7 coisas em 7 anos de Twitter

qua

Você acredita que o Orkut foi durante 10 anos o site mais acessado do Brasil? Pois é: realmente não parece que ficamos tanto tempo presos ao mesmo sistema, à mesma rede social, para nos comunicar online. Os últimos dois anos já estavam uma completa “várzea”, é verdade, mas a falta de opção fazia a gente ficar.

Em 2014, opção de rede é o que não falta e muito me espantou quando recebi um e-mailzinho do Twitter me parabenizando pelos sete anos de uso da rede. Sete anos! Caramba! E ainda não me vejo, nem de longe, abandonando o site ou incomodada com alguma mudança recente – ao contrário do Facebook, que parece estar espantando todo mundo ao espremer os usuários até o último centavo.

.

imagem via

O passarinho do “What are you doing?” está bem vivo e digo agora as 7 coisas mais legais que continuam alimentando o fogo dessa paixão!

.

7. O novo perfil

Depois de muito tempo com uma interface sem gracinha, a grande novidade da vez é o design diferenciado para as páginas de perfil. Já que estamos na era da selfie, nada mais justo que exibir o avatar dos usuários num tamanho mais digno.

6. Você sabe o que é bom para você

Sua timeline nunca será infestada pelas opiniões da irmã da prima da sua tia se o irmão do seu cunhado der um like por acaso e o site achar aquele conteúdo relevante para você. Você escolheu seguir aquele usuário? Ele aparece. Você não escolheu? Ele só pode aparecer via retwit. E olhe lá: o unfollow e o block são de simples operação e serventia da casa.

5. O choro é livre

Já são alguns anos de Twitter e há um grande fato que envolve a rede: mesmo sendo gigante, ela não é popular entre todas as faixas etárias. Por isso mesmo, é bem provável que você não precise fazer contatos “por obrigação” na rede ou precise ficar explicando para sua tia porque fez aquela piada, o que significa aquele meme e… ZzZz.

4. A propagação

Fez uma boa piada? Deu um “furo”? Postou uma foto de um flagra? Não importa: no mesmo instante, alguém pode repostar e o conteúdo irá se espalhar instantaneamente. Sem delay, sem atraso, sem hierarquização.

3. A concisão

A objetividade  dos 140 caracteres é das coisas mais geniais das interwebs. Quem tem tempo de ler todos os textos gigantes (e às vezes desnecessários) postados em outras redes e sites? Seguir um Twitter bacana pode ser, sim, um bom jeito de se informar das manchetes para daí decidir no que se aprofundar de verdade.

2. Um lugar para conhecer gente

Sejamos sinceros: quem adiciona um completo desconhecido no Facebook para paquerar? A chance de dar errado é bem grande, certo? O mesmo não acontece no Twitter: por ser mais impessoal, a rede permite uma aproximação mais suave via reply que, quem sabe, pode render um follow, depois uma DM… Funciona!

1. Continua lindo.

A quantidade de pessoas ouvindo ou clicando pode ter até caído ao longo dos últimos anos, mas a rede continua sendo um excelente espaço para mobilização rápida e organização de conteúdos por assunto. É essa a especialidade do Twitter: a selfie do Oscar que o diga!

.

Comentários via Facebook

10 comentários

  1. Emily

    Old but gold, apenas! :D

    Responder
  2. Roberta Luglio

    Genial o post, Fe!! Mas preciso confessar que não sou usuária assídua do twitter, tenho minhas épocas de amor hahahaha.
    Beijo!

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Roberta Luglio on 30/04/2014 at 2:07 pm said:

      Genial o post, Fe!! Mas preciso confessar que não sou usuária assídua do twitter, tenho minhas épocas de amor hahahaha.
      Beijo!

      hahahaha Eu sou fã irrefreável! Não fico sem!

      Responder
  3. Helo Inoue

    Tenho postado menos, mas não significa que tou amando menos hahahahahah
    Uma coisa legal é que faz muitooo tempo que não vejo o Twitter baleiando como foi comum numa época.
    beijos!

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Helo Inoue on 30/04/2014 at 4:42 pm said:

      Tenho postado menos, mas não significa que tou amando menos hahahahahah
      Uma coisa legal é que faz muitooo tempo que não vejo o Twitter baleiando como foi comum numa época.
      beijos!

      Siiim! Esses problemas acabaram faz tempo, ainda bem!

      Responder
  4. Márcio Luís

    Há tempos venho ensaiando deixar o Facebook de lado de uma vez.
    A meu ver, está extremamente irritante.
    Já com o Twitter, também tenho esse caso de amor!
    Ele será, sem dúvida, a minha escolha pra rede social definitiva!
    Praticidade!
    A gente vê por aqui! ;)

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Márcio Luís on 01/05/2014 at 12:52 am said:

      Há tempos venho ensaiando deixar o Facebook de lado de uma vez.
      A meu ver, está extremamente irritante.
      Já com o Twitter, também tenho esse caso de amor!
      Ele será, sem dúvida, a minha escolha pra rede social definitiva!
      Praticidade!
      A gente vê por aqui! ;)

      Exatamente! <3 Acho que podem surgir várias outras redes, mas o Twitter ainda tem vida longa!

      Responder
  5. Mariana Moura

    Concordo totalmente. Por essas e outras que não largo meu perfil do twitter por nada.

    Responder
  6. Duds

    A-DO-REI, super dignas as suas 7 coisas, e eu concordo. Depois desses anos tudo de Facebook, Orkut, G+ e o que seja, o Twitter ainda é meu bebê e eu sempre vou manter. É aquela coisa impulsiva onde você é mais você mesmo! Apenas amo.

    Responder

Deixe seu comentário