Salto alto: dresscode ou imposição?

sex

É difícil, mas a gente tenta sim se empoderar cada vez mais e trabalhar muito para ir descontruindo algumas coisas na nossa cabeça. Porém, algumas imposições parecem continuar no fundo do nosso subconsciente e custam a nos deixar. Uma delas é a obrigação do salto alto em eventos sociais ou mesmo em situações específicas de trabalho.

Já está provado por a+b que ninguém precisa de salto para estar arrumada, sexy ou poderosa (e os 3 juntos inclusive), mas quem nunca botou um salto simplesmente porque se sentiu “obrigada”, porque queria estar bem na foto ou porque o chefe não acha que você vai estar apresentável pra reunião se não estiver 10cm acima do solo? Devia ele estar mais preocupado com sua performance na reunião e não com o que você calça, não é mesmo? É.

No vídeo de hoje, falo sobre o ocorrido no Festival de Cannes (beijo, Julia Roberts!), que segue um ‘dresscode’ violento que exige saltos nas alturas no tapete vermelho, sob o risco da convidada ser barrada do evento. Além disso, do lado gente como a gente, há o caso triste da garçonete inglesa que se machucou feio graças a um suposto ‘uniforme’ de trabalho que exigia saltos. Até quando? Dá o play e vem pra discussão! 

Inscreva-se no canal e receba os vídeos primeiro! 


Para ver outros vídeos já publicados, clique aqui.

 

 

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário