A Bela e a Fera: os pontos altos – e outros nem tanto – do remake da Disney

sex

Um dos filmes mais aguardados do ano acaba de chegar aos cinemas: o remake em live action de “A Bela e a Fera”, da Disney! Desde o anúncio do filme, a expectativa foi lá em cima, especialmente depois que anunciaram o elenco: será que Emma Watson conseguiria levar sua voz ativa pelos direitos das mulheres para a trama (tão problemática!) de alguma maneira?

Na crítica de hoje, comento sobre as novidades que a Disney acrescentou ao filme, sobre a trilha sonora impecável e também sobre o trabalho do elenco, não só de Emma Watson como também dos grandes destaques: Luke Evans (Gaston) e Ewan McGregor (Lumière). Agora será que Bela finalmente se tornou uma princesa empoderada? Respostas no vídeo! rs

Se você nunca assistiu a animação clássica de 1991 e não sabe nada sobre a trama básica de “A Bela e a Fera” – o que acho bem difícil! rs -, o vídeo pode conter spoilers.  Aproveita e se inscreve no canal para receber os vídeos primeiro!

 

Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário