Gota d’água na mensalidade da faculdade

seg

Inspirados pelo movimento “Gota D’Água” contra a Usina de Belo Monte, alunos de Rádio e TV da Cásper Líbero resolveram fazer um vídeo nos mesmos moldes para criticar o aumento da mensalidade do curso, que vai passar de absurdos R$1500.

O vídeo das celebridades indo contra a usina foi bastante criticado e alguns argumentos foram inclusive contrariados num outro vídeo, também neste mesmo formato, mas o fato aqui é que os meus “bichos” que estão por lá (para quem não sabe, me formei em RTV na Cásper em 2009) resolveram fazer barulho para reclamar:


Eles fizeram contas, escreveram um texto esclarecedor e resumiram os motivos que explicariam o aumento: “melhorar a infra-estrutura”. Esse foi o mesmo motivo do aumento enquanto eu ainda estava na graduação e realmente um novo estúdio muito bacana e moderno foi inaugurado. Pude usá-lo nos meus dois últimos anos de curso. Mas, veja bem, já há motivo para outro investimento? O estúdio novo já está velho? Não visito a faculdade há tempos, mas duvido muito que a necessidade exista.

Resolvi divulgar o vídeo não pelo “divulga o vídeo! Divulga o vídeo!”, mas porque sei bem o discurso que eles estão ouvindo lá dentro e é impossível não se revoltar. É caro estudar sim, é difícil conseguir estágio sim e a Fundação Cásper Líbero já é isenta de diversos impostos por se tratar de uma fundação.

Fica difícil entender, portanto, porque repassar mais uma vez custos tão altos para os alunos, especialmente quando as estruturas inauguradas em 2008 (tão demoradas e tão estudadas antes de sua implantação) não devem ter se tornado obsoletas, mas podem estar mal cuidadas e mal aproveitadas.

O aumento é repassado aos alunos de Rádio e TV, mas a verdade é que todos os cursos acabam usando um pouquinho, naquele “horáriozinho vago”. Só que, acredite, nas semanas de entrega de trabalho de um curso que precisa de avaliações práticas, o “pouquinho” atrapalha legal.

Está na hora de direção e alunos terem uma conversa franca sobre a mudança – e está na hora de aproveitar um pouco melhor o que se tem na mão, cuidando e mantendo. Um trabalho que deve ser feito não só pela equipe técnica e pelo corpo docente, mas pelos próprios alunos que tem de tomar conta do patrimônio que estão bancando.

Cabe dizer que a estrutura técnica oferecida no mercado de trabalho não está tão longe assim do que a Cásper passou a oferecer aos alunos em 2008. Pelo contrário, tem muita infra-estrutura bem pior por aí e gente se virando nos 30 para fazer as coisas acontecerem. Voltando fita pra gravar outra matéria em cima. Aproveito para dizer: welcome to the real world. 

.

ps: mal postei e já fiquei sabendo que as coisas mudaram E MUITO por lá, obviamente para pior. Pelo que percebi, dei sorte de ter pegado as coisas novinhas depois de dois anos e meio com a estrutura antiga. Infelizmente não conheço os alunos que estão fazendo o curso hoje, então convido-os para se manifestarem nos comentários contando o que está de fato rolando.

Avril Lavigne e o não-Enem

ter

mas Pitágoras é fácil, hein? x² = 3²+4²

Escrevo este post para mostrar toda a minha compaixão aos vestibulandos que perderam seu final de semana fazendo um exame que foi cancelado. Passei pelo vestibular neurótica, no melhor estilo de quem teria chorado na porta se não entrasse (tipo a menina que apareceu em todos os jornais), porém consegui dar um jeito de valorizar o momento para não fritar meu cérebro em óleo quente.

No final do meu segundo ano, resolvi não fazer o n-Enem (ainda fazem essa piada?). Eu estava me apresentando no teatro e arrisquei todas as fichas deixando para fazer só no último ano, coisa que vários dos meus colegas nerds psicóticos consideraram maluquice. Não dei ouvidos. Eu já estudava o suficiente para ter confiança que daria tudo certo.

No ano seguinte, era agora ou nunca. Mas eis que dona Avril Lavigne resolveu passar pelo Brasil e se apresentar no Pacaembu naquele fatídico domingo. O que fazer? Pois o que parecia super okay: ir para o exame e seguir de lá para o show com os amigos da escola, ué.

Confesso que fui criticada – de novo -, especialmente pelos invejosos que não tiveram a mesma coragem em nenhum momento, mas fiz a prova com a cabeça no show e me mandei para o estádio.

Se eu fui bem? Fui, mas poderia ter ido melhor, sim. Só que tenho a certeza de não ter perdido nada  da diversão naquele fim de colégio tão sofrido. Hoje não sou mais fã da cantora, mas quem vai até o estádio para ficar no meio da galera pulando sabe bem que a farra é o que conta.

Portanto, deixo aqui o meu conselho: se remarcarem este exame fajuto, que tem tudo para sumir do mapa, não hesite em viver o momento. Prova todo ano tem, e ao chegar na tão sonhada faculdade, você percebe que poderia tranquilamente ter esperado um pouco mais. Vai por mim.

.

Agora sim… – Imagem (Única) da Semana

sex

FINALMENTE ME FORMEI!

(foto tirada com o celular e devidamente twittada logo após fazer o juramento no Grande Plenário do Anhembi ontem à noite – e os olhos marejados, quemcurte? Mais fotos em breve, num flickr próximo de você.)

Feriado, open bar de Magnum, TCC, DJ Hero e presentinho! – Imagens da Semana

qui

A-ha! Dizia a lenda que o “Imagens…” seria todas as segundas. Com o tempo, a lenda mudou para a terça-feira, afinal, nem sempre as fotos do fim de semana já estão à disposição na segunda, não é mesmo?

Só que de repente percebeu-se que o mais legal era postar na quarta-feira, aí já quebrava essa coisa de mostrar só o final de semana e dava para incluir coisas super recentes que ficariam só para a outra semana… Mas, com a correria, acidentes acontecem e estou eu aqui,  em plena quinta, com muita coisa pra mostrar!

FERIADO

feriado @Toque Toque

eu e o Rafa. Sim, ele vai aparecer muito por aqui também! <3

Eu não sou a maior fã de praia e muito menos louca para “retocar o bronzeado” ou tirar a brancura, simplesmente porque sou morena de sangue e as tais “marquinhas” tão aí o ano inteiro. Ui!  Mas, digamos que com toda essa correria, eu simplesmente desejei areia quente nos pés como se não houvesse amanhã.

No feriado, nós dois e uma tchurmona fomos para Toque-toque  na casa de um dos amigos do Rafa e nos jogamos loucamente sob o sol de 50ºC. Mentira. Mas que parecia 50, parecia – e mais fotos no flickr, com direito a pôr do sol cinematográfico.

MAGNUM

party - Magnum On Stage

open bar de champagne e Magnum? Tô dentro!

Em plena terça tive a oportunidade de ir a uma festa onde eu poderia desfrutar de champagne à la vontê e entupir-me de Magnum acompanhada de meu digníssimo boyfriend e na presença de celebridades, além de um show exclusivo de dona Preta Gil, simpaticíssima.  Só digo uma coisa: su-ces-so. Magnum de avelã é vida no palito! E tem mais foto…

DJ HERO


“Boom Boom Pow”, do Black Eyed Peas, mixado com “Satisfaction”, do Benny Benassi

Vocês já devem ter ouvido ou lido  sobre o novo game “DJ Hero”, que é basicamente o “Guitar Hero” no formato “pick-up”. Além de mixar as músicas, você tem que ter dedos rápidos para mandar bem no jogo, como já era de se imaginar! E, claro, eu vi tudo isso aí sendo testado aqui no estúdio da TV UOL (eu trabalho no UOL, para quem não sabe!).

Meu nerd interior gritou ao ver o jogo sendo instalado e eu fui lá correndo tirar fotos. Infelizmente não deu para jogar porque eu tinha mil e um afazeres, mas observei a galera jogando e parece bem divertido, até porque dá pra misturar guitarra com pick up! Legal, né? Dá uma olhada nos vídeos de análise do game aqui!

Continue lendo →

Meu programa de velha favorito, presentes, Hannah idiana e Coquelux – Imagens da Semana

qua

Eu sou mesmo uma bobinha. Sempre que saio e faço coisas realmente legais largo as câmeras em casa, ou simplesmente esqueço de carregar as baterias (o que aconteceu neste fim de semana e no outro). Preciso realmente trabalhar melhor minha memória. Vou deixar registrado isso aqui, porque se eu fizer uma “nota mental”, esqueço. ;D

MEU PROGRAMA DE VELHA FAVORITO

Eu sei que existem algumas casas de churros bem legais em São Paulo, mas como eu simplesmente não conheço nenhuma e só encaro churros de barraca fora da cidade grande (não me pergunte porque!), eu sou vidrada nos mini-churros do Fran’s Café.

Para combater o sono e conseguir ler meu livro de economia e comunicação para o TCC, só indo lá mesmo. Não me levem a mal, o livro é bacana, mas o sono não é nada bacana. A foto é de quando eu já tinha tomado boa parte do caapuccino e devorado quase todos os mini-churros, que não vem recheados, você é quem mergulha no doce de leite. No minimo gostosinho, vai?


COMPRA NO COQUELUX

Finalmente comprei no Coquelux, um dos primeiros outlets online que surgiram no Brasil. A  bolsa da Nike foi uma pechincha e chegou super rápido, ao contrário do Privalia, onde eu já tinha comprado uma vez (e comprei de novo!) e sempre demora. Se alguém quiser convite para algum dos sites, ou para o Brandsclub ou para o Superexclusivo, deixa o e-mail nos comentários que eu convido, tá?


KODAK ZX1

Eu simplesmente ganhei o melhor presente que um aficcionado por vídeos poderia ganhar um mês antes de seu aniversário: uma filmadora HD super portátil, a Kodak ZX1. Eu ainda não gravei nada muito elaborado por falta de tempo, mas corri pela casa atrás da gata e posso dizer de cara que esta câmera tem uma estabilidade de imagem absurda.

Considerando que é uma filmadora pequena (do tamanho de um celular), isso se faz necessário. Imagina uma câmera filmando em HD com tudo tremido porque sua mão não é lá tão firme? Pois é. Também achei ótimo ela pode ser colocada no tripé. Aguardem mais detalhes! (e surpresas… )


DESAFIO 10 +

Recebi hoje uma caixona da Seda com toda a linha de Reconstrução Estrtutural – Designed by Professionals. Tem shampoo, condicionador, creme leave-in, tratamento intensivo e, o que me surpreendeu, tratamento noturno. Mas, vamos ao que interessa: a idéia é transformar meus cabelos em 10 dias usando a linha completa. Será que vai funcionar? Testo, conto e, se rolar, paro de comprar shampoo caro. É triste ver dinheiro indo pelo ralo junto com a espuma!


HANNAH, A INDIANA

Em homenagem ao término da novela, fecho com a foto da Hannah de terceiro olho à la Juliana Paes na volta do pet shop na outra semana. Só não mordi a coitada esse dia porque ela é muito peluda. 8)

Esta sou (quase) eu:

dom

via tumblr

Para eu me tornar esta loira, só é preciso seguir cinco simples passos:

1. Troque o cabelo loiro pelo meu castanho ondulado;
2. troque a máquina de escrever preta por um Dell desktop;
3. troque os papéis amassados por pen drives cheios de arquivos .wav e .mp3;
4. tire esse globo de cima da mesa e coloque caixinhas de som;
5. insira a pasta “#TCC” dentro dos pen drives.

Não foi  nada proposital ter dois posts seguidos com o tema “faculdade”, eu simplesmente vi um calendário e datas com as quais eu não contava. Shit (!)

.
ps:
se você não tiver um convite realmente interessante, por favor não me faça propostas tentadoras de saídas aleatórias até novembro. Grata.