Lana Del Rey vira trilha sonora para um cafezinho

ter

Aparentemente, os apreciadores de café gostam de George Clooney e curtem ouvir o som de Lana Del Rey. Pelo menos é assim que a Nespresso pensa:

O novo comercial da marca traz a música “Blue Jeans” na trilha sonora, mas de nada de Clooney, o garoto-propaganda oficial do café. rs Se tivesse Lana + Clooney, aí sim eu e todas as mulheres do mundo seríamos o target perfeito. Mas ok, precisa ter a moça aí de toalha senão não vende para os rapazes. rsrs

Aliás, falando em Lana, depois de dar pinta em Cannes, há mil e um boatos sobre convites para que a musinha vire atriz de cinema. Eu não duvidaria. Como bem disse o dono da produtora Mirimax: “as câmeras a amam”.

.

Manguinha de café grifada para tomar um café qualquer

ter

Depois da “camiseta suja” criada por Alexander Wang para a Starbucks, a grife Jimmy Choo coloca à venda cup sleeves pela “bagatela” de US$165.

Ao contrário de uma camiseta suja, aparentemente inútil, a manguinha serve para que os clientes não queimem suas mãozinhas ao pegar o capuccino pelando na cafeteria. Só que, justamente por ser um item importante, geralmente ela é distribuída gratuitamente, especialmente se o café em questão for do Starbucks, um dos estabelecimentos que usa esse formato de copo.

que tal pagar por um café melhor e não por uma bobagem?

As cup sleeves de rica estão à venda no Net-A-Porter e não, eu não recomendo que você compre. Porque: 1- vai que você esquece a manguinha de fucking R$300 colocada no copo e joga tudo no lixo e 2- qual o motivo de pagar tão caro por um produto que não é o principal da história? Não é melhor pagar para tomar um café mais interessante ou de um grão diferente do que desfilar um copo de plástico pimpado?

Se aqui no Brasil isso já seria um pouco estúpido, imagina no exterior, onde cafeterias como o Starbucks são uma espécie de fast-food do mundo do café? Eu que sou apaixonada por esse elixir não consigo entender a necessidade desse “produtinho”, não.

Camiseta suja do Alexander Wang por $85

qua

você pagaria US$85 por uma camiseta suja de café?

Em comemoração aos 40 anos de Starbucks, a “grife” de café mais amada do mundo resolveu chamar alguns nomes grifados para desenhar camisetas que representem o espírito da cafeteria e do amor pelo café.

Alexander Wang, Billy Reid e Sophie Theallet fizeram peças com manchas e desenhos, todas à venda por US$85 na Nordstrom ou na própria loja online de bugigangas do Starbucks.

a camiseta de Sophie Theallet, com detalhe nas costas

a camiseta básica de Billy Reid

Enquanto Reid e Theallet apostaram em algo mais estilizado para representar a marca, Wang foi direto e reto: que tal uma bela de uma mancha de café no peito? Voilá. Em entrevista, ele disse que se inspirou justamente no fato de ser “tudo o que a gente tenta evitar quando toma café”, mas até aí, quem vai pagar pra adquirir esse acidente?

Nenhuma das camisetas é supergenial, e por mim nenhuma vale esse preço, mas parte da renda será revertida para a CFDA/Vogue Fashion Fund e dá uma forcinha pra quem quer ajudar.

Só quero ver agora quem vai andar com camiseta suja de café só para falar que tem uma peça Alexander Wang no armário. Alguém duvida que essa é a peça (controversa) que vai vender mais da coleção?  tsc tsc

Como fazer um bom cafézinho?

ter

cafézinho-esquenta-coração

Hoje é dia nacional do café e eu como boa apreciadora de um cafézinho, adorei as dicas que li ao longo do dia!

Apesar de eu tomar mais espresso porque tenho a máquina em casa, não recuso um bom e velho cafézinho de bule. Por isso, resolvi reproduzir aqui umas dicas que o pessoal de UOL Receitas deu para preparar um bom café.

A equipe conversou com a barista Isabela Raposeiras do Coffee Lab e ela deu dicas legais pra você fazer um com café coado em casa:

1- Se possível, compre sempre café moído na hora. As substâncias responsáveis pelos aromas e sabores de café oxidam 20 minutos após a moagem. Ou seja, tomar café moído é o mesmo que comprar pimenta já moída: ele perde o sabor, pois foi envelhecido pelo contato com o oxigênio.

2- Quando comprar o café, olhe sempre no rótulo e opte por comprar o produto com grãos 100% arábica, de categorias Gourmet ou Especial. Se o nome da fazenda estiver na embalagem, é mais um sinal de que se trata de um café de alta qualidade.

3- Na hora de coar, use sempre água mineral. Ela não contém cloro, que destrói os óleos essenciais da bebida. A água da torneira, mesmo que fervida, mantém altos teores de cloro.

4- Se você mora numa cidade ao nível médio do mar, o melhor a fazer é não ferver a água que usará para fazer o café. Se você morar acima, em cidades como São Paulo, Curitiba, Belo Horizonte, Brasília ou cidades de serra, pode ferver a água, pois a temperatura será inferior a 100°C.  Note que ferver aqui significa levantar pequena fervura, formando pequenas bolhas, e não entrar em ebulição – desta maneira, a água perde o oxigênio que reage com os óleos essenciais do café.

5- Tome o café imediatamente depois de pronto, do jeito que mais gostar.

Pra quem gostou, tem mais dicas lá no site. E se você aí não gosta de café, sempre há tempo:
.

“a vida é curta, fique acordado para ela”

.

Freddo em São Paulo: Imagens da Semana

ter

Para ver tudo o que já contei  nesta tag, clique aqui.

.

@freddo São Paulo

sorvete eles fazem direitinho!

Num belo dia de janeiro, anunciei aqui no blog que a famosa rede de sorveterias argentinas Freddo ia inaugurar sua primeira unidade em São Paulo. Meses se passaram, a loja abriu e finalmente fui conhecer o cantinho hermano mais doce da cidade! ^^

A sorveteria fica na pequena Rua Normandia, em Moema, onde todas as casas tem estilo europeu, o  acabou dando uma gracinha especial para a fachada. Como a empresa está vindo para o país em franquia, tudo segue o mesmo padrão argentino e a frente envidraçada já nos deixa ver o movimento lá dentro – pena que não pode ter mesinhas ao ar livre!

.

lotação no sábado e todo mundo trabalhando

Os preços são um pouco acima da média das sorveterias da cidade (entre R$8 e 14 pelo potinho de sorvete), mas vale a pena, especialmente porque até lá na gringa não é tão em conta assim.

Quem já foi para Buenos Aires e provou essa delícia vai pirar querendo ir lá todo final de semana para curtir uma sobremesa importada: o clima da loja é o mesmo, os vendedores são super atenciosos e todos os sabores tradicionais deles estão à venda. E, lógico, quem não conhece tem que conhecer: dá pra pedir provinhas dos sabores antes de escolher.
.

outras opções

Como é de praxe das lojas argentinas, há também um espaço extra para cafeteria. Aqui em São Paulo, a Freddo fez uma parceria com o Octavio Café, que fornece doces, salgados e cafés, claro!, então pode crer que qualquer pedida lá vai ser deliciosa.

Mas estamos falando de sorvete, certo?
.

@freddo São Paulo

minha escolha <3

A foto ficou sem foco e eu não percebi porque já estava comendo (gordinha ansiosa, oi?), mas é o que tem pra hoje, pessoal! rs Pedi um copinho pequeno com dois sabores, doce de leite (o tradicional e mais pedido da casa) e framboesa, que é absurdo de bom e merece mais atenção das pessoas.

Quem gosta de dar uma equilibrada no doce ou curte sorvetes de frutas, tem que experimentar esse de framboesa. Simplesmente parece que você tá mordendo a fruta, de tão bom – fora a textura do sorvete, que não tem nada de argentina, mas sim italiana!

E para fechar a tarde do sorvete, uma foto do casal feliz #quetáloucoprairládenovo! :P
.

eu e Rafa, o namorado-companheiro-de-aventuras!

.

 

Receitas, Ping Pong e Café: Imagens da Semana

sex

Para ver todas as outras coisas que contei nesta tag, acesse aqui.

RECEITAS DA LANCHONETE DA CIDADE

Que eu sou fãzona da Lanchonete da Cidade, vocês já sabem – e inclusive já viram diversas fotos das comidinhas deliciosas da hamburgueria por aqui. Então, vou poupá-los da  comida (por enquanto) e mostrar a descoberta que fiz da última vez que estive por lá: as receitas do restaurante ganharam um livro!

Com prefácio divertido de Washington Olivetto,  o “20 Receitas – Lanchonete da Cidade” reúne o passo-a-passo de diversos sandubas gourmet da casa e revela também como fazer uma bela maionese caseira (e como fazer o molhinho de tomate do Bombom!). Claro que dificilmente vai ficar igual porque não temos pão francês para hamburguer em nossos humildes lares, mas ainda assim acho que vale a tentativa.

Logo na abertura do livro, vem também o beabá para fazer um hamburguer perfeito, que carnes misturar e como fritar ou grelhar corretamente. Quero comprar!

.

PING PONG DIM SUM

Comemoração de aniversário para mim começa na virada, até porque nasci num bendito feriado e isso favorece muito. Sendo assim, na noite do dia 11/10 fui com o Rafa conhecer o Ping Pong Dim Sum, restaurante parte de uma rede inglesa que serve diversos pratos “dim sum”, espécie de aperitivo, com inspiração oriental, especialmente tai e chinesa.

O namorado estava com um pé atrás (ele odeia coisas “orientais”) e só deixamos para ir agora porque a data era minha e eu pude escolher – e foi uma besteira, porque ambos adoramos e o lugar é lindo!

O cardápio traz uma infinidade de “pratinhos” fritos, grelhados, assados ou dumplings, bolinhos parecidos com guiozas, feitos no vapor com vários recheios e formatos diferentes. Pedimos, ao todo, sete pratinhos e a quantidade foi excelente para um jantar. Como a lista de drinks de lá é imensa, também vale ir no restaurante para fazer um aperitivo antes da balada. Cada “dim sum” custa uma média de R$13,00 e três servem bem uma pessoa que pretende fazer uma refeição e não só beliscar.

E esta foi a nossa sobremesa: “banana and chocolate spring roll”. Traduzindo e complementando – e explicando o sorvetinho ali ao lado -, “rolinhos de chocolate e banana servidos com um delicioso sorvete de chocolate com pimenta”. Absolutamente bom!

.

NESPRESSO

nespressinha

Sim, agora estou alimentando ainda mais minha mania de café. Graças ao meu namorado e seu presente absurdamente inesperado, agora tenho uma Nespresso automática em casa.

Ganhei vários blends para provar e já elegi alguns favoritos! O fuortissimo longo é ótimo para abrir o dia e tomar uma bela caneca pela manhã e o ristretto, curtinho,  vai bem depois de uma refeição. Vou “estudar mais” os grãos e aí conto por aqui. (e, bem, de presente da mamãe ganhei uma viagem em novembro. E contarei aqui quando estiver mais perto, já que vai render post! 8) )

.

… E MAIS SANRIO 50 ANOS

A exposição de  50 anos da Sanrio no Iguatemi já acabou (quem não foi perdeu!), mas a minha lembrancinha do evento chegou só agora: uma Hello Kitty peludinha feita exatamente para a ocasião. Encarei praticamente como presente de aniversário! hehe.

.