Marina and The Diamonds e sua “Primadonna”

ter

coraçãozinho is the new pintinha da Marilyn

Continuando com a saga da personagem Electra Heart, que também dá nome ao novo álbum de Marina And The Diamonds, agora temos o clipe de “Primadonna”, que já mega bombou e rendeu à cantora comparações estranhas com Katy Perry (?!):

.

Os sintetizadores, o refrão e o coro lembraram Katy para muita gente, mas juro que não vi onde fazer essa comparação, até porque Marina tem um estilo muito mais sofisticado e essa voz exótica que às vezes fica lindíssima e às vezes até um pouco cavernosa no meio de uma música dançante e “alegre”. Simplesmente acho que Katy nem tem como propor coisas assim – e tudo bem, cada uma na sua!

O clipe chamou a atenção também pela direção de arte, toda vintage e fofinha e o figurino é uma graça! Só não gostei desses cílios postiços em baixo. Não valorizou nem Electra nem Marina! hehe Agora a pintinha de coração é de chorar de fofa, já prevejo hipsters descendo a Augusta com o coração na cara!

“Primadonna” é o primeiro single de fato do novo álbum, que sai no dia 30 de abril. Já temos a tracklist na mão e só posso lamentar que “Radioactive”, música que marcou a transição para Electra, não entrou no CD! Em todo caso, quem não tá curioso com uma música chamada “Bubblegum Bitch”? Dá uma olhada:

01. “Bubblegum Bitch”
02. “Primadonna”
03. “Lies”
04. “Homewrecker”
05. “Starring Role”
06. “The State Of Dreaming”
07. “Power And Control”
08. “Living Dead”
09. “Teen Idle”
10. “Valley Of The Dolls”
11. “Hypocrates”
12. “Fear & Loathing”

Enquanto esperamos o álbum sair, as mentes férteis estão trabalhando. Será que dona Marina se inspirou na primadona de casa, Dona Florinda? lol :B

.

Marina and The Diamonds vira Electra

qua

Marina: agora Electra & radioativa

A inglesa Marina and The Diamonds ficou conhecida em meados de 2010 com o álbum “The Family Jewels”. Escolhida como a grande aposta para o ano de 2010 pela BBC britânica, a cantora emplacou hits como “Shampain” e “I Am Not a Robot”, mas ficou meio chateada de não ter ficado tão “famosa” quanto era esperado. A situação da moça, no entanto, deve estar prestes a mudar.

Desde ontem, os blogs de música não falam de outra coisa senão o novo clipe da cantora, “Radioactive”. No vídeo, Marina encarna um alter-ego peculiar que, enfim, resume-se como sendo o lado negro do american way of life. Esta personalidade nova (e loira) tem nome e sobrenome: Electra Heart. Esta mocinha não se preocupa muito em manter as convenções e, segundo a cantora, ela é do tipo que se vende se for preciso – e sai causando pela cidade, diga-se de passagem.

Depois de ler toda essa história, juntei lé com cré e, bem, talvez Electra seja uma bela estratégia de Marina para conseguir vender mais sua música, ficar enfim famosa e não precisar vender a si mesma, digamos assim.

No início deste ano, a BBC anunciou sua aposta para 2011, a cantora Jessie J. Ao ficar sabendo da notícia, Marina correu contar aos quatro ventos que estava chateada com o pouco resultado que tinha alcançado e culpou o estouro da dance music: “a dance music foi underground por muito tempo na América, mas por causa de Lady Gaga as pessoas querem isso de volta. Você precisa estar nesse meio e eu certamente não estou” (leia a notícia completa aqui).

A música nova, “Radioactive”, é realmente ótima, tem o vocal profundo de Marina, refrão sexy e muitos outros elementos para bombar nas pistas e incluir Marina no universo de cantoras que podem, sim, fazer dance music.

Se você não ouviu ainda a música, ouça agora e veja esse ótimo (e belo!) clipe-road-movie:


.

Para quem não entendeu a história da cantora ganhar uma irmã gêmea do mal, há pouco tempo ela lançou outra música de seu próximo trabalho e registrou a transformação de Marina para Electra, com direito a corte de cabelo dramático e tudo mais:


.

Apesar de Marina já ter anunciado no início do ano que seu próximo disco seria mais “pop, feminino e abrasivo”, está meio claro que este será um belo álbum de vingança, nem que seja do mercado fonográfico. E, ó, por essa primeira música, é bem provável que os planos de Electra e Marina dêem certo, tenham elas se vendido ou não.

Eu adorei a música nova. E vocês?

.