Mimos e aquisições: Imagens da Semana

qua

Sim, este é o post em que a gente fala sobre a Topshop em São Paulo! Para ver tudo o que já contei nesta tag, clique aqui.

. TOPSHOP

Os deuses das compras estão ouvindo nossos chamados e temos mais uma fast-fashion das boas agora entre nós: a Topshop. Estive na loja no dia da inauguração, peguei fila gigante no provador, fila gigante no caixa, vi peça esgotando na arara e apareci no facebook brazuca deles.

Como dá pra ver por esta foto que tiraram, saí catando tudo em que eu tivesse o mínimo interesse para poder provar depois, já que as coisas estavam acabando mais rápido que água no deserto. Acabei levando três camisetas, um colete, um brinco, uma legging e um óculos de sol (ufa!), mas vou mostrar as peças mais bacanas e fotografáveis aqui, as outras (quem sabe!) podem aparecer em eventuais looks.

.

Esse colete branco de couro fake foi amor à primeira vista, paguei R$190 e peguei um dos últimos da loja – os outros dois últimos ficaram com outras clientes que estavam na fila para provar e pediram para a vendedora um igual ao meu! rs O tecido é incrível e o caimento mais ainda. Tenho usado bastante desde que comprei, especialmente porque nestes dias friozinhos mas com sol, não dá para se encher de casacos, mas ficar sem proteger as costas no frio é arriscar pegar uma gripe, como já diria sua avó.

.

.

E claro que eu ia mostrar também as camisetas. Sou fanática por elas e a Topshop atende muito bem esse tipo de vício. Se formos comparar com  preços de peças mais sofisticadas da loja, elas são bastante caras, só vale a pena mesmo se você se apaixonar pela estampa, o que foi o meu caso. Paguei cerca de R$90 em cada uma destas e já usei a de caveira vááárias vezes. A regatona de cruz coloquei com uma legging e fui para uma balada moderninha, gostei bastante e a malha é deliciosa de confortável.

Já vi muitas considerações sobre o preço geral da loja, mas queria deixar meu parecer. Achei os preços da Topshop bem parecidos com os da Zara, apenas ligeiramente mais caros. Os acessórios, no entanto, vieram com um preço bem competitivo (paguei R$65 num óculos de sol lindão). O que me chamou a atenção é que, pra mim, parece valer mais a pena comprar na loja aqui no Brasil do que na loja que visitei, em Barcelona.

Não estive na Topshop de Nova York e nem nas de Londres, mas em Barcelona era um pouco surpreendente eles cobrarem 40 euros por uma camiseta sendo que na loja do lado a H&M tinha coisas legais por um quarto do preço. Como aqui é tudo mais caro, a diferença grita menos e dá mais vontade de comprar, fora que aqui na terrinha sempre tem a opção do parcelamento. rs Agora só vou tirar a prova real mesmo quando visitar outras lojas da rede – e se tudo der certo, ainda esse ano nas férias! ;)

,

O LIVRO DOS INTROVERTIDOS .

.

Fiquei conhecendo “O Poder Dos Quietos” através de entrevistas dadas pela autora, Susan Cain, e depois li um trecho do livro publicado online na Folha e decidi comprar. Estou lá pela página 100 e a autora faz um verdadeiro tratado para explicar os ideais de extroversão da nossa sociedade, a forma como isso é usado pelas empresas e o quão negativo pode chegar a ser a liderança “nata” de alguns.

Eu sempre soube que era introvertida pela minha grande necessidade de ficar “na minha”, e me vejo representada em várias situações descritas no livro, desde as de trabalho até as que falam sobre comportamento online (!). A obra é recheada de exemplos legais e interessantes, vale a pena dar uma olhada se você for daqueles que sempre ouve 0 mantra “desenvolva seu marketing pessoal”. Será que é preciso mesmo? Estou chegando à conclusão que nem sempre – mas ainda estou chegando nesta parte do livro.

.

ITENS NOVOS DA NYX

.

Gosto de bastante coisa da NYX e resolvi ampliar a coleção aproveitando uma das mil e uma liquidações do Cherry Culture esses dias. Como sempre, as compras chegaram super rápido e sem serem taxadas, o que faz do site um paraíso pra quem curte a marca. Desta vez, minhas escolhas foram o HD Studio Primer, o lápis preto Skinny Black Liner (bem fininho mesmo!), um pincel chanfrado e sombrinhas mate, uma azulona e outra vinho.

Estou bem afim de testar estas sombras enquanto ainda está meio frio porque se deixar passar, sei lá, sinto que nunca mais vou tirá-las da gaveta! hehe Em todo caso, já posso dizer que o lápis é ótimo e o fato de ser finíssimo diminui a meleca feita ao passar rente aos cílios superiores. O primer eu já usei no dia-a-dia e achei respeitoso – só não digo que é incrível porque preciso testar numa situação mais desafiadora!

.

BRONZER DA BENEFIT

.

Assisti um vídeo ensinando como criar contrastes com maquiagem para valorizar os traços do rosto e fiquei curiosa para experimentar o blush de efeito bronzeado Hoola, da Benefit. Esse pincel tem um formato super bacana para aplicar em algumas partes do rosto e era exatamente o que a “guru” usava no vídeo.

Perdi o link do vídeo pra vocês verem (errr), mas preciso dizer que gostei muito da cor do produto. Ele tem um tom meio de canela e é menos amarronzado que o pó que uso da MAC para este tipo de efeito. Dá até para criar uma mistura entre as duas cores e, enfim, no verão esse também pode ser usado de outras formas. Comprei o meu no Cosme-De e chegou em quinze dias, sem ser taxado. Paguei US$38 (aproximadamente R$80) contra R$124 na Sacks/Sephora.

.

CAMISETA #WHISKY DO HERCHCOVITCH

.

Para fechar, queria mostrar uma presente legal que recebi. O Alexandre Herchcovitch se uniu a Diageo, fabricante de várias bebidas, inclusive de Johnnie Walker, e lançou uma regata misturando os dois universos e usando os quadriculados que vimos na coleção de Verão 2013, que tem Boy George como inspiração. Na etiqueta da blusa vem até uma receita de drink para fazer usando o whisky, achei bem interessante! ;)

.

Mostra CI de Intercâmbio

sex

Opa, anos luz depois, a vencedora: Tabata Torres, o nome sorteado foi o seu! A produção da CI entrará em contato contigo. Parabéns!

Não importa qual a área de atuação ou estudo, hoje o intercâmbio é importante na vida de qualquer pessoa. Seja para estudar ou trabalhar, a experiência realmente abre portas e quase todo mundo que vive no exterior volta dizendo que a estadia foi “lifechanging”!

Para informar melhor os jovens e adultos que pretendem fazer algum programa de aprendizado ou trabalho no exterior, a CI (Central de Intercâmbio) organizou uma série de mostras gratuitas por cinco cidades do Brasil.

Sediadas em shoppings das cidades, as feiras tem o objetivo de informar todos os planos de intercâmbio oferecidos pela empresa e a CI ainda promete sortear uma viagem a todos os interessados que passarem pelos stands.

A mostra já passou pelo Shopping Eldorado em São Paulo e segue agora para Goiânia, Rio de Janeiro e Porto Alegre. No site você pode ver a programação completa.

Para dar ainda mais vontade de fazer uma viagem assim (eu adoraria!), a CI também separou um kit especial para os leitores do blog.

.

Para concorrer a este kit com bolsa, porta documentos, squeeze e um guia de viagem com “1000 Lugares Para Conhecer Antes de Morrer”, basta preencher com seus dados na caixinha abaixo:

.

Carregando…

O resultado da promoção será divulgado neste próprio post no próximo dia 30/9 e o vencedor será avisado via Twitter e e-mail. Boa sorte! ;)

Este post é um publieditorial.

Cabelo, restaurantes e mimos – Imagens da Semana

sáb

Antes tarde do que nunca, o “Imagens…” desta semana! Para ver todas as outras dicas e coisas que contei nesta tag, acesse aqui.


CABELO NOVO


Podem culpar minha fisioterapia e a manhã no cabeleireiro pelo atraso do post! hehe A fisioterapia já está chegando ao final, mas como vocês poderão ver na próxima foto, meu cabelo não só já estava gigante quanto pesado, e eu implorando por uma mudança finalmente fui no salão mudar. Faz muito tempo que uso franja longa ou curtinha, então quando finalmente consegui deixá-la crescer, hesitei muiiito em cortar de novo. Pois ontem cortei e valeu a pena!

A responsável pela mudança foi a Gisa, ótima cabeleireira do Studio W do Shopping Anália Franco. Já tinha tosado outras vezes com ela e dessa vez deixei ela definir o corte, sem influenciar muito. Ficou super legal e já estou apaixonada pela franja (de novo! hehe). Em breve posto mais fotos que mostrem melhor, porque tirei essa correndo no carro e não dá pra ver as mil e uma camadas do cabelo.

.

STELLAS, STELLAS, STELLAS


Terça-feira fui com os brothers Rex e Mark num evento da Stella Artois aprender a tirar chopp! E, ó, só digo uma coisa: se eu não tive talento para o curling ou para o golfe, descobri que tenho talento SIM pra tirar chopp. Olha só esse colarinho perfeito (e o Mark disfarçando para não sair na foto atrás)! 8)

O evento foi para mostrar para a galera como trabalha um chopeiro e também divulgar a 14ª edição da “copa do mundo” do chopp, a World Draught Meister, que será realizada em Londres dia 28 de outubro e levará um representante dos 30 bares brasileiros que fornecem Stella tirada na hora para competir. Quem quiser provar o chopp da Stella, super leve e saboroso, pode ir em estabelecimentos como o “Bar Anhangüera”, o “MyNy Bar”, o “Bar Astor” e os pubs “All Black” e “Blue”.

.

MARAKUTHAI

No sábado, depois de assistir o belo espetáculo “Ensina-me a Viver”, em cartaz pela terceira vez em São Paulo, Rafa e eu emendamos um delicioso jantar no Marakuthai. Como o próprio nome do restaurante denota, os pratos misturam elementos da gastronomia tailandesa e brasileira e o resultado é indescritível e simplesmente imperdível, fora o fato da chef Renata Vanzeto ser super jovem e mandar muito bem na empreitada.

Na foto, as entradinhas que pedi: um “shot”, espécie de mini sopinha de caldo de camarão, e o “satun”, mariscos e lula no caldo de leite de coco. Para quem se interessou, deixo o recado: barato não é, mas vale cada centavo.

O ambiente tem cara de despretensioso, mas é absolutamente lindo e tão contemporâneo quanto o menu. É uma ótima pedida para levar alguém especial e impressionar com o jantar à luz de velas, mas também é gostoso para ir em mais gente, sentar numa super mesa e tomar drinks enquanto come pratos leves. Recomendadíssimo.

.

BURDOG

Depois de um restaurante phyno, nada como fechar o final de semana no Burdog, né? hehe Donos de uma das melhores maioneses de São Paulo, a lanchonete expandiu ainda mais e inaugurou uma loja mais perto de mim, na região do Ipiranga.

Fãs dos sandubas burdoguenses, Rafa e eu fomos até lá conferir se o padrão das outras unidades estava sendo mantido e, enfim, não só está tudo ótimo, quanto estão caprichando ainda mais para conquistar a clientela local. A loja fica aberta até duas da manhã, então dependendo do seu programa, dá pra dar uma passadinha depois de sair. Espero que ela vire quase 24h como a da Dr. Arnaldo, que vive lotadona até de manhã.

.

#VCEM3D

Para fechar, um mimo incrível que recebi esta semana: o “1001 Filmes para ver antes de morrer”. Na realidade, recebi uma edição especial da obra super limitada. Parte da ação #VCEM3D, o livro virou “1002” e incluiu a produção da Circus Filmes, da qual eu e mais outros interneteiros faremos parte. Por enquanto, sabemos muito pouco, e a curiosidade está nos matando. Taí um arg que ainda vai dar o que falar!

Para entender mais e ajudar a gente a descobrir tudo sobre essa produção cinematográfica maluca, acesse o site e o twitter do diretor, Dado Di Ducchesi.

.

Meu programa de velha favorito, presentes, Hannah idiana e Coquelux – Imagens da Semana

qua

Eu sou mesmo uma bobinha. Sempre que saio e faço coisas realmente legais largo as câmeras em casa, ou simplesmente esqueço de carregar as baterias (o que aconteceu neste fim de semana e no outro). Preciso realmente trabalhar melhor minha memória. Vou deixar registrado isso aqui, porque se eu fizer uma “nota mental”, esqueço. ;D

MEU PROGRAMA DE VELHA FAVORITO

Eu sei que existem algumas casas de churros bem legais em São Paulo, mas como eu simplesmente não conheço nenhuma e só encaro churros de barraca fora da cidade grande (não me pergunte porque!), eu sou vidrada nos mini-churros do Fran’s Café.

Para combater o sono e conseguir ler meu livro de economia e comunicação para o TCC, só indo lá mesmo. Não me levem a mal, o livro é bacana, mas o sono não é nada bacana. A foto é de quando eu já tinha tomado boa parte do caapuccino e devorado quase todos os mini-churros, que não vem recheados, você é quem mergulha no doce de leite. No minimo gostosinho, vai?


COMPRA NO COQUELUX

Finalmente comprei no Coquelux, um dos primeiros outlets online que surgiram no Brasil. A  bolsa da Nike foi uma pechincha e chegou super rápido, ao contrário do Privalia, onde eu já tinha comprado uma vez (e comprei de novo!) e sempre demora. Se alguém quiser convite para algum dos sites, ou para o Brandsclub ou para o Superexclusivo, deixa o e-mail nos comentários que eu convido, tá?


KODAK ZX1

Eu simplesmente ganhei o melhor presente que um aficcionado por vídeos poderia ganhar um mês antes de seu aniversário: uma filmadora HD super portátil, a Kodak ZX1. Eu ainda não gravei nada muito elaborado por falta de tempo, mas corri pela casa atrás da gata e posso dizer de cara que esta câmera tem uma estabilidade de imagem absurda.

Considerando que é uma filmadora pequena (do tamanho de um celular), isso se faz necessário. Imagina uma câmera filmando em HD com tudo tremido porque sua mão não é lá tão firme? Pois é. Também achei ótimo ela pode ser colocada no tripé. Aguardem mais detalhes! (e surpresas… )


DESAFIO 10 +

Recebi hoje uma caixona da Seda com toda a linha de Reconstrução Estrtutural – Designed by Professionals. Tem shampoo, condicionador, creme leave-in, tratamento intensivo e, o que me surpreendeu, tratamento noturno. Mas, vamos ao que interessa: a idéia é transformar meus cabelos em 10 dias usando a linha completa. Será que vai funcionar? Testo, conto e, se rolar, paro de comprar shampoo caro. É triste ver dinheiro indo pelo ralo junto com a espuma!


HANNAH, A INDIANA

Em homenagem ao término da novela, fecho com a foto da Hannah de terceiro olho à la Juliana Paes na volta do pet shop na outra semana. Só não mordi a coitada esse dia porque ela é muito peluda. 8)

O Amor é Importante, P%&¨*! – Imagens da semana

ter

Então, a reforma continua, eu continuo sem quarto e sem banheiro e, portanto, com o QG oficial de postagem desativado (e com as câmeras fotográficas decentes também). E sei lá porque cargas d’água eu me inspiro muito mais em frente ao meu próprio computador. 8)

.
MÁGICO DE OZ NA C&A

Sim, camisetas lindas e baratinhas. Paguei 25,90 nessa e tem uma outra super com carinha vintage também.  Recomendo!
.

RUFFLES + LIVRO

A Ruffles me mandou de presente uma caixa com seus últimos lançamentos: dois salgadinhos, um pro moção e outro pra mocinha. Eu, como prefiro batata lisa, comi o de menina primeiro, sabor cream cheese e achei gostosinho. Mas, veja, as batatas masculinas são de costelinha (!). E, carnívora que sou, o que você acha mesmo que eu prefiro? Rowrr!

Melhor que as calorias saborosas ensacadas foi o livro que veio junto com o pacote todo: “Por que os homens mentem e as mulheres choram?”, de Allan e Barbara Pease, que apresenta situações em que homens e mulheres são bem diferentes e como resolver pequenas picuinhas de forma pacífica e indolor.

Comecei a ler e estou gostando e ficando maluquinha, já que é o terceiro livro que  pego para ler neste exato momento. Não, eu não acabei “Amanhecer” ainda por uma simples questão de me poupar, já que quando eu engatar lendo de novo, vou virar a noite! E o outro livro é um de economia moderninha: “A Cauda Longa”, escrito por Chris Anderson , editor da revista Wired, que eu recomendo profundamente para quem gosta de entender um pouco de consumo e trabalha com comunicação.
.

DVD’s NA FNAC

“Bonequinha de Luxo”, “De olhos Bem Fechados”, “Último Tango em Paris” e “Sweeney Todd”

Finalmente valeu a pena comprar dvd’s na loja física da FNAC! A promoção é bem simples: 4 dvds saem por R$60, Aí você pensa: “que vantagem Maria leva se na Americanas tem dvd por 9,90?” e eu digo: a vantagem é que lá na FNAC (na da Paulista, pelo menos), você encontra filmes recentes, edições especiais e verdadeiros clássicos que eu, rata de promoção de filme, nunca vi por menos de R$25. Passem lá, tipo, hoje!

Finalmente.

O AMOR É IMPORTANTE, PORRA.

Rebouças X Faria Lima

Quem mora em São Paulo já deve ter visto estas pichações por aí, ou se você é um rato de tumblr e blogs de imagens também já deve ter lido o recado que este grafiteiro tem espalhado na cidade toda. Além de ser simples e direto, para mim é arte e esta está posicionada bem pertinho do trabalho, na Faria Lima com a Rebouças.

Definitivamente, ele não está afim de você.

seg

Porque este era o melhor título para falar deste livro que virou filme, duplamente comentado aqui!

Primeiro, eu achei estranha essa coisa de transformar um livro de “auto-ajuda-divertido” em ficção. Eu fingi estar empolgada com o elenco e, ok, de fato eu estava, mas fiquei com medo. Afinal, o livro fala sobre diversos conselhos para você ver o quanto, na real, aquele cara está tirando com a sua cara.  Foi aí que eu li que eles enfiavam todos esses conselhos na boca de um personagem que, por sua vez, faz parte de uma historinha meio quadrilha: “João que amava Maria que…”.

Resultado? Pulga atrás da orelha. Eu imaginei que eles esqueceriam de algum conselho essencial, ou que esse personagem seria um profeta bonitão arrastando mulheres pelas ruas, fazendo pregações e gerando o milagre da libertação dos homens bundões. Na verdade, não foi bem isso que aconteceu…
.

Justin Long vive o “profeta” Alex e Giniffer Goodwin é a solteirona Gigi

.O filme gira em torno de três amigas que compartilham dramas de relacionamentos (isso te lembra alguma coisa? cof-cof). Uma é solteirona, outra é recém-casada e está em crise e a última simplesmente não consegue oficializar os laços com o namorado, com quem já mora junto. Nas beiradas da história, estão o personagem-profeta, que conhece a solteirona e resolve virar seu Buda pessoal depois de vê-la ser enganada por seu melhor amigo.

O curioso é que, enquanto dá um fora na solteirona, esse “melhor amigo” está louco de amores por outra, que na verdade acaba tendo um caso com o marido da amiga da solteirona. Falando assim fica confuso, principalmente porque ainda temos a personagem de Drew Barrymore, que é pequenininha, mas faz a história fluir.

O melhor momento do filme, na verdade, é dela! A safadinha pegou a melhor fala do longa inteiro! Vou contar: depois de começar um relacionamento confuso virtual, em que eles conversam por myspace, facebook, sms, e-mail e etc., ela solta a seguinte pérola: “I had this guy leave me a voicemail at work, so I called him at home, and then he emailed me to my BlackBerry, and so I texted to his cell, and now you just have to go around checking all these different portals just to get rejected by seven different technologies.”

Traduzindo rapidamente: “Tem esse cara que me deixou um recado de voz no trabalho, então eu liguei pra casa dele, daí ele mandou um e-mail para o meu Blackberry e eu mandei um sms para ele. E agora você tem que sair checando mensagens em todos esses portais diferentes, só pra levar um fora em sete tecnologias diferentes!“.
.

Drew Barrymore e seus amigos super interessados no rolo com o bofe da internet

Sensacional, não? Já passaram por isso? 8)
Achei que, nessa hora, o roteiro ganhou do livro. Afinal, quem disse que nós só esperamos ligações hoje em dia? Uma ligação, aliás, é o que a gente menos espera, se você for ver. Hoje um scrap fofo vale. Um sms. Um e-mailzinho. Adicionar no msn. Ou melhor, até uma direct no twitter é melhor que nada!

Enfim, eu acho a Drew uma excelente atriz e temos de ficar felizes que ela finalmente abandonou a fórmula de maluquinha usada em Como se fosse a primeira vez (2004) e repetida em Letra e Música (2007). Gosto muito dos dois filmes, mas a semelhança destas personagens dela é gritante – e, ainda bem, ela foi menos preguiçosa em Ele não está tão afim de você.

Voltado ao filme. Ao longo da história, é óbvio que algumas liçõezinhas do Greg se perdem, mas o essencial está de fato ali, como a máxima do livro “se ele não te liga, ele não está afim”, e outras, como: “se ele te quer, ele fará acontecer” ou “se ele não quer sexo…” – enfim, acho que vocês são capazes de completar essa frase, certo?

O filme tem um quêzinho de Sex And The City (2008) e de Como perder um homem em dez dias (2003), já que as três personagens centrais trabalham juntas, e também porque o filme adocica e suaviza toda a verdade cruel que o livro traz de bandeja para as mocinhas feitas de besta, aí pela vida.
.

Gigi com as amigas: Jeniffer Aniston, a noiva eterna, e Jeniffer Conelly, a casada em crise

No livro, Greg diz que inventar desculpas para um cara não te ligar, tipo: “o cachorro dele teve diarréia no hall do prédio e ele passou a noite limpando tudo” é um grande erro. E é mais errado ainda se você pensar que “bem, o grande amor da vida da minha prima de segundo grau de fato passou uma noite limpando cocô do cachorro e hoje eles estão juntos e felizes”. Ou seja? A regra é a regra: não fique sentada na cadeira pensando que você é uma grande exceção. Todos nós sabemos que você é ótima, mas isso não faz de você uma exceção. Ou seja? Desculpas = “ele não está afim de você”.

Aí, no filme, no filme doce, suave, que até deu dicas boas e aproveitou dúvidas do próprio livro, adivinhem o que acontece? A principal história não passa de uma boa, bela, velha e estapafúrdia exceção!

Se o longa não tivesse roubado o título do livro, não teria problemas. Eu nem ia me importar. Seria mais uma comédia romântica fofa. Eu nem ia me tocar dessa história de exceção. Vejam bem: tem Ben Affleck, tem a Jeniffer Aniston e a Conelly sendo ótimas, tem cenas picantes com Scarlett Johansson (e ela realmente está *bem* nelas!), mas… poxa! Por que raios cagar a premissa do livro na história central?
.


Isso eu não digo apenas como alguém que curtiu o livro, mas como alguém que sabe o trabalho que dá adaptar um texto para as telonas. Não tinha sentido mandar a base do livro para o espaço, sabem? Vou confessar que eu saí do cinema pensativa e sentimentalzinha (shame on me), mas eu, como discípula de Greg Berehndt, achei esse filme uma heresia à bíblia best-seller…

QUEIMA!

.

ps: só reforçando: se você não leu o livro e curte uma boa comédia romântica, vá assistir! Inclusive os meninos, vão! Vão pelas cenas hot com a Scalett! Porém, quem leu o livro, vai entender essa minha revoltinha final. 8)