Resultado da Promoção: Kodak ZX1!

qui

Foi difícil, foi duro e foi suado escolher, principalmente com tantos vídeos e respostas legais! Mas, como eu avisei: quem fizesse vídeo, passava na frente.

E quem ganhou, **rufem os tambores**, foi a querida Jullie, que fez um vídeo redondinho e incrível contando e explicando por a+b porque é que a câmera dela tá pedindo arrego e porque ela merece ganhar a Kodak ZX1:

Massss! Vejam só: vocês me deixaram morrendo de dor no coração! Por mim, eu teria meia dúzia de Kodaks para distribuir e presentearia mais estes cinco fofos que mexeram comigo:

Igor, que vai para a Europa e tá sem câmera (compra no freeshop que é baratooo!);
Danielle, que trabalha no mar e vive querendo registrar paisagens incríveis (compra uma máquina fotográfica boa!);
Rafiss, que tem estilo de cineasta e precisa de uma câmera para por as idéias para fora (conheço bem isso!);
Ingrid e Artur, que enviaram um vídeo super bacana, mas depois do prazo. Ingrid, infelizmente não pude aceitar, pois muita gente enviou depois e não seria justo. Admiro demais o trabalho do seu marido e sei bem como é não ter uma câmera, já que sou videomaker também. Espero que ele consiga algo legal em breve!;
– E, claro, a Annie, leitora fofa que está sempre por aqui e me deixou muito, muito feliz em ter feito um vídeo para participar! (vou te mandar kit kats, tá?)

Gostaria de agradecer novamente a participação de todos vocês, principalmente da galera que topou parar um pouquinho e postar um videozinho mesmo sem ter câmera, como a Viviane fez, super criativa.

Também queria dar um alô a todos os cineastas de plantão e recomendar: tentem adquirir uma câmera mais “profissa”, gente! Eu também sou videomaker (oi, tô me formando em rádio e tv!) e por isso sei que nem tudo é para ser gravado numa câmera portátil se o objetivo é ser profissional, portanto continuo aguardando o grande momento de adquirir uma mini-DV HD com tudo que tem direito. Se alguém quiser me dar (e me dar pra sortear também), tô aceitando! 8)

Continuem participando das promoções e até o fim do ano tem mais coisa vindo por aí!

Obrigada, pessoal!

Show do Prodigy – Imagens da Semana

qua

Quase que eu não faço o “Imagens…” por falta de tempo. Finalmente estou mandando meu TCC pra gráfica e ficando maluca com os ajustes finais. Mas, olha, terça-feira, dia 3 (anotem!) ele estará entregue na mão dos meus mestres e eu vou postar até vocês enjoarem.

.

prodigy.

Aquilo lá no fundo é o Prodigy, eu juro.

Sexta-feira, eu e o Rafa imendamos o show do Prodigy no Via Funchal diretão do trabalho.  Ganhei convites de presente e fui com a única esperança de ouvir “Smack My Bitch Up” ao vivo – e, sinceramente, tive medo que eles não tocariam, já que sempre existe aquele estigma das bandas detestarem suas músicas velhas.

Mas, não foi o caso! Ouvi trocentas músicas e inclusive “Smack…”! O som dos caras é muito mais pesado ao vivo e eu me senti num capítulo a parte de “Trainspotting” o tempo inteiro, já que todas as músicas tem aquele quêzinho épico e parecem uma viagem de ácido com uma bateria quase drum ‘n bass às vezes (palavras de Rafa, o DJ).

Vídeo sem edição mesmo, só para mostrar o clima do rolê  e o maluquinho fazendo um belo rebolation!
(e não, esse vídeo não foi feito com a Kodak ZX1.  Sentiram a diferença?)

Depois de mais ou menos uma hora e quarenta minutos de show, tudo acabou, as luzes acenderam e saímos pensativos para comer no Burdog. Enquanto devorei um cheese bacon (é, fazer o que!), fiquei pensando que ok, o show foi bom” mas não sei se eu realmente pagaria para assistir, já que não sou maníaca por eles.

Em todo caso, para os fãs da banda deve ter sido bem bacana, já que ouvi vários comentários na fila de quem estava indo para o Rio de Janeiro assistir a apresentação novamente.

Por mim, valeu! – e, se for pra recomendar uma faixa do último álbum deles, o “Invaders Must Die”, fico com “Warrior’s Dance“, que também é excelente ao vivo.