Nicola Roberts e o jeitinho inglês de dançar funk

ter


.

A inglesinha Nicola Roberts de 25 anos fez fama e ganhou dinheiro com o Girls Aloud, girl band que se manteve unida entre 2002 e 2009. Como nunca fui fã do grupo, desconhecia o talento da garota até começar a ver blogs de música noticiando o clipe “Beat Of My Drum”:


.

No vídeo, uma branquinha fofinha mexia o popozão com a maior classe enquanto as batidas da música produzida pelo Diplo iam me ganhando aos poucos. Viciei na música e comecei a caçar mil e um remixes até que descobri que a garota era, na verdade, a ruivinha da girl band inglesa que ficava quase sempre de escanteio nos clipes.

Apesar do movimento da parte traseira da garota ser fruto de muito ensaio, já que ela não é uma exímia dançarina ao vivo, o vocal poderoso fica bem claro durante as apresentações da canção ao vivo. Foi aí que enxerguei potencial e comecei a caçar tudo o que se fala sobre a Nic (a_íntima):


.

Seu primeiro CD solo “Cinderella’s Eyes” chega às lojas no dia 3 de outubro, mas várias faixas já foram divulgadas antecipadamente. Fora a própria “Beat Of My Drum”, já podemos ouvir “Dance In The Rain”, “Porcelain Heart”, “Lucky Day” (que será o próximo clipe) e “Disco, Blisters and a Comedown”, minha favorita depois do pancadão chique, apesar de todas serem ótimas:

Nicola Roberts – Disco. Blisters & A Comedown by headphonesupii
.

Por enquanto, estou torcendo para a mocinha dar certo em carreira solo: adorei seu estilo e voz, e fiquei chocada ao ver o quanto ela era sumariamente ignorada em Girls Aloud (procure por ela no clipe do maior hit da banda, por exemplo, e veja que não estou exagerando!).

A questão é que o páreo está duro para as ex-girls trabalharem separadamente: enquanto Nic impressiona a crítica mas não emplaca nos charts, uma concorrente do mesmo grupo tenta emplacar também, Cheryl Cole, que se manteve na mídia graças ao programa “The X-Factor”.

Quem era fã de Girls Aloud deve ouvir boas notícias em breve, já que há boatos de uma possível reunião das garotas. Eu, no entanto, torço para que isso não aconteça para que Nicola possa investir mais em si mesma e perceba, enfim, que tons graves  não são para ela! rs

Tomara que o monstro da carreira solo não pegue a garota assim como pegou quase todas as Spice Girls que, apesar de talentosas, jamais conseguiram repetir sozinhas o que o grupo conseguiu e inclusive se reuniram diversas vezes única e exclusivamente pelo dinheiro.
.

ps: quem foi na última Alt + Tab ouviu Nicola Roberts no meu set quem estiver na Funhouse nesta quinta deverá ouvir de novo! Vou contar mais detalhes por aqui em breve! ;)

ps2: vem mais post como este aqui pela frente, uma mistura de bio do artista + porque estou amando ouví-lo. Já fiz isso algumas vezes antes, mas quero tornar mais freqüente! ;)