2009, e mudar alguma coisa, o que seria?
Vou pular essa, mas o Rafael sabe o que é.

10. Você ficou doente ou ferido?

Não!
Continue lendo →

Meme: Bold your choice

sex

Simples assim: “negrite” a sua escolha – porque gosto de meme e faz tempo que não respondo um. Se alguém mais fizer, avisa nos comentários!

1. Coca Cola, Pepsi, Sprite, Mountain Dew, Dr. Pepper? (e tem que ser Zero!)
2. Cats, dogs, horses, lizards, or hamsters? (cavalos e cachorros empatam na segunda posição)
3. TV, cinema, computer, iPod, gaming console?
4. Rock, rap, pop, metal, or punk?
5. Black, white, blue, red, or green?
6. Salad, hamburger, ice cream, chips, fruit?
7. Kindergarten, elementary, junior high, high school, college?
8. United States, Canada, Australia, France, England, or Ireland?
9. Swimming, fishing, tanning, theme parks, or camping? (vontade de ir pro Hopi Hari!)
10. Snowball fights, snowmen, snow angels, or sledding?
11. English, math, science, history or art?
12. Gummy worms, lollipops, chocolate bars, or cotton candy?
13. Xbox 360, Gamecube, Super Nintendo, Handheld?
14. Facebook, Xanga, Tumblr, YouTube, or Google?
15. Cute guys, tough guys, smart guys, hot guys, or this is dumb?
16. Flats, heels, Uggs, flip flops or skater shoes?
17. Early morning, early afternoon, late afternoon, evening? (prefiro Late Night)
18. Bathroom, living room, bed room, kitchen, or attic?
19. Face-to-face, home phone, instant messenger, cell phone?
20. Skinny jeans, flared jeans, capris, shorts, or skirts?
21. T-shirt, hoodies, tank top, tube top, or halter top?
22. McDonald’s, Wendy’s, KFC, Burger King, or Dairy Queen?
23. Car, airplane, train (!), boat, walking?
24. Coffee, tea, water, milk, or soda?
25. Drama, comedy, horror, action/adventure, or thriller?

Peguei no Supercolors!

Meme: dos pecados, das manias e de irritações.

qua

Antes de tudo: obrigada a TODAS as manifestações, gente! Eu sabia que vocês eram super legais, só queria ter certeza! 8)
.
Agora sim: como faz tempo que não posto um meme, vou responder este aqui que a Any me indicou já faz um tempo (também)! Quem estiver afim de fazer, já sabe: posta e avisa nos comentários.

.

MANIA: morder a boca compulsivamente – não de um jeito sexy, mas sim de um jeito detonador. Quem me conhece sabe que freqüentemente fico com o lábio machucado.

PECADO CAPITAL: preguiça, vaidade e luxúria – nesta ordem.

MELHOR CHEIRO DO MUNDO: loção pós-barba, dama da noite, Burberry: The Beat (meu novo perfume pra vida) e Baby Doll, de YSL (meu ex-perfume pra vida).

… e o meu loft teria uma(s) parede(s) assim.

SE DINHEIRO NÃO FOSSE PROBLEMA, EU: compraria um loft e decoraria a minha maneira. Sou louca por lofts!  Depois, eu mudaria todo o meu guarda-roupa a cada estação e colecionaria lingeries, provavelmente.

CASOS DE INFÂNCIA: eu tinha um Sansão da Mônica e batia nos meninos com ele. hehe

HABILIDADES COMO DONA DE CASA: Cozinhar e qualquer tipo de coisa relacionada a instalação. Sim, instalar computador, televisão, home theatre, antena da tv a cabo, ligar tudo e fazer funcionar. That’s me. E acho o máximo quando vêm os técnicos em casa e eles conversam de igual para igual comigo enquanto faço tradução simultânea pra minha mãe. 8)

O QUE NÃO GOSTA DE FAZER EM CASA: Lavar a louça. (ou seja: eu até cozinho, desde que alguém lave.)

DESABILIDADES COMO DONA DE CASA: Acho que não sei passar direito roupas complexas, fazer  “vincos” em roupas sociais e tal.

FRASE: “Ame a arte em você e não você na arte” (K. Stanislavski, pai do teatro moderno)

PASSEIO PARA ALMA: água de côco numa praia vazia, com solzinho ameno e uma leve brisa.

PASSEIO PARA O CORPO: caminhar no parque (vazio também, por favor!).

O QUE ME IRRITA: aquele padrão gente lerda + filas.

FRASE OU PALAVRA QUE FALA MUITO: “enfim”, “genial”, “surreal”.

PALAVRÃO MAIS USADO: porra!

DESCE DO SALTO E SOBE O MORRO QUANDO: tenho certeza que estou certa.

PERFUME QUE USA NO MOMENTO: Burrbery: The Beat

ELOGIO FAVORITO: prefiro elogios ao que eu faço do que ao que as pessoas podem ver. Prefiro um “você trabalhou muito bem naquela peça” a um “mas como você ficou linda naquela peça”, por exemplo.

TALENTO OCULTO: minhas composições musicais. Apesar de não ser mais meu foco principal, bastante gente sabe que eu canto/toco, mas quase ninguém ouve coisas de minha autoria – ou lê.

NÃO IMPORTA QUE SEJA MODA, NÃO USARIA NEM NO MEU ENTERRO: camisa com ombreira gigante e babucha. Não dá. Podem até tentar empurrar isso pra gente, mas não rola.

QUERIA TER NASCIDO SABENDO: matemática, física e química. Teria tornado minha vida escolar mais tranqs, já que meu forte sempre foram as “humanas”, mesmo manjando de cabos, codecs de vídeo y otras cositas más hoje.

EU SOU EXTREMAMENTE: teimosa, ansiosa e indecisa. Traduzindo? Antes de tomar uma decisão, eu vou pensar muito, não vou manter a calma enquanto decido e, portanto, vou me cutucar bastante. Meu lábio deve sofrer durante este processo, também. Sei que vou levar uns longos dias pra escolher o que fazer, mas quando decidir, não volto mais atrás.