Você recomendaria um ex?

sex

pense rápido: você passaria para frente seus ex?

Você gostou de uma pessoa. Se apaixonou. Amou. Viu filmes, almoçou com a sogra, andou de mãos dadas na praia. Só que não rolou. É a vida, uma merda, acontece… Daí a pergunta: você recomendaria essa pessoa para alguém? Você passaria de bom grado e bom coração o ex – ou a ex – adiante?

Dizem que “se fosse bom, não era ex” e “se era tão bom assim, acabou porque você tomou um pé na bunda”, logo, haja estômago para sair agitando a pessoa por aí. E, claro, numa terceira situação, a pessoa é boa e não houve pé na bunda, então obviamente que pode sempre rolar um remember, afinal não está fácil para ninguém e é sim difícil abrir mão de um bom curriculum de affair.

Pergunto tudo isso pois a boa nova da internet brasileira é o tumblr “Recomende Um Ex”. Num misto de surpresa e espanto com a boa vontade alheia, me deparei com um resumo de personalide dos candidatos junto com suas 3×4 de Facebook. Tais detalhes quentíssimos, obviamente, enviados por um ex gente boa.

Sou adepta da máxima “quem vive de passado é museu” e não vejo porque fazer esse tipo de coisa para um ex-namorado, mas sempre há quem acredite na amizade entre ex-amantes. São esses seres evoluídos capazes de viver na brodagem com quem um dia planejaram filhos, casamento & minivan e não deu certo.

Não me diga que adultos sabem lidar com isso, porque a maioria só acha que sabe. E é daí que vem a grande sacada para o site bombar: o assunto rende. Daí pergunto, você aí, recomendaria um ex? E se te pedissem para recomendar, faria essa boa ação?

.

– A Marnie, provavelmente, não. O Charlie, menos ainda.

O que é traição para você?

qua

Uma perguntinha indiscreta para apimentar a ressaca moral nesta quarta-feira de cinzas: o que é traição para você? Até que ponto seu companheiro pode chegar sem te causar um ódio imperdoável? Até que ponto é apenas incômodo?

a partir de que ponto é traição para você?

Em dezembro de 2012, um blog de brinquedinhos sexuais pediu para o Reddit conduzir uma pesquisa para descobrir o que homens e mulheres de diversas faixas etárias consideravam traição. O resultado foi condensado neste interessante infográfico, dividido por idade, sexo, tipo de comportamento e o quanto ela incomoda:

Depois de olhar cuidadosamente, algumas coisas interessantes podem ser concluídas: depois dos 45 anos, as pessoas se tornam muito mais maleáveis quanto ao que realmente é uma traição. Nesta faixa etária, nem homens nem mulheres acham sexo oral, masturbação ou “mão boba” uma traição completa. Homens entre 35 e 44 anos também já não acham que beijar outras pessoas seja um grande problema.

Para algumas outras coisas, no entanto, as mulheres são mais liberais: boa parte considera inocente, por exemplo, um jantarzinho secreto, enquanto os homens jovens já vêem um grande problema nisso. Dançar uma musiquinha lenta também causa um grande incômodo para os homens até a faixa dos 30, enquanto para as mulheres é só um “desconfortozinho” desnecessário.

Outro tabu que sempre aparece neste tipo de pesquisa é a pornografia. Segundo as respostas do infográfico, nem homens nem mulheres estão 100% confortáveis com o parceiro assistindo e usando-a como estímulo. Enquanto mulheres bem jovens se incomodam mais e depois ignoram sua existência, homens da faixa etária central é que se coçam quando pensam em suas parceiras vendo a sessão privê. Quem diria, hein?

.

O it boy de “Girls”: Christopher Abbott

seg

Christopher Abbott: o ator de 26 anos que vive Charlie no seriado “Girls”

Ao lado dos colegas Adam Driver e Alex Karpovsky, Christopher Abbott é mais um dos meninos em meio às hypadas quatro amigas de “Girls”. Escolhido a dedo por Lena dunham, nossa geniazinha que escreve/dirige/protagoniza a série, o Sr. Abbott é cool por natureza e seu personagem Charlie, sempre cheio de amor para dar, tem ganhado o coração das garotas que se sentam em frente à TV todo domingo para o seriado.

Lena aparentemente fez questão de colocar três tipos de caras na série, o esquisitão gente boa Ray, vivido por Karpovsky, o “brucutu” cheio de sex appeal Adam, interpretado pelo também Adam, e enfim Charlie, o cara fofo que aparentemente só sai com as *vadias* erradas. Jogado no mundão por Marnie, a cada episódio em que ele aparece muita gente suspira pensando “que dó” e suas aparições na mídia confirmam: ele é mesmo o it boy ladrão de corações de “Girls”.

Aos 26 anos, Christopher fez dois papeis que lhe renderam algum destaque antes do seriado, nos filmes “Martha Marcy May Marlene” e em “Hello I Must Be Going”. Antes da série da HBO, no entanto, o cara não tinha emprego fixo e várias vezes fazia alguns bicos com um amigo carpinteiro (!). Onde o cara vive? É claro, num bairro bem cool: em Greenpoint, no Brooklyn. E provavelmente vem daí seu estilo cool  e despreocupado, que é também repetido na série, para deleite das garotas de plantão.

Pessoalmente, prefiro o rapaz de cabelo mais curto (raridade!) e sem barba (raridade 2!), mas os olhinhos brilhantes sempre compensam:

casualmente passeando todo gato
.

Com o hype, Abbott estrela agora uma campanha linda da grife Free People, em que contracena com a modelo Sheila Marquez. É cool ao extremo: o casal se conhece nas ruas de Nova York e depois os dois passam o resto do vídeo super bem vestidos e namorando com uma trilha sonora incrível. Dá o play que vale a pena:

.

E aí, se apaixonou? Qual dos “boys” você prefere? O gente boa, o machão-testosterona ou o fofinho? rs

 

Uma namoradinha fake para o seu Facebook

qui

que status você quer ter?

Quem não tem cão, caça com gato: depois da galera usar fotos dos outros para se dar bem na paquera virtual, um serviço surge para consolidar de vez a mentirinha online, o “Namoro Fake”.

Aparentemente o serviço é feito para homens que tomaram um pé na bunda e querem deixar a e morrendo de ciúmes, afinal para que ter uma conversa franca quando você pode simplesmente “aparecer” namorando outra dias depois? E digo “aparecer” porque, de fato, o relacionamento se restringe apenas à grande criação de Mark Zuckerberg: a namorada fake vai comentar suas coisas, curtir e reclamar, quem sabe.

Ao acessar o site, o solteiro desiludido pode escolher entre os seguintes planos: ficante, com duração de 3 dias (!!), ex-namorada ou namorada, com duração de 7 dias, e namorada virtual, com duração de um mês. Tudo combinado direitinho para que a rede de amigos do cara possa ficar de olho em seu novo troféu.

Se a ideia é ridícula? É claro que é, mas sempre existe alguém disposto a pagar por isso, e nesta entrevista o dono do site garante. Ao mesmo tempo que acho o serviço perfeito para adolescentes sem cérebro, entendo que só um adulto pagaria R$39,00 para receber likes de uma estranha durante uma semana. risos

.

os planos de assinatura

Ah sim: mulheres que não se importem com seus perfis pessoais podem se candidatar a namoradas virtuais e ganhar uma graninha extra (!). Tudo mediante a uma avaliação do perfil, é claro. A candidata tem a obrigação de postar os recados combinados e deixar escondido quem são seus amigos e a cidade em que você mora. Afinal, claro, vai que alguém descobre que aquele relacionamento perfeito do mural é de mentira? risos²

.

Super Trunfo do “Magic Mike”: ou porque toda mulher hetero tem que ver esse filme

sáb

“Magic Mike” fez uma estreia silenciosa no Brasil depois de ter causado no verão americano (o filme estreou por lá no dia 29 de junho) e está disponível em poucas salas em São Paulo. Não sei como está a distribuição pelo resto do país, mas essa divisão de salas me pareceu um tanto quanto “pudica”.

Em todo caso, isso não vai ser um empecilho para você ir lá assistir o filme, né? Para quem não sabe do que se trata – e mesmo para quem sabe, já que essas imagens nunca vão ser demais -, aproveita para ver essa interessante sequência com trechos do filme. cof cof

.

O filme protagonizado por Channing Tatum e dirigido por Steven Soderbergh conta a história do principal stripper de uma casa de diversão adulta para mulheres da cidade de Tampa; história, aliás, inspirada na própria experiência de Tatum antes de virar ator.

A trama rola durante o verão e a coisa só não é uma comédia romântica cheia de homens bonitos porque vez ou outra alguém desmaia na boate ou aparece um traficante providenciando dorgas para a moçada. São toques leves até demais para pintar um ambiente que pode ser bem pesado na vida real, mas essa falta de verossimilhança não estraga nem de longe o filme. Pelo contrário: deixa mais leve para ir direto ao que interessa.

Este longa, minhas caras, deve ser apreciado pelas belezas dançantes na tela. E é isso. Vá com as amigas assistir, vá se você gosta de homem e largue o homem em casa. Você pode começar achando cafona, mas em instantes alguém vai fazer algum movimento de pélvis que vai te conquistar.

Por isso mesmo, resolvi fazer o SUPER TRUNFO do “Magic Mike”: porque os personagens é que são os maiores motivos para você ver o filme. E PRONTO! Tá ótimo assim:

Joe Manganiello é Big Dick Richie (!) e Alex Pettyfer é Adam (veja os cards aqui e aqui)

Channing Tatum é o protagonista Magic Mike, Matt Boomer é Ken  (veja os cards aqui e aqui)

Matthew McConaughey é Dallas, o dono da bagunça
..

Agora, deixando as piadinhas pra lá, esse filme faz toda mocinha se sentir como um cara vendo um pornô soft, o que é bom para variar um pouco. E, ah sim: no DVD já lançado nos Estados Unidos estão todas as dancinhas que não entraram no filme. Aposto que, se você assistir, também vai querer comprar. Ai, ai…

.

“Perigatos”: quem são? Por onde andam?

qui

rodeado.

Tá na moda falar de periguetismo, tá na moda as periguetes saírem do armário, tá na moda homem dizer que ama periguete e tá ainda mais na moda as meninas adotarem o termo como adjetivo e, às vezes, como objetivo. Adorei o poder que a novela teve de fazer mil e uma mulheres se assumirem e, espero eu, pararem de sentir culpa por seus hábitos tidos como ousados e cheios de vontade própria.

Se é de bom gosto ou de mau gosto, não vem ao caso: tem periguete estilosa e periguete que saiu produzida em série. A questão é o que todas elas têm em comum: o fato de estarem prontas para seduzir, para atirar para matar ou, como dizem, “para causar”. Pecado agora é apenas furar olho; piriguetismo de atitude tá mais é que liberado. E aí me pergunto, mas e o contrário? Com tanta atitude nas moçoilas, o que faz um rapaz quando quer de fato ser notado?

Existem “perigatos”? Eles estão realmente à procura? Que roupa vestem para cair matando? Mirariam suas garras nas fêmeas de sua espécie ou não, ficando assim provado que os opostos se atraem?

Mulheres reclamam da postura masculina, mas a verdade é que é tão simples e prático impressioná-los que fica difícil até mesmo dar a dica para um rapaz que queira ser alvo de olhares femininos. Para impressionar, uma mulher simplesmente poderia aparecer pelada.

Então pergunto a você, caro homem que passa por aqui: o que você faz para ser sedutor? Como você se sente matador? Troca o sapato, arruma o cabelo, muda o perfume? Ou anda mais confiante, fala diferente e age sem dar espaço para sua linda presa parar pra pensar? Ou tudo isso junto?

São tantos humores femininos para agradar ao longo do mês que imagino que devam ser poucos os perigatos machos bem-sucedidos. Acho até, enfim, provável que estes raros seres prefiram ficar eternamente na condição de caçadores para garantir a continuidade da espécie.

Enquanto isso, num outro ambiente, as leoas caçam despretensiosamente com sorrisos e jogadas de cabelo e convencem os leões de que eles realmente escolheram o que iam comer no jantar.

.