Guia de Viagem: 10 dicas para Buenos Aires

sáb

Depois de ter mochilado pela Europa e ter feito um guia resumido de como se programar para ir para lá, resolvi que o post sobre Buenos Aires teria o mesmo formato e aí já conto um pouco da minha experiência também. Vamos viajar? ;)

Entre os dias 13 e 19 de novembro de 2010 estive em Buenos Aires e encontrei um clima ameno, um trânsito intenso, mas tranquilo, e uma população que adora Lula e, por consequência, Dilma. Nossa política é tão importante para eles que foi tema de papo com muitos taxistas e atendentes de hotel, assim como pauta de muitos jornais que peguei na mão por lá.

Neste post, pretendo resumir um pouco da minha experiência na cidade e passar algumas dicas básicas para quem pretende viajar.

O relato não vai ser super detalhado, pois minha viagem foi, atenção!, bastante calma. Viajei em companhia da minha mãe e também não pude fazer  o “passeiozão” pelo delta do Rio Tigre porque fui assaltada. Mas, vamos lá que eu vou explicar um pouco dessa história por partes…

.

1. COMO MONTAR SEU ROTEIRO PARA CONHECER BUENOS AIRES?

DSC06376

cartão postal

Buenos Aires se tornou um destino bastante visado por brasileiros não só pelo charme e proximidade da cidade, mas principalmente por ser barato ir para lá. Com isso, uma infinidade de pessoas tem postado dicas “incríveis” por aí, mas eu já começo pedindo para ter cuidado.

Ultimamente, muitos turistas tem se preocupado mais em viajar para lá e não parecer turista do que realmente conhecer o lugar e esse é um erro absurdo! Não preciso nem dizer que, obviamente, todo mundo saberá que você é turista, fora que as dicas ótimas dos outros podem não ser ótimas para você e isso você só vai descobrir chegando lá. Portanto, antes de querer conhecer os points de “insider”, é preciso fazer um bom city tour, ver o tradicional show de tango e por aí vai.

Como as pessoas tem viajado bastante para a capital portenha por conta própria, acho interessante ver guias sérios de viagem. Não é preciso descartar as diquinhas legais dos outros, mas ter algo sério em que se basear é uma ótima ideia.

Eu, que já havia viajado para lá antes, programei mais ou menos o que queria fazer usando o “Guia Quatro Rodas – Buenos Aires” e foquei em conhecer coisas novas da cidade. Decidi que queria um estilo de viagem leve e fiz o procedimento padrão: abri os mapas e fui escolhendo que bairro conhecer em cada dia.

Para montar a sequência, é legal ver as datas que eventos especiais acontecem em cada bairro, como por exemplo a feirinha de San Telmo, somente realizada aos domingos.

Ao todo, passei 6 dias completos na cidade e creio que seja um excelente tempo para conhecer tudo, mas como é pertinho para nós brasileiros (e barato!), é um bom destino para feriados prolongados também!

Continue lendo →

NaturaNós, Marakuthai e C&A: Imagens da Semana

sex

Para ver todas as outras coisas que contei nesta tag, acesse aqui.

NATURA NÓS

@naturanós

mais fotos do Natura Nós no flickr

Sábado passado, dia 16, rolou o festival Natura Nós na Chácara do Jóquei em São Paulo. Diversas atrações se revesaram entre os palcos Ar e Água da tarde até a noite. Ansiosos para ver Air, Jamiroquai e Bajofondo, Rafa e eu deixamos para ir à noite e, apesar de termos curtido os dois últimos, acabamos perdendo o Air.

O trânsito na região estava in-su-por-tá-vel e infelizmente só ouvi “Playground Love” de dentro do carro no estacionamento. O único consolo foi não termos pegado a chuva que bagunçou a programação no final da tarde. :(

@naturanós

look de guerra pra show

Quando finalmente adentramos o recinto do festival, começava a rolar o show do Móveis Coloniais de Acaju. Também estávamos curiosos para vê-los, mas sei lá o que raios aconteceu, que a banda resolveu queimar seu maior hit já na abertura da apresentação e o buraco entre a pista VIP, que ficou meio vazia, e a pista normal acabou matando a animação.

Ouvimos algumas músicas e resolvemos ir conhecer o resto da festa, como a praça de alimentação, que estava super organizada, as lojinhas, o banheiro com hidratante natura (!) e o bar, obviamente.

@naturanós

Bajofondo Tango Club

Daí sim veio o melhor: Bajofondo. Ficamos coladinhos na grade da pista normal e vimos os argentinos e uruguaios da banda botarem fogo no palco. Creio que foi o show mais *feliz* que já vi. Sério. A banda estava absolutamente empolgada em estar ali e isso passou de uma forma absurda para o público. Ao final, parte da galera subiu no palco para pular com o grupo e o rapaz do acordeon deu até selinho numa fã! 8)

Para fechar a noite, Jamiroquai, atração mais esperada. Aí sim ficamos bem longe do palco e sem a menor possibilidade de chegar pertinho. Foi um pouco triste, porque a animação da pista VIP deixou a desejar e hits bem legais parecem não ter ecoado até a turma do fundão, principalmente porque o som não estava tão bom quanto poderia. Uma pena.

Valeu mesmo por Bajofondo Tango Club. Fiquei apaixonada pela banda e quando eles fizerem outro show por aqui, irei com certeza.

.

MARAKUTHAI

Eis que fiz um ano de namoro com o Rafa! <3 Como caiu em uma bendita segunda-feira, acabamos saindo para um jantar delicioso e não nos prolongamos muito. O lugar escolhido? O Marakuthai, que já falei por aqui.

Tomei um delicioso suco de tomate, ele pediu água de coco aromatizada (muito boa!) e mandamos ver em cumbucas thai, que você pode ver na foto. O namorado pediu de filé mignon, eu de camarão e lula. Ambas são absolutamente deliciosas e exóticas, dependem apenas do seu paladar. Só digo que estou para comer camarões melhores do que os deles, viu? Hmmm!

.

C&A FLAGSHIP STORE

Então fui conhecer a tal da Flagship Store da C&A no Shopping Iguatemi. Trata-se da loja conceito da rede, super bonita e organizada, com mini estações temáticas. Todas as coleções assinadas por estilistas serão encontradas por lá, assim como as novidades mais bacanas da estação.

Das mil e uma araras da linha Maria Bonita Extra, acabei comprando só um vestido, que é molenga e não ficou bom fotografado (quem sabe um dia visto e tiro foto? hehe). Também trouxe para casa uma pulseira, um escapulário e uma saia com volume no quadril, que incrivelmente é a primeira peça com este tipo de caimento que ficou bem em mim. Uma incrível contradição àquela velha história que ronda a C&A: tudo é  bonito no cabide, nada no corpo.

Como estava muito curiosa e fui para lá direto do trabalho, só estava com o celular para tirar fotos e desisti, mas o pessoal do Bazar Pop fotografou e explicou tudo direitinho. Vale a visita, especialmente se a C&A mais próxima de você nunca traz essas coleções especiais. Eu adorei e com certeza vou voltar: é a melhor loja da rede!

.

Aquecimento: AIR!

qua

Neste sábado, adivinha  o que rola em São Paulo? Sim, mais um festival!

AIR!

Depois de pular o SWU, no próximo final de semana acontece o Natura Nós, que trará vários shows bacanas, como do Snow Patrol, Bajofondo Tango Club, Movéis Coloniais de Acaju, Jamiroquai e Air, que, como vocês podem ver pela ilustração do post, é o mais aguardado pela minha pessoa – apesar de que o do Jamiroquai tem tudo para entrar para a história, convenhamos.

Conheci a dupla francesa formada por Nicolas Godin e Jean-Benoît Dunckel na trilha sonora de “10 Coisas que eu Odeio em Você” com o hit anos 90 “Sexy Boy”. Sei que não foi um jeito lá muito nobre, mas veja bem, eu era uma pré-adolescente e os caras vivem emplacando faixas em trilhas por aí, especialmente nos filmes da Sofia Coppola.

Sendo assim, fica aqui um pequeno aperitivo de uma das minhas músicas favoritas deles, e que espero ouvir ao vivo no sábado, já que eles prometem um show “recheado de sucessos dos 15 anos de banda”. Com vocês, “Playground Love”, soundtrack de “Virgens Suicidas”:

.

ps: para quem pretende ir ao festival, ele acontece na Chácara do Jóquei e inclusive terá uma programação infantil especial para o domingo. Em todo caso, o importante mesmo é ir com o seu pior tênis ou com uma bela galocha caso chova, afinal o local do evento não tem uma fama muito boa quando se trata de lama.

.