Cateto, queijos e cervejas artesanais na Mooca: Imagens da Semana

ter

Para ver tudo o que já contei nesta tag, clique aqui.

Cateto: cervejas, queijos e um lugar para passar horas degustando novos sabores

Quem disse que só se pode harmonizar queijos com vinhos? Hora de rever isso aí. Os sócios do Cateto – Beber e Comer Artesanal resolveram tentar algo diferente: unir queijos brasileiros com bebidas de cervejarias artesanais. O bar de ambiente rústico e aconchegante apóia produtores locais e abre suas portas justamente num bairro que carecia (e muito!) de novas propostas. Sim, é no coração  da Mooca, meu! Oba!

.

as cervejas e o cardápio do Cateto

No Cateto, não há cozinha. Tudo é preparado à vista e no balcão. O menu de comidinhas foca em sanduíches e em tábuas de queijos e embutidos. Já a geladeira tem cervejas diferentonas que já ficaram famosas e muitas do tipo “achado”,  que nunca tinha ouvido falar ainda – caso da Madalena, de uma cervejaria do ABC. Também dá para levar tudo para viagem, com exceção do chopp Colorado, tirado ali no bar, na hora.

.

o balcão e algumas peças de queijo para levar para casa

Provamos duas cervejas diferentes (Madalena e Curupira), o chopp, uma porção de bruschetas que levam linguiça defumada, além de uma bela tábua de queijos. No dia em que fomos, ainda estava rolando uma degustação e tivemos a felicidade de comprar queijos diretamente com o produtor mineiro. Os queijos, aliás, são sempre servidos com uma porção de pesto ou de mel. Para escolher tudo isso, um dos donos, o Márcio, nos deu recomendações e foi super prestativo.

Das cervejas às comidas, tudo estava maravilhoso, sem exceções. Os mais puristas só não vão gostar de uma coisa: as bebidas são servidas em potes de vidro, não em copos. Não me incomodo e acho que tem a ver com a proposta, mas, é… Prefiro copos. rs

.

as bruschetas e a maravilhosa tábua de queijos: diferentes texturas e sabores

O Cateto é lugar para chegar relativamente cedo  e passar a tarde comendo e bebendo, sem preocupação – especialmente se você adorar queijos e cervejas. rs Como o local é pequeno, talvez seja realmente bom ficar atento à este detalhe e se programar. Algumas degustações tem sido marcadas na casa, por isso a lotação também pode variar bastante. Ah sim: o som também faz jus ao estilão da casa e é uma verdadeira viagem no tempo.

.

as sacolinhas para levar sua “marmita” para casa

Ultimamente, o bairro vem ganhando várias novidades que se destacam das tradicionais pizzarias e faço questão de prestigiar, até mesmo porque é ótimo não ter que atravessar a cidade só para tomar uma cerveja num lugar legal, para comer num bistrô, ou num japa com preparo de respeito.

Estes lugares das redondezas, aliás, estão despertando a curiosidade até de gente que chamava a região de “zona lost”. Casos recentes são o do Cadillac Burger, que foi eleito uma das melhores hamburguerias da cidade em 2013 segundo a Veja (já falei sobre ele aqui no blog também) e o Bravo Bistrô, que está entre os 10 mais de São Paulo no Trip Advisor.

Será que finalmente a Mooca vai entrar no mapa de São Paulo também para os “modernos”? Torço para que sim. Há muitos bairros além de Pinheiros, Vila Madalena e Jardins que merecem as visitas dos recém-chegados.

.

PREÇO MÉDIO: Aqui tudo vai depender do seu consumo de álcool. A nossa conta saiu em R$53 por pessoa.

VAI LÁ: Cateto – Beber e Comer Artesanal. Rua Fernando Falcão, 810 – Mooca. Aberto de quarta a domingo.

Comentários via Facebook

3 comentários

  1. Andressa

    amo a mooca e estou apaixonada por esse lugar <3 ainda mais agora, que descobri que ele fica a 5min da minha casa! vou no fds *-*

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Andressa on 04/02/2014 at 2:20 pm said:

      amo a mooca e estou apaixonada por esse lugar <3 ainda mais agora, que descobri que ele fica a 5min da minha casa! vou no fds *-*

      YES! Gotta go! :D

      Responder
  2. - O melhor do blog em 2014

Deixe seu comentário