10 ideias para economizar sem deixar a vida chata

ter

As férias estão comprometidas com o preço do dólar, as compras nos sites estrangeiros idem e sua conta de luz também agradece se você economizar. A de água, então, nem se fala.

Economizar parece que é a palavra de ordem de 2015 e, antes que o ano se torne chato, saiba que não é preciso abrir mão de (toda) diversão para isso.

dinheiro_beyonce

Nos ajude, ó rica Beyoncé, a entender

Antes de chorar sobre o cafézinho pós-almoço derramado, segure firme: ele realmente pode ser imprescindível para sua felicidade e não é (só) isso que está te impedindo de conseguir guardar mais dinheiro no fim do mês. Antes fosse, não é mesmo?

10 ideias para economizar sem deixar de se divertir:
.

1. evite o banco 24h

Dar aquela passadinha no banco 24h quando a carteira está dando eco é uma saída muito prática, especialmente no fim da balada quando você esqueceu do dinheiro para o táxi. Bem, isso pode estar te custando um dinheiro que você nem faz ideia. Boa parte dos bancos cobra taxas por estes saques e lá se vão alguns trocados pelo ralo. Antes gastar com drinks do que com taxas, concorda? ;)

work

2. procure medicamentos genéricos

Perca o medo dos genéricos, principalmente quando se tratar de medicamentos de uso contínuo. Troque seu anticoncepcional caríssimo de laboratório “grifado” pelo genérico correspondente. Converse com seu médico e escolha a melhor opção para você.

economia

3. tente renegociar seu plano de internet e tv

Muitas empresas lançam planos mais baratos e competitivos todo santo mês. Quem sai perdendo? Isso mesmo, você aí cliente fiel. Renegocie sempre que possível e tenha paciência para fazer “leilão” quando outra empresa tiver uma oferta melhor no mercado.

ofert

4. compre cartões presente para você mesmo

Se o café for tão importante para você quanto é para mim, essa é uma ideia e tanto. Para não perder a noção de quanto você gasta com esses luxinhos gostosos, um cartão presente abastecido com um valor mensal pode ser um ótimo jeito de não estourar o orçamento, tipo no Starbucks. ;)

starbucks

5. fuja dos vallets e esqueça os táxis

Antes de se render aos preços abusivos cobrados pelos vallets paulistanos, que tal parar umas quadras mais longe? Antes de pegar um táxi para atravessar a cidade, que tal ir num lugar mais perto de você ou pegar uma carona que ajude a cortar caminho? Se você não consegue nem um nem outro, o jeito é diminuir as saídas e trocar por um jantarzinho na casa dos amigos. Se você tiver vizinhos gente boa, sai bem barato, vai. hehe :P

casa

6. encontre um cinema que seja bom para você

Ninguém precisa ficar refém do download ilegal nem da carteirinha de estudante falsa – e tão ilegal quanto. Ir ao cinema é delicioso e muitas salas oferecem descontos especiais de acordo com seu banco ou com sua operadora de celular. Se você vai muito ao cinema, que tal escolher empresas que te ajudem a financiar esse hobbie?

cinema

7. troque o estacionamento por compras de mercado

Quase todo mercado dentro de shopping oferece algum tipo de benefício de estacionamento para seus clientes. Por mais que eles exijam um valor mínimo de compras, concorda que é muito mais interessante adquirir produtos que você vai precisar comprar de qualquer jeito, ao invés de pagar por simplesmente parar o carro? Pare de gastar R$10 com estacionamento no seco e gaste R$20 com a reposição dos iogurtes e frutas que você vai precisar de qualquer jeito. No fim das contas, vale a pena!

mercado

8. fuja de todos os e-mail marketings que puder

Sabe por que você recebe milhões de e-mails sobre promoções todos os dias? Porque eles funcionam! Amamos redes sociais mas, sim, somos arcaicos assim quando o assunto é e-mail e comprinha. Portanto, saia de todas as listas que puder e exclua sem abrir para não correr o risco de comprar uma bugiganga doméstica “em 10 vezes sem juros” que você nunca vai usar.

mail

9. aprenda a cuidar de você mesma em casa

Eu não abro mão do café, mas da manicure…! hehe Descubra o que é inegociável para você e só pague pelos serviços que realmente sejam necessários. Ninguém precisa sair cortando o próprio cabelo (embora a economia já tenha motivado muita gente a tentar), mas saber dar um jeitinho na sobrancelha e nas unhas pode ser uma mão na roda para o bolso. Nem que seja para reduzir a quantidade de manutenções profisisonais.

makeup

10.economize aos poucos

Esperar até o fim do mês para colocar o dinheiro na poupança pode ser um tiro no pé – e no porquinho, coitado. Se você recebe de forma fracionada ou não consegue guardar a grana logo que recebe seu salário, que tal guardar um pouco por semana? Estabeleça uma meta! Ao invés de esperar até o fim do mês para guardar, digamos, R$100, tente poupar R$25 a cada semana. Vai ser mais fácil com certeza!

poupanca

 

E aí, já tá se sentindo mais ~rycah~? ;) 

Comentários via Facebook

8 comentários

  1. Giovana

    Eu tava ONTEM pensando em como guardar dinheiro, hahaha! Esse post veio na hora perfeita

    Responder
  2. Pamela

    Gentsss, os email marquetingui! uahuahauha
    Nem me fala, tava pensando aqui e eu realmente passei a gastar consideravelmente menos depois que “desassinei” 99% dos que entravam na minha caixa postal.
    É fato que abrir um email desses cria aquela necessidade falsa de comprar um produto que você nem sabia que existia e que na realidade não precisa! O que os olhos não vem, o bolso não sente kkkkkkk
    <3

    Responder
  3. Márcia

    Adorei as dicas, muito útil! Eu sempre meu dou cartões de presente e funciona muito! Coloquei seu post no meu links da semana http://www.belablue.com.br/atualidades/links-da-semana-4-2/
    beijo

    Responder
  4. Stephanie Ferreira

    Nunca coloquei no papel o tanto que economizei depois que comecei a cuidar mais de mim em casa mas vale super a pena se vc sabe aproveitar *o*
    Ótimo post Fêh!
    Um beijo

    Responder
  5. bia reys

    Bha, nessa época em que tá tudo tão caro, essas dicas vêm bem à calhar para o bolso de qualquer um!

    http://www.blreys.com.br/

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Com certeza! ;D

      Responder
  6. Fernanda Rodrigues

    O starbucks card é vida!
    Simples assim! uahahahah

    Beijos,

    Responder

Deixe seu comentário