Keira Knightley estreia como cantora em “Begin Again”

sáb

Keira Knightley é uma daquelas atrizes que me passam uma aura de coisa antiga, vai ver pela quantidade de filmes de época que ela fez: “Orgulho e Preconceito”, “A Duquesa”, “Rei Arthur”, “Anna Karenina” e até a franquia “Piradas do Caribe”, que obviamente não se passa na atualidade.

.

Keira Knightley: *de volta para o futuro*, tocando e cantando!

Depois de vê-la no denso (e contemporâneo) “Apenas Uma Noite”, fiquei surpresa ao descobrir que ela não só vai atuar como também cantar numa comédia romântica das mais contemporâneas: “Begin Again”. Na história, Keira é uma jovem compositora abandonada pelo namorado músico assim que ele consegue um contrato com uma grande gravadora. Sua doce vingança vem quando ela consegue apoio de um produtor para gravar seu próprio álbum. O filme estreia em julho nos Estados Unidos e chega 18 de setembro ao Brasil, ainda sem título em português.

Antes que tudo isso aconteça, a produtora já soltou o lyric vídeo de uma das músicas que Keira canta no filme, “Tell Me If You Wanna Go Home” e não é que a voz da atriz é uma delicinha de ouvir? Certamente fará tanto sucesso quanto a música “Cups”, que Anna Kendrick tocou e cantou em “Pitch Perfect – A Escolha Perfeita”.

.

.

No trailer dá pra ver o rockstar bonitão que deixa a mocinha pra trás, Adam Levine, do Maroon 5, e também o produtor que dá uma força para ela, vivido por Mark Ruffalo.

.

.

O álbum com a trilha sonora do filme já está à venda no Itunes e pelo menos mais quatro músicas são previstas com a voz da atriz. Será que ela vai querer seguir com a música?

 

Famosas posam sem maquiagem para a “W” de fevereiro

qua

Talentosas e corajosas, várias atrizes toparam posar sem maquiagem ou com um quêzinho beeem natural para “W” de fevereiro. A edição deste mês traz o tradicional resumão anual com atores que se destacaram no último ano. Na capa, Emma Stone vem abrindo os trabalhos – e mais 33 atores completam o recheio, que você pode ver aqui.

Entre as corajosas e geneticamente lindas, teve atriz que acabou ficando com ares até forçados de heroin chic – aquela tendência de beleza que ficou famosa nos anos 1990 por ir de encontro ao look saudável que modelos como Claudia Schiffer exibiam. Na época, o  destaque ia para os olhos bem fundos, as olheiras em evidência, o rosto magro e com ossos aparentes e a pele pálida.

Será que forçaram a barra na “naturalidade” ou é bom ver um pouco de vida real em fotos bem feitas? Dê o seu veredicto nas fotos a seguir; o meu vem logo na legenda!

.

Amy Adams: pele de porcelana, branquinha e maquiagem quase zero. Parece que só as olheiras foram camufladas para valer. Com ssa foto, concluo que a maquiagem costuma fazer um belo trabalho para deixá-la com cara de novinha. Ela costuma interpretar personagens bem mais novas que ela mesma! 

Rachel Weisz: musa. Parece que só está com a pele feita e o contraste ajudou bastante. Acho que uma foto tão profissional pede sim algum cuidado, por mais que a revista esteja ávida por revelar até os poros das celebridades 

Jessica Chastain: também de pele feita e talvez com um tracinho leve delineando o canto superior externo do olho. Gosto também, mas realmente as peles das mais branquinhas parecem pedir por mais cuidados na hora do clique

Kristen Stewart: a impressão é que maquiaram a ex-vampirinha às avessas. Ao invés de parecer natural, a maquiagem parece forçar o visual “dodói”. Veja que tem um puxadinho no olho e a boca tem um gloss estranho. Não gostei, e ainda achei que a roupa com detalhes coloridinhos esquisitinhos acabou derrubando de vez a gata. O carão aí era ideal para estar mais descontraída, camiseta e boné, etc etc.

Continue lendo →