Planeta Terra é amanhã!

sex

Planeta Terra: é amanhã!

Tá chegando, tá chegando: o Playcenter já está ficando com uma carinha diferente, o palco está terminando de ser montado e hoje à tarde as bandas vão passar o som para os shows do Festival Planeta Terra amanhã.

Infelizmente não vou poder estar lá para acompanhar de pertinho (muááá! :() mas vocês podem ver tudo o que vai rolar por lá no twitter do festival, o @Planeta_Terra. A grande questão do dia é: será que os Strokes vão dar o ar da graça e subir no palco pra fazer o teste ou vão ser estrelados demais para isso? Veremos!

Enquanto isso, vamos refrescar a memória e rever a programação – e os momentos em que ficaremos em dúvida correndo de um lado para o outro! E, claro, em bold, meus favoritos da noite! <3

Palco Sonora Main Stage
16h – Criolo
17h30 – Naçao Zumbi
19h – White Lies
20h30 – Broken Social Scene
22h – Interpol
23h45 – Beady Eye
01h30 – The Strokes

Palco Claro Indie Stage
16h – Banda Concurso Hit BB
17h – The Name
18h30 – Garotas Suecas
20h – Toro y Moi
21h30 Gang Gang Dance
23h Goldfrapp
0h45 Bombay Bicycle Club
2h15 – Groove Armada

Depois de toda essa maratona, ainda tem after na D-Edge com o Groove Armada a partir das 5h da manhã no domingo. Para quem aguentar todo o rolê, o preço é R$50 de entrada ou R$100 consumação.

Quem não vai, não conseguiu ingresso ou ambos os anteriores, a dica é seguir meu twitter (@loverox!) para acompanhar tudo em tempo real. Vou postar fotos de lá e prometo momentos bem exclusivos, já que vou ter acesso ao backstage! Uhu! /o/

ps: tá em dúvida do que vestir? Hora de rever esse post:”Como se vestir para um festival?

.

Miami Horror em São Paulo: Imagens da Semana

qua

Conforme discutido neste post aqui, a partir de agora vou fazer estes posts de “relatos” separadamente, para ficar mais ilustrado e gostoso de ler. Agora ninguém vai ter de esperar até o final da semana para ver o que rolou e eu vou conseguir fazer tudo mais rápido (o imagens “recheadão” levava um tempo absurdo, vocês não tem ideia!). Todos os posts do gênero continuarão tageados como “imagens da semana” e também receberão a tag no título: facinho de achar! ;)

 

@mixtapemultishow

Miami Horror diretamente de Melbourne

Descobri Miami Horror no final de 2009 com o hit “Sometimes”, que tem uma carinha irresistível de verão. Fui vendo a banda lançar mais singles e fui gostando, até que o álbum “Illumination” me ganhou por completo. Meu top 3: “Holidays”, “Moon Theory” e “Echoplex”.

Com uma pegada orgânica mas com pitadas de eletrônico, o Miami é uma daquelas bandas que a gente ama ouvir na boate e no ouvido, mas fica sempre um pouco na dúvida com o resultado ao vivo, por conta dos samplers e pequenos elementos que muitas vezes não se destacam numa apresentação (também tive essa dúvida com Empire of The Sun, mas o show só me fez gamar mais no som!).

Faço parte do projeto especial do Multishow, o @Outros500, e senti o coração bater mais forte quando eles anunciaram uma festa só para convidados – e com Miami Horror de atração principal. Depois de um pequeno problema com meus ingressos que não chegavam, tudo só serviu para tornar a emoção ainda maior, porque realmente foi um dos melhores shows intimistas que já fui!

 

@mixtapemultishow
.

@mixtapemultishow

 

Além de ter sido intimista porque foi no Beco (casa nova na Rua Augusta com tamanho semelhante ao do Studio SP), eu estava na cara do gol, de forma que gotas de suor dos cabeludos anoréxicos australianos poderiam tranquilamente cair sobre minha franja e estragá-la, mas eu não estava nem aí porque o som estava incrível.

Todo mundo dançou demais e os quatro garotos só não estavam realmente surpresos com a hospitalidade porque já haviam tocado em Porto Alegre dias antes, mas deu pra sentir toda uma vibe boa de “isso é tão amazing, somos do outro lado do mundo e vocês conhecem a gente pela internet”. Pois sim, conhecemos e gostamos, voltem mais vezes!

.

@mixtapemultishow

miniaturize

Além de fazerem música boa (e do vocalista cantar muito), os quatro integrantes da banda tem estilos peculiares: camisas floridas, meias bicolores e botinhas de cano curto – fora os cachinhos malucos do baixista. Achei divertido!

Para quem não conhece o som do Miami Horror, deixo aqui uma das minhas favoritas:


.

ps1: para ter noção do quão perto eu estava, saibam que tirei essas fotos com o iPhone! :O

ps2: sei que falei logo no título que o processo agora vai acelerar, mas acabei de tomar esta decisão pra valer, então a “agilidade” começa a valer daqui pra frente, ok? ;)

NaturaNós, Marakuthai e C&A: Imagens da Semana

sex

Para ver todas as outras coisas que contei nesta tag, acesse aqui.

NATURA NÓS

@naturanós

mais fotos do Natura Nós no flickr

Sábado passado, dia 16, rolou o festival Natura Nós na Chácara do Jóquei em São Paulo. Diversas atrações se revesaram entre os palcos Ar e Água da tarde até a noite. Ansiosos para ver Air, Jamiroquai e Bajofondo, Rafa e eu deixamos para ir à noite e, apesar de termos curtido os dois últimos, acabamos perdendo o Air.

O trânsito na região estava in-su-por-tá-vel e infelizmente só ouvi “Playground Love” de dentro do carro no estacionamento. O único consolo foi não termos pegado a chuva que bagunçou a programação no final da tarde. :(

@naturanós

look de guerra pra show

Quando finalmente adentramos o recinto do festival, começava a rolar o show do Móveis Coloniais de Acaju. Também estávamos curiosos para vê-los, mas sei lá o que raios aconteceu, que a banda resolveu queimar seu maior hit já na abertura da apresentação e o buraco entre a pista VIP, que ficou meio vazia, e a pista normal acabou matando a animação.

Ouvimos algumas músicas e resolvemos ir conhecer o resto da festa, como a praça de alimentação, que estava super organizada, as lojinhas, o banheiro com hidratante natura (!) e o bar, obviamente.

@naturanós

Bajofondo Tango Club

Daí sim veio o melhor: Bajofondo. Ficamos coladinhos na grade da pista normal e vimos os argentinos e uruguaios da banda botarem fogo no palco. Creio que foi o show mais *feliz* que já vi. Sério. A banda estava absolutamente empolgada em estar ali e isso passou de uma forma absurda para o público. Ao final, parte da galera subiu no palco para pular com o grupo e o rapaz do acordeon deu até selinho numa fã! 8)

Para fechar a noite, Jamiroquai, atração mais esperada. Aí sim ficamos bem longe do palco e sem a menor possibilidade de chegar pertinho. Foi um pouco triste, porque a animação da pista VIP deixou a desejar e hits bem legais parecem não ter ecoado até a turma do fundão, principalmente porque o som não estava tão bom quanto poderia. Uma pena.

Valeu mesmo por Bajofondo Tango Club. Fiquei apaixonada pela banda e quando eles fizerem outro show por aqui, irei com certeza.

.

MARAKUTHAI

Eis que fiz um ano de namoro com o Rafa! <3 Como caiu em uma bendita segunda-feira, acabamos saindo para um jantar delicioso e não nos prolongamos muito. O lugar escolhido? O Marakuthai, que já falei por aqui.

Tomei um delicioso suco de tomate, ele pediu água de coco aromatizada (muito boa!) e mandamos ver em cumbucas thai, que você pode ver na foto. O namorado pediu de filé mignon, eu de camarão e lula. Ambas são absolutamente deliciosas e exóticas, dependem apenas do seu paladar. Só digo que estou para comer camarões melhores do que os deles, viu? Hmmm!

.

C&A FLAGSHIP STORE

Então fui conhecer a tal da Flagship Store da C&A no Shopping Iguatemi. Trata-se da loja conceito da rede, super bonita e organizada, com mini estações temáticas. Todas as coleções assinadas por estilistas serão encontradas por lá, assim como as novidades mais bacanas da estação.

Das mil e uma araras da linha Maria Bonita Extra, acabei comprando só um vestido, que é molenga e não ficou bom fotografado (quem sabe um dia visto e tiro foto? hehe). Também trouxe para casa uma pulseira, um escapulário e uma saia com volume no quadril, que incrivelmente é a primeira peça com este tipo de caimento que ficou bem em mim. Uma incrível contradição àquela velha história que ronda a C&A: tudo é  bonito no cabide, nada no corpo.

Como estava muito curiosa e fui para lá direto do trabalho, só estava com o celular para tirar fotos e desisti, mas o pessoal do Bazar Pop fotografou e explicou tudo direitinho. Vale a visita, especialmente se a C&A mais próxima de você nunca traz essas coleções especiais. Eu adorei e com certeza vou voltar: é a melhor loja da rede!

.

Promoção: Black Eyed Peas em Porto Alegre

ter

E já temos os vencedores da promoção: @priespindula, @GabrielBorowski, @_aglinz, @alineseveroo, @decaroline, @ninafazenda, @alanct92, @veselyecoradi, @niidebern e @lethimenger. Parabéns, pessoal: os ingressos de vocês serão encaminhados nesta terça-feira. Bom show! 8)

Estão vendo essa baguncinha aí? Pois sim: tenho 10 pares de ingressos da pista da The END Tour em Porto Alegre para sortear para 10 sortudos do sul!

I’ve got a feeling…

O Black Eyed Peas já está em turnê pelo Brasil e se apresenta na capital gaúcha dia 30/10 no estacionamento da FIERGS. Se você é de Porto Alegre, mora na região, é louco pelos caras e não comprou ingresso ainda, ou quer muito ir, mas seu mês está maior que seu salário, está aqui a solução!

Vou sortear 10 pares de convites para o show do BEP em Porto Alegre e para participar é muito simples: basta preencher o formulário abaixo com suas informações, me seguir no twitter (@loverox) e pronto, você já está concorrendo! O sorteio será realizado via random.orge o nome dos vencedores será divulgado neste próprio post no dia 25/10, segunda-feira, a partir das 21h.

As regras:

1 – Estar me seguindo no twitter (@loverox). Os vencedores serão contatados via direct message, sendo que se no momento da divulgação do resultado o sorteado não estiver me seguindo, um novo sorteio será realizado e assim por diante, até termos os 10 vencedores.
2 – Morar em Porto Alegre ou cidades próximas e ter condições próprias de se locomover até o local do show no dia 30/10. Este sorteio não inclui nenhuma despesa de transporte.
3 – Preencher com seus dados apenas uma vez.

Pronto para participar e ver a Fergie toda Fergalicious em PoA? Então boa sorte:

Carregando…

Para maiores informações sobre a turnê da banda no Brasil, acesse o site da Livepass, que disponibiliza os convites para todos os shows no país.

ps: e, bem, dia 4 estarei no Estádio do Morumbi! Quem vai? 8)

Aquecimento: AIR!

qua

Neste sábado, adivinha  o que rola em São Paulo? Sim, mais um festival!

AIR!

Depois de pular o SWU, no próximo final de semana acontece o Natura Nós, que trará vários shows bacanas, como do Snow Patrol, Bajofondo Tango Club, Movéis Coloniais de Acaju, Jamiroquai e Air, que, como vocês podem ver pela ilustração do post, é o mais aguardado pela minha pessoa – apesar de que o do Jamiroquai tem tudo para entrar para a história, convenhamos.

Conheci a dupla francesa formada por Nicolas Godin e Jean-Benoît Dunckel na trilha sonora de “10 Coisas que eu Odeio em Você” com o hit anos 90 “Sexy Boy”. Sei que não foi um jeito lá muito nobre, mas veja bem, eu era uma pré-adolescente e os caras vivem emplacando faixas em trilhas por aí, especialmente nos filmes da Sofia Coppola.

Sendo assim, fica aqui um pequeno aperitivo de uma das minhas músicas favoritas deles, e que espero ouvir ao vivo no sábado, já que eles prometem um show “recheado de sucessos dos 15 anos de banda”. Com vocês, “Playground Love”, soundtrack de “Virgens Suicidas”:

.

ps: para quem pretende ir ao festival, ele acontece na Chácara do Jóquei e inclusive terá uma programação infantil especial para o domingo. Em todo caso, o importante mesmo é ir com o seu pior tênis ou com uma bela galocha caso chova, afinal o local do evento não tem uma fama muito boa quando se trata de lama.

.

Como se vestir para um festival?

ter

Todo mundo sabe se vestir para a balada, faz um esforço, ou pelo menos tem alguma ideia. Na pior das hipóteses, pega alguma modinha para chamar de sua e repete à exaustão. O problema é que tal lógica de composição visual para um show não se aplica, que dirá para um festival, muito mais longo e que vai exigir muito mais pique para correr entre um palco e outro.

Pensando na quantidade de festivais que vem pela frente, como SWU, Natura Nós About Us e Planeta Terra, resolvi resumir de forma bem simples como decidir o que vestir numa noite que deve ser divertida e confortável, sem para isso precisar ser sem graça.

Cada um sabe qual é o seu estilo, mas não dá para não rir de quem surge de salto agulha ou bota pata de vaca  num show de rock. Então, sem mais delongas, este pequeno passo a passo serve para você que quer aparecer bonita na foto com os amigos, mas está indo para o show se jogar muito e quer uma roupa que te ajude nesta tarefa.  Vamos lá?


1. CHEQUE O TEMPO

Não é à toa que a maior parte dos festivais acontece no fim do ano. Além da agenda das bandas gringas estar mais sossegada, o verão está aí e isso significa tempo bom em terras de garoa e sol encoberto como São Paulo.

Em todo caso, não custa se prevenir: veja se vai chover ou não e se prepare para ela, a lama. Isso significa tênis fáceis de lavar, calças cuja barra não raspem no chão, capa de chuva pequena na mochila ou uma jaqueta impermeável com gorro. É importante também não ficar ensopado e correr o risco de detonar sua câmera fotográfica, portanto saiba se proteger da chuva.

Sugestões rápidas: galochas, tênis de couro (mais fáceis de lavar!), capa de chuva, agasalho com gorro se o tempo estiver mais frio, mochilinha pra esconder a câmera na hora do aperto.

.

2. DESÇA DO SALTO

Se você considerar o fator chuva, provavelmente o elemento salto alto perde alguns pontos na escala de relevância do “bem vestir” para um festival. Se considerarmos chuva e correr entre palcos para acompanhar toda a programação junto com seus amigos, o salto zera seus pontos!

Apesar de ser uma ótima alternativa pra levantar o look, não é confortável, pode render dores dos pés desnecessárias e causar escorregões. Esteja inteira até o fim do dia, quando subir ao palco aquela banda que você mais ama! Para isso, ao optar por uma bota ou sandália, tente ficar com com saltos de no máximo 5 cm para não cansar.

Camilla Belle, Kate Bosworth, Pixie Geldof, Kate Hudson e Alessandra Ambrósio

Sugestões rápidas: tênis de todos os tipos, sapatilhas, botinhas sem salto, montarias ou estilo cowboy. Priorize sapatos fechados para não ter surpresas com “pisões ” ou poças de água suja no chão. No caso de chuva, galochas!  E, por favor, a “bota pata de vaca” não é uma opção! Ela pode ter sido uma boa alternativa para raves há uns anos atrás, mas hoje não passa de cafonice disfarçada de comodidade.  Já temos opções melhores!

.

3. Menos é mais

Maquiagem linda e franja na posição irão embora ao longo do dia. Dependendo do festival, você passará o dia inteiro por lá, isso se não optar por ficar no camping, como parte do público do SWU. Portanto, keep it simple: maquiagem pesada não é uma opção e um penteado legal pode salvar seu cabelo de poucas e boas do suor. Quem tem franja, sabe do que estou falando.

Emma Watson no Glastonbury deste ano

Sugestões rápidas: quer algo para se destacar na multidão? Batom e bons óculos escuros.  Depois de preparar bem a pele com protetor solar e maquiagem à prova d’água, o batonzinho pode ficar no seu bolso junto com o chiclete e ser bastante útil para proteger os lábios de racharem. O óculos, além de esconder cara cansada, levanta o ânimo de quem está se achando básica demais.  No cabelo, rabos de cavalo e coques deixam os fios no lugar, enquanto as tranças dão aquele ar indie-hipster tão desejado por algumas nestes eventos.

.

4. O casaquinho

Sua mamãe está certa: vai esfriar à noite. Se você for num festival no interior, por exemplo, tenha a plena certeza que os dias serão estupidamente quentes e as noites bem frias, mesmo nesta época do ano. Portanto, a recomendação do casaquinho é bem válida. Você não quer queimar a largada da “friagem” no primeiro dia e não durar até o terceiro, né?  Mulher prevenida vale por duas!

elas ouviram o conselho da mamãe

Sugestões rápidas: um bom hoodie, casaco de couro, jaqueta de nylon ou qualquer outra opção resistente. Não ache que aquele cardigã “podrinho” vai dar conta do recado quando já forem duas da manhã no meio do acampamento em Itu.

.

5. Sem medo de ser feliz

Esta parece fácil e na verdade é, mas vou explicar: vá com uma roupa que te ajude a se jogar. Se você não está afim de que sua calcinha corra o risco de aparecer, não aposte numa saia ou vestidinho. Também dê preferência a tecidos resistentes: os mais fininhos podem rasgar ou desfiar no meio da multidão e certamente você não quer isso.

Outra questão: se você tem medo de perder aquela jaqueta de couro maravilhosa ou o óculos xis da marca y, simplesmente não os use. Não vale transformar a experiência do show da sua vida em “maldito dia que passei horas no achados e perdidos atrás da minha pulseirinha de ouro”.

frequentadores do Glastonbury de 2009 se preparam (felizes!) para a chuva

Sugestões rápidas: algodão, jeans e outros tecidos bons de guerra vencem aqui. Camisetas divertidas e regatonas, shorts ou jeggings, botas ou tênis seriam meus pitacos finais.


E um bônus: lembrete para os meninos

Enquanto mulheres não saem sem bolsa, talvez você homem perceba que precisa de uma bolsa ou mochila para carregar suas coisas para um festival, que exige mais “bagagem” e preparação que um show comum. No caso, uma mochila pequena ou uma mala carteiro na lateral do corpo podem ser bastante úteis e não atrapalham tanto, principalmente se o evento dispor de armários para locação. É o melhor jeito de se divertir sem se preocupar!

Kellan Lutz e sua bagagem nas costas

Se você prefere carregar tudo com você, precisará escolher um modelo de “bolsa”.  Analise o clima do dia e veja o que será necessário: precisa de óculos escuros? Vai levar uma capa de chuva mais resistente? A bateria extra da sua câmera pode correr o risco de molhar no bolso da calça ou bermuda? O  ideal é não encher os bolsos de coisas e depois passar a noite apalpando-os para checar se algo “pulou” para fora. Neste caso, a mochila trancada com cadeadinho ou pendurada de um jeito que você possa ver, resolve tudo.

.

ps: post dedicado a todos que já ficaram em dúvida na hora de se vestir para um show e não encontraram ideia alguma. Como cansei de procurar algo para me inspirar, resolvi fazer o post que eu gostaria de ler. Espero que tenham curtido!

.