Jantar no Ramona: Imagens da Semana

sex

Para ver tudo o que já contei nesta tag, clique aqui.

.

o letreiro do Ramona visto de dentro do restaurante e a Av. São Luís

Com nome de travesti, ambiente de hotel chique dos anos 1970 e horário da cozinha extendido, o restaurante Ramona fica no centro de São Paulo e mostra rapidinho a que veio: é uma nova opção com preços amigáveis para comer comida boa sem frescura.

A casa é dos mesmos donos da balada Alberta #3 (os dois estabelecimentos são vizinhos) e vi o movimento de pertinho quando jantei lá no último sábado – chegamos quase meia-noite. O salão estava cheio e bem animado; o público se dividia entre os quatro ambientes da casa e enquanto alguns comiam, outros estavam ali apenas tomando cerveja e papeando, o que provou que lá também não tem carão se você não quiser uma refeição.

meu bloody e o mojito do Rafa

Enquanto aguardávamos uma mesa, pedimos nossos drinks no bar. Eu fui de bloody Mary, o Rafa de mojito e já fomos observando o cardápio para o jantarzinho logo mais. Ali no balcão ainda acabamos tomando mais uns golinhos de lambuja do que o barman estava preparando e deu uma provinha pra gente – o apple martini também deve ser uma delícia! Uma curiosidade é que o bloody Mary tem uma versão com bacon (!!), mas eu preferi ficar com a cenourinha tradicional. Achei meio bizarro e nem o barman me encorajou a pedir a mistura. rs

Saímos do bar no “subsolo” do restaurante e fomos subindo até o último andar, no salão maior, com mesas grandonas e poltronas confortáveis. As paredes todas de vidro deixam você ver a rua e o ambiente acaba ficando ainda mais modernete. Sentamos exatamente atrás do luminoso do restaurante, como vocês podem ver na primeira foto.

massa com cogumelos e steak tartare

Mas vamos falar de coisa boa: a comida! Eu estava morrendo de vontade de um belo steak tartare e me deliciei com o temperinho e as fritas. Lá no Ramona esse prato é na verdade uma entrada, mas apesar da porção reduzida, fiquei satisfeita sem exageros e sobrou espaço para provar o prato do namorado! hehe O Rafa pediu um fusili com molho de 7 cogumelos, servido generosamente e sem enganação: era quase mais cogumelo que massa! Quando voltarmos lá, vou pedir um pra mim.

o último andar do Ramona, onde sentamos

As comidinhas, bebidinhas, o ambiente e até a trilha sonora (só rock e indie goxxxtoso no estilo do próprio Alberta #3) nos agradaram muito. Os pratos principais tem preços variando entre R$30 e R$50 e a minha entrada, que se saiu um belo prato para fome moderada, custa R$24. Você pode ver as opções e valores na página deles no Facebook.

Taí uma dica boa pra quem quiser fazer o roteiro completo de jantar e balada: o restaurante também é do lado do famoso Club Royal. Só que olha, vou ter que dizer: é ele a maior estrela do quarteirão no momento. Gostei!

.

A receita de Bloody Mary do Chez Lorena

sex

drink do coração: bloody mary!

Bloody Mary não é um drink “super de menina” e há quem considere “suco de macarrão com vodka”, mas isto é papo para os fracos! hehe É um dos meus drinks favoritos: forte, intenso, nada *docinho* e ainda por cima não abaixa sua pressão! hehe

A questão é que nem sempre fazendo em casa fica tão gostoso e nem sempre os próprios bares acertam na receita – já tomei alguns horrorosos e tive vontade de devolver & vomitar. rs Os ingredientes são beeem simples, mas o resultado final depende totalmente do suco de tomate que você escolher, do limão que você escolher e até da vodka que você tiver para usar, já que uma bebida com fundo muito intenso pode deixar a mistura com pimenta algo intragável.

Por isso mesmo, vibrei demais quando o restaurante que faz o melhor bloody mary de São Paulo resolveu colocar um vídeo online para ensinar todo mundo como fazer. Como é sexta-feira, já deixo a dica para o final de semana!

A receita é do Chez Lorena:

Fácil, né? O jeito é caprichar na compra dos ingredientes e testar em casa!

Páscoa com cerveja e chocolate: Imagens da Semana

qui

Para ver tudo o que já contei nesta tag, clique aqui.

os redondinhos polêêêmicos!

Polêmica, Brasil, polêmica: chocolate com cerveja! Sim, sim senhor. Recebi um engradado com seis ovinhos de Páscoa com Skol que causaram furor quando postei a foto no Instagram. Os comentários iam desde “É bom?” até “Eca, é sério?” e “Ai que inveja, onde compra?”. Por isso mesmo, achei que valia mostrar aqui.

Os “redondinhos” são uma criação especial da Skol para a Páscoa e vários fãs da marca estão recebendo caixinhas como essa. Os ovos são feitos de chocolate ao leite da chocolateria Folie e a cerveja aparece no recheio, com um trufado de chocolate branco com um gostinho alcoólico bem leve no final. Eu achei os chocolates uma delícia (nhamm!) e, enfim, para dar uma ideia, se eu não soubesse que tinha cerveja, ia chutar que a receita levava licor, parece bastante.

Para quem ficou interessado, a partir do dia 27/3 todo mundo vai poder comprar os kits de “redondinhos” no Facebook da Skol. A brincadeira vai custar caro, R$70 por cada kit, mas a marca também promete lançar promoções para distribuir os chocolates.

provando que tem breja aí dentro!

É super raro um “mimo” aparecer assim por aqui, mas se tem uma marca parceira deste blog há um bom, bom tempo, esta marca é a Skol. Já curti diversas experiências a convite da marca e a parceria rendeu conteúdos diferentes, como os vídeos do festival Skol Sensation, a cobertura do Skol Praia e até mesmo um super jantar para degustar a Skol 360.

Já rolou bastante coisa bacana nos últimos tempos e a galera estava doida para saber mais, especialmente depois da polêmica e da curiosidade que gerou no povo que viu a foto do engradado de chocolate no Instagram! Bom, espero ter respondido as dúvidas. Qualquer coisa mandem aí que a gente vê o que pode faz fazer para todo mundo conseguir  provar o chocolate com cerveja! Desde que eu não tenha que dividir os meus ovinhos, tá tudo certo! hauahuah ;D

A fantástica máquina de cupcakes 24h em Beverly Hills

qui

olha o cupcake saindo no capricho!

Grávidas costumam ter aqueles desejos malucos de comer guloseimas bem no meio da noite e a maioria acaba passando vontade com tudo fechado na alta madrugada!  É claro que todo esse desejo não é privilégio exclusivo das grávidas, mas foi durante a gravidez que uma dona de loja resolveu dar um jeitinho para todo mundo poder comer cupcake 24h por dia!

Depois de passar um aperto de vontade quando estava prestes a ter seu segundo filho, a dona da confeitaria Sprinkles de Beverly Hills decidiu acabar com a falta de bolinhos no meio da madrugada e inventou uma vending machine para que ninguém passasse vontade – nem mesmo ela, dona da loja!

.

A máquina de cupcakes é abastecida o dia todo e recebe sua última fornada pouco antes que a confeitaria feche. O preço é um pouquinho mais caro que o normal e é claro que o bolinho não vai estar hiper fresco o tempo todo, mas ainda assim é melhor que passar vontade, né?

A maquininha de cupcake 24h fica “esmagadinha” entre a confeitaria e a sorveteria Sprinkles, na South Santa Monica Blvd., endereço fácil de ser encontrado pelos turistas de passagem. Se alguém comer cupcake da máquina, me conta por favor! hahaha ;)

2º Jantar da Embaixada Trio: Imagens da Semana

seg

Para ver tudo o que já contei nesta tag, clique aqui.

.

com meus queridos convidados bebendo, comendo e tuitando!

Lembram que em julho falei sobre o jantar com os outros embaixadores da Trio, nova linha de vinhos da vínicola Conha Y Toro? Pois no finzinho de novembro eles promoveram mais um jantar incrível, só que desta vez na minha casa!

Além de ter levado toda uma produção de vídeo e foto, um chef cozinhou no meu fogão (chique!) e preparou três pratos incríveis para harmonizar com cada um dos vinhos da linha, o Chardonnay, o Merlot, e o Cabernet Sauvignon. Também foi servida uma sobremesa maravilhosa, um crumble de maçã, que infelizmente não tenho foto para por na montagem aí em cima! rs

Para esta noite super deliciosa e especial, convidei meu namorado Rafa, minha mãe (conheçam minha mãe! rs) e a Lia para jantarem comigo e foi simplesmente incrível! Conversamos muito, rimos e comemos e bebemos bem.

Dá pra sentir um pouco o clima da noite pelo vídeo que eles produziram durante o jantar:
.


Mais uma vez, os vinhos caíram super bem com os pratos servidos, só que não tem jeito: o vinho branco, o Chardonnay, continua sendo o meu favorito, especialmente agora que o clima está esquentando e dá para tomá-lo bem geladinho.

Vinho não tem hora nem época para ser apreciado e é preciso esquecer essa história de “vinho tinto no inverno”, porque há muitas opções incríveis para o verão. Sou fã de vinhos brancos e não vou esperar muito para tirar meu Chardonnay da caixa, não! rs

comendo as vieiras, que caíram perfeitamente bem com o Chardonnay!

Cumprindo o que prometi para vocês no post do primeiro jantar da Embaixada Trio, uma caixa com os três vinhos da linha pode ser de vocês!

Desta vez, a promoção rola lá no twitter e é apenas preciso retwitar este twit meu: “RT @loverox: Eu quero o kit com os 3 vinhos da @embaixadatrio. – http://kingo.to/Vv2”. Sério, tá muito fácil e não sei que outro presente seria melhor para um fim de ano! ;)

O resultado sai nesta quarta-feira (14) no próprio Twitter da @EmbaixadaTrio – e, claro, as redes sociais de Trio tem muito mais dicas certeiras de como tomar um bom vinho no verão!

ps: deu pra ver que tô viciada no colar da Acessorize, né? rs.

Este post é um publieditorial.

Almoço no Marcelino: Imagens da Semana

qua

Marcelino Pan Y Vino e suas delicinhas

Este domingo, eu e o namorado resolvemos aproveitar o dia de sol (finalmente!) para almoçar no Marcelino Pan Y Vino na Vila Madalena. O restaurante tem paredes de vidro e o visual é super claro e arejado, ótimo para ir num dia bonito.

O Marcelino tem um preço razoável e mistura pratos de vários países no cardápio, todos com uma pegada contemporânea. A especialidade são os sanduíches e porçõezinhas, mas os pratos não ficam nada atrás.

Desta vez pedi um ragu de pernil com purê de batata e adorei – da primeira vez que fui, comi um risoto de pato com azeite trufado (também imperdível!). O namorado, que nas duas idas apostou nos sanduíches, também adorou, mas preferiu o hot dog “cachorrão” ao invés do hamburguer aí na montagem.
.

a minha escolha: ragu de pernil com purê de batata

Como além de ter “pan” no nome o restaurante tem o “vino”, é claro que a carta de vinhos é excelente. As garrafas são descritas separadamente por suas qualidades e isso é ótimo para quem não é super entendido do assunto. Outra coisa bacana é que você não é obrigado a pedir a garrafa inteira, já que a maior parte da adega também está disponível para ser tomada uma taça por vez.

A TAL DA LEGGING CROPPED…

Aproveitando que o dia estava quentinho e ensolarado, resolvi experimentar a legging rasgadinha que peguei durante a maratona de compras. O resultado foi esse look meio rockinho – e, obviamente, despreocupado e confortável para um domingo à tarde. O detalhe: encontrei um grafite dos Ramones para a foto! rs

camiseta: Truly, Madly, Deeply na Urban Outfitters; colar: Acessorize
legging cropped: Q-Vizu; botas: Zara; bolsa: lojinha aleatória de Barcelona