As diferenças entre o sexo da vida real e dos filmes pornô

ter

Se você já aprendeu um pouquinho sobre sexo na vida, com certeza deve estar cansado de saber que a o que acontece entre quatro paredes é quase sempre bem diferente do que rola num filme pornô. Para alegria de uns e tristeza de outros, a vida real nos proporciona uma variedade muito maior de cores e tamanhos, assim como cheiros, sons estranhos e fantasias menos picantes do que nossa imaginação tinha planejado.

Como uma forma de ilustrar muito bem essa história toda, o canal KB Creative  Lab lançou um vídeo bem explicadinho sobre as diferenças entre o sexo do pornô e o sexo da vida real. Tudo devidamente demonstrado com comidas e bebidas, para censura nenhuma cair matando.

E, claro, tem aí uma boa direção e arte e mil e uma porcentagens interessantes, tudo para satisfazer nosso desejo inconsciente de infográficos!

.

Alguns números legais do vídeo – para quem, como eu, adora números:

– Pênis dos atores pornôs costumam medir entre 15 e 22cm; já os pênis da vida real medem entre 12 e 17cm;
– 71% das mulheres não têm orgasmos através da penetração;
– 75% dos homens gozam em até 3 minutos de relação sexual;
– Só 11,5% das mulheres tiveram experiências lésbicas;
– Apenas 40% das mulheres já tentaram fazer sexo anal;
– Embora muitos filmes sejam estrelados por moças “ejaculadoras”, apenas 6% das mulheres vivencia a situação de fato;
– A maioria das pessoas precisa de 10 a 12 minutos para entrar no clima. Já nos filmes… Bem…

Comentários via Facebook

9 comentários

  1. Caroline®

    Muito bacana o vídeo (e bastante claro também)! Eu vou mais longe, acho que o sexo real é diferente de qualquer filme, e não só dos pornôs. Basta comparar as cenas da Lena Dunham em Girls (que eu acho as mais “realistas” da ficção) e de outros filmes e séries. É beeeem diferente.

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Caroline® on 30/07/2013 at 1:32 pm said:

      Muito bacana o vídeo (e bastante claro também)! Eu vou mais longe, acho que o sexo real é diferente de qualquer filme, e não só dos pornôs. Basta comparar as cenas da Lena Dunham em Girls (que eu acho as mais “realistas” da ficção) e de outros filmes e séries. É beeeem diferente.

      Sem dúvida alguma. Esse foi um dos motivos, aliás, que fez eu me apaixonar pela série logo de cara!

      Responder
  2. Marina

    Que números tristes… o meu sexo da vida real está bem mais similar ao pornô!

    Responder
  3. Tany

    Esse vídeo é sensacional! hahaha
    Sempre achei a industria pornográfica algo super interessante mais pelas atrizes pornôs, a vida e toda uma realidade diferente da nossa, mas não acredito que qualquer pessoa bem informada pense que sexo real é meramente parecido com o que eles tentam passar.

    Por um lado, é frustrante porque nenhuma mulher é atriz pornô e eu acho que nem elas no dia a dia são assim, mas também, é bom ver uma certa variedade a partir do momento em que as coisas não sao 100% machistas.

    Responder
  4. natalia

    Genial, muito interessante. E tem gente que realmente acredita que o pornô é a realidade de quase todo mundo.

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      natalia on 05/08/2013 at 8:33 pm said:

      Genial, muito interessante. E tem gente que realmente acredita que o pornô é a realidade de quase todo mundo.

      É uma pena, né? Acho bom um choque de realidade com números de vez em quando!

      Responder
  5. Walison Borges

    Uma outra coisa é que: Não sei dizer em números, mas poucas mulheres vão chupar um pênis todo melado de sêmem.

    Responder
  6. Hains

    E, segundo algumas matérias que li, praticamente 100% dos atores pornôs tem estímulos (azulzinho) para ter aquelas ereções firmes e que parecem jamais ter fim. Um ator (divulgaram o nome mas eu não lembro e nem vem ao caso), certa vez teve que ter ajuda médica para desfazer uma ereção que já durava 24 horas ininterruptas e que poderia ter levado o cara a perder o brinquedinho para sempre.

    Responder

Deixe seu comentário