Primeira capa da “Glamour” no Brasil: Juliana Paes

ter

A chegada da revista “Glamour” no Brasil foi anunciada em janeiro e a publicação acaba de divulgar sua primeira capa, com Juliana Paes:

Juliana Paes estrela a capa nº 1 da “Glamour”

A franquia, que vai “engolir” a “Criativa” e sumir com o site atual do ar, deve seguir uma linha editorial semelhante a da mamãe gringa e elevar ainda mais o grau de “coolness” que já encontrávamos na Criativa.

A “Glamour” chega às bancas no próximo dia 30 e estou curiosíssima pra ler, apesar das chamadas de capa não terem me chamado tanto a atenção. Será que vão ser 15 truques legais mesmo? Explico: aqui no Brasil é super comum encontrar chamadas *quentíssimas*, tipo 150 camisetas pra vestir antes de morrer, para depois abrir a revista e ver que não era bem assim e que você podia morrer sem isso. hehe

Os editores brasileiros já se inspiram há um bom tempo nas chamadas de capa das estrangeiras, porém esquecem de entregar matérias tão bacanas quanto as revistas de lá. Não à toa desisti de assinar revistas nacionais e assino várias gringas. É ótimo poder ler tudo de fora, mas tem hora que você quer ler coisas sobre sua realidade, ver dicas de compras de shoppings onde você pode ir amanhã e ler histórias que poderiam ser da sua vizinha.

A falta de profundidade nas femininas daqui é um problema sério, vai dizer que você nunca se sentiu folheando um álbum de fotos com legendas ao ler alguma revista? Complicado. Por exemplo, a “Nova”, franquia da “Cosmopolitan”, com suas dicas de sexo fica parecendo uma piada perto das dicas de sexo (de verdade!) que encontramos na Cosmo UK.

Falando nisso, como bem disse a Lia, a Glamour UK é uma das melhores revistas femininas do mundo. Se a do Brasil trouxer 50% do que tem na inglesinha e ainda adaptar para nossa realidade, já estarei feliz.

.

ps: Nylon bem que podia entrar na onda e vir pra cá, hein? Dizem que a revista não tem interesse em nós. :(