Mostre-me teu iPhone e te direi quem és

seg

Um dos meus passatempos favoritos é sentar no sofá, ouvir a televisão e ficar fuçando em aplicativos novos – nem que seja para deletá-los cinco minutos depois de baixar. Além de eu adorar os bons e velhos joguinhos, um novo mundo de possibilidades se abriu pra mim quando descobri os apps místicos.

Horóscopo do dia já era uma benção em minhas mãos, mas que tal o horóscopo do dia da guru mais famosa (e mais certeira) do mundo, a Susan Miller? E que tal checar o que o tarô tem pra você e o que as linhas da sua mão dizem sobre o seu futuro?

Quer dizer, é bem provável que muita coisa seja balela, mas tenho três aplicativos para recomendar que são no mínimo divertidos e abrem um novo mundo para quem adora dar aquela olhadinha no horóscopo antes de sair de casa…
.

ASTROLOGY ZONE: o horóscopo da Susan Miller
.

.
Famosa pelos mapas astrais que fez de celebridades, Susan Miller disponibiliza seu trabalho gratuitamente em seu site, Astrology Zone. A mulher costuma dizer o dia em que as coisas vão acontecer e explica bem detalhadamente o que cada movimento dos astros pode significar para você conforme o dia em que você nasceu.

Se já é legal contar com estas dicas mensalmente, que tal poder acompanhar as previsões diárias da dona Susan? Pois é isto que ela disponibiliza para quem baixar o Astrology Zone Premier, aplicativo para iPhone, iPad e iPod que custa $1,99 e traz previsões diárias, mensais e outras coisinhas. Quem é fã da Susan como eu, vai adorar!
.

NEW AGE STORE: leitura de tarô em uma carta

Não sou uma expert do tarô e só abri as cartas uma vez na vida, o que me deixou ainda mais curiosa por esse tipo de previsão – nem que seja para descartar o que não me serve, especialmente porque acredito que quem faz o destino é você. Em todo caso, esse aplicativo é no mínimo… Curioso.

Enquanto a tradicional leitura das três cartas ou do tarô inteiro permite que você faça perguntas, a leitura em uma única carta fala sobre o que está em maior evidência em sua mente naquele momento e dá um conselho em relação a isso.

Por mais que eu já tenha feito N questões específicas para este app, ele incrivelmente fala apenas sobre o que está realmente me “apurrinhando” naquele exato momento – e, sim, ele é assustadoramente certeiro. Portanto, meu conselho é abrir apenas quando você estiver com a mente tranquila para mentalizar só aquilo que você realmente quer saber.

Quando baixei, ele estava disponível gratuitamente na App Store da Argentina, onde baixo meus apps gringos, mas aparentemente agora ele está disponível apenas para os Estados Unidos. Em todo caso, quem ficou curioso com a leitura, pode abrir o tarô de uma carta no site New Age Store, criador do aplicativo. O site também tem várias outras ferramentas esotéricas gratuitas, para quem curte é um prato cheio!
.

QUIROMANCIA: leitura da mão por uma foto
.


.

O app “Palm Reader” ou “Quiromancia” (como ele aparece no meu celular) basicamente lê o que dizem as linhas da sua mão. Você tira uma foto da palma da mão esquerda e o aplicativo se encarrega de identificar cada linha e falar como você se comporta nos relacionamentos, no trabalho e por aí vai.

Este é o app mais fajuto de todos, mas é o mais bem-humorado: ele deixa você escolher o “grau” de leitura que quer. Dá para conferir as previsões tradicionais, umas mais engraçadinhas e outras sérias, que prometem “não te poupar”. É tudo mentira porque, óbvio!, eu fui direto na séria, mas a intenção é boa.

Apesar de ter uma versão grátis, este app só funciona completamente na versão paga. O preço pela brincadeira é o absurdo valor de $1,99, que acaba só valendo a pena se você tiver uma família inteira interessada no assunto para poder usar bastante. Caso contrário, procure um app grátis e venha aqui me contar se funciona! rs ;)

.

3, 2, 1… Valendo!

ter

amuletos.

Chegou fevereiro. Então, ao contrário dos outros anos, podemos dizer que o ano começou. Carnaval só cai no dia 8 de março e está longe pra cacete, portanto acho que já dá pra dizer que 2011, ano do Coelho, vem correndo e começa um mês antes dessa festa nacional que divide opiniões.

Pra ligar a cabeça e parar de achar que 2009 foi ano passado, é bom escrever o ano num talão inteiro de cheques para não errar, fazer aquela limpeza no guarda-roupa, aproveitar as promoções-símbolo do verão e até procurar um guruzinho místico se teu sexto sentido diz que quer.

Eu, por exemplo, estou considerando essa ajudazinha etérea, porque simplesmente tem horas que não, não está tudo dentro de você. Procure nos outros e também não estará; vá na terapia e não encontre.

Logo, por mais balela que seja, ouvir algo de razoável numa mesa de tarô pode introjetar em você uma esperança que não brota sozinha, uma fé do tipo religiosa que as coisas vão acontecer, porque o destino (?) quer assim, amém.

É isso que vou fazer. Mapa astral, tarô, uma tarde no cabeleireiro. Pra mim tudo isso é místico, pra mim tudo dá força – e ao mesmo tempo, nada disso vai resolver meus problemas, mas vai ser a vodka que ando precisando pra tomar coragem.

Valendo.

.

Compras de Natal no Jardim Sul

seg

Segundo a deusa do oráculo Susan Miller, librianos devem adiantar ao máximo suas compras de Natal para não terem problemas com equipamentos com defeitos, filas e burocracias chatas. Quem lê o horóscopo da mulher sabe que ela é quase uma bruxa prevendo tudo, e, bom, não sou eu que vou duvidar dessa, até porque em São Paulo qualquer signo corre o risco de se dar mal deixando para a última hora!

Como incentivo para os preguiçosos que procrastinam a compra dos mimos até o dia 24, o Shopping Jardim Sul lançou a promoção “Papai Noel de Trenó Novo” que vai dar a seus consumidores um Land Rover  Freelander zerinho!
.

eu quero!

A cada R$400,00 em compras, o cliente troca suas notas por cupons e concorre ao “carrinho”, além de levar no ato da primeira troca um chaveiro de prata com um destes três símbolos: energia (um aro, mais masculino), paz (em forma de uma asa de anjo) ou sorte (trevo de 4 folhas símbolo do shopping)  – tudo para combinar com a chegada do Land Rover na garagem!

Para maiores informações, acesse o site do Shopping Jardim Sul e boas compras! 8)

Este post é um publieditorial.

Karaokê, Lola, mimos e mais – Imagens da Semana

qui

Para ver todas as outras coisas que contei nesta tag, acesse aqui.

.

KARAOKÊ


Como bem definiu meu namorado, o Rafa, ontem: “karaokê é o playground da Fernanda”. Para resumir bem, eu sou do tipo que leva karaokê a sério. Vou pra cantar, me jogo horrores e fico brava com o rapaz que controla as músicas se ele chamar mais a outra mesa do que a minha. hehe

O Rafa, a turma da agência dele e eu fomos no Yellow K, karaokê que tem músicas bem absurdas e novas. Além de já ter sucessos do Justin Bieber (não me importo, mas mostra que eles são rápidos!), o bar também tem bandas super moderninhas e alternativas. Encontrei Ladyhawke, Phoenix e Little Boots, para citar alguns exemplos.

Apesar de termos cantado bastante (inclusive “Bad Romance” com direito a corinho no ôÔôÔ), saí de lá decepcionada com o rapaz que controla a ordem do karaokê! Fiquei com 8 músicas na fila e o bar fechou. Em todo caso, na próxima voltamos na sala reservada de lá para poder cantar à vontade sem ter que ouvir coisas como isso aí que rolou ontem: “Vem na pegada do bambo, do bambo bambo, do bambo do bambolê” (Washington, Compadre).

.

KEBABEL


Esta semana fui com algumas amigas no Kebabel de Pinheiros e depois de umas cervejinhas Colorado e kebabs deliciosos de lá (recomendo o de cordeiro e o “kebali”),  mandei um sorvete de iogurte com framboesa. Nunca tinha provado os sorvetes deles, mas são artesanais e bem leves. Aliás,  faça como eu fiz: peça a cobertura de mel e pistache!

.

REVISTA “LOLA”

Comprei ontem a primeira edição da nova revista da Abril, a “Lola”. Não tive tempo de lê-la inteira, mas já deu pra sentir que as matérias tem uma pegada bem diferente de uma das maiores representantes da editora no segmento, a “Nova”.

As recomendações de compras da publicação são claramente para quem não está preocupada em poupar grana – e também não está preocupada em agradar seu homem com 384984 posições de ginasta na cama. Ponto pra revista. Nem sempre precisamos poder comprar tudo que vemos, o desejo é importante e o fato de finalmente tratar a mulher como completa por si só é um diferencial. No fim da revista, o horóscopo da ótima Susan Miller, do Astrology Zone.

Apesar de ser voltada para mulheres na casa dos 30, gostei do que vi. Vou terminar de ler tudo com calma e devo testar também a próxima edição. Mas realmente começaram com pé direito: o site já foi inaugurado bem recheadinho.

.

MAGNUM GOLD

E mais sorvete! Chegando do almoço ontem, encontrei esta belezura de cofre da Magnum com três picolés do novo sabor Gold. Foi a sobremesa perfeita, pena que no final o sorvete pareceu um pouco doce demais pra mim, então, achei uma ótima pedida dividir com o namorado (ou, sei lá, com uma amiga que tenha saliva de boa procedência). hehe

.

E MAIS…

Este é o convitinho supimpa que recebi da Sanrio para o coquetel de abertura da exposição dos 50 anos da marca no Brasil. Como dez entre dez garotas estão animadas com o evento, que deve reunir releituras dos personagens feitas por diversos artistas brasileiros, resolvi contar que estarei por lá aqui. Quem for, irá me encontrar – e prometo tirar fotos bem lindas para contar por aqui depois! ;)

.

No que você acredita?

ter

Sempre que temos um probleminha, adoramos dar uma olhadinha no nosso destino, dar aquela consultada num guru ou checar algum tipo de guia sobrenatural que possa nos trazer respostas concretas para um futuro nada paupável. Eu sou assim, você é assim, a humanidade é assim. Eu posso decidir ler as cartas do tarot, você pode ter aquela curiosidade súbita de ver o que diz o horóscopo do jornalzinho do metrô e a humanidade toda pode decidir que a nova religião da vez é alguma do centro-oeste da Micronésia, fundada por virgens santificadas. É.

Em tempos de Obama, crise econômica, gripe suína e início de ano (faz tempo!), nada como dar aquela checadinha no destino pra ver como as coisas vão funcionar daqui pra frente. Mapa astral, tarot, resolver cuidar mais do seu lado espiritual. Por mais balela que seja (e isso vale tanto para os céticos quanto para os ateus), um pouquinho de crença nunca faz mal a ninguém. Ela pode até não ajudar, mas provavelmente não atrapalha.

Versailles

Li a bobeirada do “O Segredo” no meio do boom do livro e, em meio aos exageros, o lance de  “ter fé” faz todo o sentido. Tenha fé no que for, mas isso vai te fazer bem, de alguma forma, nem que seja ter fé numa cueca da sorte em final do campeonato. O importante mesmo é levar o livro na boa, sem encará-lo como bíblia, porque, enfim, quem vai mesmo receber cheques pelo correio, né?

Eu lembro da mãe de um amigo meu que teve câncer um tempo antes de eu conhecê-los. Ela já estava recuperada, aparentemente feliz, mas não era o tipo de mulher que se cuidava. Parecia passar seus dias virando páginas do calendário. Lembro-me mais do que ele me disse: quando ela ficou doente e internada, o momento foi absolutamente triste, porque ela nunca acreditou em absolutamente nada, nunca teve religão, muito menos a família. E assim se mantiveram todos, mesmo depois da mulher estar curada.

Cada um escolhe o que quer para si obviamente, mas às vezes vejo que essas pequenas ciências da adivinhação e crenças diversas estão aí pra facilitar a nossa vida. Algumas são verdadeiras, outras nem tanto, mas quem nunca leu o horóscopo, que atire a primeira pedra. Quem nunca resolveu orar para um ente querido adoentado, pode atirar também.

Alguns dizem que tarot, búzios e companhia limitada são pura bobagem, engana-trouxa, caça-níqueis. É claro que você não é obrigado a aderir a qualquer tipo de magia da adivinhação (longe disso, por favor!), mas nessas horas eu me lembro de outro conhecido meu, que foi tirar o tarot no mesmo dia que eu tirei e passou 3 horas conversando com a moça. Isso porque ele não acreditava e “estava tudo batendo”… Então imagina só se ele acreditasse?!

O ruim é que nem sempre essas coisas nos oferecem previsões otimistas. Às vezes aquela linha do jornal te faz ficar em “constante atenção a uma traição, provavelmente por parte de alguém de signo de terra do sexo feminino”. Ao ler isso, qualquer cabeça mais desocupada começa a maquinar os nomes de todas as fêmeas dos signos de touro, virgem e capricórnio para assim poder se preparar ao longo do dia.

O fato é que nós não sabemos lidar com o desconhecido, temos ânsia do amanhã, temos pressa por realizações que talvez nunca virão, e confirmar se você vai ganhar aquela fézinha que fez na semana passada às vezes é uma tentação. O único problema é a chamada profecia auto-cumprida, que também tem a versão “praga de mãe” e acaba alterando seu próprio futuro previsto por algum oráculo. Sabe quando mãe (ou qualquer outra pessoa em quem você confie ou acredite, inclusive um “guru”) te diz algo que te marca, algo como “você nunca vai dar certo nisso mesmo!” ou “você vai ficar milionário!”, e isso fica gravado aí na sua cabecinha? Pois é.

Pode acreditar que cada sílaba das frases têm efeito sobre você. Você tenta ignorar, mas no fundo pensa que tem de fazer algo para mudar a “praga”, ou então acaba relaxando, já que “vai ficar milionário”, e aí, adivinhe? Você trabalha menos e milionário não será. Este é um lance complicado e tem a versão religiosa também (“porque Deus quis/não quis”), tanto que muita gente aconselha que depois de tirar as cartas, por exemplo, o melhor é esquecer as previsões, já que ficar procurando seu futuro a cada minuto do seu dia não vai levar a nada, ou mesmo porque o tarot é um reflexo do que você é hoje. Ou seja? Se você for afetado pela leitura do próprio destino, suas atitudes irão mudar, o que gera a necessidade de ler todas as cartas outra vez. Confuso, não? Agora se a sua praia for religião, é bastante provável que te aconselhem a orar e meditar ao seu Deus, mas manter o coração tranqüilo. O ideal e saudável, certo?

Acreditando ou não em bola de cristal, em milagre divino, em ambos ou em nada disso, você deve saber que essa perturbação diante do futuro (do pós-morte, de onde viemos, para onde vamos?) é ridiculamente humana, e eu, na verdade, adoraria pensar que olho-gordo e horóscopo são mentira, mas por que raios mesmo é que essas coisas têm de funcionar nos dias pares e não fazer sentigo algum nos dias ímpares? Por que tem horas que a ciência não explica?

É, tenham fé. Acreditem, sei lá, no “universo”, em vocês mesmos (principalmente!), em alguma coisa, num Deus e façam o que tem de fazer. A vida será mais fácil, ou pelo menos mais divertida – isso se ela não se tornar realmente diferente!
.

Posso ter falado um punhado de bobagens, inclusive desculpem-me a conclusão confusa, mas ando pensando muito sobre isso e quis compartilhar. E vocês, acreditam em alguma coisa?

Meme: 6 coisas aleatórias

qui

Fui indicada pela Thaís Aux e tô fazendo – faz uma era que não respondo um meme. 8)

As 6 regras:

1 – Linkar a pessoa que te indicou.
2 – Escrever as regras do meme em seu blog.
3 – Contar 6 coisas aleatórias sobre você.
4 – Indique mais 6 pessoas e coloque os links no final do post.
5 – Deixe a pessoa saber que você o indicou, deixando um comentário para ela.
6 – Deixe os indicados saberem quando você publicar seu post.


As 6 coisas aleatórias
:

1) Eu tenho estômago de avestruz e tenho meia dúzia de gostos bizarros por isso. Um deles é amar comer pizza de calabresa fria e amanhecida acompanhada de um belo copo de leite gelado. (não pergunte!)

2) Este ano foi o que eu menos ganhei presentes de aniversário na vida.

3) Eu vi a Miley Cyrus, vulgo Hannah Montana, no aeroporto em Nova York esse ano.

4) Eu acredito bastante um pouco em sinastria amorosa. Por isso, cancerianos e virginianos não tem chance. Nenhuma. (Cancerianos teoricamente se dão mais ou menos bem comigo, mas o jeitinho deles me irrita até o enésimo grau.)

5) EU NÃO SUPORTO FIM DE ANO. Minha família é minúscula, as festas geralmente não são animadas, eu não tenho primo nenhum da minha idade, eu não me divirto e também não tenho companhia pra tomar porre. É uma bosta. Ano passado, eu ainda escapei no ano novo e foi bem divertoso, mas esse ano nem sei o que vou fazer, mas provavelmente não farei na-da e será a mesma porcaria de sempre.  Bring it on! ¬¬’

6) E ah, Thaís. Desculpa, mas Veneza é realmente muito mais bonita que Praga. hahahaha Tá, não conheço nenhuma das duas, mas Veneza irei conhecer: em janeiro passarei 21 dias na Europa mochilando. (e, sim, eu vou falar mais a respeito aqui ! Minha idéia é fazer um diário de bordo de lá, enquanto eu estiver viajando.)

As 6 indicadas:
Ju Mary, Larissa, Dafne, Ariane, Ana e Gabi.